Pular para o conteúdo

Descobrindo a Sicília

Home » CIDADES » Dicas de Catânia » Dica de Museu em Catânia: o “Museo dello Sbarco in Sicilia”

Dica de Museu em Catânia: o “Museo dello Sbarco in Sicilia”


Desconhecido até mesmo por quem vive em Catânia, o “Museo dello Sbarco in Sicilia” é, até hoje, o museu mais emocionante e melhor construído que já visitei na Sicília. Confesso que sou apaixonada pela história das duas Grandes Guerras, por isso sou suspeita, mas se você também se interessa pelo tema, certamente deveria visitar o Museu do Desembarque das Tropas Aliadas na Sicília.

O Museu está situado dentro do complexo “Le Ciminiere”, que é uma espécie de centro de convenções originado a partir uma antiga refinaria de enxofre (ciminiere significa chaminés). Achar o Le Ciminiere é fácil, pois fica a poucos metros da estação central de Catânia e as chaminés podem ser vistas de longe. Por outro lado, encontrar a entrada do museu não é tão simples assim. De fatim há apenas um portão e uma placa bem pequena indicando o museu.

City tour em Catânia
Faça um passeio privativo em Catania com uma guia que fala português! SAIBA MAIS.

 

A Operação Husky

Antes de mais nada, é importante saber que as tropas americanas e inglesas invadiram a Sicília entre 9 e 10 de julho de 1943. Elas desembarcaram no sul da ilha, entre as cidades de Licata, Gela e Cassibile. Em seguida, começaram os combates contra o Eixo para a conquista do território siciliano, e então foram avançando para o resto do país. Dessa forma, iniciava o processo de liberação da Itália dos Nazi-Fascistas.

Sem dúvida a invasão da Sicília foi decisiva para a saída da Itália da guerra. Além disso, influenciou na destituição de Mussolini e, por consequência, na queda regime fascista. Posteriormente, em 8 de setembro de 1943, na cidade de Cassibile, que fica a cerca de 20km a sul de Siracusa, foi assinado o armistício em que a Itália se rendia incondicionalmente aos Aliados, cessando, portanto, de lutar ao lado das tropas alemãs.

Museu do Desembarque das Tropas Aliadas em Catania

Soldado americano com um guia sobre a Sicília. Imaginem que neste guia, fornecido pelos americanos e ingleses a seus soldados, existiam “informações” sobre os hábitos, costumes e características dos sicilianos. Algo do tipo: “os homens sicilianos são muito ciumentos, podendo recorrer à faca em alguns casos.” Oi?

Museu em Catânia: A visita ao Museu do Desembarque das Tropas Aliadas

A visita ao museu é dividida em duas partes. A primeira é guiada, e somos conduzidos a um cenário onde foram reconstruídas algumas casas sicilianas antes da guerra. Depois disso, o guia nos leva para dentro do simulador de um refúgio antiaéreo, as luzes se apagam e começamos a ouvir as explosões.

Sem dúvida é uma sensação terrível. Logo depois de sairmos de lá, nos deparamos com a reprodução de uma casa destruída por uma bomba.

Dica de Museu em Catania

Na segunda parte do percurso do museu, continuamos sem o guia. Começam as exposições de objetos da época, fotografias e filmes sobre o desembarque das tropas aliadas na Sicília, bem como estátuas de cera de soldados e dos principais personagens envolvidos na II Guerra Mundial, como Mussolini, Hitler, Roosevelt e Churchill.

Museu em Catânia: Museo dello Sbarco

Museu em Catânia: Museo sobre a 2ª Guerra

Soldados descansando nos campos sicilianos

 

Museu em Catânia: Desembarque das Tropas Aliadas

Reprodução do momento em que o General Badoglio assinava o Armistício de Cassibile, com a rendição incondicional das Forças Italianas e a cessação das hostilidades contra os Aliados.

No fim do percurso de visita do museu há uma homenagem aos soldados mortos durante a Operação Husky, sem distinção de nacionalidade, e alguns capacetes expostos na parede.

No fim do percurso de visita do museu há um monitor que vai mostrando os nomes dos soldados mortos durante a Operação Husky. Há também alguns capacetes expostos na parede.

 

Informações úteis:

  • O museu funciona de terça à domingo, das 9 às 16:45, sendo a última entrada às 15:45.
  • A entrada custa 4 euros.
  • São necessárias pelo menos duas horas para visitar o museu com calma.
  • Há outros dois museus no complexo Le Ciminiere: o Museu do Cinema e o Museu do Rádio.

 

 

Quer receber no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália? Então cadastre-se na nossa newsletter!
Não se preocupe, pois odiamos spam! Enviamos no máximo um e-mail por mês.
LEIA TAMBÉM:  O que ver em Catânia: O maravilhoso Mosteiro dos Beneditinos

6 comentários em “Dica de Museu em Catânia: o “Museo dello Sbarco in Sicilia””

  1. Oi Patrícia,
    Estou programando viagem para Sicilia, e como você gosto do tema “Segunda Guerra Mundial”. Gostaria de outras dicas de museus e lugares ligados ao tema para visitar na Sicilia.
    Obrigado

    1. Olá Orlando!

      Eu adoraria que houvesse outros museus como esse na Sicília, mas ele é único.
      Entretanto, eu vi que no final do ano passado inauguraram um pequeno museu em Troina onde estão expostas inúmeras fotografias de Robert Capa, o fotógrafo “oficial” das tropas americanas na Itália. Eu ainda não o visitei, mas espero ir em breve. Este é o site do museu: https://robertcapatroina.it/index.php

      Além disso, outros lugares que têm alguma ligação com a Segunda Guerra é o refúgio anti-bomba de Siracusa, cujo acesso se dá pela Piazza Duomo e um bunker em Palermo, debaixo do prédio da Prefeitura Municipal. Entretanto, ambos abrem para a visitação apenas de vez em quando.

      Enfim, no lugar exato onde aconteceu o Armisticio, hoje fica um hotel, o Donna Coraly Resort. Tem inclusive uma foto minha! rsrs

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

Comente!

Novidades e informações

Cadastre-se na nossa newsletter mensal

E receba no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália!