Ilhas

Como organizar uma viagem a Favignana


Favignana sempre esteve entre as metas turísticas mais procuradas da Sicília. Mas desde que a ilha teve uma de suas praias – a Cala Rossa – incluídas no ranking das mais bonitas da Itália e da Europa, o turismo se intensificou ainda mais. Hoje Favignana atrai visitantes do mundo inteiro, inclusive brasileiros.

Enfim, organizar uma viagem para Favignana é muito simples, até porque a ilha é muito bem servida pelas companhias de navegação. Além disso, há um bom número de hotéis, dos mais simples aos de luxo. Eu, por exemplo, consegui organizar minha viagem para as Ilhas Égadi em pouquíssimo tempo e agora eu dou algumas dicas práticas para você montar um roteiro em Favignana e nas outras ilhas.

Neste texto você encontrará as seguintes dicas:

Quando ir para Favignana

Exatamente como acontece nas outras localidades de veraneio da Sicília, os melhores meses para ir a Favignana são Junho e Setembro, ou ainda fim de maio e início de outubro para quem gosta de mais tranquilidade. Por outro lado, Julho e Agosto são os meses de altíssima temporada na Sicília, as ilhas ficam lotadas e os preços de hotéis mais altos.

Nos outros meses, ou seja, na baixa temporada, a maior parte dos hotéis fecham (normalmente da metade de outubro até o início de abril), assim como os restaurantes. Sendo assim, quem decidir viajar para Favignana nos meses de baixa temporada, encontrará uma ilha quase vazia, totalmente diferente dos meses do verão, dedicada somente às pouco mais de 4000 pessoas que têm a sorte de morar em um lugar como aquele.

Lembre-se também que a Sicília tem um clima mediterrâneo, e apesar de ser muito ameno, faz frio no inverno. Não dá para tomar banho de mar!

Quantos dias ficar em Favignana

Na minha última viagem a Favignana, fiquei três dias na ilha e o que posso dizer é que, para o que eu gostaria de fazer, foi pouco. A minha intenção era não só ficar em Favignana, mas fazer passeios para as outras duas ilhas do arquipélago, Levanzo e Marettimo, e três dias não foram suficientes.

Dito isso, se você deseja visitar o inteiro arquipélago são necessários pelo menos cinco dias. Se o que você deseja é conhecer com calma as praias de Favignana e ficar só por lá mesmo, são necessários pelo menos três. Em um dia só dá para ver poucas praias ou fazer um passeio de barco ao redor da ilha.

Defina quais passeios fazer

Todas as três ilhas do arquipélago merecem ser vistas, não só Favignana. Levanzo é a menor, mas com praias lindas e paradisíacas. Marettimo é aquela mais longe, a mais “difícil” porque é montanhosa e muito exposta aos ventos, muito frequentada pelos amantes do trekking, porque tem ótimas trilhas.

De Favignana é possível ir a Levanzo e a Marettimo por conta própria. No entanto, antes de qualquer coisa, veja os horários das embarcações. Você pode também contratar uma excursão, pois estas normalmente incluem o passeio de barco ao redor das ilhas.

Eu fui a Levanzo por minha conta, mas acredito que teria sido melhor ter contratado uma excursão para dar a volta na ilha, porque sozinha não deu para conhecer todas as praias.

Esta que vos escreve em Levanzo

Assim, na hora de montar o seu roteiro, defina se vai querer ou não visitar as outras ilhas. Se você tiver mais que três dias disponíveis, não deixe de conhecê-las!

No próprio porto de Favignana há uma série de stands onde você pode reservar os passeios. Não precisa reservar com muita antecedência porque há diversas agências. Eu escolhi fazer um tour de barco ao redor de Favignana, era o melhor modo de conhecer todas as praias em um único dia. O passeio durou pouco mais de 6h, teve várias paradas para banho e almoço no barco. Ele custou 85 euros por pessoa e valeu cada centavo.

Esses são um dos barcos que fazem os passeios dando a volta em Favignana.

Como se locomover em Favignana

Durante as minhas pesquisas enquanto montava o meu roteiro, li em algum lugar que Favignana era considerada a ilha mais ciclável da Itália. Isso me surpreendeu de certo modo porque, enquanto em outras cidades italianas é a coisa mais comum do mundo, na Sicília circular de bicicleta exige um pouquinho de coragem.

Ao chegar a Favignana você logo entende o porquê dela ser considerada a ilha mais ciclável da Itália. Há uma infinidade de bicicletas e é o meio mais utilizado pelas pessoas.

Outro modo de se locomover em Favignana é de scooter. Aliás, com um scooter é muito mais simples e rápido ir de uma praia à outra, gastando menos tempo e menos energia!

Praticamente em cada esquina de Favignana há uma locadora de bicicletas e scooters. Os maiores hotéis também oferecem esse serviço. O aluguel de uma bicicleta custa entre 5 e 7 euros/dia. De um scooter entre 35 e 50 euros (os preços variam de acordo com o tipo de veículo e o mês).

Como chegar a Favignana

Chegar a Favignana é muito simples, e eu elenco todos os modos aqui embaixo, mas antes de tudo é preciso saber que a cidade que você terá que tomar como referência é Trapani.

Do porto de Trapani saem várias embarcações por dia (no verão, uma mais ou menos a cada meia hora) com direção a Favignana. Veja todos os horários AQUI.

É possível comprar o bilhete na hora em uma bilheteria que fica em frente ao porto, porém com o risco de ter que esperar (eu só consegui vaga em um barco que sairia 1h depois). No entanto, era ainda final de junho, não altíssima temporada (julho e agosto). Se você viaja nesses dois meses do verão, melhor comprar com algumas horas de antecedência, melhor ainda com um ou mais dias de antecedência, só por segurança, para não correr o risco de não conseguir embarcar.

Quem quiser pode comprar online no site da Direct Ferries, que é em português. A viagem de Trapani a Favignana dura apenas meia hora.

O momento do desembarque no porto de Favignana

Há também alguns barcos que saem de Marsala (com menos frequência do que os que saem de Trapani, mas também muito práticos). A viagem de Marsala a Favignana também dura meia hora. Veja os horários e compre os bilhetes AQUI.

Embarcando de carro:

Se você está de carro e pretende atravessar para Favignana com o veículo, saiba que a travessia é feita com os ferries da Siremar. Há somente dois horários pela manhã e um à tarde, por isso programe-se bem. Você pode consultar os horários AQUI.

E como chegar a Trapani?

De avião

Em Trapani há um pequeno aeroporto muito cômodo para quem vem de outras cidades da Itália e da Europa. Ele é uma espécie de hub da companhia aérea low cost Ryanair, que opera praticamente 90% dos voos que servem o aeroporto. Leia mais sobre as companhias aéreas low cost que atuam  na Sicília.

A outra opção de aeroporto, que é aquela a ser considerada para quem viaja com companhias como a ITA ou a Volotea, é o de Palermo, que dista cerca de 85km de Trapani. Do aeroporto de Palermo é possível ir a Trapani de ônibus (companhia Segesta); com um transfer particular; ou alugando um carro.

De ônibus:

Se você já está na Sicília, poderá ir a Trapani de ônibus a partir de Palermo ou de Agrigento, por exemplo. Ressalto que Trapani não está ligada por transporte público direto a nenhuma cidade da costa leste da Sicília. Por isso, se você está em Taormina ou Siracusa, por exemplo, e deseja ir a Favignana utilizando transporte público, saiba que primeiro será preciso ir a Palermo, e então seguir para Trapani. Infelizmente é assim.

Escrevi um post sobre as principais linhas de ônibus na Sicília. Veja AQUI.

Com um transfer privativo:

É possível ir de Palermo a Trapani, por exemplo, usufruindo do conforto de um transfer privativo. Solicite um orçamento.

Onde se hospedar em Favignana

Decidiu quantos dias ficar em Favignana? Agora resta escolher o hotel. A ilha tem um bom número de estruturas, de B&Bs mais simples a hotéis de design e casas de temporada.

Eu pessoalmente provei dois hotéis, um de três e um de quatro estrelas, ambos ótimos, mas totalmente diferentes. O primeiro, o Il Portico, um três estrelas bem no centro, a menos de 5 minutos a pé do porto. Amei tudo, dos quartos ao pessoal, extremamente gentil e prestativo. Sem dúvida, voltando a Favignana, me hospedarei lá novamente. Leia o meu review sobre o hotel Il Portico.

O segundo, o Cave Bianche, que é um quatro estrelas, é totalmente afastado do centro mas ideal para quem busca tranquilidade (era a minha intenção, por isso o reservei para o último dia). O Cave Bianche era lindo, mas tem esse defeito de ser afastado de tudo. Eles oferecem uma van gratuita para os deslocamentos, mas tem sempre que reservar e você fica dependente disso. No caso de quem aluga um scooter, isso não é um problema.

O Hotel Cave Bianche em Favignana, muito peculiar por ter sido construído dentro de uma pedreira desativada.

Veja meu review sobre o Cave Bianche Hotel: Hotel 4 estrelas em Favignana: Cave Bianche, um hotel em uma antiga pedreira

Outros hotéis de Favignana muito bem avaliados são:

  • I Pretti Resort – um quatro estrelas com ótima localização, a dois minutos do porto. Queria ter me hospedado lá, mas não tinha quartos disponíveis;
  • Tempo di Mare – um quatro estrelas com vista para a ilha de Levanzo e perto do centro.
  • Dimora dell’Olivastro – um B&B com seis lindas suítes e uma vista incrível para Levanzo. Romântico, porém um pouco afastado do centro.

Veja todos os outros hotéis de Favignana!

Como fazer um passeio de um dia a Favignana

Se tempo disponível para passar dois, três ou mesmo cinco dias em Favignana é algo que você não tem, então a solução pode ser fazer uma excursão de um dia, saindo de Trapani.

A partir de Trapani o que não faltam são opções de agências que promovem passeios de um dia ao redor de Favignana e de Levanzo. Na hora de escolher, tente optar por quem tem barcos menores. Menos pessoas em uma embarcação gera um passeio de melhor qualidade.

 

***

Enfim, estas são apenas as dicas práticas para você organizar sua viagem a Favignana. Mas não deixe de ver as dicas do que ver e fazer por lá!

 

 

Quer receber no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália? Então cadastre-se na nossa newsletter!
Não se preocupe, pois odiamos spam! Enviamos no máximo um e-mail por mês.

 

Patricia Kalil

Meu nome é Patricia Kalil, sou de Salvador e moro na Sicília desde 2007. Sou autora, editora, webmaster, analista de mídias sociais e gerente de SEO do Descobrindo a Sicília. Faço de tudo por aqui!

Comente com o Facebook

Ver Comentários

  • Oi Patricia, tudo bem?Primeiramente parabéns pelo seu blog SUUPER COMPLETO!! Amei!
    Você saberia quais os meios possíveis de se chegar em Lampedusa partindo da Favignana ou até mesmo de Palermo?
    E sabe dizer se na segunda semana de Setembro a água ainda está agradável para nadar?
    Muito obrigada!!

    • Olá Marilia!
      Setembro é um ótimo mês para visitar Lampedusa, a água está ótima.
      Não dá para ir de Favignana a Lampedusa, não existe nenhum meio de transporte que conecte uma ilha à outra. Você teria que ir a Palermo mesmo.
      Aqui neste post explico todos os meios para chegar a Lampedusa: Como ir a Lampedusa

      Um abraço,

      Patricia

  • Patricia ,parabéns pelo seu blog.
    Fiz uma simulação pelo seu blog site Direct Ferries para bilhete Trapani para Favignana e não tem a informação tamanho mala permitido, sabe algo para me informar?
    obrigada
    Emilia

    • Olá Emilia, eles não fazem nenhuma restrição nem quanto ao peso e nem quanto ao tamanho da mala! Não se preocupe.

      Um abraço,

      Patricia

  • Oi Patricia! Muito obrigada pelas dicas. Somos um casal viajando em Maio pelo primeira vez para Sicilia.

    Inicialmente pensei em fazer :
    Taormina (4 dias), dirigir para Trapani e pegar balsa para Favignana (2 dias) e depois 1 dia em Trapani ou Palermo antes de ir para Lampedusa por voo de Palermo (3 dias). Mas como Trapani tem pouca opção de hospedagem e são 4h de estrada de Taormina, não daria para conhecer outras regiões ali perto como San Vito lo Capo, estou pensando em pular Favignana e em vez disso fazer eólicas ou siracusa, pegando o voo para Lampedusa de Catânia.
    1- lampedusa ou favignana? Qual é mais linda e única?
    2- qual cidade tem mais charme Trapani ou Siracusa? Qual cidade considera mais charmosa fora Taormina e recomendaria para quem quer contar com bons hoteis e restaurantes?

    Obrigada

    • Olá Isabelle,

      Em Trapani realmente não há muitas opções de hotéis, porém você encontra alguns bem charmosos nos arredores.
      Então, escolher entre Lampedusa e Favignana é muito difícil. Eu prefiro Favignana, mas é uma escolha exclusivamente pessoal minha. Mas Lampedusa, em termos de beleza, não fica atrás, as praias são paradisíacas! Além disso, para quem está no leste da Sicília, é muito fácil de se chegar por causa desse voo direto.
      Já entre Trapani e Siracusa, respondo Siracusa sem nem pensar duas vezes. Há ótimos hotéis, restaurantes, charme e história!! (será que deu para perceber que é uma das minhas cidades preferidas na Sicília?) rsrs
      Veja minhas dicas de Siracusa aqui: Viajar para Siracusa – Todas as dicas

      Um abraço,

      Patricia

  • Olá Patrícia,
    tudo bem??
    Seu blog é maravilhoso, parabéns!!!!!
    Gostaria de tirar algumas dúvidas, será que você me ajudaria?
    Irei pra Malta dia 01/10 e gostaria de esticar até Sicilia e Roma. Pesquisando, gostaria de poder fazer tudo, mas acho que o tempo ficará curto.
    vamos às perguntas:
    1- amo praia, mas não sei se na primeira quinzena de outubro o tempo estará bom pra focar só em praias.. o que você me diz?
    2- Tinha pesquisado ir de Malta para Catânia e conhecer Taormina e Siracusa e depois tentar conhecer Palermo, Agrigento e se possível o litoral desse lado.. será que consigo em 6 dias ?
    3- como programei essa viagem há tempos, no meio do caminho engravidei ( rsrs) e estarei com uma barriga de 7 meses.. então preciso levar em consideração o conforto. Por isso , penso em ficar de carro toda a viagem. Então minha pergunta é: tento conhecer tudo acima em 6 dias ou foco em uma região e exploro bem? rs

    Se puder me ajudar, será ótimo a clarear as idéias! rs
    Obrigada e parabéns mais uma vez!

    • Oi Karina,

      Que bom que gostou do site! Vou tentar tirar suas dúvidas:

      1- amo praia, mas não sei se na primeira quinzena de outubro o tempo estará bom pra focar só em praias.. o que você me diz?
      R: Te aconselho a não focar somente em praias. Tenha um plano B. Outubro é um mês muito instável. Houve anos em que deu para ir à praia (mesmo não fazendo mais muito calor), em outros não.

      2- Tinha pesquisado ir de Malta para Catânia e conhecer Taormina e Siracusa e depois tentar conhecer Palermo, Agrigento e se possível o litoral desse lado.. será que consigo em 6 dias ?

      R: É apertado, mas dá.

      3- como programei essa viagem há tempos, no meio do caminho engravidei ( rsrs) e estarei com uma barriga de 7 meses.. então preciso levar em consideração o conforto. Por isso , penso em ficar de carro toda a viagem. Então minha pergunta é: tento conhecer tudo acima em 6 dias ou foco em uma região e exploro bem? rs

      R: Olha... tô quase retirando o que eu disse no item 2 rsrs
      Eu não tenho filhos, então não sei como é estar com uma barriga de 7 meses, mas você precisa levar em consideração o seguinte:
      - Se você for fazer o lado leste da Sicilia + Palermo e Agrigento, vai passar muito tempo na estrada. As distâncias são consideráveis. De Catania a Palermo são cerca de 2h de carro. De Palermo a Agrigento, 2h30. A Sicília é muito grande.
      - Visitar o Vale dos Templos de Agrigento exige uma boa caminhada, porque o parque é enorme. Há poucos lugares sombreados.
      - Se você não tiver a intençao de passar muito tempo na estrada, então te aconselho a focar mais no lado leste visitando Taormina, Siracusa, Noto, enfim, um roteiro mais tranquilo.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  • Patrícia,

    Teu blog está ótimo!!
    Vamos para Sicília início de agosto e vamos contratar um barco privado, pois somos 9 pessoas, incluindo 3 crianças entre 6 e 10 anos. Nosso roteiro está pronto, mas temos uma dúvida: o que é melhor/ mais bonto: Ilhas eólicas ou Favagnana? Considerando a beleza das praias, cor do mar, hotel para passarmos a noite? O que tu achas?
    Abs,
    Vivian

    • Oi Vivian,

      Os dois arquipélagos, das Ilhas Eólias e das Ilhas Egadi (onde está Favignana), são incríveis. É questão de gosto pessoal mesmo.
      Segundo o meu gosto, eu diria Favignana, mas não é que as Ilhas Eólias fiquem muito atrás!
      Assim, eu te diria de pesquisar barcos nos dois arquipélagos e vê aquele que oferece as melhores condições ou que se adequam mais às suas necessidades.

      Um abraço,

      Patricia

  • Oi Patrícia,

    Muito obrigado pelo seu trabalho. Nos ajuda muito.

    Estou com uma dúvida. Vou alugar um carro em Palermo e ir depois de alguns dias para Favignana ficar cerca de 1 semana. No entanto, vi que o ferry de carro custa uns 130 euros. Pensei em deixar o carro em algum estacionamento em Trapani e ir sem o carro já que a ilha não é muito grande e posso me locomover por bicicleta. Vc acha uma boa ideia deixar o carro em Trapani?

    • Olá Fabio,

      Que bom que gostou do site!
      Deixar o carro em Trapani é a melhor opção, é o que eu faço quando vou a Favignana.
      Além da travessia de carro ser cara, ainda há muitas restrições para a circulação de veículos na ilha. Por isso, a melhor coisa é alugar bicicleta ou um scooter.
      Digite "Parking trapani" no Google e você encontrará inúmeras opções. Praticamente todos incluem o shuttle gratuito desde o estacionamento até o porto, então é super fácil.

      Um abraço,

      Patricia

  • Olá Patricia!

    Parabéns pelo site! Estou planejando uma viagem para setembro. Eu e meu marido viajaremos com a minha filha de 03 anos, por isso, faremos um roteiro mais tranquilo. Minha ideia é começar em Taormina (03 noites), ficar em algum lugar perto de Palermo, de preferência, numa praia incrível mais 02 noites (sugestão?) e terminar em Favignana (04 noites).

    Além da dica de onde ficar perto de Palermo (Capo San Vitor, por exemplo...) gostaria de uma dica de hotel bacana em Favignana em alguma praia...tudo parece ou muito no centro ou afastado. Vc tem dicas? Lembrando que estaremos com uma criança de 03 anos?

    Aproveitando, vc acha possível alugar bicicleta com cadeirinha pra criança por lá?

    Obrigada!

  • Olá Patricia,
    Seu blog é excelente! Parabéns.
    Estou com um dúvida sobre como chegar a Favignana. Planejo ir de carro até o Porto em Trapani, mas não queria atravessar com o carro. Pensei em passar uma noite em Favignana.
    Sabe se tem estacionamento privado para deixar o carro no porto de Trapani?
    Pode me ajudar? obrigada

  • Patricia, tudo bem?Primeiro, gostaria lhe parabenizar pelo blog, ele é muito completo e ajuda bastante quem vai viajar para a Sicília e no meio de tantas belezas para conhecer se perde sem uma referência.
    Eu irei para a Sicília em no início de Maio agora. Vamos ficar 12 dias, faremos toda a viagem de carro. Ainda não fechamos a hospedagem pq é muito difícil fazer um roteiro para ai com tantos lugares bacanas para conhecer.

    Nossa ideia é ficar 2 noites em Palermo, com bate-volta em Cefalu, 2 noites em Trapani, sendo 1 dia em San Vito Lo Capo e 1 dia fazendo Favignana e Levanzo (Sei que não é o ideal, mas nosso tempo é curto para conhecer todos os lugares que queremos passar (você tem alguma dica de passeia para lá que a gente desça nas praias e não apenas fique andando de barco pela ilha? Depois iremos descendo a costa sentido Marsala e Agrigento. Nossa próxima base será Agrigento (ficaremos 2 noites tb). De lá vamos para Siracusa (2 noites) com visita a Ragusa e Noto. Depois vamos para Catania passar 1 noite (você recomenda que fiquemos lá mesmo ou melhor ficar em outro lugar?). Dai partimos para Taormina, onde ficaremos 2 noites. De lá seguiremos para a Puglia (de carro), por isso nosso roteiro da a volta na ilha.
    Você acha viável esse roteiro? Eu sei que tem muita cosia e ficará mega corrido. se puder nos ajudar com algumas dicas do que incluir ou tirar do roteiro, agradeceria muito. Obrigado.

    • Oi Leandro,

      Vou tentar responder às suas perguntas e tirar suas dúvidas. Vamos por partes:

      1) Nossa ideia é ficar 2 noites em Palermo, com bate-volta em Cefalu, 2 noites em Trapani, sendo 1 dia em San Vito Lo Capo e 1 dia fazendo Favignana e Levanzo.

      R: Ok, ótimo.

      2) você tem alguma dica de passeia para lá que a gente desça nas praias e não apenas fique andando de barco pela ilha?

      R: Não e nem te aconselho a fazer isso. Vocês terão apenas um dia para conhecer as duas ilhas e o único modo de conseguir fazer isso e aproveitar ao máximo é com um passeio de barco. Favignana é grande e se você fosse para lá por conta própria, teria que alugar um scooter ou uma bicicleta. Mesmo assim, para chegar a algumas praias teria que caminhar um pouco e acredito que só daria tempo de ver umas 3 praias. Com o passeio de barco você vê todas e ainda mergulha na parte mais bonita do mar.

      3) Depois iremos descendo a costa sentido Marsala e Agrigento. Nossa próxima base será Agrigento (ficaremos 2 noites tb)

      R: Tem pessoas que ficam apenas uma noite em Agrigento. Se for só para ver a cidade, basta um dia. Se for para ver os arredores, então está ok.

      4) De lá vamos para Siracusa (2 noites) com visita a Ragusa e Noto.
      R: Ok. Mas dedique um dia inteiro a Siracusa.

      5) Depois vamos para Catania passar 1 noite (você recomenda que fiquemos lá mesmo ou melhor ficar em outro lugar?
      R: Na minha opinião não tem a menor necessidade de vocês passarem uma noite em Catania. Ela fica a somente 1h de Siracusa e 1h de Taormina. No máximo, faça um bate e volta!

      Seu roteiro é viável, mas leve em consideração minhas observações. A distribuição de dias está boa e vocês conseguirão ver as principais cidades da ilha. Não esquece de dedicar um dia a um passeio ao Etna (a partirde Taormina),porque vale a pena!

      Espero ter ajudado.

      Um abraço,

      Patricia

      • Patricia, muuuuito obrigado pelo retorno e pelas dicas!! Vamos levar tudo em consideração! Depois te conto como foi mossa aventura ☺️☺️

  • Olá Patricia, boa tarde! Parabéns pelo blog!!! Tem me ajudado muito!!! Eu gostaria de fazer uma sessão de fotos nesse lugar paradisíaco, vc conhece algum fotógrafo que trabalhe lá para me indicar?
    beijos e muito obrigada!

    Luciana

    • Oi Luciana,

      Infelizmente não conheço nenhum fotógrafo naquela área. Pedi informações a outras pessoas, mas ainda não tenho ninguém para indicar. Se eu conseguir algum contato nos últimos dias, te aviso!

      Um abraço,

      Patricia

Posts Recentes

Cous Cous Fest: Quando San Vito Lo Capo festeja o cuscuz

De 16 a 25 de setembro de 2022 acontece, em San Vito Lo Capo, o… Leia Mais

2 semanas atrás

5 dicas de praias em Palermo e arredores

Viaja no verão e quer saber quais praias em Palermo encaixar no seu roteiro? Pois… Leia Mais

2 meses atrás

A Festa de Santa Rosalia em Palermo

Talvez a mais importante festa religiosa e popular de Palermo, a Festa de Santa Rosalia… Leia Mais

3 meses atrás

5 hotéis na praia em Taormina

Os hotéis na praia em Taormina são alguns dos lugares mais exclusivos onde se hospedar… Leia Mais

3 meses atrás

Dicas de praias na Sicília

Dar dicas de praias na Sicília não é uma tarefa muito fácil. Digo que não… Leia Mais

3 meses atrás

Dicas de praias em Favignana

As praias de Favignana, com suas águas cristalinas, e em partes azul piscina, fazem da… Leia Mais

3 meses atrás

Este site usa cookies. Ao continuar a navegação, você concorda com seu uso. Para saber mais, inclusive sobre como controlar os cookies, consulte nossa políica de privacidade.

Política de Privacidade