Você é um daqueles que adora provar uma cerveja local quando viaja? Então você precisa conhecer o mundo das cervejas sicilianas, produtos artesanais que têm ganhado lugar no mercado, em uma terra famosa pelos vinhos.

Sem dúvida as cervejas sicilianas artesanais têm se destacado no panorama italiano. Além disso, são cervejarias quase sempre de jovens empreendores, inovadores, que utilizam os produtos locais para se destacar em um mundo extremamente competitivo.

Então, vamos conhecer algumas cervejas sicilianas artesanais?

Cerveja em italiano se diz “Birra“!

 

1. Cervejas Sicilianas: Birra Tarì

 

A cervejaria Rocca dei Conti, que produz a Tarì, tem sede em Modica. Ela nasceu em 2010, a partir da paixão pela cerveja artesanal e do desejo de criar um produto que pudesse despertar a emoção de um sabor autêntico, puro e simples, graças ao uso de ingredientes naturais.

O nome da cerveja remete à moeda cunhada pelos árabes na Sicília e depois adotada também pelos normandos. Enfim, a Tarì é produzida em diversas versões, entre as quais:

  • Tarì Oro: Pilsen, teor alcoólico 4,9º
  • Hell: Helles, teor alcoólico 4,7º
  • Frumì: Weizen, teor alcoólico 5º
  • Qirat: cerveja preta com alfarroba, teor alcoólico 6,5º
  • Wit: cerveja branca, teor alcoólico 5º
  • Bronzo: English Pale Ale, teor alcoólico 5,6º
  • Bonajuto: cerveja duplo malte com adição de favas de cacau

Conheça as demais AQUI.

2. Birra Minchia

 

A Birra Minchia, produzida pela Cervejaria Sikania, tem um nome muito curioso para quem conhece o idioma italiano. Embora a palavra “minchia” seja um termo “vulgar” em algumas partes da Itália, denotando o órgão sexual masculino, no dialeto siciliano é, na verdade, uma exclamação informal, de extrema emoção (tipo “caralho”, na língua portuguesa).

Além disso, estas cervejas tornaram-se conhecidas internacionalmente após a Expo 2015 em Milão, onde foram reconhecidas pelos degustadores como uma das melhores em exibição.

Produzida em Messina, que também é sede várias cervejarias artesanais, a Birra Minchia é oferecida em 4 versões:

  • Futtitini, clara e delicada, teor alcoólico 5º
  • Minchia Bionda, lager clara, teor alcoólico 5,2º
  • Birra Minchia Rossa, lager vermelha, teor alcoólico 6º
  • Minchia Tosta, duplo malte, teor alcoólocp 7,3º

 

3. Bruno Ribadi

Foto: Facebook Bruno Ribadi

 

Uma das mais conhecidades cervejas sicilianas, a Bruno Ribadi é uma cerveja artesanal produzida em diferentes versões. Por exemplo, eles fazem uma Special Ale com uvas Zibibbo de Pantelleria e alfarroba, uma cerveja pilsen com grãos sicilianos e uma Pale Ale com especiarias sicilianas e cascas de frutas cítricas.

As cervejas Bruno Ribadi têm um rótulo alegre e divertido que ilustra um homem de bigode comprido e óculos, que seria o próprio Bruno Ribadi. Enfim, a sede da fábrica fica em Terrasini.

 

4. 24 Baroni

Foto: Birrificio 24 Baroni

 

A cervejaria 24 BARONI é uma nova e dinâmica realidade siciliana no campo da produção de cervejas artesanais. Sua sede fica em uma área montanhosa maravilhosa em Nicosia, no coração da Sicília.

Utiliza-se apenas grãos com malte, lúpulos finos e leveduras selecionadas na produção. Além disso, todas as cervejas são não pasteurizadas, não filtradas e são refermentadas na garrafa. Elas não levam conservantes e estabilizantes químicos, mas apenas ingredientes naturais.

Em suma, entre os tipos de cerveja produzidos estão uma Cream Ale inspirada nas American Light Lager, uma cerveja preta Stout, uma Belgian Amber Ale e muito mais.

 

5. Cervejas Sicilianas: Timilì

Foto: Página Facebook Birrificio Timili

A cervejaria Timili foi fundada em 2013, a partir da paixão de uma família pela cerveja caseira. Além disso, a procura de um elemento de ligação da produção – junto com a cevada e o lúpulo – os levaram a uma variedade de trigo típica da Sicília, que tem 2500 anos de história: a timília.

De fato, nos séculos passados, ​​este grão foi o mais cultivado na zona mediterrânea e teve uma difusão significativa na Sicília. Isso se deu graças à sua capacidade de adaptação às mais diversas condições ambientais e climáticas. 

Sendo assim, a Timilia faz dois tipos de cerveja.  A primeira é a Ti-mi-li bionda, uma pilsen aos 5 cereais. A outra é a Ti-mi-li Doppio Malto, uma cerveja vermelha aromatizada com laranja siciliana.

 

6. Epica

cervejas sicilianas

Foto: Birraepica.it

 

A Cervejaria Epica foi fundada em 2013 em um vale no nordeste da Sicília (Sinagra, na província de Messina) a partir da paixão dos três sócios Elio, Piero e Carmelo.

Quanto à composição da sua gama, os rótulos do catálogo apontam em várias direções. Primeiramente, eles são orientados para modelos de tradições internacionais consolidadas (belga, britânica, americana, alemã), mas também inspirados na atenção ao ingrediente local (mel de abelha preta, por exemplo).

Entre as cervejas produzidas, destacam-se a Eola, uma English Pale Ale; Pan, uma Brown Ale com uma infusão hidroalcoólica de avelãs; e a Korem uma White IPA.

 

7. Paul Bricius

 

Paul Bricius & Co. nasceu em Vittoria, na província de Ragusa. Ela é o resultado da união de 4 amigos que pensaram em dar vida a uma produção “manual” de cerveja, usando meios e ferramentas que habitualmente se encontram nas cozinhas das casas sicilianas.

Sendo assim, eles produzem 7 tipos de cerveja:

  • Dark Strong Ale, com teor alcoólico 7º
  • Special Ale, com teor alcoólico 6,5º
  • Red Strong Ale, teor alcoólico 7º
  • Gold Green, teor alcoólico 4,5º
  • Special Grape Ale, com adição de mosto de uva e mosto de cevada, com 7º de teor alcoólico
  • Abbey Ale, teor alcoólico 8º
  • ‘Mpardist Ale, produzida com malte Maris Otter, teor alcoólico 11º

 

8. Yblon

 

Antes de mais nada, a Yblon se define “a cervejaria mais ao sul da Itália”. A sede fica em Ragusa e produz, entre outras, uma Belgian Blond Ale chamada Yblond (teor alcoólico 4,5º), uma Belgian Saison chamada Timpa (teor alcoólico 6,5º) e uma Golden Strong Ale chamada Culovra (teor alcoólico 8,5º).

Além disso, em colaboração com outras cervejarias italianas, a Yblon produz duas cervejas especiais. São elas a Tarocco, uma saison de forte aroma de frutas cítricas, dado pela casca de laranja usada em infusão durante a maturação da cerveja; e a NoPalita, uma gently sour com a adição de figos-da-índia, uma fruta típica da Sicília.

***

Então, se você procura algo novo para beber na Sicília, por que não experimentar essas cervejas sicilianas? Sem dúvida elas podem muito bem surpreendê-lo com seus aromas e sabores mediterrâneos!

 

Comente!