Stromboli: um passeio em um vulcão ativo

O vulcão Stromboli é um dos vulcões mais ativos do mundo e domina a paisagem da ilha homônima. De longe parece inabitado, mas ao nos aproximarmos, as pequenas casinhas brancas dos vilarejos da ilha chamam a atenção e nos fazem imaginar como deve ser viver cara a cara com um vulcão superativo.

Ir a Stromboli é um dos passeios mais interessantes para quem visita as Ilhas Eólias. Fiz uma excursão com a Aliante, com saída de Lipari, em um tour que também incluía Panarea.

Barco da Aliante
Barco da Aliante no porto de Stromboli: o pessoal é extremamente gentil e cordial. Recomendo!

Leia também: Dicas práticas para visitar as Ilhas Eólias

A chegada a Stromboli se dá através do porto da localidade de Scari. Ali há uma praia de areia preta, a qual possui essa cor por causa dos fragmentos de minerais de origem vulcânica, como as pedrinhas de obsidiana, um tipo de vidro formado quando o magma solidifica entrando em contato com a água.

As casinhas brancas de Scari e a praia de areia preta. No fundo, o vulcão visto por outro ângulo.
As casinhas brancas de Scari e a praia de areia preta. No fundo, o vulcão visto por outro ângulo.

Para chegar até o centro de Stromboli, a parte mais movimentada da ilha, é preciso fazer uma caminhada (em subida) de cerca 20 minutos. Há a opção de pegar os “táxis” que circulam por lá, ou seja, uns carrinhos elétricos com capacidade para 3 ou 4 passageiros, pagando 10 euros por viagem.

Carrinhos que fazem o serviço de táxi em Stromboli. Tá vendo esse verde-limão? Evite-o! A taxista era uma moça tão mal educada, azeda como a fruta que dá a cor ao veículo! :D
Carrinhos que fazem o serviço de táxi em Stromboli. Tá vendo esse verde-limão? Evite-o! A taxista era uma moça tão mal educada, azeda como a fruta que dá a cor ao veículo! 😀

O vilarejo de Stromboli é uma graça. Apesar de pequeno, há um supermercado, farmácia, igrejas, restaurantes e lojinhas que vendem de tudo. Os preços são acima da média, afinal pelo fato da ilha ser bem distante da costa da Sicília, nem sempre o acesso aos bens de primeira necessidade é fácil.

ilha de stromboli
As ruas estreitas de Stromboli
A arquitetura da ilha é de uma simplicidade e harmonia apaixonantes
A arquitetura da ilha é de uma simplicidade e harmonia apaixonantes

Escalar o vulcão é possível, porém não é uma atividade recomendada a todos. O grau de dificuldade é médio-alto e é preciso ter o equipamento adequado, como calçados próprios para trekking e lanternas. Há lojas que alugam este tipo de material, mas a excursão até a cratera do Stromboli é permitida somente com os guias autorizados. O percurso requer três horas para a subida e duas para a descida, portanto não é um passeiozinho simples. É preciso estar preparado fisicamente!

Porque informação é a a base de tudo...
Placas que alertam sobre o que fazer em caso de maremoto. Porque informação é a base de tudo…

A propósito de maremoto, alguns anos atrás uma erupção do vulcão causou o desabamento de uma parte da parede da montanha que, ao cair no mar, gerou uma onda de dez metros. Apesar de todos esses perigos, os habitantes de Stromboli são apaixonados pela própria terra. Outro lugarejo, Ginostra, está isolado do resto da ilha porque está circundado pela lava, já solidificada, de erupções passadas, e por isso só dá para chegar lá de barco. Ginostra é considerado o menor burgo da Itália, com somente 30 habitantes.

stromboli em erupção
A erupção do Stromboli em agosto de 2014 durou até o mês de outubro do mesmo ano. Eu tive a sorte de poder vê-la!

As erupções de Stromboli são constantes, tanto que o vulcão é considerado uma espécie de farol no sul do Mar Tirreno, pois emite quase sempre uma luz vermelha incandescente, a lava que escorre frequentemente.

O passeio com o barco da Aliante nos levou para admirar a lava que vai descendo pelas encostas do Stromboli. É um espetáculo que atrai turistas do mundo inteiro, e muitos são os barcos, pequenos e grandes, que fazem este tipo de passeio à noite. Ver o magma sob a luz da lua é uma emoção indescritível.

Sem filtros, um close nas pequenas explosões de magma que mais pareciam fogos de artifício.
Sem filtros, um close nas pequenas explosões de magma que mais pareciam fogos de artifício.

 

Dicas e info úteis

– Não há um grande número de hotéis em Stromboli. Se você pretende sentir a emoção de dormir em um vulcão ativo e viaja na alta estação, é bom reservar com antecedência. Se procura um hotel na ilha, clique aqui.

– Em Stromboli, os únicos veículos que circulam são os táxis que citei anteriormente, lambretas e bicicletas. É possível alugá-los!

– O período ideal para visitar Stromboli é de junho a setembro. Dá para ir lá nos outros meses, porém nas outras estações do ano a probabilidade do mar estar agitado é mais alta. E com o mar agitado a maior parte das embarcações nem saem do porto.

Como ir para Stromboli

– Também é possível ir por conta própria a Stromboli, sem ter que ir por meio de excursão. Todos os dias, durante o ano inteiro, saem embarcações (aerobarcos e balsas) das empresas Ustica Lines e Siremar, tanto do porto de Milazzo quanto do de Lipari. Clique AQUI para ver os horários e preços das passagens.

– Caso esteja em Taormina e prefira fazer um passeio de um dia com toda comodidade e segurança, é possível fazer um minicruzeiro com a Viator (de maio a outubro). Clique AQUI para saber mais sobre esse passeio.

 

Reserve já seu hotel em Stromboli!*

* Se você acessa o site do Booking através da caixa acima e faz uma reserva, além de ter utilizado um dos sites mais confiáveis do mundo, ainda ajuda o blog com uma pequena comissão. E o mais importante: nenhum encargo é repassado para você!

Assine nossa newsletter mensal e receba dicas da Sicília no seu e-mail!

Veja Também

Pantelleria

10 coisas para fazer na ilha de Pantelleria

Um lugar encantador onde mar, vento e aromas se misturam criando algo absolutamente único. Pantelleria …

9 comentários

  1. Boa tarde, Patrícia.
    Vamos, eu e minha esposa para Stromboli em maio, entre 16 e 20.
    Você sabe dizer se os passeios para o vulcão já estão abertos.???
    Parabéns pelo blog.

    • Patricia Kalil

      Olá Flavio,

      Os passeios para as Eólias normalmente iniciam em abril, então quando você vier certamente encontrará várias opções!

      Um abraço,

      Patricia

  2. José Carvalho

    Obrigado Patrícia . Quando retornar a Sicília não perderei esta oportunidade. Quando viajo sinto um prazer imenso em visitar vulcões, sítios arqueológicos e conhecer cidades antigas . Muito obrigada foi um prazer visitar o seu blog.

  3. José Carvalho

    Parabéns pelas lindas imagens. Seu trabalho é muito bom. Pergunto: Quanto tempo levou de barco até o Stromboli. Qual a cidade mais próxima e onde há excursão o vulcão. Obrigado
    José Carvalho.

    • Patricia Kalil

      Olá José,

      A viagem que fiz para Stromboli não foi direta, primeiro o barco parou na ilha de Panarea para fazermos um pequeno tour por lá. De qualquer maneira, a cidade da Sicília mais próxima a Stromboli é aquela de onde saem os barcos para as Eólias, ou seja, Milazzo. De Milazzo a Stromboli são 2h10 de viagem com o barco de linha (não aqueles de passeio).
      Enfim, você encontra excursões para Stromboli saindo de Taormina, de Milazzo e de Tropea na Calabria, mas elas só são ativas entre maio e início de outubro. As cidades mais próximas são Tropea e Milazzo.
      Se quiser ter uma ideia de como é a excursão com saída de Taormina, essa é semelhante à que fiz, que inclui Panarea e Stromboli: https://www.partner.viator.com/pt/16191/tours/Taormina/Passeio-de-um-dia-as-Ilhas-Eolias-saindo-de-Taormina-Stromboli-e-Panarea/d4237-6099ISLANDS

      Um abraço,

      Patrcia

  4. Como enContro um guia pra fazer a subida?

    • Patricia Kalil

      Oi Lidia, quando você chegar na praça principal de Stromboli, vai ver umas lojinhas que alugam material para a excursão e as agências que vendem os passeios 😉

  5. patinha, lindos seus posts!
    dá para ver de loooonge que seu verão foi intenso e brilhante.
    parabéns, você merece!

    beijão, amiga.

    aninha

Comente!