Bate e volta de Trapani: 8 dicas de passeios

trapani dicas

Pensa em fazer um bate e volta de Trapani? Saiba que a cidade pode ser uma excelente base para conhecer o oeste da Sicília. Não só pela sua posição geográfica, mas também porque a cidade tem melhorado muito em termos turísticos, tendo seu centro histórico restaurado e com várias ruas dedicadas apenas ao trânsito de pedestres.

Trapani é, ainda, repleta de ótimos restaurantes, lojas, bares, muitos dos quais oferecem serviços ao ar livre no verão, e isso a torna um lugar muito agradável para passar alguns dias. Além de tudo isso, os hotéis em Trapani costumam ter um preço bem mais em conta de comparado com outras metas da Sicília. Ótimo,  não?

Enfim, se precisa de ideias sobre os melhores lugares para visitar, veja minha lista com os principais passeios de um dia a partir de Trapani.

Dicas de bate e volta de Trapani

 

1. Bate e volta de Trapani a Erice

erice

Distância de Trapani: 13km

Primeiramente, vamos começar com a mais óbvia entre as possibilidade de bate e volta de Trapani: Erice, um dos mais pitorescos vilarejos da Sicília, situada a quase 800m de altitude, no alto do Monte San Giuliano.

De fato, Erice ainda mantém seu aspecto medieval, com casinhas de pedra, pequenas praças, um labirinto de vielas e um castelo que a domina. A principal atração do vilarejo, junto com o castelo, é a Igreja Matriz, em estilo gótico. Além disso, chama a nossa atenção também a paisagem que podemos admirar lá do alto. Como se fosse um quadro gigante, conseguimos ver toda a costa até as ilhas Egadi, os vinhedos, as salinas e os montes que caracterizam a região.

Sendo mais movimentada entre os meses de abril e outubro, nesse período Erice recebe centenas de visitantes, atraídos não só pelo seu fascínio medieval, mas também pelas delícias culinárias, principalmente os doces. Não deixe de experimentar os doces da Sra. Maria Grammatico, cuja confeitaria se encontra no Corso Vittorio Emanuele, a rua principal de Erice. Uma dica de restaurante é o Monte San Giuliano, um lugar bem rústico, mas que serve pratos deliciosos, como a busiate San Giuliano com pesto trapanese.

Por fim, se quiserem levar para casa uma lembrança de Erice, não deixe de passar nas inúmeras lojas de cerâmica ou na de tapetes de Pina Parisi.

Como ir de Trapani para Erice

Dá para ir tranquilamente de Trapani a Erice de transporte público. Há a opção de pegar o ônibus extraurbano da AST diretamente de Trapani para Erice ou o ônibus urbano da ATM desde o centro de Trapani (números 21 ou 23 para dias úteis, 201 ou 202 nos domingos e feriados) e depois descer na parada “funivia”. Ali você irá o teleférico para Erice (o bilhete do teleférico custa 10 euros ida e volta). Pergunte sempre à recepção do seu hotel qual a parada mais próxima onde passam esses ônibus.

Funicular que vai de Trapani a Erice.

Se você estiver de carro, poderá deixar o veículo no grande estacionamento em frente à estação do funicular e então subir com ele. Ou ainda poderá subir até Erice diretamente e deixar o carro no estacionamento da Porta Trapani (estacionamento pago, tipo faixas azuis, cera de 2 euros por hora).

Veja mais dicas de Erice

 

2. Bate e volta de Trapani a Marsala

dicas de marsala

Distância de Trapani: 31km

Marsala é conhecida principalmente por seu vinho de sobremesa (o Marsala, justamente) e como o lugar onde Giuseppe Garibaldi iniciou o processo de unificação italiana. Uma vez em Marsala, você perceberá facilmente que o nome de Garibaldi está por todas as partes.

A cidade, com seus edifícios barrocos dourados, doces deliciosos e inúmeras enotecas, é muito animada. Além disso, é lá que ficam algumas das mais renomadas vinícolas da Sicília, como a Florio, a Donnafugata e a Pellegrino. Um passeio em Marsala não é completo sem uma visita e degustação em uma vinícola!

Enfim, ao fazer um bate e volta de Trapani a Marsala, não deixe de parar nas salinas, localizadas na Lagoa do Stagnone. Ficam no caminho e a paisagem é linda!

Leia também:

Como ir de Trapani a Marsala

É possível ir de Trapani a Marsala de trem ou de de ônibus, com a empresa AST.

 

3. Laguna dello Stagnone e Mozia

Bate e volta de Trapani - Laguna dello Stagnone

A lagoa do Stagnone

Distância de Trapani: 20km

O Stagnone é uma laguna protegida situada entre Trapani e Marsala e é delimitada por uma ilha chamada Isola Lunga e no interior existem mais três ilhas: Isola Schola (a menor), Santa Maria e Isola di San Pantaleo, também conhecida como a antiga Mozia.

Mozia é o único sítio arqueológico cartaginês que chegou até os nossos dias. Fundada pelos fenícios no século VIII a.C., se tornou um importante ponto comercial. Destruída em 397 d.C., foi redescoberta após 1913 por James Whitaker, arqueológo amador e grande magnata dos vinhos de Marsala. A ilha hoje é propriedade da fundação Whitaker e lá se encontra um  museu com os achados arqueológicos, o Museu Whitaker.

Museu Whitaker em Mozia

Em suma, mesmo que você não tenha interesse em conhecer Mozia que, vale muito, muito a pena ir à Laguna dello Stagnone. Lá se encontra um bar restaurante com vista para as salinas, disputadíssimo no verão.

Uma dica: tente visitar a laguna no pôr do sol. Ali você vai desfrutar de um pôr do sol magnífico!

 

Leia também:

 

4. Bate e volta de Trapani a Segesta

 
Segesta

Distância de Trapani: 33km

Sem dúvida, Segesta é uma localidade que os apaixonados por história não podem deixar de conhecer. É um dos parques arqueológicos mais visitados da Sicília, graça ao teatro e ao templo perfeitamente conservado e harmoniosamente dispostos na paisagem rural.

O ideal é visitar Segesta logo no início da manhã ou no final da tarde, de modo a evitar as horas mais quentes do dia, principalmente se você viaja no verão. O panorama da estrada interna do parque que vai do templo ao teatro é lindíssimo e ainda hoje escavações arqueológicas trazem à tona edifícios e achados de quando a cidade caía sob o domínio do Império Romano.

Como ir de Trapani a Segesta

  • De carro: Através da autoestrada A29. A saída para Segesta é bem sinalizada e dentro do parque arqueológico há um amplo estacionamento.
  • Com um transfer particular: Caso não alugue um carro, você poderá contratar um transfer privativo ou uma excursão. Peça um orçamento AQUI.

Veja também:

 

5. San Vito Lo Capo

Praia de San Vito Lo Capo

Distância de Trapani: 37km

Com toda a certeza, San Vito Lo Capo é uma das praias mais famosas da Sicília. Com suas casinhas brancas, longa faixa de areia branca e mar límpido e transparente é, sem dúvida, um paraíso para quem adora curtir uma praia.

Muito frequentada entre os meses de maio e setembro, San Vito oferece um bom número de lojas, bares e restaurantes. A propósito de restaurante, a fama de San Vito Lo Capo também está muito ligada ao seu prato típico, o couscous. Há até um festival internacional dedicado a isso!

Como ir de Trapani a San Vito Lo Capo

  • De carro: Em boa parte do centro de San Vito Lo Capo é proibido o trânsito de veículos, mas se você chega à cidade de carro, há vários grandes estacionamentos (tanto próximo ao porto quanto ao Lido al Sabbione) e que custam cerca de 5 euros por dia.
  • De ônibus: Desde Trapani com a AST
  • Com um transfer particular: Caso não alugue um carro, você poderá contratar um transfer privativo. Peça um orçamento AQUI.

Saiba mais:

 

6. Bate e volta de Trapani a Selinunte

Distância de Trapani: 92km

Selinunte compete com Segesta por sua beleza ainda bem conservada. Praticamente de frente para o mar, a antica acrópoli e as ruínas dos oito templos criam uma paisagem encantadora, em um lugar onde crescem flores silvestres e ervas aromáticas.

Como ir de Trapani a Selinunte

  • De carro: É o modo mais simples e cômodo para chegar a Selinunte. A estrada é boa, o estacionamento bem grande, enfim, chega-se facilmente.
  • Com transporte público: Pegue um trem para Castelvetrano e de lá o ônibus para Marinella di Selinunte.
  • Com um transfer particular: Caso não alugue um carro, você poderá contratar um transfer privativo. Peça um orçamento AQUI.

Veja também:

 

7. Bate e volta de Trapani a Favignana

Favignana - dicas de lugares românticos na SIcília

Distância de Trapani: Aprox. 20km

Favignana, umas das ilhas menores da Sicília,  é um paraíso de águas cristalinas e azul brilhante. Além disso, uma de suas praias, a Cala Rossa, já foi eleita a mais bonita da Europa! Em suma, Favignana fica literalmente de frente para  Trapani e ir de um lugar para o outro é super fácil e acessível.

Se você procura paz e sossego, o ideal seria passar no mínimo uns três dias em Favignana. Mas muito gente não tem todo esse tempo disponível e acaba optando mesmo pelo bate e volta de Trapani. A ilha é pequena – 22km² – e em um passeio de um dia, principalmente se você optar pelo tour de barco, dá para conhecer as principais praias e pontos turísticos de Favignana.

Como ir de Trapani a Favignana

Fazer o bate e volta de Trapani para Favignana é super fácil. Basta ir até o porto, na bilheteria ‘Liberty Lines’. Se você viaja na baixa temporada, pode comprar na hora, MAS se a sua viagem é em julho e agosto, eu recomendo comprar com antecedência ou no máximo um dia antes. Você pode verificar os horários e adquirir seus bilhetes AQUI.

Você precisará escolher seu horário de retorno com antecedência. Eu sugiro pegar o barco de no máximo 9h e retornar no final da tarde. O percurso com o barco rápido (aliscafo) dura cerca de 30 minutos.

Se você quer mais facilidade ainda, poderá fazer um passeio de barco para Favignana saindo de Trapani. Veja algumas opções AQUI.

Veja também:

 

8. Mazara del Vallo e vinícola Gorghi Tondi

 

Distância de Trapani: 50km

Antes de tudo, Mazara del Vallo, com sua grande catedral e o canal do porto, fica na parte de litoral da Sicília mais próxima da África. De fato, isso faz dela a cidade mais “africana” da Sicília. Seu centro histórico tem uma importante influência norteafricana, fazendo do casbah, o bairro árabe, um dos mais interessantes para visitar. Em suma, com suas vielas sinuosas e pequenos restaurantes, muitos deles administrados por tunisianos, é possível desfrutar de pratos tunisino-mazareses.

Além disso, graças à sua posição geográfica, Mazara del Vallo também produz também ótimos vinhos. Por isso, eu recomendo muito incluir uma vinícola neste passeio, inclusive porque a cidade em si é pequena e pode ser visitada em poucas horas.

A degustação de vinhos refinados na vinícola Gorghi Tondi pode ser, por exemplo, o deleite perfeito para concluir o passeio. De fato, a calorosa hospitalidade e paixão de seus proprietários, as belas vistas e a união das práticas tradicionais e novas tecnologias vão fazer você experimentar vinho da mais alta qualidade.

Veja também:

 

2 comentários em “Bate e volta de Trapani: 8 dicas de passeios”

Comente!