Pular para o conteúdo

Descobrindo a Sicília

Home » Sul da Itália » Nápoles e Costa Amalfitana » 10 Curiosidades sobre o Vulcão Vesúvio

10 Curiosidades sobre o Vulcão Vesúvio


No ano 79 d.C o vulcão Vesúvio entrou em erupção e destruiu as cidades de Pompeia e Herculano. Sem dúvida este é o primeiro fato que nos vem em mente quando pensamos neste grande vulcão da Itália.

Mas além disso, o Vesúvio é cheio de curiosidades e certamente há muitas informações sobre ele que talvez você não conheça. Assim, vamos ver alguns destes fatos curiosos sobre este vulcão?

10 curiosidades sobre o Vesúvio

1. O Vesúvio não é composto por um só vulcão

vulcão vesúvio e nápoles

Nesta foto dá para ver claramente os dois montes que formam o Vesúvio.

Antes de mais nada, o Vesúvio não é formado por um único pico. Na verdade, ele está junto com outra montanha, o Monte Somma. E o fato de os dois estarem tão próximos é provavelmente o motivo de ambos se agruparem sob o nome de Monte Vesúvio.

2. Tem mais de 1000m de altura

De fato, o Vesúvio alcança uma altitude de 1281 metros acima do nível do mar.

3. Ele já teve vários nomes

vulcão vesúvio

Como informado neste texto sobre Pompeia, até o Vesúvio entrar em erupção, ninguém sabia que aquela montanha era um vulcão. Por consequência, chamavam ele de vários nomes, menos de vulcão.

Por exemplo, já deram ao Vesúvio inúmeros nomes, como Besùbio, Bèsuvio, Bèsbio, Bèbio, Bèmbio, Bisvio, Vèsulo, Vèsuro, Vèsulo, Vèsvio, Vesùbio, Vèse, Mèulo, Esbius. No entanto, veja que todos os nomes têm como raiz “bes/ves” que significa fogo, mas entendido como sol, terra ardente.

Por outro lado, os latinos o chamavam de Iuppiter Vesuvius, Iuppiter Sommanus, associando-o a Zeus e ao Monte Olimpo, o lugar impenetrável habitado pelos deuses. Isso porque, naquela época, o Vesúvio parecia apenas uma montanha verde e isolada, banhada pelo mar.

Enfim, outras ideias vêm da mitologia que o chamam “Vesuvinum”, isto é, associado ao deus Baco, o deus do vinho, visto que desde sempre houve a presença de vinhas e se produzia vinho vesuviano. Inclusive, foram encotnradas algumas ânforas em Pompéia que trazem esta escrita particular.

4. A energia liberada em 79 d.C foi imensa

vulcão vesúvio

Aliás, dizer que foi imensa, é pouco. Na verdade, a erupção que destruiu Pompeia e Herculano liberou 100000 vezes a energia das bombas em Hiroshima e Nagasaki!

Realmente não dá para imaginar o poder destrutivo de uma explosão do Vesúvio.

5. O vulcão Vesúvio entrou em erupção pela última vez em 1944

Foto de domínio público

A última vez que o Vesúvio entrou em erupção foi durante a II Guerra Mundial, em março de 1944. Naquela ocasião, 26 pessoas morreram no desastre e cerca de 12000 tiveram que ser evacuadas.

Por consequência, as cidades que mais sofreram danos foram Terzigno, Pompeia, Scafati, Angri, Nocera, Poggiomarino e Cava, enquanto Nápoles foi economizada graças aos ventos que levaram para longe da cidade as nuvens de cinzas e detritos.

Antes disso, ele tinha entrado em eurupção 3 vezes no século XVIII, mais 4 vezes no século XIX e outras 3 no século XX.

6. O vulcão Vesúvio ainda está ativo… e entrará em erupção novamente

vulcão vesúvio

O Vesúvio está listado entre os vulcões mais perigosos do mundo. Além disso, vulcanologistas e geólogos concordam que a próxima erupção vulcânica está atrasada e que, quando acontecer, será grande.

Segundo alguns estudos, a camada de magma que se encontra abaixo do Vesúvio mede cerca de 400km², e isso é muito magma! Assim, quando o vulcão entrar em erupção, ele provavelmente afetará mais de 3 milhões de pessoas, destruindo a cidade de Nápoles.

A princípio isso pode parecer assustador, mas os cientistas monitoram a atividade do vulcão 24 horas por dia, 7 dias por semana, então haverá muito tempo para alertar os residentes próximos e levar as pessoas para um local seguro.

Pelo menos é o que se espera!

7. Não é o único vulcão nos arredores de Nápoles

Vulcão Solfatara

O Vesúvio não é o único vulcão da região. Mas vocês não imaginam que é o vizinho dele! Pois bem, trata-de do supervulcão Campos Flégreos (em italiano, Campi Flegrei), do qual faz parte o Vulcão Solfatara.

Um supervulcão não é aquele vulcão tradicional, em forma de cone, que a gente está acostumado a ver. Na verdade, trata-se de uma enorme depressão (chamada caldeira), ou seja, uma cratera vulcânica colapsada no subsolo terrestre com dezenas de quilômetros de diâmetro.

Dessa forma, cerca 30 pequenos vulcões fazem parte da área dos Campi Flegrei. São quase todos extintos, exceto o Solfatara, que dorme.

8. O vulcão Vesúvio é um “estratovulcão”

O Vesúvio é, tecnicamente, um estratovulcão. Isto é, ele é formado por várias camadas geológicas, como cinzas, lava e pedra-pomes. É uma espécie de vulcão composto.

9. É um parque nacional

A fim de preservar espécies animais e vegetais, singularidades geológicas, formações paleontológicas, entre outras coisas, foi criado em 1995 o Parque Nacional do Vesúvio.

Desde que foi criado, é possível visitar a cratera do Vesúvio com segurança. No entanto, para entrar é necessário pagar um bilhete, que inclui também um guia de montanha que acompanha os grupos no chamado “Gran Cono”.

Tour para o Vesúvio com saída de Nápoles

10. No Monte Vesúvio se produz coisas deliciosas

Certamente você deve estar se perguntando por que tantas pessoas viveram e continuam a viver à sombra do Vesúvio. Bem, a resposta é simples: o solo vulcânico é fantástico para o crescimento das plantas!

De fato, os depósitos de cinzas e lava deixados pelo vulcão são ricos em minerais como potássio, fósforo e nitrogênio, criando um solo incrivelmente fértil.

Por exemplo, em algumas cidades próximas ao Vesúvio, cultiva-se as uvas Aglianico e as uvas brancas Fiano e Greco di Tufo, castas que dão origem a vinhos deliciosos. Além disso, no vulcão Vesúvio também se cultiva uma variedade de tomate, “Pomodorino del Piennolo del Vesuvio”, que recebeu o status IGP para marcar sua qualidade.

Por fim, a natureza porosa da lava solificada também o torna perfeito para armazenar água no solo, pois atua como uma esponja. Por causa disso, muitos dos vinhedos ao redor do Vesúvio não requerem irrigação artificial durante os meses de verão, uma vez que a terra libera lentamente sua água para alimentar as vinhas.

 

Curiosidades sobre outros lugares

 

Quer receber no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália? Então cadastre-se na nossa newsletter!

Não se preocupe, pois odiamos spam! Enviamos no máximo um e-mail por mês.

LEIA TAMBÉM:  Erupção do Etna: por que você NÃO deve se preocupar

Comente!

Novidades e informações

Cadastre-se na nossa newsletter mensal

E receba no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália!