Vamos conhecer alguns dos produtos típicos da Calábria?

Antes de mais nada, é importante saber que a culinária calabresa é conhecida por ser bem apimentada, uma vez que a pimenta, levada para a região pelos espanhóis no século XVI, é um ingrediente comum e farto por lá.

Além disso, tendo a região passada por várias dominações, também é possível ver a influência árabe na abundância de pratos que incluem alcachofras, berinjelas, bem como tantos doces que têm entre os ingredientes mel, figos e frutas secas.

 

Salames típicos da Calábria

Assim como nos pratos típicos, o suíno é rei entre os produtos típicos da Calábria. Há um grande número de salames e outros embutidos. Veja abaixo.

Nduja

O ‘Nduja é um salame com uma consistência muito macia e obviamente bem apimentado. Sua cor, textura e sabor o tornam único no panorama dos embutidos italianos.

Originalmente de Spilinga, uma cidade na província de Vibo Valentia, a preparação deste produto se dá com as partes gordurosas do porco e muita pimenta. Ótimo para passar no pão, também se usa o Nduja em pizzas ou para dar sabor a molhos.

 

Soppressata di Calabria DOP

Salame

Soppressata é um embutido feito de carne magra e gordura de porco, à qual adiciona-se pimenta vermelha e erva-doce selvagem. No entanto, é fácil encontrá-lo também sem pimenta.

Capocollo di Calabria DOP

Depois do Soppressata e do ‘Nduja, o Capocollo é o rei das mesas da Calábria. Trata-se de um produto típico preparado com a parte superior do lombo do porco. Uma vez desossada, salga-se a carne. Após a salga, que dura de 4 a 10 dias, lava-se o salame com água e vinagre. Por fim, ele deve curar por pelo menos mais 100 dias.

Pezzente ou Nduglia

Típico da área de Cosenza, mas também das regiões Basilicata e Puglia, Pezzente é geralmente o último salame preparado após o abate do porco, ou seja, aquele feito com as sobras de carnes e miudezas. Portanto, é um salame considerado não muito valioso. Mistura-se fígado, coração, baço e pulmão com bacon e especiarias, coloca-se na tripa e então é conservado.

 

Queijos típicos da Calábria

Sem dúvida, entre os produtos típicos da Calábria, não podem falar os queijos, como o caciocavallo e pecorino.

caciocavallo

Caciocavallo Silano

Este é um antigo queijo calabrês, feito com leite integral fresco de vaca. A forma é oval ou cônica e cada caciotta (forma do queijo) pesa de 1 a 2,5 kg.

Pecorino del Pollino

Talvez este queijo não esteja entre os mais conhecidos, mas é um dos melhores da Calábria. O Pecorino del Pollino é feito com leite de ovelha e o tempo de cura pode variar de dois meses a mais de um ano.

Pecorino del Monte Poro

Considerado um dos melhores pecorinos do sul da Itália, o Pecorino di Monte Poro é feito na província de Vibo Valentia, utilizando leite de ovelha local. É um queijo que pode ser consumido quer jovem, quer envelhecido.

Enfim, se for curado por um longo período, possui uma casca mais espessa, de cor amarela quase alaranjada e pasta de cor amarelo-palha.

Caprino dell’Aspromonte

Queijo de cabra da região de Reggio Calabria, o caprino dell’Aspromonte é produzido com leite de cabra cru, proveniente de cabras Aspromonte, uma raça autóctona. Além disso, é salgado a seco e curado por cerca de 20 a 30 dias. No entanto, uma pequena parte envelhece por 4 ou 5 meses e é vendida como queijo para ser ralado.

Este queijo tem um sabor agridoce, que se torna picante na versão curada. Enfim, é um queijo que se consume como petisco, geralmente acompanhado de frutas ou mel, mas também se adapta à preparação de massas ou saladas.

Ricota defumada de Crotone

Produto típico da Calábria, especificamente da área de Crotone e do município de Mammola, a ricota defumada de Crotone é produzida a partir do soro que sobra do processamento do leite. Depois de formada, defuma-se a ricota por alguns dias e, mais uma vez, é exposta à fumaça da madeira, plantas perfumadas e castanhas.

Giuncata

Queijo fresco produzido entre a região da Sila e a planície de Sibari, o nome deriva da prática de coletar a coalhada em recipientes de junco (em italiano, giunco), que dão ao queijo a superfície serrilhada. Feito com leite de vaca ou de cabra, possui uma consistência suave e é de cor branco marfim. Tem um sabor ligeiramente ácido e ao mesmo tempo muito delicado.

Butirro

Em poucas palavras, o butirro é um invólucro de queijo com um coração de manteiga. Ele é um queijo concebido como um recipiente natural para preservar um alimento precioso como a manteiga, quando não havia técnicas de refrigeração. É também chamado manteca, piticelle ou burrino.

O butirro é produzido no planalto de Sila e nas áreas do parque do Pollino, com leite de vacas que pariram há um ano. Tem a forma de um caciocavallo, mas é muito menor, raramente ultrapassando 300g. Além disso, tem uma crosta fina e brilhante, que contém um coração de manteiga mais ou menos leve, dependendo do tempo de cura. Pode ser consumido sozinho como petisco ou usado para temperar pratos de massa.

Produtos típicos da Calábria: Pães

Na Calábria cada figura tem seu pão “especial”: há o pão dos pastores, a focaccia dos pescadores, diversos tipos de pitta (viandante, riggitana, ‘mpigliata, etc.), em um turbilhão de sabores, cores, formas rústicas, e decorações rituais.
Veja alguns exemplos.

Pão de Cerchiara

Um dos pães favoritos dos calabreses é o pão de Cerchiara (pane di Cerchiara). Ele é produzido e assado nos fornos históricos da cidade de Cerchiara, na província de Cosenza. São nove fornos, todos, ou quase todos, administrados por mulheres, que trabalham constantemente para abastecer toda a província e região.

Pitta

Pão pitta recheado com tripa. É o morzello, um prato típico da Calábria.

Pitta é um pão tradicional da Calábria, com uma crosta crocante e pouquíssimo miolo. O modo mais comum de consumí-lo com pimentões, tomates e ervas, ou com carne e tripa! De qualquer forma, as opções são muitas e o pão pitta com certeza é o favorito durante dias de festa. Além disso, também uma comida de rua clássica da Calábria.

Pizzata

Pizzata é um tipo específico de pão feito de milho e que não contém farinha de trigo. Tem uma forma achatada e pode ser aromatizado com pimenta.

Produtos típicos da Calábria: Vegetais

Graças à sua posição geográfica, a Calábria é uma região muito fértil. Seus campos agrícolas produzem excelentes produtos. De fato, as receitas da Calábria fazem grande uso de vegetais, especialmente berinjela, tomate, pimentão, cebola roxa e fava.

Cebola roxa de Tropea IGP

produtos típicos da Calábria

Certamente esse é dos produtos típicos da Calábria mais amados na Itália. Em síntese, a cebola roxa de Tropea é um tipo de cebola mais doce e menos ácida do que as outras variedades. O sabor específico deriva de condições climáticas e geográficas específicas, como uma terra voltada para o mar e um inverno ameno.

Assim, ao visitar Tropea, você verá cebolas por todas as partes e em diferentes versões!

 

Berinjela vermelha de Rotonda

Foto: Ana Quaglia – Adobe Stock

Ao vê-las de longe, parecem tomates falsos, brilhantes e muito redondos, mas na realidade, são berinjelas. Contudo, não são berinjelas quaisquer, pois trata-se da berinjela vermelha de Rotonda.

Produzidas entre a Calábria e a Basilicata, especificamente no Parque Nacional do Pollino, são um ótimo produto típico da Calábria. Em suma, a diferença entre essas berinjelas e as comuns é o sabor ligeiramente mais picante e fresco.

Batata da Sila IGP

A batata da Sila é uma variedade cultivada no planalto de Sila. Ela tem a particularidade de conter uma porcentagem de amido acima da média. De fato, isso significa que é uma batata mais nutritiva e saborosa do que as outras. Em sítese, essas qualidades derivam das condições de cultivo, que acontece acima de 1000m de altitude.

Geralmente são as batatas ideais para fazer um prato típico da Calábria chamado mpacchiuse de Patate, feito com cebola e batata.

Bergamota de Reggio Calabria DOP

Bergamota da Calábria

A bergamota é um citrino redondo, mais ou menos achatado nas pontas, com um aroma muito intenso e fresco. Seu cultivo acontece sobretudo nos municípios da província de Reggio Calabria.

A partir de sua casca, obtém-se um óleo essencial muito precioso e muito procurado no campo cosmético e também na produção dos chás Earl Gray. Em suma, a Calábria é o maior produtor de bergamota do mundo, detendo cerca de 90% da produção. Por este motivo, a fruta é chamada de “ouro verde da Calábria”.

 

Cedro liso de Diamante

produtos típicos da calábria

O cedro é uma fruta antiga, da qual outras frutas cítricas no mercado hoje parecem derivar, como toranja ou tangerina. Na Calábria há a chamada Riviera Dei Cedri, que é um trecho de litoral que até algumas décadas atrás era literalmente invadido por cedros.

A variedade de cedro chamada “diamante liso” é considerada mais perfumada que as demais e seu cultivo acontece no trecho da costa que atravessa os municípios de San Nicola Arcella e Diamante. O sabor é ácido, porém doce, com um pouco de polpa suculenta.

Alcaçuz da Calábria DOP

Raiz de alcaçuz

O alcaçuz (em italiano, liquirizia) cresce espontaneamente um pouco em todo o território da Calábria e permitiu o desenvolvimento de uma economia local próspera ao longo dos séculos. O alcaçuz da Calábria, pertencente ao gênero Glycyrrhiza glabra, é uma planta herbácea perene, que atinge até um metro de altura.

Usa-se sua essência principalmente na indústria de confeitaria, para preparar bolos, balas e sorvetes. Na Calábria, em Rossano Calabro, existe o único museu italiano dedicado ao alcaçuz, onde se reconstrói a história do cultivo da planta, graças principalmente aos manuscritos da família Amarelli, envolvidos há quase quatro séculos no cultivo do produto.

 

Pimenta calabresa

A pimenta calabresa, um dos produtos típicos da Calábria mais comuns, é uma das variedades de pimentas clássicas mais amadas e apreciadas. Seu teor de ardência é de cerca 30.000 na escala de Scoville.

Graças ao aroma e à ardência adequados aos paladares menos “treinados”, com essa pimenta é possível fazer até as receitas mais simples, saborosas e especiais. Além disso, é um tipo de pimenta particularmente adequado para as conservas.

 

Produtos típicos da Calábria: um refrigerante de café!

Entre os produtos típicos da Calábria há um refrigerante bem curioso. Na verdade, é um refrigerante feito de café!

Produtos típicos da Calábria

Foto: Francesco Fullone – FlickR

 

Felizmente, os refrigerantes de café da Calábria resistiram à invasão de bebidas de marcas internacionais, como a Pepsi e a Coca-Cola. E o Brasilena, o produto mais famoso da região, tem mais de 50 anos de história. Ele é consumido principalmente na Calábria e é produzido com água mineral e infusão de café, sem conservantes ou corantes.

Apesar da popularidade regional, os refrigerantes de café da Calábria não são comuns no restante da Itália.

 

Marcações:

Comente!