Frecce Tricolori: A Esquadrilha da Fumaça Italiana

Esquadrilha da Fumaça Italiana - Frecce Tricolori

A esquadrilha da fumaça italiana, popularmente chamada de Frecce Tricolori (Flechas Tricolores) são, sem dúvida, um orgulho dos italianos. De fato, cada apresentação do esquadrão reúne milhares de pessoas, que não conseguem parar de olhar para o alto. Além disso, ao colorir de verde, branco e vermelho os céus das cidades italianas, sobrevoando os monumentos mais marcantes, o espetáculo se torna ainda mais incrível.

Sendo assim, vamos conhecer um pouco da história das Frecce Tricolori?

Esquadrilha da Fumaça Italiana - Frecce Tricolori

A história da Esquadrilha da Fumaça Italiana

Já desde a década de 1920 era comum que os pilotos militares realizassem algumas acrobacias durante seus treinamentos. Posteriormente, decidiu-se elevar o nível da técnica acrobática dos pilotos militares, para que eles representassem a Força Aérea em feiras aéreas internacionais. Dessa forma, seria possível ostentar a honra e o prestígio da Itália no campo aeronáutico.

Assim, em 1930, criou-se a primeira escola acrobática da Itália. O então grupo acrobático Squadriglia Folle (em português, Esquadrilha Louca), fez sua primeira aparição em um show aéreo em Roma naquele mesmo ano.

Porém, logo após a 2ª Guerra, a Aeronáutica Italiana se limitou a participar de eventos aéreos nacionais com pequenas formações. Isso se deu por causa do reduzido número de aeronaves disponíveis, pelas suas precárias condições de eficiência, bem como pelo clima geral de austeridade que reinava naqueles anos. Sendo assim, foi somente no início da década de 1950 que o Estado-Maior da Força Aérea avaliou de fato a possibilidade de formar uma equipe acrobática.

Também foi nos anos 50 que as demonstrações de voo no exterior foram retomadas. Naquele período, representavam a Itália esquadrilhas com nomes curiosos, como Cavallino Rampante (cavalo empinado), Getti Tonanti (jatos de trovão) e Lancieri Neri (lançadores negros). 

Esquadrilha da Fumaça Italiana - Frecce Tricolori

As flechas tricolores

Com o objetivo de profissionalizar e melhorar ainda mais todas as técnicas de voo adquiridas, em 1960 decidiu-se criar uma unidade acrobática permanente, que passaria a fazer parte da Força Aérea Italiana. Sendo assim, a Pattuglia Acrobatica Nazionale (PAN) foi fundada em março de 1961 e foi oficialmente denominada 313º Gruppo Addestramento Acrobatico.

Enfim, devido às listras verdes, brancas e vermelhas nos aviões, que parecem flechas que cortam o céu, a unidade logo recebeu o apelido de Frecce Tricolori.

Esquadrilha da Fumaça Italiana - Frecce Tricolori

Embora a formação inicial fosse de seis pilotos (um deles solista), esse número logo se expandiu para nove aeronaves em formação e um solista.

Hoje em dia, a esquadrilha da fumaça italiana é a maior equipe acrobática do mundo. Além disso, ela é mundialmente famosa. Isso se deve em parte ao grande número de acrobacias, que são nada menos que 18 figuras. Certamente um show do Frecce Tricolori faz muitos corações italianos baterem mais rápido!

 

Comente!