Vigata: As cidades que são locações da série O Comissário Montalbano

Comissário Montalbano

Vigata é uma cidade fictícia criada pelo escritor siciliano Andrea Camilleri e é onde ele ambientava os romances policiais cujo protagonista é o Comissário Montalbano.

Montalbano é um homem comum, com uma vida amorosa complicada e que é muito comprometido com seu trabalho. Além disso, ele é um grande apreciador da cozinha siciliana e resolve crimes aparentemente insolúveis. Enfim, sem dúvida alguma o simpático policial conquistou a todos, sobretudo depois que sua história saiu dos livros e chegou à tv.

 

Vigata em O Comissário Montalbano

Antes de mais nada, “O Comissário Montalbano” é uma série de tv transmitida pela emissora italiana RAI desde 1999. Os episódios se baseiam nos livros de Andrea Camilleri que têm como protagonista Salvo Montalbano, um delegado de polícia que se empenha a desvendar os crimes mais misteriosos.

Embora Andrea Camilleri, ao criar Vigata, tenha pensado na sua Porto Empedocle, na tv você verá outros lugares. De fato, quando decidiram criar esta série para a televisão italiana, o diretor optou por gravar os episódios em uma parte da Sicília até então pouco explorada. Com toda a certeza, cidades lindíssimas que seriam um cenário perfeito para ambientar as aventuras de Montalbano. Enfim, estou falando das cidades do Val di Noto, Patrimônio da Humanidade: Scicli, Ragusa, Modica e Noto.

Assim, com lugares tão bonitos e atores carismáticos a darem vida às incríveis histórias de Camilleri, o sucesso veio com tudo. Hoje em dia, a série vai ao ar em mais de 20 países e apaixona pessoas do mundo inteiro, que todos os anos vêm para a Sicília para fazer um roteiro pelos lugares de Montalbano.

 

A delegacia

A maioria das cenas da ficção se passa na delegacia de Vigata, onde Montalbano resolve os casos, Fazio e Mimí trabalham seriamente e o policial Catarella nos delicia com suas trapalhadas.

Uma das minhas idas a Scicli coincidiu com o período das gravações. Na frente da Prefeitura estava montada a placa “Polícia” e não era possível se aproximar do edifício.

 

Na realidade, as cenas da delegacia são rodadas na Prefeitura de Scicli, que fica na Via Mormino Penna. Dessa forma, todas as vezes que Montalbano entra ou sai da delegacia, podemos ver partes da rua, que é uma gracinha! De fato, todo o centro histórico de Scicli está na Lista do Patrimônio Mundial da Unesco. 

vigata

 

A praça principal de Vigata

Certamente, entre os locais mais emblemáticos da série, não pode faltar a famosa praça com a escadaria que conduz à igreja no coração de Vigata. Este lugar é, na verdade, Ragusa Ibla com sua Catedral de San Giorgio.

 

A casa de Montalbano

Foto: Paula Kirby – FlickR

 

Sem dúvida, um dos lugares mais marcantes da série é a linda casa do Comissário Montalbano. Com uma varanda maravilhosa com vista para o mar, ela fica em Punta Secca, litoral de Santa Croce Camerina e a 6km de Marina de Ragusa.

A casa verde, facilmente reconhecível, onde o ator Luca Zingaretti, que faz o papel de Montalbano, costuma olhar para o mar tomando seu café expresso, fica na Spiaggia di Oonente. Quando não é período de gravações, ela é uma pousada.

Vigata

A varanda da casa verde na esquina é inconfundível.

 

Além disso, em Punta Secca também fica o restaurante Enzo a Mare, onde Montalbano aparece sempre comendo pratos à base de frutos do mar, sempre acompanhados por uma garrafa de vinho!

 

Casa de Don Balduccio Sinagra

Vigata

Quando em alguns episódios aparece a casa do velho chefão da máfia, Don Balduccio Sinagra, nos deparamos com um lugar maravilhoso. As filmagens deste esplêndido local foram feitas no famoso Castelo de Donnafugata, a cerca de 15km de Ragusa. É uma residência nobre suntuosa do final do século XIX.

 

Cenas em Modica

Algumas cenas também foram filmadas em Modica, outra bela cidade barroca. Entre os locais, reconhecemos a escada que conduz à casa do médico legista, Dr. Pasquano e o Palácio Polara, que é cenário do episódio “O cão de terracota”. Além disso, muitas vezes Montalbano vai buscar sua namorada Livia na parada do ônibus, que é em frente a Catedral de San Giorgio. Lá também é onde ocorre uma perseguição no episódio “Excursão a Tindari”.

Aparecem ainda algumas imagens aéreas de Modica, assim como a Igreja de S. Pietro, e o Liceu Tommaso Campanela, que é onde ficam as salas do juiz Scondamiglio e do arquivo municipal de Vigata.

 

Cenas em Noto

Assim como acontede com Modica, há uma série de cenas que mostra Noto. Por exemplo, a prisão de Vigata foi reconstruída de Noto, no imponente Convento de San Tommaso. De fato, esse é um local que Montalbano visita com frequência.

Noto

Além disso, o Palazzo Nicolaci e a igreja de Montevergini também fazem parte do cenário, junto com a magnífica Catedral de San Nicolò, o Palazzo Ducezio e o antigo mercado na via Rocco Pirri.

 

Vigata e outros lugares

Além de Vigata, Andrea Camilleri frequentemente cita nomes de outras cidades: Montelusa, Fela, Raccadali, entre outras. Essas também são todas fictícias, porém os nomes se inspiram em cidades da Sicília que realmente existem. Algumas cenas aleatórias foram gravadas em diversas cidades da Sicília. Só para citar algumas,  temos:

Vigata

Montalbano e Ingrid no Vale dos Templos

 

Por fim, há muitos outros lugares da Sicília que serviram de locações para a série do Comissário Montalbano. Eu, que já assisti a todos os episódios, inclusive mais de uma vez, me divirto em tentar reconhecê-los. Por isso, se você já esteve nas cidades barrocas da Sicília, tente fazer isso também!

 

 

Comente!