Praias

O que ver e fazer em Cefalù


Ainda não sabe o que ver em Cefalù? Então vamos descobrir juntos as maravilhas dessa cidade linda!

 

Cefalù é, na minha opinião, uma das cidades mais bonitas da Sicília. Pequena e fascinante, aos pés de um imenso rochedo, tem lindas praias, um centrinho encantador e uma catedral de quase 1000 anos! O que mais você quer para incluí-la no seu roteiro?

A cidadezinha de Cefalù dista cerca de 70km de Palermo, portanto é um bate e volta ideal para quem passa alguns dias na capital da Sicília. Para quem viaja no verão, é a típica meta onde é possível combinar banho de mar e um passeio cultural. E além de tudo, é uma cidade muito turística e atrai visitantes de todas as partes do mundo.

Neste texto, você encontrará as seguintes dicas de Cefalù:

 

O que fazer em Cefalù

Antes de mais nada, considere que Cefalù é uma cidade muito pequena. Portanto, em poucas horas você consegue ver as principais atrações. No entanto, não é por isso que você vai deixar de curtir cada lugarzinho com calma, não é mesmo?

 

Curtir a praia

Eu simplesmente adorei a praia de Cefalù, e olha que eu sou bem exigente. Não vou em qualquer praia não! O mar calmo e límpido, a ampla faixa de areia, fina e dourada, me surpreenderam. Realmente eu não esperava uma praia tão limpa, visto que era um fim de semana de alta estação e o lugar estava lotado, não só de turistas estrangeiros, mas também de locais e viajantes provenientes de diversas partes da Sicília.

A praia tem uma ótima infraestrutura, com uma ampla área livre onde você pode estender sua toalha ou canga sem problemas. Além disso, ela um bom número de lidos para quem prefere usufruir dos serviços de bar e lanchonete e tomar sol comodamente deitado em uma espreguiçadeira.

Comparando com outras praias da Sicília, achei os preços dos lidos de Cefalù muito justos. O aluguel de duas espreguiçadeiras com guarda-sol custam entre 20 e 25 euros e é possível ficar o dia inteiro.

De todo modo, meu conselho é que tentem evitar ir a Cefalù nos domingos dos meses de Julho e Agosto. Assim como quase todas as praias próximas às zonas urbanas, Cefalù enche e é uma missão quase impossível encontrar estacionamento. Além disso, encarar praia lotada não é o máximo.

 

Visitar a Catedral, Patrimônio da Humanidade Unesco

A Catedral de Cefalù faz parte da lista de bens Patrimônio da Humanidade Unesco juntamente com outros importantes monumentos de Palermo. Eles integram o itinerário Árabe-Normando.

Por trás da construção da catedral há uma lenda muito antiga, segundo a qual Rei Rogério II, para se salvar de uma terrível tempestade no mar, fez uma promessa. Se ele saísse dela ileso, construiria um majestoso templo no primeiro lugar onde conseguisse atracar seu navio.

De fato, a terra firme onde pisou os pés Rei Rogério II foi justamente Cefalù e no dia 7 de junho de 1131 iniciou a construção de uma das mais suntuosas igrejas da Sicília, símbolo da cidade.

Hoje em dia, a Catedral de Cefalù é uma parada obrigatória. Os mosaicos bizantinos, a arte árabe, o Cristo Pantocrator que domina o altar, são a máxima expressão do culto religioso bizantino. Eles estão presentes também nas duas outras magníficas igrejas construídas durante o período normando. Veja também: A Catedral de Monreale e a Capela Palatina de Palermo!

O célebre Cristo Pantocrator.

É possível visitar a catedral todos os dias, das 8 às 18h de abril a outubro, e de novembro a março, das 8 às 13 / das 15h30 às 17h. A entrada é gratuita.

Caso visite a catedral de Cefalù em uma tarde de sábado, as chances de encontrar alguém casando são grandes! Neste caso, não dá para apreciar a parte interna da igreja como se deve.

Passear pelo centro histórico

Além de ser uma meta de veraneio, Cefalù também é um vilarejo medieval considerado um dos burgos mais bonitos da Itália.

O Corso Ruggero, que é, digamos a rua principal do centro histórico, é cortado por uma série de ruazinhas repletas de restaurantes e lojas de artesanato e souvernirs. O Corso Ruggero também leva à Piazza Duomo, dominada pela catedral. Há vários bares na praça, um lugar ideal para um aperitivo e/ou descanso no meio do passeio.

Piazza Duomo

Subir até o alto da Rocca

Certamente, assim que chegar a Cefalù você vai ver um imenso rochedo. Na verdade, ele pode ser visto a partir de diversos pontos da cidad. É a Rocca, e subir ao topo dela está em todas as listas que elencam as coisas para fazer em Cefalù. A pedra tem 270m de altura e lá de cima é possível desfrutar de um panorama incrível, que dizem compensar toda e qualquer fadiga.

Escrevi “dizem” porque seria uma massacre subir até lá debaixo de um sol de 40ºC. Quando eu voltar a Cefalù, de preferência no outono ou na primavera, prometo que escalo a Rocca!

O rochedo visto da praia.

Caso desejar escalar o rochedo, vá equipado com calçados adequados e água. O acesso até a Rocca só é permitido entre as 9 e 19h.

Ver o pôr do sol na praia

Sou aquele tipo de pessoa que, quando viajo, se o lugar tem um pôr do sol bonito, faço questão de vê-lo. Não tinha lido em nenhum lugar que o pôr do sol em Cefalù fosse tão lindo. Fiquei encantada com as cores, o reflexo do sol no mar calmo. Além disso, adorei ficar olhando da balaustrada o sol desaparecendo aos poucos no horizonte. Sem dúvida é algo que você não pode deixar de fazer em Cefalù.

O que ver em Cefalù: O Lavadouro

Outra parada obrigatória no centro histórico é o “Lavatoio”, um lavadouro de época medieval inteiramente escavado na rocha e usado até a segunda metade do século XX. É a foz do rio Cefalino, que nasce nas montanhas, a 1000m de altitude e passava por dentro de Cefalù. No século XVII o rio foi coberto e foram construídos os arcos que hoje vemos no lavadouro.

Tinha passado mais cedo no lavadouro, mas me deparei com um grupo de turistas alemães se refrescando nas águas geladas do Cefalino. Tive que voltar à noite para conseguir tirar uma foto sem aquelas cenas deploráveis!

Por muitos séculos as pessoas desfrutavam da água corrente para lavar os panos, garantindo um mínimo de higiene, coisa rara na Idade Média. De fato, em cada reservatório há uma pedra triangular que servia como base para esfregar os panos.

O que ver em Cefalù: O Museu Mandralisca

Os amantes de arte e arqueologia não podem deixar de visitar o Museu Mandralisca. Ele é o único museu de Cefalù e nele estão expostos achados arqueológicos provenientes de escavações realizadas em diferentes partes da Sicília.

Mas além do material arqueológico, a estrela do museu é, na verdade, um quadro de Antonello da Messina: o extraordinário Ritratto d´Ignoto Marinaio (Retrato de um Marinheiro Desconhecido). Por causa do sorriso ambíguo do marinheiroa obra é comparada por muitos críticos de arte à Mona Lisa de Leonardo da Vinci. O olhar misterioso, o sorriso irônico do personagem fez com que alguém reagisse tão mal àquele ar provocador ao ponto de atacá-lo, causando-lhe 15 arranhões.

O museu fica na Via Mandralisca e funciona todos os dias, das 9 às 19h. De 1º de novembro a 28 de fevereiro, não abre às segundas-feiras. O bilhete inteiro custa 6 euros. Para mais informações visite o site oficial do museu.

Quando ir a Cefalù

Certamente os meses melhores para visitar Cefalù são maio, junho, setembro e outubro. Se for visitar a cidade em julho e agosto, é provável que a encontre lotada, além dos preços dos hotéis serem bastante altos. De fato, as duas primeiras semanas de agosto são o pico da alta estação, e se você decidir visitar Cefalù naquele período, tente reservar um hotel com bastante antecedência.

Por outro lado, durante a baixa estação (de novembro a março), fica tudo muito vazio, alguns hotéis e restaurantes fecham.

Quanto tempo ficar em Cefalù

Por ser um vilarejo, um dia inteiro basta para visitar tudo e ainda incluir um banho de mar. No entanto, caso queira usar Cefalù como base para visitar as cidades nas redondezas, como Castelbuono, ou curtir as praias, o ideal é ficar um mínimo de dois dias inteiros.

Onde se hospedar em Cefalù

Antes de mais nada, você deve considerar que Cefalù não é uma cidade onde há hospedagem barata. Isso vale sobretudo para os meses de julho e agosto. De qualquer forma, dê uma olhada nessas minhas dicas:

Como chegar a Cefalù

De carro: Para quem vem de Palermo, basta percorrer a autoestrada A20 (Palermo-Messina) e em menos de uma hora se chega a Cefalù. O pedágio custa € 0,90. Para quem vem de Catania ou Siracusa, recomendo pegar autoestrada Palermo-Catania. Enfim, caso passe uma noite em Cefalù durante a alta estação, tente reservar um hotel com estacionamento, pois não há muita disponibilidade de locais para estacionar.

Com um transfer privativo: Se você quer fazer um passeio privativo ou utilizar o conforto de um transfer com motorista particular, entre em contato conosco.

De trem: Sem dúvida, o melhor meio de transporte público para ir a Cefalù é o trem, seja para quem vem de Palermo, seja para quem vem de Messina. Confira os horários no site da Trenitalia.

 

 

Quer receber no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália? Então cadastre-se na nossa newsletter!

Não se preocupe, pois odiamos spam! Enviamos no máximo um e-mail por mês.

Patricia Kalil

Meu nome é Patricia Kalil, sou de Salvador e moro na Sicília desde 2007. Sou autora, editora, webmaster, analista de mídias sociais e gerente de SEO do Descobrindo a Sicília. Faço de tudo por aqui!

Comente com o Facebook

Ver Comentários

  • Olá Patrícia.
    Pois é, eu também imaginei alguma coisa semelhante, ou seja, que o pessoal do hotel não tenha interesse ou desconheça o assunto. Isto por que é um fator restritivo para os hóspedes, já que não são todos que podem caminhar essa distância carregando malas. Além dos quartos serem no terceiro andar do prédio sem elevador, no caso do meu hotel.
    Quanto ao estacionamento, também verifiquei que tem outro que me pareceu mais interessante, por ser maior e na beira da praia. Trata-se do Parcheggio Lungomare, que fica, aproximadamente, à mesma distância do Dafne.
    De qualquer forma agradeço sua gentileza e consideração.
    Alberto

  • Oi, Patrícia!
    Como sempre, seu blog está sendo meu guia na Sicília. São tantas e tão preciosas dicas que não vejo necessidade de procurar mais informações.
    Em sua resposta anterior, você me sugeriu um bate e volta de Palermo, onde eu já estarei por duas noites. Porém, optei por pernoitar uma noite em Cefalu e depois seguir viagem para Catânia, passando pelo povoado de Blufi para ver a plantação de tulipas.
    Pois bem, o hotel em Cefalú é na Corso Ruggero, ou seja, na zona histórica, com acesso muito restrito aos veículos. Consultei o site da prefeitura e lá consta a informação de que os hóspedes dos hotéis naquela área poderiam entrar com o carro para desembarcar a bagagem. No entanto, em contato com o hotel a informação que deram é de que não existe essa autorização, sendo que os carros devem ficar fora da zona histórica.
    Você tem conhecimento sobre o assunto?
    Caso, realmente, não seja permitido o acesso de carros, você saberia onde posso parar em um lugar mais próximo ao hotel?
    Muito obrigado mais uma vez pela sua atenção e paciência!

    • Olá Alberto,

      O conhecimento que tenho sobre o trânsito no Corso Ruggero é o mesmo que o hotel lhe informou, ou seja, não é permitido o acesso de veículos não autorizados. Mas eu fui pesquisar essa informação que você encontrou e também a achei. Entretanto, não sei se é uma informação antiga, que não tem mais validade, pois não tem a data! Digo isso porque achei diversas outras páginas com notícias divergentes, de anos diferentes.

      Vi também que teria que o ser o hotel a comunicar à prefeitura a placa do carro do cliente e solicitar a autorização. Pode ser que o hotel onde você estará não queira fazer isso, ou o funcionário não saiba como fazer isso. Mas é uma suposição minha.

      Enfim, para não correr o risco de levar uma multa, você pode deixar o carro no estacionamento do centro histórico, que fica a 600m do Corso Ruggero. Coloque no Google Mapas "Parcheggio Dafne" (https://goo.gl/maps/dDapTU5oT5D3fsBK6). Se você não tiver com muitas malas, dá tranquilo para ir a pé.

      Um abraço,

      Patricia

  • Olha eu aqui outra vez!!!

    Patricia voce tem dicas de Hostel Cefalu ? ou hoteis mais em conta ? Mochileira de primeira viagem sozinha economizando cada eurozinho...

    obrigada outra vez :)

    • Thais,

      Não tem hostel em Cefalù e ali os hotéis custam um pouco caro, porque é uma cidade muito turística.

      Para economizar, as pessoas fazem bate e volta, dormindo em Palermo ou, se quiser ficar mais perto, em Bagheria. Eu nunca consegui pagar menos que 80 euros em pousadas em Cefalù (na alta temporada), e olha que eram daquelas bem simplezinhas. Sugiro que você dê uma olhada no Booking e veja se tem algo que entra no seu orçamento: http://www.booking.com/searchresults.html?city=-114960&aid=393726&no_rooms=1&group_adults=1

      Um abraço,

      Patricia

  • Oi Patrícia, estaremos em Palermo na última semana de setembro e iremos passar um dia em Cefalu.
    Acha que ainda estará quente para um banho de mar?
    Obrigada!
    Um beijo, Flavia

    • Oi Flavia,

      É muito provável que sim, as temperaturas devem estar por volta dos 25°C, mas não é certeza matemática. O tempo varia muuuuito aqui na Sicília!

  • Oi Patricia,

    Obrigada pela ajuda!!!

    Acho que no final das contas irei fazer um bate e volta até Cefalu (de Palermo), pois como depois irei para
    Favignana eu precisarei alugar um carro e infelizmente só consegui disponibilidade a partir de Palermo ;-)

    Abraços,

  • Oi Patricia!! Tudo bem?

    Primeiramente gostaria de parabeniza-la pelo seu blog... Além de ser uma graça visualmente, você simplesmente fez com que dos 2 dias que iria passar na Sicilia, se transformassem em 8 !! rsrs Não vejo a hora de chegar nessa terra linda!!!

    Bom.. vamos ver se você consegue me ajudar com uma dúvida, por um acaso na praia (Cefalu) existe algum lugar com "ducha" de água doce? Te pergunto pois o cidadão sai da água cheio de sal e como faz depois para passear? kkkk Outra dúvida em qual hotel você ficou por lá? Também estou pensando em ficar 1 noite.

    Muito obrigada !!! E mais uma vez parabéns!!

    Abraços,

    • Oi Narjara!

      Obrigada pelos elogios! :)
      Em dois dias você iria conseguir ver uma cidade só! Ainda bem que viraram 8!

      Todos os "lidos" têm ducha, bem como cabines para trocar de roupa, mas para poder usá-las você tem que ficar em um deles.

      Quando estava planejando minha viagem a Cefalù, não tive muita escolha na hora de reservar o hotel. Eu precisava de um com estacionamento e que a diária fosse menos de 90 euros (alta estação em Cefalù = hotéis com preços nas estrelas). Quando coloquei os filtros no Booking, apareceram pouquíssimos. Depois de ler todos os comentários, fechei com o B&B Pepito (http://www.booking.com/hotel/it/b-amp-b-pepito.html?aid=393726). Um B&B muuuuito simples, mas extremamente limpo e organizado. Dista uns 100 metros da praia.
      Se você não estiver de carro, pode procurar outros dentro do centro histórico.

      Se tiver mais dúvidas, é só perguntar!

      Um abraço,

      Patricia

  • Oi Patricia, estou hà 7 dias aqui na Sicilia e simplesmente adorando, me sentindo em casa graças ao seu blog, muito obrigada por compartilhar aqui tanta boa informaçao e preciosa atençao! Depois vou te passar meu roteiro e minhas dicas para que voce aproveite alguma coisa da minha experiencia :) Apesar desse calor absurdo, estou conseguindo aproveitar muito, tudo lindo! Passei aqui agora sò para dizer que ontem passei o dia em Cefalu e foi maravilhoso, encantador. A cidade cheia de gente aproveitando a praia foi mais um ingrediente fantàstico à minha visita, o italiano em férias é um espetàculo, fotografei muito e todas as fotos que tenho postado da Sicilia no Instagram estou colocando na sua tag #descobrindoasicilia espero que goste! Sò para acrescentar uma informaçao ao seu texto: paguei 9,40 euros de pedàgio quando cheguei a Cefalu, vindo de Taormina. Mas se nao me engano, paguei também 2 euros em algum outro ponto da estrada, talvez na altura de Messina... levei um susto porque de Catania para Taormina havia pago apenas 1,60 euros. Entao a dica para quem estiver de carro é sempre ter muitas moedas e nota de 10 euros sempre à mao! Agora estou em Palermo e fico por aqui mais 2 noites, volto para Taormina por mais 1 noite e depois passo as 2 ultimas noites em Catania. Jà sofrendo aqui sò em pensar que daqui a pouco terei que ir embora... Viagem fantàstica, a Sicilia é o màximo! beijos, Nara.

    • Oi Nara!

      Amei seu comentário! Obrigada por vir aqui dar um feedback, vou adorar publicar seu roteiro aqui no blog.
      Vou adicionar as informações sobre o pedágio ao texto. Eu tinha ido pra Cefalù a partir de Palermo, então não sabia o preço para quem vem de Messina. Você deve ter pago dois euros de Taormina a Messina, que é outra autoestrada.
      Vi suas fotos no Instagram e são maravilhosas. Posso dar um repost?
      Um abraço,
      Patricia

  • Alô, Patrícia
    Como sempre, ótimas dicas, muito obrigada pelo envio.
    Gostaria de saber qual a melhor maneira de nos deslocarmos de Catânia a Taormina. Devemos desembarcar provenientes de Roma no dia 2 de outubro à tarde (ainda não sei o horário). Nosso hotel é em Taormina e acho que não oferece serviço de transfer. Como só vamos alugar carro no último dia de Taormina, não sei que meio de transporte seria mais adequado a partir do aeroporto. Você tem como ajudar?
    Desde já, muito obrigada e um grande abraço

    • Oi Maria Céli!

      É bem simples ir do aeroporto de Catânia a Taormina. No próprio aeroporto passa um ônibus (empresa Interbus - http://www.interbus.it) que te deixa no centro de Taormina e há vários horários por dia. O problema surgiria se você chegasse muito tarde à noite, porque o último passa às 21h45.

      Um abraço,

      Patricia

Posts Recentes

Cous Cous Fest: Quando San Vito Lo Capo festeja o cuscuz

De 16 a 25 de setembro de 2022 acontece, em San Vito Lo Capo, o… Leia Mais

2 semanas atrás

5 dicas de praias em Palermo e arredores

Viaja no verão e quer saber quais praias em Palermo encaixar no seu roteiro? Pois… Leia Mais

2 meses atrás

A Festa de Santa Rosalia em Palermo

Talvez a mais importante festa religiosa e popular de Palermo, a Festa de Santa Rosalia… Leia Mais

3 meses atrás

5 hotéis na praia em Taormina

Os hotéis na praia em Taormina são alguns dos lugares mais exclusivos onde se hospedar… Leia Mais

3 meses atrás

Dicas de praias na Sicília

Dar dicas de praias na Sicília não é uma tarefa muito fácil. Digo que não… Leia Mais

3 meses atrás

Dicas de praias em Favignana

As praias de Favignana, com suas águas cristalinas, e em partes azul piscina, fazem da… Leia Mais

3 meses atrás

Este site usa cookies. Ao continuar a navegação, você concorda com seu uso. Para saber mais, inclusive sobre como controlar os cookies, consulte nossa políica de privacidade.

Política de Privacidade