Pular para o conteúdo

Descobrindo a Sicília

Home » DICAS » Utilidades » O que é coperto?

O que é coperto?


Viu uma taxa cobrada naquela conta do restaurante e não sabe exatamente o que é “coperto”? Então este texto é para você!

O “coperto” é uma taxa cobrada por quase todos os restaurantes na Itália. Em suma, seria uma espécie de couvert e tem um valor fixo. Portanto, não se trata de uma taxa de serviço que pode variar de acordo com o valor da conta final.

É uma obrigação dos restaurantes informar o valor do coperto nos cardápios. Geralmente o valor fica no pé da página e varia de 2 a 4 euros por pessoa. Todavia, nos restaurantes estrelados e em lugares muito turísticos, este valor pode chegar a 5 euros por pessoa (ou até mais, se realmente se tratar de um restaurante muito caro). No entanto, se for sua primeira vez na Itália, pode ser que você não preste atenção nele e não o contabilize nos preços antes de se sentar para comer.

 

Mas o que é coperto exatamente?

O coperto, que significa literalmente “coberto”, é uma cobrança pelas toalhas de mesa, talheres e pão (embora às vezes nem haja pão, mas somente grissini). E, como esses elementos são essenciais em um restaurante, isso os torna obrigatórios para todos os comensais. Em suma, todo mundo tem que pagar, inclusive crianças.

Além disso, muitos turistas pensam que não comendo o pão ou o amuse-bouche, quando há, não têm que pagar o coperto. Mas não é assim que funciona. De todo modo, os restaurantes são obrigados, por lei, a informar o valor nos cardápios e você pode observar isso antes mesmo de entrar no lugar, uma vez que a maior parte tem os menus expostos na porta.

LEIA TAMBÉM:  Horários de funcionamento do comércio na Sicília

o que é coperto

Coperto x Gorjeta

Embora os restaurantes tenham o direito de cobrar o coperto, não podem obrigar ninguém a dar gorjetas. Na verdade, os italianos não têm nenhum costume de dar gorjetas aos garçons.

Por isso, você não precisa se sentir obrigado a dar gorjeta, pois o garçom tem um salário fixo e não depende disso para sobreviver. E se algum restaurante exigir isso de você, saiba que pode estar sendo enganado. No entanto, quando somos bem atendidos e pagamos em espécie, podemos deixar o “troco” ao garçom. Alguns ficam até surpresos quando um cliente faz isso. Por exemplo, já aconteceu comigo do garçom agradecer imensamente quando deixei o troco para ele.

 

As origens do coperto

O coperto tem sua origem na Idade Média. Naquela época, muitos paravam nas hospedarias para se proteger do frio, mas, para economizar, só comiam os alimentos que traziam de casa. Os donos dessas estalagens, impossibilitados de lhes vender a comida, passaram a cobrar desses clientes pelo lugar que ocupavam (posto coperto, ou seja, o lugar coberto) e pelo uso de talheres e pratos.

Posteriormente, isto é, no início do século XX, o pão (e às vezes, a água da torneira) também passaram a ser incluídos neste custo. Os donos de restaurante aceitavam que os clientes trouxessem comida de casa, porque poucos tinham dinheiro para comer fora. Por outro lado, precisavam pelo menos consumir o vinho da taverna.

 

Mais algumas dicas

  • Se você tem um orçamento limitado, verifique o menu do restaurante antes de entrar. Como escrevi anteriormente, a maior parte expõe o cardápio na porta. Além disso, hoje em dia é fácil a imagens dos menus no TripAdvisor, por exemplo.
  • Quando se compra uma pizza ou sanduíche para viagem (take-away), não se cobra o coperto.
  • Os bares não cobram coperto. Porém, na maior parte deles, o preço dos alimentos consumidos nas mesas é mais alto do que se você ficar apenas no balcão. Isso porque está incluído o serviço.
LEIA TAMBÉM:  8 dicas de restaurantes em Lampedusa

 

 

Quer receber no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália? Então cadastre-se na nossa newsletter!
Não se preocupe, pois odiamos spam! Enviamos no máximo um e-mail por mês.

5 comentários em “O que é coperto?”

  1. Cuidado com alguns restaurantes de roma. Cobram 20% e na cara dura colocam tip ( gorgeta) como obrigatorio. Isso alem da taxa de 10% tax/serv. Perguntei no caixa – disse que era obrigatorio. ( restaurante da fontana di trevi)

    1. Olá Yoshihiro! Infelizmente alguns lugares na Itália se aproveitam quando veem turistas estrangeiros. Isso acontece principalmente em cidades muito turísticas, como Roma e Veneza. Mas é fraude! Já vi nos jornais casos em que os turistas chamaram a polícias, e aí deu muito ruim para o restaurante. Muito importante o seu alerta e se alguém passar por uma situação dessas, tem que ameaçar chamar a polícia.

      Um abraço,

      Patricia

  2. Olá, Patrícia
    Parabéns, o nivel do seu blogue continua alto!
    Hoje eu soube duma amiga que vai passar uma semana na Sicília, vou recomendar para ela 🙂
    Abraço
    Maria do Céu Fialho

    1. Ciao Céu!

      Muito obrigada pelo comentário e por continuar lendo meus textos.
      Agradeço também por me recomendar à sua amiga.

      Um grande abraço,

      Patricia

    2. Realmente um absurdo. O garção me disse que 20% era obrigatorio como gorgeta – e foi escrito a mão – sem timbre da caixa. Engoli essa e paguei 20%( cash only- paguei) – cuidado em roma ! Alem disso tinha mais 10% de tax/serv

Comente!

Novidades e informações

Cadastre-se na nossa newsletter mensal

E receba no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália!