Teatro Romano de Catânia: um sítio arqueológico cravado no centro da cidade

Atualizado em

Escondido entre os edifícios do centro histórico de Catânia, quase mimetizado, encontra-se o Parque Arqueológico Greco-Romano, do qual fazem parte o Teatro Romano e o Odeão. O turista que visita Catânia e não está com um guia (que seja um livro ou uma pessoa) dificilmente encontrará sozinho este monumento milenar.

O Teatro Romano foi construído no século I d.C, por cima de um teatro grego que existia no local. Com capacidade para cerca 7000 espectadores, por mais de quatro séculos sediou espetáculos de música, dança, comédias e outras formas de entretenimento. No entanto, no século VI, com as invasões bárbaras e uma série de terremotos, o teatro começou a entrar em declínio e, após o fim do Império Romano, toda a decoração de mármore que cobria o teatro foi retirada para a construção da Catedral de Santa Ágata.

City tour em Catânia

City tour em Catânia

Faça um passeio privativo em Catania com uma guia que fala português! SAIBA MAIS.

O que ver em Catania: Teatro Grego

A plateia, os degraus e o palco do teatro foram construídos com pedra lávica – por isso a cor escura dos mesmos – ao contrário dos outros teatros antigos da Sicília. Outra característica do Teatro Romano é o palco frequentemente alagado, porque bem ali se localiza uma fonte de água doce. Alguns estudiosos afirmam que um rio que passa no subsolo de Catânia foi desviado de propósito para inundar o palco do teatro e ser possível a realização de espetáculos na água.

Na água que frequentemente cobre o palco do teatro já apareceram até moreias nadando!
Na água que frequentemente cobre o palco do teatro já apareceram até enguias nadando!

Com o abandono do teatro, os habitantes da cidade iniciaram a construir edifícios por cima do monumento. No lugar onde ficava a orquestra foi construído um matadouro (aproveitando a fonte d’água do teatro) e, na Idade Média, foi todo coberto por casas que impediram por séculos a vista do teatro.

O que ver em Catania: Teatro Grego
Nos anos 50 do século passado, os edifícios construídos por cima do palco e da plateia foram demolidos e finalmente o teatro veio à luz. As casas ao redor do sítio arqueológico ainda permanecem, por isso é difícil ver o teatro de fora.

Ao lado do  Teatro Romano há outro monumento da mesma época: o Odeão (em italiano, Odeon), um pequeno teatro com capacidade para cerca de 1500 pessoas destinado a eventos musicais, concursos de poesia e aos ensaios dos espetáculos realizados do teatro principal.

Outros edifícios que podem ser visitados são a casa Liberti, uma das duas casas dentro do teatro que não foram demolidas, e o museu do Teatro Romano, onde estão expostos inúmeros achados arqueológicos, moedas e estátuas encontradas durante as escavações no teatro.

Informações úteis:

– O Teatro Romano de Catânia fica aberto para visitação todos os dias, das 9 às 19h (só até 17h no inverno) e o ingresso inteiro custa 6 euros;

– No primeiro domingo do mês a entrada é gratuita;

– O sítio arqueológico fica na Via Vittorio Emanuele II, nº 260. É uma rua perpendicular à Via Etnea e que passa pela Piazza Duomo. A entrada fica em um edifício como os outros da região, tanto que passei direto por ela duas vezes sem ter notado que era ali que ficava;

– Os trabalhos de restauração e escavação no teatro continuam até hoje, por isso o lugar é sempre um canteiro de obras.

 

ASICILIA5

Veja Também

Selinunte

Selinunte: a beleza do maior parque arqueológico da Europa

Atualizado em 23/11/2018 Selinunte é uma área arqueológica localizada na costa sudoeste da Sicília, naquele …

5 comentários

  1. Oi! Acabo de descobrir o seu blog e estou adorando! Tb sou brasileira e tb moro na Italia e a Sicilia é uma das poucas regioes que ainda nao conheço. Mas, como pretendo conhecer em breve, estarei sempre por aqui! 🙂
    Beijos!

    • Oi Cristina!
      Que bom que vc està gostando do blog! Quando vier aqui, me fala! Vou adorar saber como foi a sua viagem.
      Um abraço,
      Patricia
      PS: Amei seu blog e curti sua pagina no FB porque eu adoro moda e sempre tento sair de casa bonitinha 😀

  2. Maravilhosa descoberta e matéria!

  3. Mais uma valiosa dica, devidamente anotada
    Grazie !

Comente!