O Dia de Finados é comemorado em 2 de novembro na Itália, no Brasil e em muitos outros países do mundo. Ele segue o Dia de Todos os Santos, celebrado em 1º de novembro.

Eu já expliquei o quanto é curiosa a tradição do dia de finados na Sicília. Em poucas palavras, a lenda conta que na noite entre 1 e 2 de novembro, quem morreu vem visitar seus entes queridos e traz doces e presentes para as crianças.

De fato, parece bizarro, mas era também uma maneira de ensinar as crianças a não terem medo da morte. O dia de finados, além de ser o dia em que as pessoas vão a cemitérios para celebrar entes queridos que partiram, é também uma ocasião de ir a feiras para comprar todo tipo de brinquedos, objetos de decoração e outras quinquilharias.

Obs: Na Itália, não é feriado no dia 2 de novembro, mas sim no dia 1º, dia de Todos os Santos.

 

Doces tradicionais do dia de finados na Sicília

Como em toda e qualquer data comemorativa existente no calendário, o Dia de Finados na Sicília também tem seu(s) doce(s) típicos. Os doces tradicionais do dia de finados já começam a aparecer na metade de outubro e os encontramos em qualquer padaria, confeitaria ou supermercado. É fácil reconhecê-los, vou mostrar para vocês cinco deles.

 

1 – Rame di Napoli

Doces Tradicionais do Dia de Finados

Rame di Napoli

Estes são os meus doces preferidos e são tícos do leste da Sicília (Catania, Siracusa, etc.). São biscoitos grandes e macios, de chocolate meio amargo, branco ou glacê de pistache. Os biscoitos tradicionais têm cobertura de chocolate meio amargo.

 

2 – Ossa dei Morti

Doces tradicionais do dia de finados na Sicília

Ossa dei Morti

Tradução literal: ossos dos mortos (risos). Você comeria biscoitinhos com um nome desses? Sim, eu sei, pode ser um pouco assustador, mas o gosto vai fazer você esquecer o nome deles. A receita básica inclui farinha de trigo, açúcar e cravo, poucos ingredientes mas são de uma doçura só.

 

3 – Pupi di zucchero

Literalmente “bonecos de açúcar”, estes doces são populares em Palermo. São estatuetas ocas feitas de açúcar, pintadas com cores em tons pastéis, que representam figuras tradicionais sicilianas, como os famosos Paladinos ou mesmo personagens dos desenhos animados.

Segundo uma antiga lenda, um árabe nobre reduzido à miséria, convidava as pessoas para jantar e, para compensar a falta de alimentos requintados, inventou essa nova receita com um incrível impacto coreográfico, mas feita somente de açúcar, desfrutando de considerável sucesso.

São verdadeiras “esculturas” inteiramente feitas de açúcar que, até a segunda metade do século passado, representavam o presente dos mortos para os pequenos.

 

4 – Totó, Teio, Tetu ou Catalani

Esses biscoitinhos especiais, que mudam de nome de acordo com a região da Sicília, não poderiam faltar na lista. Nãose conhece bem sua origens e provavelmente o nome deriva de uma abreviação. Segundo algumas teorias, indicaria “uma para você e outra para mim”.

Doces tradicionais do dia de finados na Sicília

Totò

Antigamente, para fazê-los, misturava-se os restos de outros biscoitos, ou se adicionava frutas secas e cristalizadas. No entanto, apenas algumas padarias e confeitarias mantiveram este antigo costume. Agora eles são feitos do zero, mas são bons mesmo assim! 

 

5 – Doces Tradicionais do Dia de Finados: N’zuddi

Os n’zuddi são deliciosos biscoitos típicos do leste da Sicília, mais especificamente das províncias de Messina e Catânia. Estas iguarias têm uma forma esférica ligeiramente achatada e uma cor dourada. Eles levam ingredientes simples, como farinha de trigo, açúcar, amêndoas, casca de laranja cristalizada, canela e clara de ovo.

Doces Tradicionais do Dia de Finados

N’zuddi

Mas por que esse nome? Literalmente, o termo dialetal ‘nzuddi significa “Vincenzo”. Um apelido dado ao biscoito porque teria sido criado por freiras vicentinas (Vincenzo = Vicente).

Veja também: Doces típicos da Sicília

 

Mais doces tradicionais do Dia de Finados

Há ainda um outro doce tradicional ligado ao dia de finados. Eu não quis adicioná-lo à minha lista porque você sempre pode encontrá-los: são as frutinhas de marzipã. Esses docinhos, chamados aqui na Sicília de Frutta Martorana, são a reprodução perfeita de frutas e legumes, mas são doces! 

fruta martorana

Enfim, se você pudesse escolher um deles, qual você escolheria?

 

3 comentários em “5 Doces Tradicionais do Dia de Finados na Sicília”

    1. Olá Rosa,

      Não sei se você se refere à newsletter que enviei, mas ali não mencionei nenhum livro específico sobre a Sicília. Na verdade, falei dos romances policiais de Andrea Camilleri, ambientados na Sicília, e também dos descontos da Amazon sobre os livros em geral.

      Talvez você já tenha visto, mas aqui no blog tem que algumas dicas de romances que se passam na Sicília: https://descobrindoasicilia.com/tag/livros/

      Um abraço,

      Patricia

Comente!