Roteiro na Sicília: Segesta

Roteiro do leitor: 10 dias na Sicília com paradinha na Calábria

Atualizado em

Por bastante tempo troquei e-mails com Eliana, uma cara leitora que pesquisou muito na hora de planejar o próprio roteiro. Tirei suas dúvidas e a ajudei no que pude. Assim que ela voltou para o Brasil, me mandou a experiência completa, uma viagem de 10 dias na Sicília de carro, vindo da Calábria, e que compreedeu cidades como Cefalù, Palermo, Erice, Segesta, Agrigento, Siracusa, Noto, Ragusa Ibla e Taormina.

10 dias na Sicilia – Por Eliana Salgado

Nossa viagem a Sicilia começou no dia 6 de setembro quando chegamos na Calábria vindo de São Paulo. Viagem longa de SP a Milão, resolvemos parar por 1 dia em Scilla/Reggio Calábria.

Ficamos hospedados no B&B La Veduta: local super agradável com apenas 3 suítes e proprietários extremamente simpáticos, acolhedores e dispostos a ajudar.

O “La Veduta”  fica em uma localização privilegiada em Scilla. Os quartos e a saleta de café da manhã tem uma vista magnífica do Mar Tirreno. Aliás o hotel está em uma construção “sobre as ondas”.

scilla

Scilla é um lugar bem pequeno.Um dia é suficiente para conhecer e andar pelas ruas estreitas, o Castelo Ruffo e passear no Lungomare.

scilla2

Por indicação de Nella, proprietária do la Veduta, jantamos no restaurante Glauco (www.glaucoscilla.com), que tem um terraço sobre o mar. Lugar agradável e comida muito saborosa.

No dia 8 de setembro atravessamos o estreito de Messina com destino a Palermo via Cefalù, nossa primeira parada na Sicília.

Nosso caminho foi pela autoestrada e paramos em Cefalù para um lanche e passear pelo centro. Infelizmente não tivemos tempo para subir a Rocca pois queríamos chegar em Palermo ainda com dia claro. Cefalù é bem bonitinha. Tem praia e as ruas do centro para caminhar, tomar um café, uma granita ou um drinque.

Depois da parada em Cefalù seguimos para Palermo por uma estrada secundária e passamos por várias localidades pequenas e bonitas. Pena não termos tido tempo para explorar todos esses lugares!

Chegamos a Palermo no final da tarde do dia 8 e facilmente localizamos o Hotel Ucciardhome onde nos hospedamos por 4 noites. Nossa ideia foi escolher pontos de parada para visitar lugares próximos e evitar o “abre male fecha mala” diário.

Gostamos muito de Palermo. Cidade grande mas com muitas atrações e facilidade de deslocamento. O Ucciardhome foi escolhido segundo as dicas da  Patricia e nos atendeu muito bem. A grande facilidade é ter o estacionamento e estar a 4 quadras apenas da Via de la Libertá que é a rua mais “famosa” e central.

Em Palermo contratamos os serviços de uma guia para um walking tour pela cidade e foi uma escolha acertadíssima. Ela tinha um papo agradável e conhecia muito sobre a história da Sicília. Caminhamos com ela por cerca de 3h30. Aprendemos muito sobra a Sicília, sobre Palermo e visitamos lugares interessantes.

Fizemos também o Streat Palermo Food Tour (www.streatpalermo.it) que foi uma experiência bacana e diferente. Visitamos lugares que normalmente o turista não vai e mais uma vez aprendemos e conhecemos particularidades da cidade e da Sicilia. Recomendo, não  pela comida, mas pelo roteiro e pelas histórias do cotidiano dos palermitanos.

Em Palermo fomos ao restaurante MuDu, que fica ao lado do Ucciardhome. É um bar/pizzaria agradável muito frequentado por locais o que nos agradou bastante.  Fomos lá 2 vezes e o atendimento e comida foram bons nas duas visitas.A pizza é bem saborosa e tem entradas/antipastos gostosos também. O restaurante tem um jardim com mesas que é bem disputado por ser um local gostoso para sentar e bater papo nas noites mais quentes.

Outro restaurante que fomos mas não foi tão bom foi o La Cambusa. Fica numa praça e as mesas externas ficam com acesso fácil a vendedores de flores, mágicos, músicos, etc, o que nem sempre é bom quando estamos comendo. A comida é regular.

Restaurante mais “moderno” e elegante, foi o Sapori Perduti. Boa comida e mais caro mas valeu a pena. Foi nosso jantar de despedida de Palermo.

No dia 10 à tarde saímos de Palermo  para visitar San Vito lo Capo. Não recomendo visitar San Vito e a Riserva naturale dello Zingaro em bate e volta. A região é muito bonita com praias e lugares para trilhas e passeios diversos que em meio dia ou mesmo um dia não é possível visitar.

Se não for possível ficar 1 dia ou 2 na região não vale a pena a viagem pois além de ser um pouco distante de Palermo e Trapani, há muitas coisas para ver e visitar que em pouco tempo não é possível. Para quem está na região sugiro bate e  volta até Castellamare del Golfo que apesar de ser uma cidade grande tem o castelo e uma marina bonita.

No dia 11 saímos pela manhã com destino a Trapani, Erice e Segesta.

Preferimos visitar Erice. Deixamos o carro em Trapani, no estacionamento do funicular que leva a Erice. Erice é muito pequena e bonita. Fica no alto e tem uma vista maravilhosa de qualquer ângulo. Ficamos em Erice até o meio da tarde e de lá seguimos para o Parque Arqueológico de Segesta.

Visitamos o templo e seguindo a dica da Patrícia tomamos o ônibus para o Monte Bárbaro. O dia estava lindo, fazia calor e a subida não era das mais animadoras. Recomendo ir de ônibus.

Roteiro de 10 dias na Sicília: Segesta

No dia 12 de setembro  deixamos Palermo em direção a Agrigento. Paramos em Selinunte para visitar o Parque Arqueológico. Para quem foi a Segesta e vai a Agrigento, essa parada pode ser opcional pois o parque não está bem conservado e sinalizado. Há os suportes para informação de cada construção mas não há os textos.  Se não está com guia turístico se perde muito da história. Foi o que ocorreu conosco.

Em Agrigento nos hospedamos no B&B La casa di El. Excelente opção. Fica numa rua sem saída, num ponto alto da cidade e os quartos tem uma linda vista. Há ainda a facilidade de estacionar na rua, bem perto do prédio de graça!

Há também um estacionamento público na esquina, mas conversando com Alfonso, o proprietário, ele ajuda e ainda dá ótimas dicas sobre a cidade. O B&B fica bem perto da rua de pedestres e também é possível caminhar até a estação de trem e comprar o bilhete de ônibus ao Valle dei Templi. Custa 4,80€ para um casal ida e volta. Na entrada do Valle há muitos guias que oferecem tour. Contratamos uma guia em espanhol junto com um casal de argentinos e fizemos o passeio em boa companhia e ouvimos muita história sobre o local.

No dia 13 deixamos Agrigento e fomos a Siracusa.

No caminho paramos para visitar Villa Romana del Casale. Vale a pena parar. Muito bom. Fizemos um tour compartilhado com outros casais. Tem muita história e mosaicos inacreditáveis nesse lugar. Além de estar muito bem conservado e preservado.

Roteiro de 10 dias na Sicília: Piazza Armerina

Em Siracusa nos hospedamos no B&B I Santi Coronati em Ortigia (indicação da Patrícia também). Foi excelente escolha. Muito bem localizado e com ótimas instalações. Tem estacionamento próprio o que é fundamental para quem está de carro. Ortigia é um lugar encantador. Mágico. O que nos ajudou muito foram as dicas de Rafaella recepcionista do B&B. Todos os lugares e restaurantes muito bacanas e de preço acessível.

No dia 14 fizemos um passeio de barco e depois fomos almoçar no Caseificio Borderi que fica no mercado. O preparo dos sanduiches é um espetáculo à parte. As filas são grandes tanto para pedir o lanche quanto para admirar a performance do senhor que o prepara. Passeamos a pé pela cidade sem rumo…

Em Ortigia jantamos em três restaurantes diferentes que foram sugeridos pela Rafaella: Basirico, Dioniso e Il Veliero. Recomendo todos.

No dia 15 fomos a Noto e Ragusa Ibla.

Noto vale uma parada de 1 ou 2 dias para visitar as praias da região. Passamos algumas horas caminhando e pretendíamos jantar no Dammuso. Mas infelizmente estava fechado naquele dia. Uma pena!

Roteiro de 10 dias na Sicília: Noto

Uma dica para quem visita Noto é confirmar dias e horários de museus e demais pontos de interesse. O Museu de Presépios que queríamos muito visitar tem um horário muito restrito e pequeno.

Em Ragusa Ibla sentimos o mesmo problema. Não há escritório de turismo oficial e assim como Noto, o que há de informação tem horário restrito de atendimento. Em Ragusa Ibla não deixe de visitar o Giardine Iblei e tomar uma granita. Foi a melhor que provamos em toda viagem a Sicilia!

Roteiro de 10 dias na Sicília: Noto

No dia 16 de setembro deixamos Ortigia em direção a Taormina. Nos hospedamos no Taormina Palace Hotel e a escolha não poderia ter sido melhor.

O hotel fica a 300m. da Porta Messina e ao lado há um estacionamento público com preços justos. A máquina de tickets estava com defeito no dia em que chegamos. Enzo, gerente do hotel, se prontificou a nos ajudar com o pagamento e regularização.

Em Taormina resolvemos usar o ônibus hop on hop off para circular tendo em vista o problema de estacionar e a facilidade de com o ônibus circular por todos os pontos sem problemas. Descobrimos depois que há um serviço de ônibus semelhante a preço menor.

Em Taormina visitamos o Teatro Grego, fomos a Castelmola (imperdível no final do dia!), circulamos pelo centro e visitamos Lajotanni,Isola Bella e Giardine Naxos. Ficamos em um lido em Isola Bella mas não recomendo ficar nessa praia. O acesso é por uma escada íngreme e a praia é toda de pedras. Para passar algumas horas ou um dia melhor ficar em Giardine Naxos.

Em Taormina jantamos no “Da Nino” e no Tiramisu, esse maravilhoso! Há dois restaurantes Tiramisu em Taormina, escolha o que fica perto da porta Catania.

Nossa viagem de 10 dias pela Sicilia terminou no dia 18 pela manhã quando embarcamos para Roma.

A Sicilia é um lugar muito bonito. Pretendemos voltar e nos fixar em uma determinada área pois há muito o que ver e conhecer. Um overview nos deixa meio frustrados e com vontade de não ir embora.

Vamos voltar!

Arrivederci!

taormina

***

Muito original o roteiro da Eliana, não é? Ela conseguiu encaixar, em apenas 10 dias, as extremidades da Sicília. É um roteiro bem original que pode servir de inspiração para o seu!

ASICILIA5

Veja Também

Roteiro entre Malta e Sicília: a viagem de 11 dias de Débora

Atualizado em 29/03/2018 Um roteiro entre Malta e Sicília é algo que muitos leitores aqui …

25 comentários

  1. Marina Ferraz Martins da Silva

    Bom dia Patrícia!
    Hoje conheci seu blog e já quero pedir sua ajuda!
    Eu e mais duas amigas do tempo do ginásio, hoje as três com mais de 67 anos, estamos com passagens compradas para a Sicília e Malta para começo de setembro. Chegamos em Palermo e retornamos por Malta, ambos os voos com escala em Roma.
    Já dirigi na Itália algumas vezes, as mais recentes foram viagens pela Toscana e Costa Amalfitana. Minha dúvida é se será seguro alugar um carro para viajar pela Sicília. Pelo que li se tomarmos certos cuidados não há problema, certo?
    Ainda não temos um roteiro, será que você poderia nos ajudar? Não temos interesse em praias, a não ser que a cidade tenha outros atrativos além de praia. Como iremos ainda para Malta, acredito que teremos uns 9 dias na Sicília. Chegamos em Palermo dia 8/7 em Palermo às 10:30h.
    Desde já, muito obrigada!

    Marina

  2. Olá Patrícia tudo bem ?
    Estamos com viagem marcada agora início de junho, de Bolonha iríamos descer e fazer a Puglia mas agora com seus relatos e tudo mais estamos chegando a conclusão que Sicilia é mais interessante, já pesquisei e tem voos a partir de Bolonha com bastante facilidade, até o momento estávamos expert na Puglia e agora com essa vontade de mudança, precisamos sua ajuda pleaseeee rsrsrs. Teremos do dia 13 ao dia 22 disponiveis partiremos de Bolonha dia 13 e retornamos para Roma dia 22. Amamos praia sol etc, mas claro que gostaríamos de mesclar com cultura, aventura no Etna, vinhos. boa comida etc mas priorizando momentos de praia paradisíacas e tranquilas não gostamos de praia com infraestrutura e muvuca. Como dividirias esses dias dentro do nosso perfil? Poderias nos ajudar? Seria mais interessante chegar por um lugar e sair por outro ou não? As passagens para Catania estão mais baratas e o carro alugado pegando e devolvendo em Palermo estão muito melhores também.

    • Patricia Kalil

      Olá Elisa,

      Nossa! Que mudança radical!
      Bem, pelo menos aqui na Sicília você pode misturar tudo: praia, arte, cultura, arqueologia e vulcões! A única coisa em que, na minha opinião, a Sicília perde em relação à Puglia, é no que diz respeito às praias. Na Puglia há um número maior de praias bem estruturadas e mais bonitas.
      Sim, eu sempre aconselho a chegar por um aeroporto e sair por outro no caso de um roteiro de mais de 1 semana. Chegando por Catania, você pode iniciar seu roteiro em Siracusa, passando uns 3 dias lá. Assim dá para incluir uma praia, como Calamosche ou San Lorenzo.

      Depois disso vocês podem subir para Taormina e passar outros 3 dias lá. De lá poderiam fazer um passeio ao Etna. Daí uma outra opção seria ir para Cefalù, ficando uma noite lá. Aí sua viagem poderia terminar em Palermo!

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

      • Muito obrigado Patrícia pela ajuda, seu blog é demais e você muito prestativa, acho que vou abusar um pouquinho mais rsrsrs
        Gostaríamos muito de ir a Agrigento no Vale dos Templos, conseguimos encaixar no roteiro?
        San Vito lo Capo e Riserva Della Zinzaro valem um desvio e aperto no itinerário?
        Outra coisa que gostaríamos muito de fazer seria assistir algum espetáculo no Teatro Grego, porém na internet não achei nenhum evento nessas datas, se nos programarmos para estarmos em Taormina no final de semana teremos alguma chance maior de ter algum evento encima da hora ? Obrigado bjo

      • Olá Patrícia eu aqui de novo rsrs
        Simulei um roteiro, poderias palpitar sobre ele? Sei que está apertadinho mas acho que consegui encaixar nossos maiores interesses, segue abaixo:
        13- Avião Bolonha-Catânia chegada as 11:40 seguir Taormina 3 diárias
        14- Taormina passeio dia todo, Teatro Grego, praias Isolla Bella, Lajotamix, Giardia Naxos e Castelmoda final do dia
        15- ETNA
        16- Siracusa 3 diárias
        17- Praias de San Lorenzo e Calasmosche e Noto mais a tardinha
        18- Siracusa
        19- Agrigento Vale dos Templos 2:30 de viagem, depois entrar em Scala dei Turchi e seguir viagem até San Vito de Capo 2:30 de viagem ( dúvida aqui onde dormir, talvez algum lugar mais perto)
        20- San Vito lo Capo e talvez passeio de barco pela Riserva Della Zinzaro com Hipotamus
        21- Seguir Palermo
        22- Roma
        23- Roma
        24- Brasil

        • Patricia Kalil

          Oi Elisa!

          Eu tinha omitido San Vito Lo Capo porque você disse que queria praia sem infraestrutura! rsrs
          Mas você faz muito bem em colocá-la no seu roteiro. O passeio de barco vale muito a pena, é o melhor modo de conhecer a reserva e você ainda poupa tempo.

          Em relação a Agrigento, você vai dormir lá, né? Porque ta complicado sair de Siracusa, visitar o Vale dos Templos, Scala dei Turchi e enfim ir a San Vito Lo Capo, tudo num dia só. Uma alternativa é você diminuir uma noite em Siracusa.

          Se tiver mais dúvidas, é só perguntar!

          Um abraço,

          Patricia

          • Patrícia muito obrigado, acho que dormiremos em Agrigento nesse dia então ou simplismente deixaremos hotel em aberto e lá decidimos oq fazer no momento, sobre começar por Palermo farei outra simulação pra ver se dá , o passeio de barco deve ser reservado com certa antecedência?
            Bjo

          • Patricia Kalil

            Oi Elisa,

            Eu reservei o passeio de barco com 1 semana de antecedência. Como o barco só tem capacidade para 12 pessoas, é bom contatá-los uns dias antes.

            Um abraço,

            Patricia

        • Patricia Kalil

          Esqueci de responder sobre os shows no Teatro Grego de Taormina. De vez em quando eles adicionam alguns espetáculos novos na programação, então pode ser que daqui até junho apareça algo nas datas que você quer. Porém não é certeza.
          Se o seu roteiro começasse em Palermo e terminasse em Taormina, aí a data iria coincidir com o show do Placebo rsrs. Mas aí é difícil, né?

  3. sergio kuninari

    Parabens! dicas excelentes.
    Como é o clima na primeira quinzena de junho?
    obrigado..
    Sergio K

    • Patricia Kalil

      Olá Sergio,

      O clima é o de início de verão: temperaturas de dia entre 25 e 30ºC. À noite pode fazer um friozinho (18/20ºC), por isso é bom trazer um casaco leve, porque também o vento nas cidades litorâneas pode incomodar um pouco.

      Um abraço,

      Patricia

  4. Oi Patrícia, preciso desesperadamente de sua ajuda.
    Vou para a Sicília, sózinha para um casamento em Taormina no dia 6 de aetembro. Óbviamente quero ficar uns 12 dias conhecendo a Sicília.
    Não quero alugar carro.
    Pensei em contratar uma operadora local para me ajudar. O que acha? Poderia me indicar uma?
    Poderia me ajudar?
    Heloisa
    heloboacolo@gmail.com

  5. Cinira Verani

    Olá Patricia conheci seu blog agora ! Adorei !
    Meu marido e eu pretendemos viajar para Sicilia em setembro outubro . Somos um casal na terceira idade . Não fazemos questão de praias e não gostamos muito de calor ! Essa época tem tempo bom ? Temos 15 dias na Sicilia. Gostara de alugar um carro. O que nos sugere ?
    Grata pela atenção
    Cinira

    • Patricia Kalil

      Olá Cinira,

      Se vocês não gostam de calor, é bom então deixar para vir a partir da última semana de setembro. Naquele período as temperaturas começam a descer, ficando por volta de 25ºC durante o dia. Até o início de outubro é assim.

      Alugar um carro é uma boa opção, principalmente por causa da liberdade que a gente tem para se locomover, sem ter que se limitar aos horários de ônibus e trens, que são restritos. Eu aconselho vocêes a basearem o roteiro nas cidades históricas, como Siracusa, Noto, Ragusa, Agrigento, Palermo e Catania. Em 15 dias dá para fazer um ótimo roteiro! Outra sugestão que dou é de estudar bastante as cidades da Sicília, vendo aquelas que mais os atraem, porque por aqui tem atrações para todos os gostos!

      Um abraço,

      Patricia

  6. Maria Cristina Horst

    Bom dia Patrícia!
    Parabéns pelo seu site! Muito bem escrito, com excelentes dicas, e muito amável de sua parte, responder aos leitores.
    Já li bastante, mas ainda estou com bastante dúvida em nosso roteiro. Gostaria muito que pudesse nos ajudar. Viajaremos em dois casais, apreciamos muito a boa mesa, bons vinhos e história, gostamos muito de vivenciar o local. Temos, porém, estilos um pouco diferentes de viajar. Eu e meu marido viajamos com o roteiro pronto, 1 mala média cada e todas as reservas feitas pelo Booking. Meu cunhado pode viajar com 1 mochila e apenas a passagem de ida e volta. rsrsrs
    Chegaremos a Napoles dia 14/05/2017, minha cunhada faz questão de fazer a costa amalfitana (sem necessidade de irmos a Capri). Eu gostaria de ficar em Tropea, e depois seguirmos à Sicília. Meu marido e meu cunhado querem ir a Siracusa. Eu sou a única que não conhece a Sícilia. Nossa volta será dia 29/05/2017 por Palermo.
    A princípio alugaríamos o carro já em Napoles, mas depois foram surgindo idéias de fazer uma parte em barco, talvez a costa amalfitana ou mesmo de Tropea à Sicília, mas apenas para deslocamento, não para passar a noite. Talvez alguma parte em trêm, e o carro deixaríamos para pegar apenas na Sicília. O que acha?
    Gosto muito de programar as viagens, mas confesso que quando mais pessoas viajam com a gente, a responsabilidade é maior, e gostaria de montar um roteiro que pudesse agradar a todos. Pensei em fazer uma parte da viajem com as reservas e deixar alguns dias para “descobrir” onde ficar. Como é a ocupação dos hotéis nessa época? Saberia indicar uma lancha para fazer o trajeto de Tropea a Sicília? E na Costa Amalfitana? Como você me aconselha a dividir o tempo (16 noites) em cada cidade?
    Desde já fico muito agradecida com as dicas que pude ler e espero que possa me ajudar nesse Roteiro.

    • Patricia Kalil

      Olá Cristina!

      Vou tentar tirar as suas dúvidas, respondendo por pontos para facilitar. Vamos lá:

      1) De Tropea para a Sicília: Bem, não existe um barco de linha que ligue Tropea à Sicília. O melhor modo é “vir descendo” de carro, atravessando o Estreito de Messina (http://descobrindoasicilia.com/2014/11/como-chegar-a-sicilia-travessia-de-carro-do-estreito-de-messina/). Veja AQUI quais são as rotas de navio para a Sicília, mas é uma viagem bem mais longa que aquela feita de carro.

      2) A ocupação dos hotéis: Bem, eu também sou daquelas que gosto de viajar com tudo planejado. Na maior parte dos lugares, em maio ainda dá para reservar na hora ou um dia antes. Porém tenha já uma ideia de onde ir, para não ter que ficar qem hotéis ruins. O único lugar que eu aconselho você tentar reservar um pouco antes é Taormina (obviamente se você pretende passar uma noite lá), porque a cidade é muito disputada e em maio já fica um pouco cheia.

      3) Como dividir as noites: olha, te aconselho a planejar direitinho esse roteiro. Considere que para ver as principais atrações da Sicília são necessários no mínimo 8-10 dias. Eu ainda não estive na Costa Amalfitana, minha especialidade é mesmo a Sicília, mas o que sugiro é que dedique 6 noites para a Costa Amlfitana e Tropea, o restante na Sicília, incluindo no seu roteiro cidades como Taormina, Catania, Siracusa, Agrigento e Palermo. Veja todas as dicas de roteiro que tenho aqui, assim dá para ter uma ideia melhor de como criar o seu! Veja aqui: http://descobrindoasicilia.com/tag/roteiros-pela-sicilia/

      Um abraço,

      Patricia

      • Olá Patrícia,
        Muito obrigada por sua resposta. Vou seguir suas dicas e a princípio já acertar as datas para cada cidade. Se me permitir, assim que surgirem outras dúvidas, solicito sua opinião novamente.

        Muito Obrigada,
        Maria Cristina

  7. Delson Luiz Zanelato

    Patricia, estamos planejando nossos 9 noites na Sicília ( de 26/12 a 04/01/17 ) com seu blog e dicas de um casal de amigos, Gerson/Paola. Parabéns e obrigado pelas dicas. Lucy e Delson.

    • Patricia Kalil

      Olá Delson!

      Que maravilha saber que o blog tá te ajudando! Qualquer dúvida que tiver é só me perguntar e eu respondo com maior prazer!

      Um abraço,

      Patricia

  8. alba regina faggin mastro andrea

    Patricia estamos programando uma viagem para a Italia. Vamos chegar por Lisboa dia 15/9/2016. Ficmos por lá até 23/09 e a partir desse dia é Itália. Opine sobre meu roteiro;
    23/09 chegamos a Roma de avião. Lá ficamos até dia 27, quando iremos de trem para Napoles (queremos visitar Capri- Ana Capri -Pompéia e Herculano) Dia 30/09 programamos seguir de avião para Catania. Entretanto, pretendemos montar base em Taormina – vamos alugar um carro em Catania e seguir para Taormina. Ficamos lá até dia 04/10 e de lá vamos visitar melhor a Catania e os arredores ( não sei precisamente o que ver nesses 4 dias! No proprio dia 4 iremos para Palermo onde ficaremos por duas noites , isto é ate dia 06/10. No dia 06 voltaremos de Palermo para Roma ( de avião)- dúvida: tem voos diretos? Em Roma pegaremos voo para Lisboa (tudo no dia 06/10, onde pousaremos por uma noite. Sendo que dia 07/10 voltaremos para o Brasil, no voo das 10:30 hs. O que voce acha? Altere o que achar necessário, por favor! Obrigada pela atenção.

    • Patricia Kalil

      Olá Alba,

      Sem saber exatamente o que você quer visitar aqui na Sicília, fica um pouco complicado dar uma opinião mais precisa. De qualquer maneira, 4 dias em Taormina dá para visitar o essencial (Taormina, Catania e Siracusa). Dois dias em Palermo também estão ok, daria para ver as principais atrações. Enfim, seu roteiro tá apertadinho, mas você consegue ver bastante coisas, apesar de eu sempre aconselhar a passar pelo menos oito dias aqui na Sicília.
      Sim, há voos diretos de Palermo a Roma com várias companhias (Alitalia, Vueling, EasyJet, Ryanair).

      Um abraço,

      Patricia

  9. Excelente artigo! A Sícilia é uma parte da magia da Itália. Um lugar a visitar!

Comente!