Marzamemi, Sicília

Marzamemi: praias, vinhos e dolce far niente

Atualizado em

Sabe aqueles lugares com cara de vila de pescadores, onde reina o dolce far niente, as praias são  bonitas e a comida maravilhosa? Assim é Marzamemi, uma localidade litorânea no sudeste da Sicília, a cerca de 50km a sul de Siracusa.

De alguns anos para cá, Marzamemi tem sido um dos “points” da moda, um lugar que combina praia e balada, e atrai turistas de várias partes do mundo. É impossível não se encantar pela antiga vila de pescadores que até os anos 50 dependia exclusivamente da pesca do atum. De fato, ainda hoje restam muitos traços desse passado recente, como a tonnara, um antigo estabelecimento para onde os atuns pescados eram levados para serem limpos e tratados antes de serem colocados à venda.

Tour privativo de bicicleta de Siracusa para Marzamemi

Tonnara de Marzamemi, Sicília
Antigamente a pesca do atum vermelho era uma das bases da economia siciliana. A Tonnara de Marzamemi foi construída no século XVI e é um das mais antigas e importantes do leste da Sicília.

O centro da pequena Marzamemi é muito bem cuidado, um parque de diversões para quem ama fotografar. Muitas das antigas casas dos pescadores foram transformadas em lojas, bares e restaurantes, e tudo foi alegrado com inúmeros vasos de flores, mesas e cadeiras coloridas, em um contraste delicioso com o tom ocre das paredes. O núcleo da vila é a Piazza Regina Margherita, uma praça muito ampla onde no verão são realizados vários shows e festivais.

Marzamemi, Sicília
Adorei a fachada dessa lojinha cujo nome reproduz a origem da palavra Marzamemi, a qual deriva do árabe Marsa al-hamem, que significa “Baía das Rolinhas”, uma vez que é zona de passagem dessas aves nos períodos de migração.
Marzamemi
A praça Regina Margherita com a igejinha de São Francisco de Paula.
Marzamemi, Sicília
Isso tudo não é apaixonante? É impossível não fotografar esses restaurantes!

Marzamemi é uma meta tipicamente de veraneio, ideal para ser visitada entre os meses de maio e setembro. Em julho e agosto, a atmosfera muda totalmente: turistas e locais se misturam nos bares ao ar livre, tomando drinques e relaxando depois de um dia de sol nas areias quentes das praias vizinhas. Os restaurantes ficam sempre cheios e os finais de semana são animados por  muita música e apresentações. Marzamemi é realmente uma daquelas metas de verão perfeitas!

Marzamemi
Até o cachorrinho entrou no clima do “dolce far niente”!

A praia de Marzamemi

A inteira faixa de litoral que vai de Siracusa até o extremo sul da Sicília é linda: praias de areia, mar cristalino e limpo. E em Marzamemi não é diferente. O único problema é que a praia mais perto da vila é pequena, e nos fins de semana de julho e agosto, acaba lotando. Por outro lado, quem está de carro, pode dirigir até a maravilhosa praia de San Lorenzo (5km de Marzamemi), uma das mais bonitas da costa leste da Sicília.

Praia de Marzamemi
Prainha à direita do porto. A mais frequentada é aquela que fica do lado esquerdo da vila.

 

Comer e beber em Marzamemi

No início do texto falei que se come muito bem em Marzamemi. O vilarejo pertence ao município de Pachino, a pátria dos tomates! Tomates-cereja, tomates-uva, tomatinhos amarelos, tomates secos em conserva, tem de todos os tipos. Outro carro-chefe da culinária local, é o atum. Além dos restaurantes serem especializados em atum, muitas lojas de produtos típicos vendem o peixe conserva. Garanto que vocês nunca experimentaram algo tão gostoso. Atum de verdade!!

Aquela região também é uma grande produtora de vinhos, destacando-se o Nero d’Avola e o Passito di Noto. Afinal, é por lá que passa a Estrada do Vinho do Val di Noto!

 

Vinícola Feudo Ramaddini

A propósito de vinhos, a menos de 2km da vila de Marzamemi, fica a vinícola Feudo Ramaddini. É uma vinícola pequena, mas que produz ótimos vinhos. O Passito di Noto produzido por eles já ganhou vários prêmios a nível internacional. E como não dou dicas sem testar e aprovar, fiz um esforcinho e fui fazer uma degustação na Feudo Ramaddini, aproveitando um evento que ocorreu na Itália inteira, o “Cantine Aperte”.

Vinícola Feudo Ramaddini em Marzamemi
Clique na imagem para ampliá-la.

A vinícola Feudo Ramaddini fica aberta todos os dias, das 9 às 13h e das 14 às 18h e é possível fazer diversos tipos de degustação. Para mais informações sobre reserva, preços e tipos de degustações, visite o site www.feudoramaddini.com.

Magazzini del Vino Feudo Ramaddini
Endereço: Contrada Lettiera, Marzamemi
Tel +39 0931 1847100
info@feudoramaddini.com

 

Minha dica de roteiro

Marzamemi é, sem dúvida alguma, uma daquelas localidades para serem inseridas em um roteiro de verão. Para aproveitar melhor a região, eu sugiro passar pelo menos duas noites em Noto, ao invés de fazer um simples bate e volta a partir de Siracusa. Dormindo em Noto, você consegue passar um dia inteiro em Marzamemi e curtir as belezas da capital do barroco siciliano. Concorda?

Outra minha dica, principalmente para quem dispõe de mais tempo, é esticar mais um pouco e “descer” até Portopalo di Capo Passero, a praia mais ao sul da Sicília, naquela pontinha da ilha onde fica a divisa entre o Mar Jônico e o Mediterrâneo (Veja AQUI o que já escrevi sobre Portopalo di Capo Passero). Portopalo dista somente 8km de Marzamemi.

 

Como chegar a Marzamemi

Infelizmente não há ônibus ou trens para Marzamemi. A localidade mais próxima onde é possível chegar de ônibus é Pachino, da qual dista 3km.

Com um passeio organizado: Se você não quer ou não pode dirigir, a Viator oferece um passeio de um dia para Noto e Marzamemi, saindo de Taormina. Veja AQUI!

De carro: Percorrer a autoestrada Siracusa-Gela até a saída para Noto. Prosseguir então pela estrada SP19 até Pachino. Depois é só seguir as indicações para Marzamemi. Quer alugar um carro na Sicília? Então clique AQUI!

Com um transfer privativo: Visite Marzamemi, Noto ou qualquer outra localidade da Sicília com o conforto de um transfer privativo. Veja AQUI.

 

ASICILIA5

Veja Também

Foto: Reprodução

Calendário de Representações Clássicas no Teatro Grego de Siracusa

Atualizado em 19/07/2019 Todos os anos, no Teatro Grego de Siracusa, acontece o ciclo de …

5 comentários

  1. Luciana Crispi Daflon

    Ola Patricia,
    Fui a Sicília no último verão e simplesmente me apaixonei.
    Suas dicas foram muito importantes para nós!
    Obrigada
    Luciana

    • Patricia Kalil

      Oi Luciana,

      Fico muito feliz que tenha dado tudo certo na sua viagem. Eu que agradeço o carinho e por seguir o blog.

      Um grande abraço,

      Patricia

  2. Cilene Tineli

    Patricia, seu Blog é maravilhoso! Parabéns!
    Suas dicas ajudam demais!
    Obrigada,

  3. Que coisa mais linda.

    Ma impossibile non amare l’Italia, sopratutto il Mezzogiorno 😀

Comente!