Hotel em Taormina: Villa Carlotta
Minha gente, essa é a vista que temos da varanda do apartamento 4!!

Taormina: um daqueles lugares que não podem faltar na sua viagem

Atualizado em

Taormina é meta obrigatória de quem vem pela primeira vez para a Sicília e não incluí-la na sua viagem é como ir à Roma e não ver o Coliseu, ir ao Rio e não subir até o Cristo Redentor. É quase inaceitável! Por este motivo, é a cidade mais clichê da Sicília, mas quem se importa? É um paraíso do luxo, do glamour e é linda de morrer!

A Pérola do Mar Jônico, como é chamada a cidade, é cheia de cantinhos especiais, terraços panorâmicos com vistas incríveis para aquela parte da costa leste da Sicília e que inspirou artistas como Goethe, Klimt, Oscar Wild e David Herbert Lawrence, o qual teria se inspirado em uma inglesa residente em Taormina para criar a sua Lady Chatterley.

20140802_190528
Ao sair da autopista e pegar a estrada que conduz até o centro de Taormina, de cara nos deparamos com uma vista dessas. Quem resiste a não sair tirando milhões de fotos?

Taormina tem raízes antiguíssimas, tendo sido fundada no ano 396 a.C no alto do Monte Tauro por colonos fugidos da colônia grega de Naxos que a chamaram “Tauromenion”. No período Romano, Taormina se tornou uma meta de lazer de senadores e aristocratas, dando início à fama da cidade mais turística da Sicília.

Na alta estação, uma multidão de todas as partes do mundo toma conta de cada metro quadrado, transformando a rua em uma Babel que passeia lentamente olhando as vitrines.

 

O que fazer em Taormina: Passeio no Corso Umberto

A principal rua da cidade, o Corso Umberto, é um shopping center ao ar livre. Repleta de lojinhas de artesanato, butiques de luxo, perfumarias, restaurantes, bares e sacadas floridas. A rua possui várias travessas com escadarias, algumas terminando em lindos jardins, outras com casarões românticos. Vale a pena descobrir cada uma delas. Ah, sempre no Corso Umberto se encontra um beco tão estreito onde mal passa uma pessoa, o famoso Vicolo Stretto. Vale uma parada para a foto-clichê: você em pé na entrada do beco.

20140802_194814_LLS
Escadaria aproveitada pelo bar e pelos vendedores ambulantes

Taormina, Sicília

O Corso Umberto é intercalado por duas praças, a Piazza Duomo e a Piazza IX Aprile, a maior e principal da cidade. Na Piazza Duomo localiza-se a pequena e medieval Catedral da cidade, dedicada a São Nicolau, construída no século XIII.

20140802_200245
Assim como outras igrejas medievais da Sicília a catedral de São Nicolau possui uma estrutura robusta, como se fosse uma fortaleza e a parte interna em estilo gótico.
A Piazza Vittorio Emanuele sempre foi a praça principal de Taormina, desde os tempos de Tauromenion. Ali se encontravam os principais edifícios públicos, o mercado e também era o lugar onde eram realizadas assembleias populares.
A Piazza IX Aprile sempre foi a praça principal de Taormina, desde os tempos de Tauromenion. Ali se encontravam os principais edifícios públicos, o mercado e também era o lugar onde eram realizadas assembleias populares.

Hoje em dia, a Piazza IX Aprile além de ser um ponto de encontro e de descanso, é também um imenso terraço com uma das vistas mais bonitas da Sicília.

20140802_201514_LLS
Taormina ao anoitecer: que praça no mundo tem uma vista assim?

 

O Teatro Grego de Taormina

Além de suas ruas glamurosas, restaurantes de alto nível e hotéis de um luxo indiscutível que hospedaram as maiores estrelas de Hollywood do passado e de hoje, Taormina é também conhecida por seu Teatro Grego (também chamado Teatro Antigo), o segundo maior da Sicília depois daquele de Siracusa. O teatro remonta ao século III a.C, mas foi ampliado pelos romanos para poder receber outros tipos de espetáculos, como o combate de gladiadores e a caça a animais ferozes.

00038
Foto tirada no inverno, quando não há palco montado no teatro. Cada canto do teatro oferece panoramas deslumbrantes,

O Teatro Antigo hoje em dia, principalmente entre os meses de junho e setembro, recebe os mais diferentes espetáculos, óperas, concertos de grandes artistas da música pop italiana e internacional, além de premiações, festivais de cinema e desfiles de moda. Os eventos são sempre concorridíssimos e para ficar sempre atualizado sobre o que acontece lá, veja o Calendário de Eventos em Taormina.

 

O Jardim Público

Um oásis de paz no meio da efervescência de Taormina, o jardim público – também chamado de Parco Colonna ou Villa Comunale – tem que entrar no seu roteiro, nem que seja só para descansar no fim do passeio. Além de desfrutar da tranquilidade de um jardim repleto de flores e plantas exóticas, de lá ainda é possível admirar uma das vistas mais bonitas da cidade, um panorama incrível da baía de Taormina e o vulcão Etna.

O que ver em Taormina: Jardim Público
Na entrada do jardim fica esta maravilhosa escultura intitulada “Anjos do Nosso Tempo”.
Vista de Taormina
E essa é a vista!!

O jardim público de Taormina fica na Via Bagnoli Croce e eu escrevi um texto específico contando a história dele AQUI.

A praia de Isola Bella

A praia de Isola Bella, em Taormina.

Com toda essa vista para o mar, é claro que Taormina não deixa a desejar em termos de praia. Na parte baixa da cidade localiza-se Isola Bella, uma praia de nível altíssimo e ótima infraestrutura, facilmente acessível por teleférico. De Isola Bella saem barcos que fazem um passeio pelas grutas, com direito a parada para mergulho. Para saber mais sobre as praias de Taormina, é só clicar aqui.

Faça um passeio de barco pelo litoral de Taormina para conhecer o mar lindo da região! Saiba Mais.

 

E pertinho de Taormina…

Outros lugares que você não pode deixar de ver e que ficam bem perto de Taorminha são:

  • A praia de Isola Bella (Leia mais AQUI);
  • O santuário Madonna della Rocca (Leia mais AQUI);
  • Castelmola  (Leia mais AQUI);
  • Giardini Naxos (Leia mais AQUI).

Dicas e info úteis

– O centro de Taormina é fechado para o trânsito. Verifique se seu hotel oferece estacionamento e, para quem visita a cidade por algumas horas, há um estacionamento fechado pago (Lumbi). Há ônibus gratuitos que levam do estacionamento até o centro de Taormina;

– É possível contratar inúmeras excursões, como para o Etna, Siracusa, Noto, Savoca e outras cidades, além de passeios de barco para as ilhas Eólias no verão;

– O ingresso para o Teatro Grego custa 10 euros e as visitas iniciam às 9h. O horário de encerramento varia a depender do mês e dos espetáculos, mas geralmente é 16h no inverno e 19h no verão;

– Quer fazer um passeio em Taormina ou arredores? A Viator oferece várias opções. Clique AQUI e reserve!

 

Como ir de Catânia para Taormina

O aeroporto mais próximo é o de Catânia, que fica a 55km, por isso é aquele mais indicado se você pretende escolher Taormina como sua primeira ou única base na Sicília.

Para quem vai pegar transporte público, o melhor modo é ir de ônibus com a empresa Interbus, uma vez que ele passa lá mesmo no aeroporto. Para ver os horários, clique aqui.

Se você prefere a comodidade de um transfer privativo, a agência parceira do blog efetua esse tipo de serviço. Para ter mais informações e pedir um orçamento, clique aqui.

 

 

ASICILIA5

Veja Também

hospedagem em TAORMINA

Dicas de hospedagem em Taormina: os 10 hotéis mais reservados pelos leitores

Atualizado em 02/09/2018 Uma das coisas que os leitores mais me pedem são dicas de …

60 comentários

  1. Patrícia, td bem?
    Estou adorando seus textos e dicas.
    Farei uma viagem com os meus pais agora no finalzinho de Setembro para a Costa Amalfitana. Teríamos 4 dias inteiros “sobrando” para conhecer a Sicília, mas pelo que li por aqui preciso fazer escolhas, pois há muito o que conhecer e a região é extensa. Diante de tantas atrações diferentes, optaríamos dessa vez pelas cidadezinhas bonitas e charmosas para curtir em família. Taormina me chamou a atenção aqui em seu blog, mas sempre fica o receio diante de tantas opções, de deixar passar algo importante. Palermo, por exemplo. Não gostaria de fazer nada corrido demais. Acha válida a escolha?

    • Patricia Kalil

      Oi Cintia,

      A escolha do seu destino na Sicilia vai depender realmente do seu interesse pessoal. Considerando que você vai ficar apenas 4 dias, eu sugiro mesmo Taormina e a partir de lá você pode conhecer Siracusa e o Etna, por exemplo. É o que dá para fazer.
      Em Palermo há muito para ver, inclusive os arredores, aí na minha opinião você precisaria de mais tempo. Quem sabe numa próxima vez!

      Um abraço,

      Patricia

      • Bacana, Patricia! Obrigada pelas dicas 🙂 Vou continuar lendo tudo por aqui para me preparar para a viagem!

  2. Olá Patricia, tudo bem?
    Vi que para ir de Taormina para Siracusa, uma parte do preciso vai de trem e outra vai de ônibus. (você tinha comentado que seria por causa de obras, né?)
    Você acha que sai o mesmo valor se formos de transfer ( taxi ou similar)? Vale a pena, ou é tranquilo ir de trem e ônibus?
    Obrigada!

    Fernanda

    • Patricia Kalil

      Oi Fernanda,

      Não dá para comprar o preço do transporte público com a do táxi/transfer privativo, é como no Brasil. Um transfer de Taormina a Siracusa custa 170 euros (valor total, não é por pessoa) e esse deve ser mais ou menos o preço do táxi.

      O ruim do trem/ônibus é ter que carregar a bagagem, mas infelizmente as soluções são só essas.

      Um abraço,

      Patricia

  3. Oi Patrícia, tudo bem?
    Estou em catania toda essa semana e me falaram que não se pode ir a Taormina em função do G7. Vc sabe se essa informação é verdadeira? Não estou conseguindo confirmar.
    Obrigada e um abraço!

    • Patricia Kalil

      Olá Gislaine,

      Infelizmente é isso mesmo. A partir de hoje até o dia 27 uma boa parte da cidade ficará com acesso restrito por causa do G7, só poderão circular os residentes e quem tiver a autorização para passar. O teleférico não funcionará e os ônibus não poderão subir até a cidade. Realmente está complicado ir até lá. A partir de domingo as coisas voltam ao normal.

      Um abraço,

      Patricia

  4. Oi Patrícia seu blog é fantástico, estou adorando.
    Chego na SIcília no dia 10 de julho no aeroporto de Palermo e no dia 19 parto as 7 hs da manhã para Malta. Gostaria da sua ajuda para distribuir meus dias de viagem.
    Como vou alugar um carro pensei:
    – 3 noites e Palermo, sendo 1 dia para Palermo, outro dia Cefalú e MOndello, e o terceiro em San Vito, Erice e Marsala
    – 1 noite e Argrigento
    – 1 ou 2 noites em Siracusa (não tenho certeza)
    – 1 ou 2 noites em Taormina
    – 2 ou 3 noites Catania

    MInha Dúvida (melhor montar base em Catania e ir de carro para Siracusa e Taormina?
    Vale dormir 2 noites em Agrigento?

    Você sabe se posso entregar o carro na locadora do aeroporto de Catânia antes da 6 da manhâ?

    Como você pode ver estou bem perdida e cada vez acho que tenho poucos dias para curtir a história e as praias da sicília!
    Obrigada pela ajuda!
    Taysa

    • Patricia Kalil

      Olá Taysa,

      Vou tentar responder às suas perguntas. Vale dormir duas noites em Agrigento se você for incluir também Scala dei Turchi. Se for visitar somente Agrigento, pode ficar uma noite só.

      Quanto a montar base em Catania ou não, isso vai depender exclusivamente de você, do seu estilo de viagem, se prefere mudar mais de hotel (mas por outro lado curte com mais calma as cidades, inclusive a night em Taormina e em Siracusa), ou se prefere mudar menos de hotel, pagar um pouco menos pela hospedagem (Catania é mais barata), mas por outro lado tendo que cair na estrada mais vezes. Ponha na balança os prós e contras.

      Qual seria a locadora? Sabendo o nome posso ver o horário de abertura dela.

      Um abraço,

      Patricia

  5. Olá, voce acha interessante alugar carro em Taormina?
    Estou cogitando nao alugar durante a estadia,… somente no dia que for sair da cidade que alugaria.
    O que voce acha sobre isso?
    Ate pq tenho visto que a marioria das atrações sao proximas , e existem diversos tours, etc..
    Obrigado!

    • Patricia Kalil

      Olá Victor,

      Bem, dependendo dos lugares que você quer visitar em Taormina, não necessariamente você precisará alugar um carro. Além de, como você já falou, ter várias opções de excursões saindo de lá, é proibido transitar de carro e estacionar em muitas ruas do centro de Taormina, o que te obrigaria a procurar um hotel com estacionamento.
      Então pode deixar para alugar no último dia mesmo!

      Um abraço,

      Patricia

      • Ok, mas o unico inconveniente, é que eu queria alugar um carro conversivel! E nas locadoras do aero de Catania tem, mas nas locadoras de Taormina nao tem rss…
        De qq forma acho que será melhor alugar no penultimo dia em Taormina.
        Mto obrigado!!
        Victor

  6. Lucas Monteiro

    Oi Patrícia! Já tirei dúvidas contigo há alguns meses atrás sobre o trem noturno e agora estou aqui novamente, mas a dúvida é outra, rs

    Na metade de janeiro, minha família e eu chegaremos na estação ‘Taormina-Giardini’ vindo de Nápoles via trem noturno.

    Entretanto, parece que o centro de Taormina dista um pouco da estação de trem, e estou um pouco perdido sobre qual a melhor forma de chegarmos ao centro de Taormina.

    1.Existem ônibus diários para nos levar da estação de trem até o centro de Taormina ? Qual seria o custo por pessoa e quanto tempo dura esse trajeto?
    2.Existem táxis ? Qual seria o valor aproximado até o centro?

    Obrigado

    • Patricia Kalil

      Oi Lucas,

      Não se preocupa que a cada 15/20 minutos passa um ônibus na frente da estação de Taormina que leva até o centro. Se eu não me lembro mal, custa 1,80 euro (tem meses que eu não o pego, não lembro exatamente), mas se não for isso é 1,90, enfim, barato. Justamente por ficar distante e ser ponto de chegada de muito turistas, tem transporte.

      Os táxis da estação ao centro custam entre 15 e 20 euros, dependendo da localização do seu hotel.

      Um abraço,

      Patricia

  7. Olá

    Planejo viagem para Sicilia, gostaria de conhecer Taormina e depois vou para Trapani (conhecer as ilhas da região), como faço para chegar até lá saindo de Taormina?

    Muito obrigada

    • Patricia Kalil

      Olá Sandra,

      Taormina e Trapani ficam nas extremidades opostas da Sicília e não há transporte público direto entre os dois lugares. Você teria primeiro que ir de Taormina a Catania ou a Messina (de ônibus ou trem), depois de Catania/Messina a Palermo (de ônibus ou trem) e então de Palermo a Trapani de ônibus. Se você for via Catania tem mais opções de trens. Caso decida ir de ônibus, veja aqui quais são as empresas que fazem essas linhas: Ônibus na Sicília: principais linhas interurbanas
      Outra coisa: se você sair de Taormina de manhã cedo, conseguirá chegar a Trapani no fim da tarde. A viagem será longa! Se você por acaso decidir alugar um carro, esse trajeto seria feito em cerca de 3h30/4h.

      Um abraço,

      Patricia

  8. patricia, como faço para chegar na Piazza Vittorio Emanuele na vista que você comenta no texto? Não acho no google maps

    • Patricia Kalil

      Oi Luciana,
      Graças ao seu comentário me dei conta que tinha confundido o nome das praças! Eu me referia à Piazza IX Aprile, não Piazza Vittorio Emanuele! Muito obrigada!!

  9. Oi Patricia, ótimo blog. Uma duvida. Um dos dias que circularemos pela Sicilia, sairemos cedo de Catania e vamos passar o dia em Taormina, de onde retornaremos à Palermo. Minha duvida é com relação ao carro. Como faço? Tem algum estacionamento para parar e depois pegarmos uma condução para a área histórica? Pegar um taxi, ou coisa assim? Procurei pelo google uma localização de estacionamento na área e não achei. Obrigado.

    • Patricia Kalil

      Olá Ivan,

      A resposta à sua pergunta está no texto acima (primeiro item de info e dicas úteis). Você terá que deixar o carro no estacionamento Lumbi, de onde saem a cada 10 ou 15 minutos ônibus gratuitos que levam os passageiros até o centro de Taormina.

      Um abraço,

      Patricia

  10. Muito bom o blog!
    Apenas acho válido mencionar que as pessoas devem ter cuidado com a segurança (bagagem) no transporte de ônibus de Catania para Taormina.
    Realizei esse transporte pela empresa Etna na data de ontem e tive minha mala furtada, com todos meus pertences.
    Estranhamente não fui o único no ônibus e conversando com pessoas locais, isso é muito comum.
    A empresa de transporte não dá nenhum apoio, pelo contrário, parece que ajuda por conta da negligência dos motoristas (andam com o porta bagagem aberto, não dão comprovante de bagagem, não acompanham a retirada de mala, etc.)
    Enfim, o passeio vale super a pena, mas para não ter infortúnios, como eu tive, sugiro tomar cuidado e levar a mala consigo!

    • Patricia Kalil

      Olá Thiago!

      Que coisa terrível isso que te aconteceu.
      Não mencionei isso aqui neste post, que é específico sobre Taormina, porque eu desconhecia totalmente que era algo que acontecia com frequência. No meu post sobre Segurança na Sicília e na Itália em geral, citei que é necessário ter cuidado com os próprios pertences, pois sei que o furto de bagagem (principalmente nos trens) é algo passível de acontecer em qualquer lugar da Itália/Europa. De qualquer maneira, esse roubo das bagagens que estão dentro dos bagageiros dos ônibus é tão absurdo, que você tem que correr atrás para ser ressarcido pela Interbus. Dei uma olhada no site deles e tem algo sobre isso neste link: http://www.interbus.it/DomandeFrequenti.aspx (item Bagaglio, nº 4).

      Um abraço,

      Patricia

  11. Oi Patrícia, boa noite!))
    Estou indo para a Sicília no dia 30 de setembro e fico por aí por 3 dias!
    Fico duas noites em Taormina e a ultima em Catania ( pois meu voo para Malta é as 07:50 da manhã)
    Estava pensando no primeiro dia conhecer Taormina, no outro passar o dia em Siracusa, e no último fazer o passeio ao Etna ( que é apenas no período da manhã, a hora do retorno é as 14:30), e depois ir para Catania. Estava vendo os horários dos trens de volta de Siracusa ( tanto para Taormina e para Catania) e eles são cedo, mais ou menos as 18h. É isso mesmo?rs
    Estou achando que não vale pena ir! Poderia me ajudar em uma solução? Gostaria muito de conhecer, mas tenho medo de ficar cansada de tanta viagem e não aproveitar direito!
    Muito obrigada!!!

    • Patricia Kalil

      Oi Gabriela,

      Três dias são realmente muito, mas muito poucos. Dependendo do seu pique, daria para ir a Siracusa mas o problema é que o retorno é mesmo cedo e a ida ou excessivamente cedo ou muito tarde (coisas inexplicáveis da Sicília). Uma solução pode ser você contratar uma excursão. Se você fosse para Siracusa a partir de Catania, teria mais opções de horários de ônibus.

      Um abraço,

      Patricia

      • Oi Patricia! Obrigada pela resposta!
        Realmente tres dias são muito poucos. Inicialmente escolhi a Sicilia para chegar em Malta (onde morei um tempo, e é o objetivo maior da viagem), mas pesquisando melhor, percebi que deveria ter reservado um tempo maior a Sicilia!!rs
        Não tinha pensando em excursão, vou dar uma olhada, mas estou achando que vou ficar apenas por Taormina e Catania mesmo.
        Amo a italia, ilhas e o mediterrâneo, então com certeza voltarei!rs
        Obrigada

  12. patricia,
    parabéns pelo blog!
    precisava de duas dicas suas:
    1) algo interessante que mereça ser visitado entre Cefalu e Taormina? Como é uma viagem de 2h e pouco e estarei com 2 crianças no carro (4 e 1 ano), penso em dar uma paradinha.
    2) depois viajarei de carro de taormina para lecce, na puglia. Já fez essa viagem? são aprox 6 horas e estou programando 2 paradas. Alguma sugestão?
    Obrigado pela ajuda!
    Abraço,
    Felipe

    • Patricia Kalil

      Oi Felipe, tudo bem?

      Olha, entre Cefalu e Taormina até pode ter cidades interessantes, por exemplo Tindari, Milazzo e Messina, mas você teria que sair da autoestrada e fazer desvios, o que alongaria ainda mais a viagem.

      Nunca fui de carro daqui para a Puglia, somente de avião, mas dei uma olhadinha no mapa para ver se conhecia algum lugar interessante no meio do caminho. Uma sugestão de parada que posso dar é em Pizzo, na Calabria. Uma cidadezinha que conheço, muito graciosa! Ela é famosa pelo sorvete, o “tartuffo di Pizzo”. Suas crianças vão adorar! 🙂

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  13. E dica de balada em Taormina? Na Sicília vc sabe se existe o serviço de promoters que colocam nossos nomes em guestlists e stafflists? Se tiver dica de Catania e Palermo, precisooo 😉

    • Patricia Kalil

      Oi Ludmila!

      Me perdoe, mas esse comentário passou despercebido. Só hoje vi que estava sem responder!
      Olha, aqui também tem o serviço de promoters, mas você tem que conhecer o promoter! Não tenho muitas dicas de discotecas, porque atualmente estou numa fase light (foi-se o tempo em que eu era festeira! rsrs). Você pode encontrar algumas dicas de balada em Palermo aqui: http://www.balarm.it/eventi/party-e-dj-set/
      Em Taormina, indico a La Giara (http://lagiarataormina.it/club-deluxe/) e a Marabu (que fica em Giardini Naxos, mas é uma das mais badaladas da região).
      Um abraço,
      Patricia

  14. Ivete Ribeiro

    Oi, Patrícia. Bem legal tudo o que vc informou sobre essa parte especial da Itália. Um dos meus sonhos, a Sicília, ainda que não toda, será realizado em julho. Chego e saio pelo aeroporto de Palermo. Tirando os dias de chegada e retorno, 11 dias para conhecer algumas cidades. Pensei em hospedar-me em Palermo por 2 dias inteiros e seguir no terceiro. Quero conhecer Taormina, Catania, Siracusa, o Etna, Agrigento. Pouco tempo para muitos lugares? Alugarei um carro. Melhor ficar em Taormina e fazer cada dia uma cidade? Vc pode sugerir como distribuir esses dias, por gentileza?
    Super obrigada, desde já.
    Ivete

    • Patricia Kalil

      Olá Ivete!
      Não acho que 11 dias seja pouco tempo para ver as cidades que você citou, sobretudo porque você estará de carro, uma vez que isso otimiza bastante o tempo perdido nos deslocamentos.
      A minha sugestão é que você, depois dos dois dias em Palermo, vá para Agrigento, dormindo uma noite por lá. Agrigento é a única que eu não aconselho a fazer bate e volta, mas só mesmo por questão de comodidade, pois são cerca de 3h de viagem e a visita ao Vale dos Templos ocupa pelo menos outras 3 ou 4 horas .
      Sobre dormir em Taormina e de lá fazer os passeios para Catania, Etna e Siracusa, é algo que você que tem que decidir. Muitas pessoas preferem passar uma ou duas noites em Siracusa, e eu acho que é algo que vale a pena. Uma vez em Siracusa, você pode até dar um pulo em Noto, outra cidade lindíssima.
      No entanto, se não quiser ficar mudando tanto de hotel, pode sim fazer os passeios a partir de Taormina, ficando na cidade o tempo restante. Dependendo do horário do seu vôo de volta, pode até ser melhor passar a última noite em Palermo, pois de Taormina para lá são cerca de 3h de estrada.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  15. Ana Cristina

    Oi Patricia,

    Olha eu aqui novamente!
    Estou há dias tentando acessar o site do Taomina arte e não consigo, nem pelo link nem digitando o endereço. Sabe se há algum problema?
    Queria ver a programação para Setembro, soube que vai até o dia 13!
    Sabe se tem outro link, ou outra forma de ver a programação e comprar ingressos?

    Obrigada!

    Abraços,
    Ana

    • Patricia Kalil

      Oi Ana, tudo bem?
      Realmente o site do Taormina Arte não está funcionando. Não sei o que houve, mas deve estar em manutenção.
      Não se preocupe, clicando AQUI você pode ver a programação e lá mesmo comprar o ingresso. O evento que vai até setembro é o Taormina Lirica.
      Um abraço,
      Patricia

      • Ana Cristina

        Obrigada Patricia!
        Entrei para ver a programação e nada para os dias que estarei lá – 7 a 13/9.
        Vai estar acontecendo um festival – September 10-13 – International Festival of Plectrum Orchestras, você conhece? Vale pelo espetáculo do teatro grego?

        Abraços,
        Ana

        • Ana Cristina

          Só mais uma coisa: consegui fazer a reserva no Villa Carllota, achei fantástico! Segui o conselho! 😉

          • Patricia Kalil

            Oi Ana,
            Já ouvi falar desse festival, mas nunca fui. Dizer se vale a pena é complicado, pois tudo depende do gosto musical de cada um. Se você não gosta daquele tipo de música (é uma orquestra de bandolins, violões e violoncelos), vai achar tudo a maior chatice e vai acabar estragando o passeio rsrs.
            Se você não quiser ir ao festival, poderá de qualquer maneira visitar o teatro grego durante o dia.
            Um abraço,
            Patricia
            P.S.: Não existe nesse mundo alguém que não goste do Villa Carlotta!

  16. Maria Tereza De Iuliis

    Patricia, se eu tivesse conhecido seu blog antes de planejar a minha próxima viagem para a Itália certamente teria incluído muito mais dias na Sicília mas agora já não tem mais jeito…Serão apenas 3 noites, que a princípio iríamos passar todas em Taormina (No Hotel Villa Schuler – Vc conhece?) mas agora estou super dividida em tentar passar pelo menos 1 das noites em Siracusa! Chegamos de avião em Catania no dia 08/07 por volta de meio-dia e iremos embora, tbém saindo de Catania, no dia 11/07 às 13h. Percebi que muitos hotéis em Taormina “exigem” mínimo de 3 noites de hospedagem nessa época, o que talvez seja um problema…Mas deixando esse detalhe de lado, me diga se vc acha que vale a pena eu deixar tudo como está e apenas fazer um bate-e-volta até Siracusa, passando um dia todo por lá, ou me empenho em fazer as mudanças para pernoitarmos 1 noite em Ortigia? Somos um casal com 2 filhos de 12 e 9 anos.
    Parabéns pelo seu blog,muito bem escrito e organizado!
    Abs
    Maria Tereza.

    • Patricia Kalil

      Olá Maria Tereza!

      Pôxa, que pena ter reservado somente 3 dias para a Sicília! Bem, sem dúvidas Siracusa é um lugar maravilhoso e passar uma noite lá seria o ideal, porém acho que valeria à pena somente se a mudança na sua reserva fosse feita gratuitamente ou se vocês fossem ficar mais dias.
      Conheço o Hotel Villa Schuler, é lindíssimo! Tenho certeza que vocês irão adorar. Certamente o hotel oferecerá alguma excursão para Siracusa e vocês não deixarão de ver Ortigia e o Parco Neapolis.

      Muito obrigada por todos os elogios e se tiver algumas dúvida, não hesite em perguntar.

      Um abraço,

      Patricia

      • Maria Tereza De Iuliis

        Olá Patricia!
        Essa semana está sendo conspiratória para que eu vá para Siracusa rsrsrs…Um amigo siciliano, de Palermo, que tem um restaurante aqui em Itacaré também foi super taxativo sobre “termos” que ir para lá! Então não sei se fiz besteira mas como o Villa Schuler eu tinha reservado pelo booking.com com cancelamento grátis, primeiro tentei manter apenas 2 diárias mas não é possível…Resolvi mudar de hospedagem para dar uma chance para noite em Ortigia! Reservei o Villa al Duomo Apartment em Taormina (Uma villa de 2 quartos, super charmosa, pelo menos me pareceu ser pelas fotos…Vc conhece?) de 08 a 10/07 e na última noite ficaremos no I Santi Coronati, em Ortigia.
        O que vc acha? Vouq querer dicas gastronomicas se vc puder me passar!
        Tenho certeza que essa será a primeira de outras viagens à Sicília. Temos parentes em Roma, vamos para a Itália com certa frequencia.
        Eu escrevo para um site, quase sempre sobre viagens, se vc quiser dar uma xeretada: http://www.eunaoanotonada.com.br – Procure pelo meu nome nos Anotadores: Maria Tereza De Iuliis.
        Abraços e super obrigada pela atenção,
        maria Tereza.

        • Patricia Kalil

          Uau, você mora em Itacaré? Eu sou baiana! 🙂
          Já conhecia o Eu Não Anoto Nada, tinha lido lá justamente um post sobre a Sicília. Agora vou lá procurar seus posts para ler.
          Não conheço o Duomo Apartment, mas o I Santi Coronati é uma gracinha, muito aconchegante.
          Que tipo de dica gastronômica você quer saber exatamente? Se for em relação à restaurante, em Siracusa uma boa pedida é o Sicilia in Tavola (Via Cavour). É um restaurante de frutos do mar que eu adoro!
          Um abraço,
          Patricia

          • Maria Tereza De Iuliis

            Patricia,
            Sou paulistana mas estou vivendo na Bahia há 3 anos e meio! O post do Eu Não Anoto Nada sobre a Sicília, mais especificamente sobre Taormina, foi a Tati Montenegro que escreveu. Ela não curte muito esse tipo de viagem, é mais urbana.
            Gostamos de restaurantes onde os locais vão, de preferencia com mesas externas. Não comemos carne há mais de 20 anos, então lugares que servem peixes, frutos do mar ou que tem menu vegetariano são sempre benvindos.
            Abraços e obrigada!
            Maria Tereza.

  17. Mariana Leite

    Olá!

    Tenho lido muito o seu blog e adorado. Eu e meu marido planejamos ir para a Sicília em junho. Gostaria que desse uma olhada no nosso roteiro para ver o que acha:

    28/6 – Chegada em Catania

    29/6 – Catania

    30/6 – Taormina – praia

    01/7 – Taormina – cidade

    02/7 – Etna

    03/7 – Siracusa

    04/7 – Saída de Catania para Palermo

    05/7 – Palermo

    06/7 – Ida para São Paulo

    Também gostaria que verificasse se na primeira fase é melhor ficar em Catania ou em Taormina. Inicialmente tinha pensado em Catania mas depois pensei que talvez fosse melhor ficar em Taormina para aproveitar melhor as praias.

    Obrigada.

    Mariana

    • Patricia Kalil

      Oi Mariana!

      A escolha entre Taormina e Catania depende só do que o que vocês querem ver. Na minha opinião vale dar uma passada em Catania e só no dia seguinte seguir para Taormina, como você escreveu. Como Taormina é pequena, você pode ir para a praia nos dois dias em que ficará lá. Uma tarde basta para percorrer o inteiro centro de Taormina e visitar as atrações da cidade! 😉
      Seu roteiro está ótimo, muito bem dividido.
      Um abraço,
      Patricia

  18. Olá! Para quem tem orçamento apertado fiquei num B&B em Palermo muito gostosinho hiper bem localizado chamado Hotel Ariston, na rua Mariano Stabile. Não tem estacionamento, mas como nosso vôo era São Paulo/Palermo ficamos 4 dias na cidade e só na saída pegamos o carro para percorrer a Sicilia. Em Palermo não é necessário carro. Esse B&B é de um senhor muito simpático e prestativo que nos deu todas as dicas da cidade e região. É simples, mas muito seguro e muito limpo.

  19. Super obrigada pelas dicas e pela resposta, Patricia!

  20. Obrigada pelas dicas, Patricia! Seria impossível definir isso sem os seus posts!
    Vamos estar de carro sim! Já vi um hotel perto de Agrigento!
    Uma última pergunta: é fácil, estacionar nas cidades pequenas?
    Vc considera bom ficar em que região de Palermo? Indica algum hotel? É uma cidade perigosa?
    Um abraço,
    Rafaela

    • Patricia Kalil

      Oi Rafaela!
      Geralmente não é difícil estacionar nas cidades pequenas, você só tem que prestar atenção onde é proibida a circulação de veículos, como no centro de Taormina por exemplo. Quando é assim, há áreas específicas para estacionar ou estacionamentos privativos.
      Em relação à Palermo, lá sim é complicado estacionar e por isso te aconselho escolher um hotel que fique perto do centro. Estive lá mês passado e fiquei no Ucciardhome Hotel. Vou até fazer o review dele, que publicarei nos próximos dias. O Ucciardhome ficava a 15 minutos a pé do centro e tinha estacionamento. Deixamos o carro lá e fomos explorar a cidade a pé ou pegamos ônibus. Foi a melhor coisa porque o trânsito de Palermo é um stress. O link para o Booking é esse: http://www.booking.com/hotel/it/ucciardhomepalermo.html?aid=393726
      Palermo não é mais perigosa que Roma ou Milão, e visto que é uma cidade bem grande, faça de conta que está no Brasil e fique atenta à sua bolsa, máquina fotográfica, etc. É a minha única recomendação 🙂

      Um abraço,
      Patricia

  21. Patricia,
    primeiramente gostaria de dizer que seu blog é item indispensável para quem sonha em conhecer a Sicilia! Parabéns!
    Eu e meu marido iremos agora em fevereiro e gostaríamos, se possível, de um pitado seu. Montamos um roteiro, mas não sabemos se ele está viável. Como chegaremos pela Catania e sairemos por Palermo, pensamos em organizar assim:

    4 dias dormindo em Taormina
    Ida ao Etna, Bronte, Randazzo
    Ida a Catania
    Passeio por Taormina

    3 dias dormindo em Siracusa
    Passeio por Siracusa
    ida a Noto
    Ida a Ragusa e Modica

    1 dia em Agrigento (vc indica dormir por lá?)

    4 dias dormindo em Palermo
    Passeio por Palermo
    Ida a Érice e Cefalu
    Ida a Marsala

    Como estará frio, vc indica mexermos no roteiro?
    Super obrigada,
    Rafaela

    • Patricia Kalil

      Oi Rafaela!

      Que bom saber que gostou do blog! 🙂
      Uma pergunta: vocês vão estar de carro? Se for assim, esse roteiro está ótimo. De ônibus ou trem ficaria um pouquinho mais complicado.

      Você pode até não dormir em Agrigento (eu que moro perto de Catania fiz um bate e volta). O único problema é que a visita ao Vale dos Templos é cansativa e requer umas 4h. Juntando com o tempo na estrada, acaba sendo um pouco estressante.

      Erice e Cefalu ficam em direções opostas. São passeios em dois dias diferentes, correto? No máximo você poderia colocar Erice e Marsala no mesmo dia, visto que para ir para Marsala você tem que passar por Trapani, e Erice fica logo ali.

      O frio não influi no seu roteiro porque você escolheu cidades que são turísticas o ano inteiro e não localidades somente de veraneio.

      Se tiver mais dúvidas, pergunte!

      Um abraço,
      Patricia

  22. Walther Nogueira Santos Filho

    Patrícia,
    Consultei o site da Trenitalia e ir de trem, de fato, vai ficar mais rápido.
    Muito obrigado, mais uma vez.
    Abraço,
    Walther

  23. Olá Patrícia, tudo bem?

    Vamos viajar de ônibus de Siracusa para Taormina. Verifiquei que não há ônibus direto na relação, por sinal muito útil, dos ônibus que você forneceu. Então, pelo que verifiquei, devemos pegar o ônibus de Siracusa a Catânia e depois de Catânia para Taormina. O ponto em Catânia é no aeroporto? O ônibus para Taormina, parte do aeroporto também?
    Obrigado e um abraço.
    Walther

    • Olá Walther,

      Exato, o ponto de Catânia é no aeroporto, porém na ida o ônbus para no embarque. Para pegar o outro para Taormina, você terá que descer para o desembarque.
      Olha, para evitar este troca-troca de ônibus, você pode considerar a possibilidade de ir de trem. Veja no site do Trenitalia http://www.trenitalia.com/trenitalia21.html se os horários são bons para você. Pode ser uma boa opção! 🙂
      Um abraço,
      Patricia

  24. Oi, Patrícia! Sou eu d nv! Estou montando meu roteiro e surgiu uma dúvida em relação ao Etna. Nós gostaríamos de visitá-lo, mas não encontrei muitas informações sobre isso durante o inverno. Apenas sobre as estações de esqui que funcionam nessa época. Você sabe me dizer se existem passeios até o alto em dezembro? Ou me indicar algum local que faça?
    Muito obrigada! Bjs.

  25. Oi, Patricia! Te mandei um email pedindo algumas dicas sobre Taormina. Mas esqueci de te perguntar uma coisa: qual o melhor meio para ir de Catânia à Taormina? Carro, trem ou ônibus?

    • Oi Carla,
      Acabei de ver o e-mail. Todas as dicas sobre Taormina você encontra aqui mesmo no blog. Para ficar mais fácil, fiz um índice de todos os posts sobre Taormina e arredores (link lá no pé da página).
      Sem dúvida alguma a melhor forma para ir de Catânia à Taormina é de carro. A estrada é ótima e a viagem é rápida. O segundo melhor modo é de ônibus, o qual sai do aeroporto.
      Você disse que pretende ficar 2 noites em Taormina, mas vai passar outras noites em outras cidades, não é mesmo?
      Um abraço,
      Patricia

      • carlaromanelli

        Muito obrigada, Patrícia! Ficamos 2 noites em Taormina e depois partimos para Nápoles. Abs, Carla!

  26. Ola! Vim visitar seu blog e amei! Me deu uma vontade enorme de voltar para a Sicilia! Realmente não conhecer Taormina é como ir para o RJ e não subir no Cristo. Deve ser muito bom morar ai, um sonho.

Comente!