Trem Sicília
Um trem Regionale

5 motivos para evitar viajar de trem para a Sicília

Atualizado em

Viajar de trem na Europa: um prazer, um sonho que todo turista de primeira viagem quer realizar. Pois bem, os trens são, de fato, um meio de transporte extremamente eficiente, uma ótima solução para se deslocar de uma cidade para outra. Isso não é diferente na Itália, onde é possível ir de Milão a Turim em menos de uma hora com o trem de alta velocidade. O que vocês não sabem é que a beleza termina em Nápoles e que às vezes viajar de trem para a Sicília pode ser um péssimo negócio.

Dito isso, vou lhe dar cinco motivos para preferir vir para a Sicília de avião – ou de carro, se você não se importa em dirigir por muitas horas – e deixar de lado a ideia de viajar de trem da parte continental da Itália para cá (e vice-versa!).

 

1) Não há trens de alta velocidade

Quando o assunto é o Sul da Itália e, mais especificamente, a Sicília, as coisas são diferentes. Os trens de alta velocidade – aqueles chamados Freccia Rossa e Freccia Argento – chegam ao máximo a Salerno, não “descem” até o extremo sul da Itália. Ou melhor, há um Freccia Argento que liga Roma a Reggio Calabria, mas de trem de alta velocidade só tem mesmo o nome e o preço, uma vez que a linha ferroviária não é adequada ao tipo de trem.

E mesmo assim esse Freccia Argento-que-não-é-Freccia-Argento só vai até Reggio Calabria, ou seja, não prossegue até Messina e, enfim, o resto da Sicília.

Aviso do navegador ao viajante que tenta inadvertidamente procurar um trem Freccia de Roma a Palermo: "A estação de chegada está errada ou não é servida pelos Freccia.
Aviso do navegador ao viajante que tenta, inadvertidamente, procurar um trem Freccia de Roma a Palermo: “A estação de chegada está errada ou não é servida pelos Freccia. Corrija selecionando uma estação do elenco ou, caso não esteja presente, procure na seção “Todos os Trens“. Este aviso aparece somente na versão em italiano do site Trenitalia. Na versão em inglês, ele já mostra diretamente os outros trens.

 

2) O tempo desperdiçado

Tempo é dinheiro, e quando viajamos ele é um recurso preciosíssimo. A menos que você tenha tempo de sobra na viagem e ache que 11 horas e meia de Roma a Palermo passam voando (isso se o trem não atrasar, o que é coisa rara), prefira vir de avião.

 

3) A falta de comodidade

Como se não bastasse a viagem longa, os trens são bem pouco confortáveis, sem falar nos banheiros, que são um atentado à saúde pública. Nos trens diurnos, há aquelas normais poltronas colocadas em cabines – seis em cada uma. Nos trens noturnos, a menos que você reserve uma cabine privativa, terá que dormir com perfeitos desconhecidos em leitos cuja higiene é pra lá de duvidosa.

A propósito, já sabe como são as cabines dos trens noturnos para a Sicília? Se não sabe, clique AQUI.

 

4) A falta de segurança

Não, ninguém tomará de assalto o trem saqueando os passageiros, muito menos  haverá arrastão. No entanto, os trens que fazem essas longas viagens são muito frequentados por ciganos e imigrantes ilegais, que claro, não tendo documentos, não podem viajar de avião. Por isso é necessário ter muito cuidado com os próprios pertences, porque basta um vacilo seu e pode dar adeus à sua bolsa.

 

5) O custo x benefício

O orçamento está curto, sua bagagem está grande, aí sim, o jeito vai ser ir de trem pois as malas e o peso em excesso fazem muita diferença no preço das passagens aéreas para vôos domésticos.

Mas você tá viajando leve, se programou com antecedência, então as chances de encontrar passagens aéreas com preços extremamente vantajosos são bem altas.

foto2
€ 39,99 (R$ 109 +-) é o preço da passagem aérea só de ida, de Roma a Palermo, com a companhia Vueling. Taxas e uma mala de 23kg já incluídas no valor.

 

Pesquisei passagens áereas e de trem para a mesma data, daqui a um mês, 18/03/15 e encontrei, nada mais nada menos, que O MESMO PREÇO entre elas. Ok, é baixa estação e pude encontrar preços baixíssimos, mas mesmo que custassem 20 ou 30 euros a mais, vocês ainda acham que vale a pena trocar 55 minutos de viagem de avião por 11h30 de trem?

viajar de trem para a Sicília
E esse é o valor da passagem mais barata de trem de Roma a Palermo, obviamente na segunda classe, na mesma data.

 Conheça as companhias low cost que voam da e para a Sicília!

E se os cinco motivos que citei acima forem poucos, aqui vai mais um: alguns dias atrás o governo anunciou cortes drásticos nas linhas ferroviárias. Haverá menos trens circulando para a Sicília e, a notícia que deixou a população ainda mais descontente: a partir de junho de 2015 os trens que vêm para a Sicília não entrarão mais nas balsas. Será necessário descer na estação de Villa San Giovanni, se deslocar até o porto de onde saem os ferries, carregando, claro, toda a bagagem. Ao desembarcar em Messina, para prosseguir a viagem de trem, será necessário caminhar até a estação ferroviária. Um passeio nada agradável se for um dia de chuva ou se estiver fazendo 40ºC.

Vale lembrar que os trens são super válidos para ir de uma cidade grande para a outra dentro da Sicília. Apesar de serem lentos, em muitos casos acaba sendo a melhor solução, por exemplo para ir de Taormina a Siracusa, ou de Agrigento a Palermo.

E você, já veio da parte continental da Itália para a Sicília de trem? Como foi a sua viagem? A faria novamente?

Reserve já seu hotel na Sicília!*

* Se você acessa o site do Booking através da caixa acima e faz uma reserva, além de ter utilizado um dos sites mais confiáveis do mundo, ainda ajuda o blog com uma pequena comissão. E o mais importante: nenhum encargo é repassado para você!

 

Curta o blog no Facebook!

ASICILIA5

Veja Também

aeroporto de palermo

Aeroporto de Palermo: como chegar, sair e outras dicas

Atualizado em 15/10/2017 O Aeroporto de Palermo, ou melhor, Aeroporto Internazionale Falcone e Borsellino di …

9 comentários

  1. Lidia Marques

    Olá florzinha

    Seu blog está sendo MUITISSIMO ultil, ja que estou fazendo um projeto fotografico para uma possivel viagem à Sicilia.

    Eu tenho uma duvida na questao dos trens.

    Eu já estando na Sicilia, quando quero me locomover de uma cidade a outra (proximas) vc acha que o trem é uma boa opção?

    Eu andei procurando linhas de onibus mas nem sempre consigo encontrar entre as cidades que quero, e consegui encontrar linhas do trem que fazem o trajeto.

    No que voce pode me ajudar?
    Muitooo obrigada

    adoro seu blog

  2. Olá pessoal!
    Embora seja leitora assídua do blog e tendo lido tudo que a Patrícia escreveu sobre os trens, resolvi ir de trem de Nápoles a Taormina e durante o trajeto pensava: “Por que não segui os conselhos da Patrícia!!???”
    Foi uma viagem extremamente desgastante pelos seguintes motivos:
    a) durou umas 8 horas;
    b) o trem era super desconfortável, pois na segunda classe os assentos ficam em cabines de seis poltronas, não havendo lugar suficiente para colocar as malas (algumas tiveram que ficar no corredor). Para piorar a situação, o ar-condicionado não estava funcionando e o dia estava quente;
    c) mesmo sendo uma viagem longa, não há bar no trem, razão pela qual é necessário providenciar lanches antes do embarque;
    d) o trem parou em algumas estações por um bom tempo;
    e) os banheiros estavam um “pouco” sujos.

    Enfim, a experiência foi a pior possível no trajeto Nápoles a Taormina. Todavia dessa cidade até Siracusa, como seriam somente 2 horas, optamos pelo trem e foi super tranquilo.

    Abraço a todos!

  3. Izabel menegol

    -Gosto muito dos seus comentários. Somos do Sul do Br e pretendemos ir a Sicília em fevereiro. Vamos alugar um carro depois de visitar Palermo, Dez dias será suficiente para ver a s principais cidades . O que sugeres obrigada

  4. Corália Teresinha Piacentini

    Oi Patrícia ,sempre tive muita vontade de conhecer a Sicília e agora estou me preparando para organizar uma viagem. Gostaria de sua ajuda para resolver qual o melhor período é um roteiro. Penso em me programar-se 20 a 30 dias. Agradeço muito sua ajuda. Abraços. Corália Piacentini

  5. ana brochado

    discordo!
    fiz a viagem de bologna a messina de comboio e foi uma experiencia fascinante. Uma daquelas que nunca esquecerei na minha vida. Basta ter bom senso e estar-se atento e não há perigo nenhum. Viajar de comboio dá-nos a noção da distancia, vemos a paisagem a mudar. Viajar por terra é realmente viajar.
    Avião põe-nos num local de forma rápida… mas não é viajar. Não é aventura! os cinco motivos que usa para demover as pessoas de não irem de comboio para a sicilia, são os 5 motivos que eu acuso para IREM de comboio para a sicilia!

    • Patricia Kalil

      Oi Ana,

      Cada um decide o que fazer da própria viagem. Essa é a minha opinião, eu prefiro empregar o tempo conhecendo as cidades, não dentro de um trem. É claro que tem quem prefira fazer essa experiência, é validissima, mas tudo depende do perfil do viajante. 😉
      Patricia

  6. Óbvio que eu tinha que comentar esse post (excelente ,por sinal)!
    O único que fiz de ônibus foi de siracusa a Catania,rápido,pontual e agradável !O restante tudo de trem , inclusive palermo a Roma, apesar do trecho maior ter sido este o que achei mais cansativo foi de messina a palermo.Nao aguentava mais ficar dentro do trem que fazia paradas longas ,mas a paisagem foi linda …Castelbuono,Cefalu ,etc!!!
    Concordo com tudo ,Pat,os trens são uteis em situações especificas ,sofri bastante com malas e as escadas nas estações ,a sorte é que eu sempre encontrava ajuda(de mulheres ,principalmente) !

    Quando eu voltar pra sicilia(Veja que é quando e não se rsrsrs) eu alugaria um carro,uma amiga alugou e disse que foi uma excelente escolha!!!!
    Bjos

Comente!