Café na Itália é um assunto sério. Mas além disso, também são inúmeros os tipos de café e de modo de prepará-lo, bem mais do que você imagina.

Sem dúvida alguma, a preparação de um bom café é considerada uma arte, algo que se pratica há mais de 300 anos e que continua a ser aperfeiçoado a cada dia. E essa arte vai da moagem dos grãos de café perfeitos, a apresentação da bebida e até o modo tomá-la.

Os italianos têm o hábito de tomar café não só em casa, mas sobretudo no chamado “bar” (que seria o nosso café). E nesses lugares, é possível não só tomar um espresso ou um cappuccino, mas também inúmeras outras variações. O que todos eles têm em comum entre eles é o fato da preparação e degustação serem baseadas em técnicas específicas, sempre buscando uma melhor qualidade.

O bar e a arte de beber café na Itália

A cafeteria, ou simplesmente “bar” na Itália, é quase uma instituição. É um lugar onde geralmente pessoas de todas as idades podem ir para tomar café da manhã, para um almoço rápido, um lanche, um sorvete ou, claro, para tomar um espresso. Além disso, é também o lugar onde os italianos vão encontrar os amigos, socializar com a vizinhança ou só ler o jornal.

Em suma, o bar é uma verdadeira tradição italiana e o centro da vida social. Mas como os italianos bebem o café no bar?

Café na Itália: os tipos mais pedidos

Antes de mais nada, cada um tem seu café preferido, sua mania. Da mesma forma, os bares propõem uma boa quantidade de cafés diferentes. Vejamos quais são os tipos de cafés mais consumidos na Itália.

café expresso italiano

Espresso 

O espresso é mais consumido café na Itália. Além disso, é aquele que realmente lhe fazer sentir o sabor do café. Ele é servido em xícaras pequenas de 60/70ml onde você poderá degustar todos os aromas e sabores do café italiano, amargo ou adoçado. Veja essas 5 curiosidades sobre o autêntico espresso italiano!

Caffè Macchiato (café espresso pingado)

Este é o segundo café mais consumido na Itália. O macchiato não é nada mais que um café espresso com um pouquinho de leite vaporizado.

Cappuccino

Uma das bebidas italianas mais conhecidas do mundo, o cappuccino dispensaria apresentações. Mas como há muitas imitações mal feitas, é bom esclarecer que um cappuccino verdadeiro é feito com uma base de café expresso duplo com a adição de leite integral vaporizado. Ele geralmente é servido em uma xícara com capacidade para 150ml.

cappuccino na itália

Caffé ristretto (café limitado)

Quer uma dose de energia imediata? Então peça um caffé ristretto! Ele tem a aparência de um café espresso normal, porém é um pouco menor. De fato, ele contém menos água, o que lhe confere um sabor mais concentrado. É perfeito quando você só tem tempo para um gole. Un caffè ristretto, per favore!

Latte macchiato (leite pingado)

Em síntese, a diferença entre latte macchiato e cappuccino é o modo de serví-lo. De fato, ele não é servido em uma xícara, mas sim em um copo alto. Além disso, há só um pouco de café (não mais que 40ml) e o restante é leite, que pode ser vaporizado ou não, dependendo do bar.

Caffelatte (café com leite)

O caffelatte é fundamentalmente um cappuccino sem espuma. De fato, as quantidades de café e leite são idênticas às do cappuccino, e até o tipo de xícara é quase sempre o mesmo. No entanto, no caso do caffelatte, o leite não é vaporizado.

Caffè decaffeinato (café descafeinado)

Para aqueles que não querem renunciar a um bom café, mas que preferem evitar a cafeína, o café descafeinado é a solução. De qualquer forma, mesmo no café descafeinado ainda há uma pequena quantidade de cafeína.

Caffè lungo (café longo)

Antes de tudo, o caffè lungo não deve ser confundido com o caffè doppio (café duplo). De fato, este último é composto por duas doses de expresso. Por outro lado, o caffè lungo é apenas um café mais fraco. Portanto, a diferença está no sabor – mais leve – em relação ao sabor mais forte do café duplo.

Caffè marrocchino (café marroquino)

Embora cada bar tenha sua própria receita e adicione ingredientes diferentes, em síntese a base do café marroquino é formada por café expresso, chocolate em pó e leite batido.

Caffè corretto (café com adição de bebida alcoólica)

Caffè corretto significa um café “corrigido” com uma pequena dose de bebida alcoólica, que pode ser grappa, xarope de flor de sabugueiro ou brandy. Este tipo de café é mais consumido no norte da Itália.

Caffè Shakerato (café agitado na coqueteleira)

Para quem não pode ficar sem café, mesmo no calor de 40ºC do verão, uma boa opção pode ser tomar a bebida agitada na coqueteleira. Além disso, o caffè shakerato costuma ser feito com sorvete e açúcar, dando-lhe um sabor especial.

Crema Caffè (creme de café)

Por último, mas não menos delicioso, o creme de café é uma guloseima que pode agradar até quem não é assim tão fã de café. Em prática, trata-se quase de um sorvete, só que mais líquido. Para fazê-lo, bate-se o café com creme de leite e açúcar, por isso a consistência cremosa.

 

Agora me conta, você já tomou um café na Itália? Qual deles é o seu preferido?

 

 

Quer receber no seu e-mail notícias, novidades e curiosidades sobre a Sicília e o restante da Itália? Então cadastre-se na nossa newsletter!

Não se preocupe, pois odiamos spam! Enviamos no máximo um e-mail por mês.

Marcações:

Comente!