Catânia Barroca: Um passeio guiado pelo centro da cidade Etnea

Atualizado em

Passeio por Catânia desde 2007, mas confesso que só depois de ter feito o passeio “Catania Città Barocca”, uma iniciativa promovida pela Associação de Guias de Turismo da Sicília, enxerguei detalhes da cidade que em todos esses anos sempre me passaram despercebidos.

 

Atualização: este passeio não está mais sendo realizado pela associação, mas deixo o post aqui para servir de base para o seu roteiro em Catânia.

 

Visitar uma cidade sozinho é uma coisa, visitá-la com um guia de turismo que ama o próprio trabalho e transmite para você todo o entusiasmo e a paixão pela cidade, é outra totalmente diferente. É incomparável, e é uma experiência que deveríamos provar, não só quando viajamos, mas também na cidade onde moramos.

O passeio começa na frente do Museu Diocesano de Catânia. Lá o guia nos leva até o local onde está exposto o andor de prata que conduz a imagem da santa padroeira da cidade nos primeiros dias de fevereiro, quando acontece a festa de Santa Ágata. A santa é muito amada pelos “cataneses” e, durante a festa, centenas de fiéis carregam nas costas, por meio de um sistema de cordas, o andor (chamado “fercolo”) que sozinho pesa 1700 kg, mas com a imagem da santa e outras decorações chega a pesar 3 toneladas.

Andor que carrega a imagem de Santa Ágata no dia da festa da padroeira da cidade.
Andor que carrega a imagem de Santa Ágata no dia da festa da padroeira da cidade.

Saindo do Museu Diocesano, a visita prosseguiria até as Terme Achilliane, mas tive o azar das termas estarem fechadas para manutenção justamente naquele dia. Continuamos então admirando a lindíssima Catedral de Santa Ágata e a Piazza Duomo com a estátua do elefante (já contei um pouco sobre a história da praça e da catedral em um post anterior). O guia me levou até a parte posterior da catedral para mostrar o que sobreviveu ao terremoto e à erupção do Etna do fim do século XVII, duas catástrofes que destruíram a cidade.

Na primeira foto, a fachada da Catedral de Santa Ágata, em estilo barroco, reconstruída após o terremoto de 1693. A segunda foto mostra a parte de trás da igreja (abside) que sobreviveu ao terremoto e que remonta ao período normando (séc. XI). É difícil imaginar que seja o mesmo edifício, tal é a diferença entre eles.

O passeio continua pela Via Etnea, com uma parada na Piazza Università. A praça possui este nome porque nela se encontram dois imensos edifícios da Universidade de Catânia, hoje sede da Reitoria e de escritórios da universidade.

20140801_091215
Edifício da Universidade de Catânia fora…
20140801_111052
… e dentro

A Via Etnea é repleta de grandes palácios que testemunham o estilo barroco tardio que caracteriza quase todo o leste da Sicília e que a Unesco reconheceu como Patrimônio da Humanidade. Em várias construções foi usada pedra lávica, daí a cor escura de alguns edifícios, uma característica da arquitetura de Catânia.

Percorremos diversas ruazinhas do centro histórico da cidade, cada uma com suas peculiaridades, mas aquela que mais chama a atenção é a Via dei Crociferi, onde há quatro imponentes igrejas em um espaço de menos de 200m. Isso porque cada ordem religiosa, como os franciscanos, jesuítas e beneditinos, construía a sua própria igreja, uma mais pomposa que a outra, afinal a opulência é uma das características do barroco.

City tour em Catânia

City tour em Catânia

Faça um passeio privativo em Catania com uma guia que fala português! SAIBA MAIS.

O passeio termina onde começou, no Museu Diocesano, mas desta vez temos a oportunidade de subir até o terraço para admirar a cidade do alto. Para a minha sorte, meu guia era uma pessoa apaixonada pela cidade e ele conseguiu transmitir isso para mim. Foi maravilhoso ver determinados detalhes da cidade que ignorei por anos. Catânia não é uma cidade decadente, é uma cidade maltratada!

20140801_122353
Via Etnea e o vulcão Etna lá no fundo

Apesar de não ter feito parte deste passeio, não deixe de incluir também o Mosteiro dos Beneditinos no roteiro!

Clique no canto superior direito do mapa para compartilhá-lo, imprimí-lo ou salvá-lo entre os seus preferidos!

 

ASICILIA5

Veja Também

Teatro da ópera em Catania

Onde assistir a uma ópera em Catania: Teatro Massimo Bellini

Atualizado em 29/04/2019Ter a oportunidade de assistir a uma ópera em Catania pode coroar a …

5 comentários

  1. Jacira Acunha

    por favor alguem poderia me indicar um guia turistico na Catania?? gostaria de conhecer ‘Erice
    muito obrigado
    jacira

    • Patricia Kalil

      Olá Jacira,

      Infelizmente não conheço guias que falem português em Catania, mas posso indicar alguém em Palermo.
      Se você deseja visitar Erice, não é em Catania que você tem que procurar guias. Erice fica na costa oeste da Sicília, Catania na leste.
      Um abraço,
      Patricia

      • Jacira Signoretti

        Muito obrigado Patricia mas eu fiz confusao chegarei primeiramente em Palermo e te agradeço se me enviar alguém paracpmhecer Erice mas após irei para Zcatania e gostaria de conhecer Taormina
        Ficarei aguardando teu contato
        Muito obrigado
        Jacira
        Não precisa necessariamente falar português se puder melhor

        • Patricia Kalil

          Oi Jacira!

          Conheço uma guia ótima em Palermo. O nome dela é Raffaella e ela fala um pouco de português. Você pode contatá-la através do email raffaellaniccolini@tiscali.it falando o tipo de passeio que gostaria de fazer e a data. Eu por enquanto não tenho o contato de nenhum guia em Catania, mas vou me informar com outras pessoas.
          Um abraço,
          Patricia

  2. Olá Patrícia,

    Valeu pela excelente dica. Eu e minha mulher, Cláudia, já compramos as passagens para a Itália, nossa terceira visita a esse maravilhoso país e a primeira em que vamos à Sicília. Vamos, então, fazer este passeio com guia em Catânia. Estaremos na Itália entre os dias 24 de dezembro e 8 de janeiro e, especificamente na Sicília, entre 30 de dezembro e 6 de janeiro.

Comente!