Areia fina e branquinha, um mar tão cristalino que a luz do sol reflexa chega a incomodar. Essa é San Vito Lo Capo, uma das praias mais bonitas da Itália.

Atravessei literalmente a Sicília para visitar uma das mais belas localidades da ilha. San Vito Lo Capo é realmente linda e toda a sua fama tem um porquê: não é assim tão fácil encontrar aqui na Sicília uma praia que seja, ao mesmo tempo, ampla, de areia, que tenha um mar que vai do cristalino ao celeste, uma boa infraestrutura e seja dentro da área urbana de uma cidade.

San Vito Lo Capo é um daqueles lugares que merecem bem mais que um dia. Se a sua ideia é também explorar as outras praias nas redondezas, considere usar San Vito como base para visitar a Riserva dello Zingaro e Castellammare del Golfo, por exemplo.

Dicas de San Vito Lo Capo

Como é praia de San Vito Lo Capo

Sem dúvida é graças ao seu mar se San Vito conseguiu a fama que tem hoje. E é ele que atrai os turistas do mundo inteiro. De fato, o mar de San Vito Lo Capo é um paraíso natural com um fundo bem claro, por isso, mesmo quando agitado, continua sempre límpido e transparente.

“Agitado” para os padrões sicilianos, ou seja, só com algumas ondas.

Além disso, outra característica das praias da região é que, ao entrar no mar, vai ficando fundo bem aos pouquinhos, o que faz de lá um lugar perfeito também para famílias com crianças.

É preciso caminhar mundo até que fique realmente fundo.

Apaixonei pela cor deste mar!

Os serviços na praia

Como ocorre na maior parte das praias italianas, também em San Vito Lo Capo há uma área ocupada pelos lido, os estabelecimentos que fornecem alguns serviços e onde você paga para usar as espreguiçadeiras e guarda-sóis e uma área livre, bastante ampla, onde você pode chegar e estender a sua canga na areia sem problemas.

Assim como acontece também em algumas praias brasileiras, em uma parte da praia ficam umas pessoas oferecendo aluguel de cadeiras e guarda-sóis (te abordam logo quando você passa por perto). Então resta essa opção se você não quer nem ficar no chão e nem usar os serviços dos lidos.

A praia no finalzinho do dia.

No verão é uma loucura!

Mesmo com bastante espaço na areia, a praia lota nos meses de verão. Lota mesmo, do tipo que é difícil encontrar um lugarzinho na areia. Por este motivo, o melhor período para visitar San Vito Lo Capo é entre maio e a metade de junho (na última vez estive lá no final de junho e já estava lo-ta-da em plena terça-feira!) e em setembro, principalmente da segunda metade em diante.

Por outro lado, em maio e início de junho a água do mar ainda está bem gelada e isso causa aquele dilema: é melhor enfrentar a água mais gelada, porém a praia mais tranquila, ou águas mais quentinhas, porém praia lotada? Cabe a você decidir.

O pôr do sol visto da praia.

O centro da cidade

O centro de San Vito Lo Capo fica a poucos minutos a pé da praia e à noite, nos meses de verão, fica muito animado. O coração da cidade é a Piazza Santuario (onde acontecem os principais eventos do CousCous Fest), ponto de encontro da população. As ruas que marginam a praça são cheias de restaurantes, lojas e até camelôs (até demais para o meu gosto!).

O centro ainda no início da noite.

A arquitetura é muito simples, caracterizada por casinha brancas e baixas. Muitas delas foram transformadas em B&Bs ou apartamentos de temporada, afinal San Vito depende totalmente do turismo.

Tem xadrez gigante na pracinha!

Passeios em San Vito Lo Capo

Eu aconselho a quem for passar mais que dois dias em San Vito a fazer um passeio de barco pelo litoral. Eu mesma coloquei no meu roteiro um passeio pela Riserva dello Zingaro até Scopello. Foi a melhor coisa que eu poderia ter feito, visto o pouco tempo disponível (se fosse para esses dois lugares de carro, perderia muito mais tempo).

 

Geralmente os passeios duram 4h e custam entre 20 e 30 euros por pessoa. Eu preferi fazer o passeio com um barco pequeno e depois de ter lido só opiniões positivas sobre a Hippocampus, decidi fechar com eles, e não podia ter feito escolha melhor. O passeio foi muito agradável, os anfitriões idem, mas não entrarei em detalhes, visto que vou escrever um post inteiramente dedicado ao meu passeio de barco pela Riserva dello Zingaro saindo de San Vito Lo Capo.

A costa de San Vito vista do barco.

Uma curiosidade sobre o nome de San Vito Lo Capo

A história de San Vito Lo Capo está ligada a São Vito Mártir, um jovem aristocrático nascido em Mazara, no ano 286. Órfão de mãe, que morreu pouco depois de dar à luz a Vito, o garoto cresceu sob os cuidados de uma ama, Crescenza e de um tutor, Modesto, e foi por causa deles que Vito foi educado segundo as doutrinas do Cristianismo. Durante as perseguições aos cristãos, comandadas pelo imperador Diocleciano, o jovem Vito foi obrigado a abandonar sua cidade-natal, fugindo durante a noite juntamente com Crescenza e Modesto.

Eles encontraram refúgio na baía de Cabo Egitarso (hoje chamado Cabo San Vito). Lá ele pôde continuar seu trabalho de evangelização, convertendo a população ao cristianismo. O jovem Vito também viajou por outros lugares da Sicília e do sul da Itália, onde, dizem , que ele fez vários milagres.

A perseguição de Diocleciano pôs fim aos dias de Vito, Modesto e Crescenza, martirizados e mortos não se sabe bem se no ano 299 ou no ano 304.

Enfim, após a morte de Vito, a população que vivia nos arredores do Cabo Egitarso continuou a venerar o santo e seus milagres, erguendo também uma espécie de catedral-forte, aquela que hoje vemos na praça principal de San Vito Lo Capo. Ah, entenderam o porquê do nome da cidade? Uma homenagem àquele que é o santo padroeiro, São Vito (do cabo!).

Poderia jurar que se tratava de um forte, não de uma igreja!

Dicas de onde comer em San Vito Lo Capo

Uma vez em San Vito, não deixe de experimentar os pratos de couscous (aquele marroquino), típicos da região. Eu provei o couscous em dois restaurantes:

  • O Profumi di Couscous, um dos mais bem cotados da cidade, especializado em couscous, mas com preços médio-altos. Recomendo muito, mas é necessário reservar durante os meses de verão;
  • Gnà Sara, mais acessível que o Profumi de Couscous, mas também muito bom! Depois das 21h as pessoas fazem fila na porta, por isso é bom chegar cedo, já que eles não aceitam reserva. Lá experimentei as “sarde allinguate”, ou seja, sardinhas abertas, empanadas e fritas. Uma delícia!
  • Peraino (casa de frios e enoteca), como eu amo uma enoteca, não poderia ter deixado de ir ao Peraino, simplesmente nº 1 no TripAdvisor. É um lugar perfeito para quem quer fazer um almoço ou jantar leve, com uma taça de vinho acompanhada por uma tábua de queijos e frios.

O famoso couscous de peixe de San Vito Lo Capo

Onde se hospedar

Falta em San Vito Lo Capo estruturas hoteleiras de alto nível que possam satisfazer o viajante mais exigente. Dentro da área urbana de San Vito há apenas hotéis de no máximo três estrelas e boa parte não é assim tão bem avaliada pelos hóspedes que reservaram pelo Booking.

O hotel 4 estrelas mais próximo, com uma avaliação pelo menos “boa” no Booking, fica a 11km de distância (é esse aqui). Eu deixei para reservar somente uma semana antes da minha viagem e tive que me conformar com o que encontrei. Era ainda final de junho e foi difícil encontrar quartos disponíveis.

Já se prefere um tipo de hospedagem mais simples, como B&Bs (cama & café) ou casas de temporada, há mais opções. Por exemplo, veja essas AQUI.

Se for visitar a cidade entre o fim de junho e início de setembro, reserve seu hotel com bastante antecedência!

Como chegar a San Vito Lo Capo

Para quem chega à Sicília e quer iniciar o roteiro por San Vito, por exemplo, os aeroportos de referência são o de Palermo e o de Trapani (para onde voa só a Ryanair).

De ônibus: Em San Vito Lo Capo não há estação de trem, então o único modo de chegar lá usando transporte público é de ônibus. Há ônibus direto de Palermo com a companhia Russo e de Trapani com a AST.

De carro: San Vito Lo Capo dista cerca de 1h30 de Palermo, 50min de Castellammare del Golfo e outros 50min de Trapani. Em boa parte do centro da cidade é proibido o trânsito de veículos, mas se você chega à cidade de carro, há vários grandes estacionamentos (tanto próximo ao porto quanto ao Lido al Sabbione) e que custam cerca de 5 euros por dia. Se for pernoitar em San Vito, veja se seu hotel dispõe de estacionamento ou se é convencionado com algum.

Com um transfer privativo: Você pode ir de Palermo a San Vito Lo Capo usufruindo do conforto de um transfer privativo. Saiba mais.

 

Quer receber no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália? Então cadastre-se na nossa newsletter!
Não se preocupe, pois odiamos spam! Enviamos no máximo um e-mail por mês.
Patricia Kalil

Meu nome é Patricia Kalil, sou de Salvador e moro na Sicília desde 2007. Sou autora, editora, webmaster, analista de mídias sociais e gerente de SEO do Descobrindo a Sicília. Faço de tudo por aqui!

Comente com o Facebook

Ver Comentários

  • Boa tarde Patrícia. Sobre os hotéis em San Vito Lo Capo, você recomendaria o Artemide Hotel? Ele tem nota fantástica na Booking, e parece ser próximo à praia, com preço muito bom, inclusive. Parece fugir daquele padrão que você refere no blog de hotéis não tão bons próximo da praia de San Vito Lo Capo. Estou certo?

    • Olá Allison!
      Sem dúvida o Artemide é uma das melhores opções de hotéis em San Vito Lo Capo, mesmo sendo "só" um 3 estrelas. Tem ótima localização, é perto da praia, tem estacionamento próximo. Enfim, ele é muito bom, tanto que é bem difícil encontrar quartos disponíveis. Na minha opinião é uma boa pedida.

      Um abraço,

      Patricia

  • Olá Patricia,
    Estou indo para Sicília em final de setembro inicio de outubro, é possível praia e banho de mar nesta época?
    Tenho um sonho de conhecer San Vito lo Capo.
    Obrigada,
    Daniela.

    • Oi Daniela! Sim, dá para tomar banho de mar tranquilamente, porque costuma fazer calor até a primeira quinzena de outubro. Se for no fim de setembro é melhor ainda, porque outubro geralmente é um mês mais chuvoso.

      Um abraço,

      Patricia

  • Parabéns pelo Blog! muito explicativo e organizado. veja se pode me dar um help. Viajo com meu marido, meu pai e meus 02 filhos (03 e 05 anos). Nossa intenção é passar 10 (dez) dias na Sicilia. Fiquei encantada com a sua explanação de San Vito Lo Capo. Vc acha que ficaria ruim chegar a Sicilia pelo aeroporto de Palermo e alugar um carro para chegar a San Vito Lo Capo. Alugaríamos uma casa em San Vito (bem pé na areia) e de lá faríamos passeios pelas redondezas. O período seria de 09/07 a 19/07/2019.

    • Oi Daniele,

      Se você vai diretamente para San Vito, o melhor é chegar por Palermo mesmo. Para visitar a região você vai precisar de carro, porque as opções de transporte público são péssimas. Então você faz bem em alugar um carro diretamente no aeroporto.

      Um abraço,

      Patricia

  • Olá Patricia,

    Infelizmente só tenho 4 dias para visitar a sicilia sendo que chego em Catania, tenho muita curiosidade em visitar San vito Lo Capo e Taormina, como me aconselha a fazer o roteiro? o que é possivel fazer? Tenho um carro alugado.
    Vou no mês de Agosto tenho também receio com o transito.

    Muito obrigada

    • Patrícia bom dia!! Tudo bem!!
      Adoro sua página já seguimos várias dicas desde que chegamos aqui em Palermo!
      Preciso de uma ajuda com transfer para San Vito lo Capo, mas no estou conseguindo, já me cadastrei aqui no site, mas como só tenho amanhã sexta dia 05/07 pra ir estou entrando em contato por aqui! Desde já muito obrigada Camila

    • Olá Inês,

      Quatro dias são tão poucos! Te aconselho a ficar somente no leste da Sicilia (Taormina, Catania, Siracusa).
      San Vito Lo Capo fica no outro lado da ilha, a 4h de carro de Catania. Temo que ficaria dificil encaixá-lo em um roteiro tão curto.
      Por isso te aconselho a focar seu roteiro nas cidades que citei asima.

      Um abraço,

      Patricia

  • Olá Patricia
    Gostaria de passar uns dias pela regiao de San Vito Lo Capo e ainda conhecer Favignana e talvez as outras ilhas mas tenho poucos dias (4 noites). Por isso estou pensando qual melhor opcao. Se devo fazer um passeio a Favignana de um dia e ter San Vito como base ou devo ficar 2 noites em Favignana e 2 en San Vito. A minha idéia é seguir para Calábria de trem depois desses dias na Sicilia.
    Obrigada desde já pelas dicas,
    Debora

    • Olá Debora,

      2 noites em Favignana é tão pouco! Considere que você vai perder aí meio dia no deslocamento.
      Visto tudo que você deseja fazer (a trilha, o passeio de barco), melhor só ficar em San Vito mesmo. Ou então tente ficar mais uma noite na Sicilia e aí você fica 3 noites em Favignana.

      Um abraço,

      Patricia

  • Olá, gostaria de saber se vocês tem dicas de hospedagem em Atenas. Embora saiba que o blog é da Sicília e que é excelente meus parabéns, depois de Palermo vou a Atenas e não encontrei nenhum blog parecido.

  • Oi Patricia! Tudo bem?
    Feliz Ano Novo!

    Patricia, conheci mais detalhes e dicas sobre a Sicília com você e seu blog! Portanto, por enquanto tomei a decisão de fazer 2 destinos principais: Catania e San Vito lo Capo, por N razões, entre elas a financeira e os meus gostos pessoais. Tanto que na Catania pretendo ir apenas para visitar o Etna (isso me fascina!).
    Mas o que estou em grande dúvida nesse planejamento é como me deslocar da Catania até San Vito. Pensei em incluir Palermo no meio do caminho, pra facilitar o transporte, mas se possível gostaria só desses 2 destinos. O que você indica? Vôos internos, trem, ônibus ou transfer particular? A opção de ir de carro pra mim não seria tão vantajosa, pois irei sozinha e pretendo não dirigir.

    Muito obrigada pelo blog, faz a gente se apaixonar pela Sicília!!!

    Beijos!

    Ana Paula

    • Olá Ana Paula,

      Que pena que você pretende vir para a Sicília para ver somente esses dois lugares, com tanta, tanta coisa para ver (inclusive outras praias!).
      Não há voos internos na Sicília, então o único modo para ir direto de Catania a San Vito Lo Capo seria de carro ou de transfer. No entanto, visto que você estará sozinha, o transfer poderia ficar bem pesado (considerando a distância, estamos falando de algo em torno a 400/450 euros).
      Dito isso, a outra solução teria que ser necessariamente passar por Palermo. Você pode ir a Palermo de trem ou de ônibus (veja: Como ir de Catânia para Palermo de trem, ônibus e carro e de lá seguir com o outro ônibus para San Vito. Se você se organizar direitinho, dá para fazer tudo num dia só e não precisa dormir em Palermo.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

      • Oi Pati!
        Só hoje que consegui ver sua resposta, acredita?!
        Então... Tendo que passar por Palermo, talvez eu adicione mais um destino... Mas ainda nada resolvido... Quero conhecer a Sicília, mas vou vendo como consigo colocar no orçamento hahaha
        De qualquer forma, MUITO MUITÍSSIMO obrigada! Ajudou e muito!!!

        Abraço,
        Ana

  • Boa tarde Patrícia Kalil
    Tô querendo ir em setembro de 2019.
    Posso ficar até 20 dias mais queria curti muito tudo um roteiro bem diferente. Vou eu e minha futura noiva. Vou noivar lá Com ela. Tudo será uma surpresa.
    Você pode me ajudar :
    Os lugares são: Lampedusa 4 dias / Favignana 4 dias / Marettimo 1 dia / Levanzo 1 dia / San Vito Lo Carpo 3 dias/ Trapani 2 dias .

    • Oi Fábio,

      Se o seu vai ser um roteiro só de praia, esse aí que você escolheu tá ótimo.
      Se quiser fazer só um bate e volta para Levanzo a partir de Favignana, dá tranquilo (é perto e não tem muito o que fazer por lá).
      E ainda, nos cinco dias que sobram, você poderia dar uma esticada até Taormina. É super romântica!

      Um abraço,

      Patricia

  • Olá Patrícia, tudo bem! Suas dicas são super úteis!! Você poderia me ajudar me dando sua opinião.. vamos viajar início de outubro com 2 filhos pequenos. Você recomendaria centralizar um roteiro em Parlemo ou Catânia/Taormina e arredores?
    Abraços!

    • Oi Ana,
      Depende. Vai depender do que exatamente você quer visitar. Como a Sicília é muito grande, se você centralizar seu roteiro em uma só área, mas quiser também visitar uma localidade na parte oposta da ilha, o "bate e volta" vai ficar inviável. Mas se você quer evitar grandes deslocamentos por causa das crianças, então sim, a melhor solução é ficar em um só lado da Sicília. Outra dica que posso dar é que, se você for ficar pelo menos 8 dias, de dividir seu roteiro em dois, ficando uma parte em Palermo e o restante na costa leste. Para facilitar, você pode chegar por um aeroporto (o de Palermo, por exemplo) e ir embora por outro (neste caso seria Catania).
      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

      • Obrigada pelo retorno tão atencioso e rápido. Pretendemos ficar 9 dias na Sicília, mas num esquema mais tranquilo por conta das crianças, com poucos trechos longos de carro. Queria poder aproveitar a praia com eles, por isso, queria saber sua opinião de qual litoral seria mais interessante (água mais quente, infraestrutura, atrações infantis, etc).. mas a dica de dividir o roteiro parece ótima tb. Obrigadão!

        • Oi Ana,

          Eu não tenho filhos, então não sou uma grande observadora de atrações infantis, mas acredito que os litorais melhores sejam o noroeste e o sudeste, por causa das praias de areia e mar raso. San Vito Lo Capo e Cefalù são ótimas para crianças. Na parte sudeste, tem San Lorenzo, porém neste caso já fica mais distante da cidade.
          Já Taormina é praia de pedras, algumas pessoas não gostam, mas vejo sempre muitas crianças brincando (com suas devidas sapatilhas para proteger os pés das pedras) porque o mar é super tranquilo. No entanto, pertinho de Taormina fica Giardini Naxos, que é de areia.
          A água aqui é sempre mais fria do que a do Brasil (quer dizer, a do nordeste) mas o litoral de Taormina para cima tem água um pouco mais fria por causa das correntes do Estreito de Messina.
          Dá uma olhadinha nesse texto, com praias indicadas para crianças segundo os pediatras italianos: https://descobrindoasicilia.com/2016/04/as-praias-da-sicilia-adequadas-para-criancas/

          Um abraço,

          Patricia

  • Olá Patrícia,
    Tenho uma semana, em Agosto, para fazer vida de praia na Sicília. Qual a melhor praia para o fazer? Scopello? San Vito Lo Capo? Castellamare del Golfo? Tenho perfeita noção de que em Agosto todas as praias estão com muita gente, mas ainda assim, qual será a melhor opção? Não me importo de ficar um pouco mais afastada da praia central e caminhar um pouco a pé para ter um sítio mais calmo.
    Obrigada!

    • Olá!

      Das que você citou, minha indicação seria San Vito Lo Capo, porque realmente não existe praia vazia aqui em agosto. De lá você pode fazer passeios para a Reserva dello Zingaro e Scopello. Outra indicação que eu poderia dar é Cefalù.

      Um abraço,

      Patricia

      • Oi Patricia,
        Li no seui blog sobre um passeio de barco para visitar a Reserva dello Zingaro e Scopello num passeio só, mas quais seriam as outras maneiras de visitar essas duas regioes? Seria conhecendo cada destino separadamente (1 dia para cada destino)? Vi por imagens que tem uma trilha bem bonita na Reserva o que nao seria possível faze-la se eu optar pelo passeio de barco.

        Obrigada pela atencao e dicas,
        Debora

        • Oi Debora,

          O outro modo de visitar a Reserva é fazendo a trilha. Dá para fazer a reserva e Scopello junto.
          Se você tiver tempo, você pode fazer a trilha e o passeio de barco.

          Um abraço,

          Patricia

Posts Recentes

Cous Cous Fest: Quando San Vito Lo Capo festeja o cuscuz

De 16 a 25 de setembro de 2022 acontece, em San Vito Lo Capo, o… Leia Mais

2 semanas atrás

5 dicas de praias em Palermo e arredores

Viaja no verão e quer saber quais praias em Palermo encaixar no seu roteiro? Pois… Leia Mais

2 meses atrás

A Festa de Santa Rosalia em Palermo

Talvez a mais importante festa religiosa e popular de Palermo, a Festa de Santa Rosalia… Leia Mais

3 meses atrás

5 hotéis na praia em Taormina

Os hotéis na praia em Taormina são alguns dos lugares mais exclusivos onde se hospedar… Leia Mais

3 meses atrás

Dicas de praias na Sicília

Dar dicas de praias na Sicília não é uma tarefa muito fácil. Digo que não… Leia Mais

3 meses atrás

Dicas de praias em Favignana

As praias de Favignana, com suas águas cristalinas, e em partes azul piscina, fazem da… Leia Mais

3 meses atrás

Este site usa cookies. Ao continuar a navegação, você concorda com seu uso. Para saber mais, inclusive sobre como controlar os cookies, consulte nossa políica de privacidade.

Política de Privacidade