Roteiro de uma semana na Sicília

Roteiro de uma semana na Sicília: Dica do leitor

Atualizado em


Eu fico muito feliz quando alguém, logo depois da viagem – ou mesmo ainda durante! – me escreve para dizer que está amando tudo. Este foi exatamente o caso da Maria, que fez um roteiro de uma semana na Sicília e, ainda enquanto estava viajando, entrou em contato comigo para expressar seu desejo de compartilhar o roteiro.

 

Roteiro de uma semana na Sicília – por Maria Cecília

Sempre foi meu sonho conhecer a terra da minha nonna, a Sicília. Ouvi tantas histórias! Mas fundo eu tinha um pouco de medo, porque cada vez que eu falava “vou para a Sicília” lá vinha o “cuidado, não é perigoso? Lá tem a máfia!” Decidi ir mesmo assim. Não queria alugar carro para não ter que me preocupar, mas sabia que de carro ao mesmo tempo seria mais fácil circular…a providência divina não falha e logo vou contar.

Deu tudo muito certo, voltarei mil vezes, amei!

A chegada

Chegamos a Sicilia voando lowcost de Berlin, direto para Catania, terra da nonna. O voo chegava às 20:00 e por via das dúvidas resolvi contratar um transfer para o hotel. No aeroporto lá estava o motorista, Roberto. A chegada foi muito tranquila e logo vi que iria gostar do lugar.

Reservamos o hotel Etna Suits, diretamente na via Etna. Melhor opção! Super atenciosos, quarto moderno e limpo, bem na via Etna, em frente ao parque Bellini e muito perto de tudo. Exatamente ao lado tem a doceria com os melhores doces da Catania.

Menos de 5 minutos dali uma área de pedestres com vários restaurantes fofos com mesinhas do lado de fora. Sentamos na Pasticceria La PINSA e foi ótimo degustar uma pizza de massa branca, uma pizza que não é a que a gente conhece, mas é deliciosa, e lógico, um bom vinho siciliano.

Eu senti tanta confiança no motorista do transfer que resolvi ligar para perguntar quando ele faria para nos levar a Siracusa no dia seguinte. O contato dele para quem precisar é ZAP +39 380359528. O preço foi bem razoável para duas pessoas, e eu topei.

Dia 01

Levamos cerca de uma hora de estrada até Siracusa, e foi ótimo chegar de carro, pois a estação de trem era longe do nosso hotel. Ficamos no Hotel Posta, na via Trieste. O hotel fica bem localizado na entrada de Ortigia, e dá para fazer quase tudo a pé, exceto o teatro grego que fica um pouco mais distante.

Nosso quarto tinha uma vista linda para o mar! Passeamos a pé pela orla, depois pé o centrinho e almoçamos no Al Buon Gustaio, com mesinhas na calçada.

Tudo na Sicilia é muito relaxante, exatamente o oposto do que falavam sobre ter medo. Siracusa é toda linda, não tem como descrever em palavras…o único ponto negativo, são muitos gatinhos nos monumentos históricos e no centrinho, e para uma pessoa que ama animais como eu, isso incomoda. Mas são cuidados, da forma que é possível, pela população local. De toda forma comprei um kilo de ração e uns sachês e botei na bolsa, para ter o que dar e foi ótimo, quem gostar de gatinhos faça isso.

Andamos o dia inteiro, fomos pela orla e voltamos pelo centro, não dá para se perder em Siracusa.

 

Dia 02

Acordamos cedo e fomos de taxi até o teatro grego que fica a uns 15 minutos de carro fora de Ortigia. Que conservação, que lugar impressionante! No verão acontecem concertos lá até hoje.

Na volta viemos a pé até Ortigia, almoçamos e fomos passear de novo no centro e ver o mar (a vista é tão linda que se pode passar horas e horas perdido sonhando ali). A tardinha o motorista veio nos buscar e regressamos a Catania. Desta vez não havia vagas no Etna Suits e ficamos no Mercure Catania Excelsior, que é no centro atual da cidade, perto do mar. A primeira vista a área parece estranha, pois é escura, mas no dia seguinte no claro vimos que era super tranquila. Tudo muito tranquilo e prazeroso na Sicilia.

Dia 03

Contratamos um tour de meio dia para conhecer o Etna. Gente que coisa mais impressionante, viverei 1000 anos e não terei uma experiência desta de novo, é uma paisagem lunar como eu imaginava que fosse a lua. O passeio é incrível, se desce nas crateras extintas, causadas pelas lavas, no topo tem mil lojinhas fofas alguns restaurantes. Recomendo um milhão de vezes. “La Montagna” como é chamada carinhosamente pelos cataneses, é mágica!

Leia também: Excursão ao Etna: como visitar o maior vulcão ativo da Europa

 

Dia 04

Fomos desbravar Catania, passando de um lado (centro novo) ao outro (centro antigo) por dentro do Parque Bellini. Fomos andando pela Via Etnea até a catedral de Santa Ágata a padroeira da cidade.

Passamos pelo mercado do peixe, pelo mercado de temperos, pela Praça do Elefante. Depois seguimos até o teatro grego e ao mosteiro dos Beneditinos. Ambos valem a visita!

Almoço junto com janta num restaurante bem local, na via Etnea, super cheio mas muito barato (pratos a 4 euros) e maravilhoso “ Tratoria del Cavaliere”.

Dia 05

Seguimos desbravando a bela Catania. Fomos ao teatro Bellini, com sua praça cheia de cafés e pedimos uma visita guiada. Vale muito a pena, e nós demos sorte tinha um ensaio e pudemos ver os músicos em ação.

Depois saímos da área antiga e voltamos de novo pelo Parque Bellini até chegar a bela Via Umberto, uma das ruas mais tradicionais do centro moderno. Lá tem muitos restaurantes para escolher, não lembro exatamente onde comemos.

Dia 06

A gente havia feito reserva para uma excursão para O Vale do Templos que foi cancelada na véspera por falta de quórum. Olhamos as opções e por transporte público iríamos fazer baldeações, convocamos nosso amigo Roberto. Que passeio!

Atravessar a Sicilia central de carro, vendo as plantações, as flores amarelas, tudo absurdamente lindo. São cerca de 2 horas de carro da Catania (200 km).

Que lugar! Não é a toa que os gregos escolheram o lugar para os templos (hoje os mais bem conservados do mundo), vista para o mar, tudo já florindo, indescritível de novo..levamos cerca de 3 horas no parque.

O motorista nos esperava e nos trouxe de volta ao por do sol, e ver chegando a Catania é ver o Etna aparecendo, deslumbrante.

Dia 07

Fomos de transfer de Catania para Taormina. A viagem leva cerca de 50 minutos. Taormina fica num penhasco, ou seja se chegar de trem tem que pegar um ônibus para subir. Mais uma vez a opção de viajar com carro foi ótima e super recompensante.

Ficamos num B&B chamado Porta del Re. O host Emanuele foi maravilhoso e em 5 minutos estávamos em casa. Tem uma cozinha comunitária super fofa, café chá biscoitinhos tudo ali para os hóspedes. E fica bem na entrada de uma das portas da cidade. Muito difícil descrever e beleza do local…as ruas parecem um sonho, a vista um filme!

Entretanto nos demos conta que havíamos esquecido nosso carregador no hotel em Catania e nosso telefone tem uma entrada especial que não achamos para vender em Taormina. Ligamos para Roberto, no dia seguinte ele trouxe para nós, cedinho. Gente sinceramente falando, não tenho palavras para recomendar o quanto foi bom ter esta opção de carro sem se preocupar em estacionar (Taormina por exemplo estacionamento é difícil demais), de olhar rotas…foi tão conveniente, seguro, amigável e prático e não foi caro. Roberto é uma pessoa incrível!

Em Taormina, não dá para descrever muito o que fazer, pois tudo é lindo..andar e se perder..andar e se perder de novo…para se achar em um dos lugares mais lindos do mundo!

Roteiro de uma semana na Sicília

Dia 08

Descemos a pé as escadarias até a praia, fomos visitar Isola Bella e caminhar pela orla. Voltamos de teleférico. Mais passeios mais vista deslumbrantes. Uma dica, quanto mais você chega ao final da rua principal encontra restaurantes mais em conta. Gostamos deste aqui: Por do sol vendo o Etna fumegar e o mar a perder de vista com vinho siciliano e sorvetes maravilhosos.

Apenas ser e curtir a Sicilia. Era o nosso último dia na ilha. O lado oeste da ilha, Palermo, ficou para a próxima. Em um roteiro de uma semana na Sicília dá para fazer bem um lado e nós ainda fizemos o centro da ilha com Agrigento…

 

O final

Pegamos um ônibus até Messina e depois a barca para Reggio Calabria. De lá avistamos a nossa ilha maravilhosa e única, já cheios de saudades…

A Sicilia é para amar, para lembrar, par a voltar, para viver.

***

Obrigada, Maria, por ter compartilhado conosco o seu roteiro de uma semana na Sicília! Certamente sua viagem foi muito proveitosa.  

Veja todos os roteiros pela Sicília já publicados aqui no site.

 

 

ASICILIA5

Veja Também

Roteiro entre Malta e Sicília: a viagem de 11 dias de Débora

Atualizado em 14/02/2020Um roteiro entre Malta e Sicília é algo que muitos leitores aqui do …

Comente!