Praia dos Coelhos em Lampedusa (Rabbit Beach): a praia mais bonita da Itália

Praia dos Coelhos, Rabbit Beach, Spiaggia dei Conigli… não importa em que língua você a conheça, uma coisa é certa: você certamente já leu em algum lugar ou já viu alguma classificação que a coloca entre as praias mais bonitas da Europa. Não é?

Há vários anos a Rabbit Beach aparece no topo da lista das praias mais bonitas da Itália ou da Europa, a famosa TripAdvisor Travelers’ Choice Beaches Awards. Agora em 2018 ela lidera o ranking das praias mais bonitas da Itália, mas na lista europeia, ela ficou em sétimo lugar, sendo a única praia italiana no top 10.

Mas o que será que a Praia dos Coelhos em Lampedusa tem assim de tão especial? Eu fui conferir.

Peguei meu avião (sim, moro na Sicília, mas para ir a Lampedusa preferi ir de avião) e fui passar alguns dias nessa maravilhosa ilha do Mediterrâneo que cada vez mais tem atraído turistas do mundo inteiro, inclusive muitos brasileiros. Ao contrário de outras pessoas que dão “dicas” de Lampedusa sem jamais terem colocado os pés na ilha, fui conferir de perto a beleza da Rabbit Beach e de muitas outras praias muito menos renomadas, mas lindíssimas.

Praia dos Coelhos em Lampedusa, a mais bonita da Itália

A Praia dos Coelhos, também chamada de Spiaggia dei Conigli ou Isola dei Conigli, é uma praia de areia no sul de Lampedusa e é formada por uma ilhota (daí também ser chamada de Isola dei Conigli, em português Ilha dos Coelhos), uma faixa de areia branquinha e fina e uma grande baía com cerca de 4,4 hectares de superfície. Ela é a maior praia de Lampedusa e fica dentro de uma reserva ambiental, a Riserva Naturale Orientata Isola di Lampedusa.

É que além de belíssima, a praia e a Isola dei Conigli são o habitat natural de vários animais como gaivota real, que aninha apenas lá, e também lugar de deposição de ovos das tartarugas marinhas Caretta Caretta, que todos os anos, entre junho e setembro, chegam à praia para colocar seus ovos à noite. Por esta razão, a praia só é acessível durante o dia, supervisionada por voluntários.

A praia, de areia branca e muito fina, é banhada por uma água transparente e cristalina, dando vida a um verdadeiro paraíso! São poucas as praias na Sicília (digo na ilha em si, não nas ilhas menores) com essas características, então para mim foi surpreendente.

Passei horas fazendo snorkeling na Praia dos Coelhos. Vocês não têm ideia da delícia que era aquele mar. Como estive lá no mês de setembro, as águas estavam com uma temperatura perfeita!

Eu na piscina Praia dos Coelhos em Lampedusa

Curiosidades sobre a origem do nome

A origem do seu nome Rabbit Island não é certa: alguns dizem que, na primeira tabela náutica encontrada, datada de 1824, a área foi chamada de “Ilha Rabit”, referindo-se ao istmo que às vezes liga a ilhota à costa. “Rabit” em árabe significa conexão. Nos mapas subsequentes, o nome foi mal escrito, adquirindo um b a mais, e se tornando “Rabbit”, coelho. Segundo outras teorias, o nome é devido a uma colônia de coelhos que vieram viver na ilhota após a formação do istmo. Quando a faixa de areia desapareceu, os coelhos ficaram presos e, reproduzindo, tornaram-se tão numerosos que o lugar passou a ser chamado “Ilha dos Coelhos”.

Isola dei Conigli Praia dos Coelhos em Lampedusa
As águas cristalinas e a ilhota “Rabbit Island”.

 

Como chegar à Praia dos Coelhos

A praia da Isola dei Conigli fica a cerca de 4,5 km do centro da cidade e chega-se lá pegando estrada para Capo Ponente. A estrada é bem sinalizada e há várias indicações para a praia. Uma vez lá, você verá uma cancela e vários carros e motos estacionados na beira da estrada. Deixe seu veículo estacionado de modo que ele não obstrua a passagem pela cancela e prossiga a pé.

Parte da descida é assim, de terra e pedregulhos.
A ida é toda em descida, mas a volta… vá preparado para encarar uma boa subida!

Caminha-se cerca de 15-20 minutos em descida até chegar a um ponto panorâmico a partir do qual abre uma vista magnífica da praia, a ilhota e também da Tabaccara, outro trecho de mar incrível de Lampedusa. É deste ponto panorâmico que se tiram as clássicas fotos da praia dos Coelhos vista de cima.

Me refiro a esta paisagem. E olha que é uma foto feita com celular. Imaginem isso ao vivo! É de uma beleza inexplicável.

A partir daqui, você deve descer novamente por cerca de 300 metros até chegar à praia. E mais uma vez, dava um passo e parava para fotografar o panorama.

A fase final da descida.

Veja que há cordas delimitando alguns trechos. Lembre-se, é uma reserva ambiental que deve ser protegida, por isso respeite os limites e não ultrapasse a cerca só para “tirar fotos melhores”. Não é legal, não é bonito em muito menos civil!

Minhas dicas para curtir no melhor modo a Praia dos Coelhos em Lampedusa

Para que possam aproveitar ainda mais esse paraíso, aqui vão algumas informações que podem ser úteis e que você deve levar em consideração.

Serviços

Na praia em si não tem nenhum serviço. É uma reserva ambiental, lembre-se! Somente na pista é que há um bar e eles vendem lanches, saladas e bebidas. Por isso, se for passar muito tempo na praia, leve sua água e seu lanche.

Neste mesmo bar há um serviço de aluguel de guarda-sóis.

Quando ir

Eu estive em Lampedusa na segunda metade de setembro e a ilha estava mais cheia do que o que eu gostaria. Agora imaginem como fica no pico do verão, ou seja, em Agosto. Lota. E um paraíso lotado não é o máximo, né? Por isso, se puder escolher, prefira ir em junho ou em setembro.

Uma dica extra: Leve máscara par fazer snorkelling!

Horários

Lampedusa é quente, isso é fato. Por isso, planeje bem seus horários para enfrentar em modo digno a caminhada até a praia. Eu, por exemplo, preferi ir sempre no meio da tarde. Assim, a volta, que seria a caminhada em subida, parte mais difícil, aconteceria no horário do pôr do sol.

É possível usufruir da praia entre as 7h30 e 19h30. Os horários são rígidos e controlados por causa das tartarugas marinhas.

 

Leia também: Como chegar a Lampedusa

Assine nossa newsletter mensal e receba dicas da Sicília no seu e-mail!

2 Mensagens

  1. Olá, Patricia!

    Agora que você já conheceu Lampedusa, gostaria de sua opinião, por favor:
    Quantos dias sugere ficar na ilha (uma média)?

    Acha que a beleza das praias de lá compensa a ida, ou outros lugares da Sicília já poderiam satisfazer o desejo de conhecer belas praias na Sicília (favignana, praias próximas à Siracusa, San Vito, etc)?
    Numa suposição: pra quem terá cerca de 8/9 dias no total, dividir o tempo entre alguns dias na ilha principal (apenas em um dos dois lados) e alguns em lampedusa, ou ficar todos os dias na ilha principal conhecendo ambos os lados – oeste e leste? Sei que a pergunta é difícil… rsrsrs
    Obrigado!

    • Patricia Kalil

      Oi Alexandre,

      Gosto é algo tão pessoal, né? Enfim, depois de ter conhecido Lampedusa, comparando-a com a Favignana, prefiro Favignana.
      Aconselharia passar uns 4 dias em Lampedusa, porque assim dá para curtir melhor as praias.
      Oito ou nove dias são poucos para conhecer a Sicilia em si, os dois lados, por isso se a sua ideia é conhecer Favignana ou Lampedusa, te aconselharia a passar uma parte do tempo em um dos lados e o restante na ilha menor escolhida.

      Um abraço,

      Patricia

Comente!