Locomover-se pela Sicília – uma questão delicada

Atualizado em

Encontrei em vários fóruns de viagens pessoas que perguntavam qual o melhor meio de se locomover pela Sicília. Foi por este motivo que decidi escrever esta postagem sobre os transportes, o ponto de vista de quem tem que lidar com isso quotidianamente.

Vou ser franca: um dos maiores danos causados ao turismo na Sicília é a qualidade medíocre dos transportes públicos. Os ônibus não possuem horários frequentes e são poucas as linhas diretas, e os trens, bem, na minha opinião é melhor nem levá-los em consideração.

Eu nunca tirei carteira – ou carta – de motorista (já tenho habilitação, mas continuo sem dirigir) e por isso sempre fui acostumada a usar transportes públicos no Brasil. Isso nunca foi uma barreira para mim, nunca me impediu de fazer nada. Quando eu vim morar na Sicília, achei que poderia continuar indo para qualquer lugar de ônibus ou de trem, como sempre fiz. Foi aí que meu mundo caiu e me dei conta que o transporte público não era uma prioridade dos governantes e que eu teria que fazer malabarismos se quisesse continuar sem dirigir.

Um turista que pretende conhecer várias cidades, de uma ponta à outra da região, mas que por algum motivo não pretende alugar um carro, tem que se organizar MUITO BEM. Se for percorrer a Sicília utilizando transporte público, é melhor planejar todos os horários e verificar se as cidades que pretende visitar são interligadas por uma linha de ônibus. Fazendo isso, tudo será mais fácil. Nos sites dos aeroportos de Catânia, de Palermo, e Trapani é possível encontrar o nome das empresas de ônibus e as linhas que atendem tais aeroportos. Em relação ao transporte ferroviário, ele não funciona em modo eficiente como em grande parte da Itália, então é sempre bom verificar antes os horários disponíveis.

O melhor modo para percorrer esta região é o automóvel. As condições das principais estradas sicilianas são aceitáveis (claro, não são ótimas quanto as estradas do norte da Itália, mas são melhores do que muitas rodovias brasileiras) e sem dúvida você economizará bastante tempo na sua viagem, coisa que é fundamental. Sem falar que as paisagens dos campos sicilianos são de tirar um fôlego e, de vez em quando, vale dar uma paradinha básica no acostamento para uma foto.

SS114 - Uma rodovia com o Etna ao fundo
SS114 – Uma rodovia com o Etna ao fundo – Foto: Acervo Pessoal

No entanto, quando se trata da locomoção dentro de uma grande cidade como Palermo ou Catânia, use o táxi ou, se quiser, use os ônibus urbanos, é um modo de evitar o problema da falta de estacionamentos e os malucos soltos no trânsito. Além disso, é preciso ter muita prudência no trânsito, visto que às vezes é preciso ter que lidar com motoristas sicilianos que acham que estão sozinhos na estrada. 

Uma dica: nos textos sobre as cidades eu quase sempre dou dicas de onde estacionar! Preste atenção no final de cada texto.

Autoestrada Catânia-Siracusa - Foto: Acervo Pessoal
Autoestrada Catânia-Siracusa – Foto: Acervo Pessoal

Dicas úteis:

– Para dirigir na Itália é preciso ter a Carteira de Habilitação Internacional ou  a Carteira de Habilitação Brasileira acompanhada de uma tradução juramentada e com validade de um ano a contar da data de chegada à Itália;

– Quando for reservar um hotel, caso esteja de carro, verifique se ele dispõe de estacionamento privativo ou se tem alguma convenção com garagens ou estacionamentos em outros lugares;

– Em cidades como Taormina, Catania, Siracusa, Palermo, o melhor lugar para deixar o carro são os estacionamentos-garagem situados nos arredores do centro histórico. Lembre-se que a maior parte dos centros históricos das cidades é fechado ao trânsito de veículos. No final dos textos sobre as cidades, eu sempre dou dicas de onde estacionar!

– É sempre bom comparar os preços dos aluguéis de carros antes de qualquer viagem, assim você não corre o risco de cair numa furada! Clique AQUI para fazer uma cotação comparando diferentes locadoras.

Veja também:

Planeje sua viagem

Reserve já seu hotel na Sicília!*

* Se você acessa o site do Booking através da caixa acima e faz uma reserva, além de ter utilizado um dos sites mais confiáveis do mundo, ainda ajuda o blog com uma pequena comissão. E o mais importante: nenhum encargo é repassado para você!

 

ASICILIA5

Veja Também

aeroporto de palermo

Aeroporto de Palermo: como chegar, sair e outras dicas

Atualizado em 15/10/2017O Aeroporto de Palermo, ou melhor, Aeroporto Internazionale Falcone e Borsellino di Palermo-Punta …

149 comentários

  1. FLAVIO SCHIAVETTI

    Olá Patricia,

    Três questões:

    a primeira, Estamos vendo a compra de um imóvel na Sicília, os custos de pedreiro e manutenção, pintor, hidráulica, são muito caros????

    a segunda, Vamos para Stromboli em maio, vamos ficar em Milazzo, a saída dos barcos são diárias??? Alguma dica em especial???

    a terceira, Gostaria de algumas dicas de vinícolas e queijarias familiares.

    O Blog como sempre está atualizado e ÓTIMO. Um grande abraço.

    • Patricia Kalil

      Olá Flavio,

      Eu sinceramente não sei te dar informações sobre custos de pedreiro por aqui, visto que foram serviços que nunca precisei utilizar. Tive a sorte de encontrar um imóvel para compra onde não foi necessária nenhuma obra. Porém certamente serão mais caros do que no Brasil, visto que aqui se dá mais valor a essas profissões.

      Em relação a Stromboli, as saídas são diárias. Você pode ler mais sobre Stromboli aqui: Stromboli: um passeio em um vulcão ativo

      Sobre as vinícolas (ainda em fase de atualização): https://descobrindoasicilia.com/category/dicas/vinicolas/. Se você quer visitar uma vinícola em uma região específica, por favor me informe qual.

      Um abraço,

      Patricia

  2. ELIZETE OLIVEIRA MENDONCA

    Olá Patrícia, Parabéns pelo seu trabalho. Estou encantada com a sua disponibilidade e desprendimento em responder a cada comentário com gentileza e profissionalismo.
    Também tenho minhas dúvidas, você pode me ajudar?
    Então, vou fazer um intercâmbio em Malta, que terminará no dia 12 de abril. Pretendo embarcar no ferry com destino à Itália no dia 13. Ainda não conheço essa região da Itália e gostaria de fazer um pequeno giro até minha ida para Roma (dia 18/4). O que você me aconselha conhecer? Você acha recomendável alugar um carro? Estarei sozinha. Agradeço muito por sua ajuda!

    • Patricia Kalil

      Oi Elizete,

      Eu sempre tento responder a todos! 🙂
      Antes de tudo, te aconselho a embarcar de ferry com destino a Catania Viajar para Catânia – Todas as dicas, que é a segunda maior cidade da Sicilia e a partir da qual você pode iniciar seu roteiro. Como você vai ter apenas 5 dias, aconselho concentrar seu roteiro no leste da Sicilia, visitando Taormina, Siracusa e o Etna.
      O carro te dá conforto e flexibilidade, mas não é imprescindível. Se você não for alugar um, essas cidades que eu citei são bem servidas por transporte público e para o Etna você pode ir de excursão.
      Aqui no site você encontra dicas de passeios nesses lugares! Boa pesquisa!

      Um abraço,

      Patricia

  3. Desde quando decidimos – eu, minha mulher e minha filha- começamos a frequentar seu site rotineiramente.
    Estou com uma dúvida quanto à CNH ( carteira de motorista): é preciso ou não tirar a licença internacional?
    Estamos com um roteiro de chegada de ferry a Palermo dia 03/12 as 11:30, ficaremos no residenza daragona, até dia 05, iremos p Agrigento, 6 em Ragusa, 7 e 8 em Siracusa, 9 Catânia e 10 e 11 em Taormina.
    Apesar do seu conselho contrário de não viajar de trem, estamos pensando em um trem diurno de Messina a Roma Termini no dia 12, chegando às 18:30.
    Para podermos ir vendo a “paisagem”!.
    Atualmente o que me preocupa são os relatos de agressões por muçulmanos refugiados.
    Muitos dizem que há muitos terroristas infiltrados entre os refugiados.
    Você que mora aí, pode informar sobre esta questão?
    Desde já agradeço e parabéns pelo site.
    Muita informação importante.

    • Olá Patricia. Boa tarde. Quanto a questão da CNH, mandei um e-mail para a locadora que me enviou isto:
      An International Driver’s Permit (IDP) is also mandatory by law for non-European Union renters except for customers from the following countries who can rent with their national driver’s licence and passport : Argentina, Australia, Bolivia, Brazil, Canada, Colombia, Israel, Mexico, New Zealand, South Africa and United States.
      Sendo assim, nós brasileiros não precisamos da licença internacional.
      Correto?

      • Patricia Kalil

        Oi Sidney,

        Essa informação aí vale somente para “alugar” um carro, não vale para a lei italiana, que exige sim a PID.
        Veja na minha outra resposta a você. Sei de casos de gente que teve o veículo apreendido porque foi parado pela polícia e não tinha a habilitação internacional.
        Ainda, além da PID é preciso apresentar junto com ela também sua habilitação normal brasileira.

        Um abraço,

        Patricia

    • Patricia Kalil

      Olá Sidney,
      Para que um cidadão brasileiro possa dirigir na Itália é preciso a Carteira de Habilitação Internacional (PID) OU a Carteira de Habilitação Brasileira acompanhada de uma tradução juramentada realizada na Itália e com validade de um ano a contar da data de chegada à Itália. A maior parte das locadoras não pede a PID, mas a lei italiana, sim.

      Isso não sou eu que estou dizendo, essa informação você encontra inclusive no site do Consulado Brasileiro em Milão> http://milao.itamaraty.gov.br/pt-br/carteira_nacional_de_habilitacao.xml

      Tem gente que arrisca e vem sem a PID e só com a habilitação brasileira sem a tradução (por isso você vai ver vários relatos de pessoas dizendo que não precisa de nada), porque a maior parte das locadoras não pede, mas se você for parada numa blitz, as coisas podem se complicar. Por isso eu te aconselho a ir ao Detran o quanto antes e solicitar a emissão da sua PID.

      Em relação a essas agressões que você diz, sinceramente são coisas bem raras. Eu vivo aqui há 11 anos e me sinto muito segura. Os refugiados não ficam “soltos” nas ruas, mas em campos de acolhimento e não têm saída/entrada livre. Mesmo com esse problema, a Itália ainda é um país seguro e não se aproxima nem a um milésimo do que acontece nas ruas brasileiras todos os dias.

      Enfim, espero ter ajudado.

      Um abraço,

      Patricia

  4. Cassio Gomes dos Reis Jr

    Qual o melhor caminho, mais interessante, para ir de Taormina para Cefalu pelo interior da ilha ?

    • Patricia Kalil

      Olá Cassio,

      Desejando fazer esse percurso pelo interior da Sicília, aconselho a rodovia principal, a autoestrada Catania-Palermo (A19). Uma coisa que muita gente faz é parar no meio do caminho, no Sicilia Outlet, para fazer umas comprinhas.

      Um abraço,

      Patricia

  5. Olá Patricia, boa noite!
    Parabéns pelo blog super atual e com informações muito uteis.
    Faremos a Costa Amalfitana e a Sicilia no mês de setembro.
    Depois de explorar Nápoles e a Costa (faremos base em Sorrento), faremos em “uma puxada só” de Sorrento até Taormina.. vi que são 542 km , e estaremos de carro.
    Qual o melhor trajeto para nos programarmos?? Pode nos ajudar??
    E chegando a Taormiina vc diz que não é possível estar de carro?? Ficaremos no Villa Fiorita… na Luigi Pirandelo… esse endereço é central??
    Obrigada!!
    Aguardamos as dicas ansiosamente…

    • Patricia Kalil

      Olá Carla,

      O melhor trajeto e mais rápido é a autoestrada Salerno-Reggio Calabria. Ao colocar o endereço final no navegador, evite as estradas secundárias, porque não vale a pena percorrê-las neste caso.
      Não é possível rodar dentro de Taormina com o carro, porque as ruas do centro são fechadas para o trânsito, mas você vai precisar do carro para fazer passeios fora da cidade. O Villa Fiorita é muito bem localizado, não se preocupe.

      Um abraço,

      Patricia

      • Olá Patricia! Muito obrigada pelo rápido retorno!
        Ok entendido. Então entre a Costa e a Sicilia consigo ir direto sempre pela auto estrada? Não preciso estando de carro pegar um ferry ou algo assim?
        Obrigada.
        Abraço,

  6. Olá Patricia,

    Parabéns pelo blog, muito informativo e interessante.

    Eu gostaria de ir à Sicília por 1 semana mais ou menos, conhecer algumas das cidades, cultura, gastronomia mas também queria muito conhecer as praias. Depois de ler bastante seu Blog, fiquei com três dúvidas.

    1) Não posso alugar carro, pois minha CNH venceu e no momento moro fora do Brasil. O transporte entre as cidades pelo que li é bem aceitável, mas e para conhecer as praias? É tranquilo fazer à pé/transporte público ou já será custoso e complicado? Também não quero passar perrengue.

    2) Outra questão é que penso em ir ainda em Agosto. Sei que obviamente é um mês bem cheio (e que as coisas são mais caras), mas é a única época que tenho. As cidades e praias ficam insuportáveis de turistas e pessoas?

    3) Acho que 7 dias não é o suficiente para ficar cruzando a ilha e acabar perdendo muito tempo com transportes, então qual região da ilha sugeriria?

    Muito obrigado e novamente parabéns pelo Blog!!

    • Patricia Kalil

      Oi Gustavo!

      Respondo as suas perguntas:

      R1: Vai depender da praia. Algumas são facilmente alcançaveis de transporte público (Taormina, Cefalù, Mondello em Palermo). Outras tem pouco transporte, mas tem (tipo San Vito Lo Capo). Quando eu escrevo aqui sobre as praias sempre ponho um “como chegar”.

      R2: Mais para o fim do mês a temperatura vai melhorando, e o fluxo de pessoas um pouco menor, mas só um pouco. Não acho que fique insuportavelmente cheio, dá para encarar.

      R3: Eu sugiro a costa leste, mas em 7 dias você pode fazer um pouco das duas partes, por exemplo, 4 dias na costa leste e 3 em Palermo, com um bate e volta a Cefalù. Dá tranquilo.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  7. Oi, Patricia. Parabéns pelo seu blog. Vamos à Sicília em novembro. Você sabe me dizer se no aeroporto de Catânia tem guarda-volumes para deixar as malas? Se sim, tem ideia de quanto custa por dia? A ideia é ir com o básico para Malta e deixar as malas no aeroporto de Catânia. Obrigado!

    • Patricia Kalil

      Olá Salmer,

      Infelizmente não tem guarda-volumes no aeroporto de Catania, só no centro mesmo. O problema é que entre ir e voltar, você perderia cerca de 1h.

      Um abraço,

      Patricia

  8. Ola Patricia! Voce sabe se uma habilitação alemã é aceita na Sicilia?
    Obrigada!

    • Patricia Kalil

      Olá Amanda,

      As habilitações da União Europeia são aceitas em todos os países da União, inclusive na Itália.

      Um abraço,

      Patricia

  9. Ola Patrica,
    As leis de teansito na sicilia sao muit diferentes daqui do Brasil?
    É complo dirogir ai?
    Vou alugar um carro saindo de Catania pravir prq Taormin e depois Siracusa….como vou sozinha, estou preocupada
    Obrigada pelas dicas otimas.

    • Patricia Kalil

      Oi Joice,

      Eu sinceramente acho mais fácil dirigir aqui do que no Brasil rsrs. As regras na Itália não são muito diferentes não, não fique preocupada.
      Minha única dica é que preste atenção nos lugares onde não é possível transitar de carro. Por exemplo, em quase todo o centro de Taormina é proibido transitar e carro, assim como no centro histórico de Siracusa. No entanto, há estacionamentos grandes onde você pode deixar o veículo.
      Se você preferir, em ambas as cidades é possível chegar tranquilamente de transporte público.

      Um abraço,

      Patricia

  10. Ola Patricia,

    Estou planejando um final de semana na Sicilia, como moro em Malta a ideia eh sair numa sexta e voltar domingo. Vou para a Catania, mas gostaria de saber se voce acha que consigo fazer etna e Taormina, sendo que terei por volta de 1 dia e meio?
    Por favor, me de dicas do que seria possivel e para aproveitarmos bem o tempo que tivermos e qual o meio de locomocao recomendavel, caso nao aluguemos um carro.
    Muito obrigada.
    Melissa

  11. Oi Patricia,
    Estou indo para a Sicilia em Julho / Agosto deste ano.
    Planejamos conhecer Taormina – Agrigento – Trapani e Palermo
    Em Agrigento, a Scala dei Turchi é um bom local para visitar?
    Em Trapani, tem indicações de contatos de passeio de barco até a Ilha de Favignana?
    Obrigada e parabéns pelo blog!

  12. Oi Patricia, eu e meu marido somos brasileiros e vamos fazer a Sicilia de carro. Precisamos de algum documento a mais além da carteira de habilitação Brasileira? Se sim onde temos que tirar esses documentos? Desde já obrigada!

    • Patricia Kalil

      Olá Daphne,
      Para que um cidadão brasileiro possa dirigir na Itália é preciso a Carteira de Habilitação Internacional (PID) OU a Carteira de Habilitação Brasileira acompanhada de uma tradução juramentada realizada na Itália e com validade de um ano a contar da data de chegada à Itália. A maior parte das locadoras não pede a PID, mas a lei italiana, sim.

      Isso não sou eu que estou dizendo, essa informação você encontra inclusive no site do Consulado Brasileiro em Milão> http://milao.itamaraty.gov.br/pt-br/carteira_nacional_de_habilitacao.xml

      Tem gente que arrisca e vem sem a PID e só com a habilitação brasileira sem a tradução (por isso você vai ver vários relatos de pessoas dizendo que não precisa de nada), porque a maior parte das locadoras não pede, mas se você for parada numa blitz, as coisas podem se complicar. Por isso eu te aconselho a ir ao Detran o quanto antes e solicitar a emissão da sua PID.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  13. Boa tarde , estou indo com meu marido e doisfilhos para a Sicília em julho , estamos pensando em alugar um Motorhome . Você sabe dizer se há uma boa estrutura para isso ?

    Obrigada!

    Odete

  14. Oi Patricia! Muito obrigada pelas dicas que ja estao nos ajudando muito a organizer nossa viagem a Sicilia no final de Junho.
    Nos moramos na Alemanha e temos carteira de habilitacao alema, voce sabe se ha necessidade de algum outro documento para dirigirmos na Sicilia por 14 dias ou pela habilitacao ser alema vale sem problemas?
    Muito obrigada!
    Amanda Edo

    • Patricia Kalil

      Oi Amanda,

      Com a habilitação alemã vocês podem dirigir em qualquer lugar da União Europeia, sem problemas, não precisa mais documento nenhum. Com a habilitação brasileira é que não poderia :).

      Um abraço,

      Patricia

  15. Oi Patrícia. Boa Tarde. Estamos indo final de abril para castelammare que é a cidade natal de meu pai, será uma viagem em família com ele que tem 70 anos e casais com crianças, incluindo um de 11 meses.
    Meu pai gostaria de rever siracusa , , ragussa e catania. Gostaria de saber se é viável deixarmos nossa base em castelammare e fazer bate voltas ou melhor seguir um roteiro de dormir nas cidades?
    Muito obrigada !!!

    • Patricia Kalil

      Olá Thais,

      Não é viável fazer bate e volta de Castellammare del Golfo para essas cidades que você citou. Considere que de lá para Siracusa são cerca de 3h30 de viagem de carro, para Ragusa 4h. Te aconselho a reservar pelo menos 3 ou 4 dias para o leste da Sicília, se vocês forem ver somente esses lugares. Vocês podem, por exemplo, ficar em Siracusa e fazer bate e voltas para Catania e Ragusa.
      Estude bem os deslocamentos usando o Google Mapas, porque a Sicília é muito grande!

      Um abraço,

      Patricia

  16. Zenaldo Santos

    Patrícia!! É fácil dirigir na rodovia Palermo – Catânia – Taormina? Se houver pagamento de pedágio, faz-se isto com cartão de crédito?

    • Patricia Kalil

      Olá Zenaldo,

      Sim, é fácil, há boa sinalização e não é uma rodovia perigosa. Você pode pagar o pedágio com o cartão, mas considere que o único trecho que você pagaria é o Catania-Taormina e custa apenas 1,70 euros.

      Um abraço,

      Patricia

  17. Olá vou estudar em Messina em Outubro, comprarei passagem do RS até Lisboa e de Lisboa até Catania, pois demais aeroportos são pouco oferecidos, te pergunto, qual a melhor forma de ir do aeroporto de Catania até Messina, vi que é cerca de 109 km, há ônibus, trem, recomenda ir de taxi, uber?Gostaria do seu parecer. Muito Obrigado

    • Patricia Kalil

      Olá João,
      A linha de ônibus Catania-Messina, da empresa Sais Autolinee, passa pelo aeroporto.
      Um táxi ou transfer privativo sai por cerca de 130/140 euros. Aqui não tem Uber.

      Um abraço,

      Patricia

  18. Oi Patricia!
    Estarei algumas semanas em Malta no ano que vem (julho e agosto) fazendo um curso. No final penso em ir à Sicília. Li em alguns blogs que havia vôo de Malta para Trapani (aonde gostaria de fazer base), mas não achei nenhuma info nas cias aéreas, vc sabe se no momento estes vôos não estão disponíveis e mais próximo da viagem devem abrir, ou vc sabe se eles foram extintos?
    Outra dúvida é se vc sabe ser possível alugar um carro em Trapani e devolver em Catania sem taxa mto alta de devolução (vi em alguns sites a taxa em torno de € 80 / 100 além das diárias.
    Uma última dúvida…vc acha que vale mais a pena passar 2 dias em Favignana ou Lampedusa (gosto mto de praia, mar azul, comida boa e agito à noite).
    Obrigada desde já pela atenção. Patricia tb rsrs

    • Patricia Kalil

      Olá Patricia!

      Esse voo de Malta a Trapani existe, é operado pela Ryanair, mas ele só fica ativo no verão (provavelmente a partir de Maio).
      É possível alugar o Trapani e devolver em Catania, mas você teria que pagar mesmo a taxa extra pela devolução em outro lugar. Já fez uma cotação na RentalCars? – https://www.rentalcars.com/
      Agora, escolher entre Lampedusa e Favignana é realmente dificil… talvez pelo pouco tempo que você vai ficar, eu diria Favignana, porque se perde menos tempo no deslocamento. Para ir a Lampedusa você tem que ir ao aeroporto de Catania ou de Palermo, pegar avião, etc. Já para chegar a Favignana é rápido, é só pegar o barco em Trapani.

      Um abraço,

      Patricia

  19. Zenaldo Santos

    Patrícia, fazer o percurso Palermo, Catãnia, Taomina e retornar a Palermo sem reserva de hotéis, no mês de julho? Eu não gostaria de reservar hotéis e parar/pernoitar onde eu considere locais aprazíves. Acha muito arriscado?

    • Patricia Kalil

      Olá Zenaldo,

      Em Palermo e em Catania até é tranquilo deixar para reservar em cima da hora, mas em Taormina…
      A cidade fica lotada em julho e em agosto, então você corre o risco de ter que suar muito para achar um hotel ou então ter que pagar bem caro. De qualquer forma, se você estiver de carro, se não achar nada no centro de Taormina pode ficar também nos arredores, aí é mais tranquilo.

      Um abraço,

      Patricia

  20. Oi Patricia. Me chamo Juliana. Eu e meu marifo vamos pra Taormina em Outubro e vamos de trem até Taormina- Giardino. Como faço para ir da estaçao de trem até o centro de Taormina? Tem algum onibus que faz esse trajeto? Tem alguma linha de onibus que passa pela Via Roma? Aguardo seu retorno.

    • Patricia Kalil

      Olá Juliana,

      Na frente da estação passa o ônibus que leva até ao terminal dos ônibus de Taormina, o qual dista 1km da Via Roma. Você vai precisar andar um pouquinho. Outra solução é um táxi, que custa por volta de 15/20 euros.

      Um abraço,

      Patricia

  21. Olá Patricia, tudo bem?

    Estou indo para a Italia com meu marido, e chegaremos em Palermo dia 31/08, onde ficaremos 2 dias e de lá iremos para Taormina, Siracusa, e de lá pegaremos um vôo em Catânea para Nápoles.
    Pretendemos ir de trem de Palermo para Taormina e Taormina para Siracusa. É possível comprar as passagens com antecedência? Qual o site? Compro no site da Trenitalia? Gosto de ter mais ou menos os horários definidos e não deixar para comprar na hora.
    A ida para o aeroporto vos seguir sua dica e contratar um transfer.

    Obrigada,

    Fernanda

    • Patricia Kalil

      Olá Fernanda,

      Sim, é possível comprar as passagens no site da Trenitalia mesmo, mas você pode comprar na hora também, sem problemas. Se não quiser comprar online, você faz uma simulação de compra para ver os horários e deixa para comprar na própria estação.

      É importante que você saiba que não há trens diretos de Palermo a Taormina e que até o dia 10/09 há obras no trecho de ferrovia entre Catania e Siracusa, portanto a Trenitalia substituiu os trens neste trecho por um ônibus, oferecido por eles. O trem vai normalmente de Taormina a Catania e quando chegar lá, haverá um ônibus esperando quem deve ir a Siracusa. Quando você for comprar as passagens, verá que no trecho Siracusa-Catania estará escrito “bus”.

      Um abraço,

      Patricia

      • Olá Patricia, obrigada pela sua atenção.
        Então para ir para Taormina eu pego um trem de Palermo para Catânea? E de lá outro para Taormina? Será um domingo, têm algum problema? A viagem é demorada?
        Ficaremos em Taormina 3 dias e depois iremos para Siracusa, que vc me falou que está em obras. Então neste trecho é feito de trem, é fácil a informação lá em Taormina? De Siracusa iremos para Catanea pegar o voo para Nápoles. (neste trecho vc me sugeriu o transfer, qual é a média de preço? )
        Muito Obrigada ! A viagem está quase chegando….abraços

        Fernanda

        • Patricia Kalil

          Olá Fernanda,

          Você compra um bilhete só de Palermo a Taormina, só que a viagem vai ter conexão em Catania, entendeu? Não é para comprar primeiro um bilhete para Catania, depois outro para Taormina, não. A viagem é demorada sim, dura cerca de 4h, depende do trem. Você pode ver horários e duração no site da Trenitalia. Sendo domingo, tem menos trens, mas tem um pela manhã, um à tarde e um à noite. Meu único conselho é que você pegue o trem da manhã, que é às 7h33, porque pegando os outros você chegaria em Taormina à noite. Veja com o seu hotel em Taormina como faz para ir da estação até lá. A estação de Taormina fica distante do centro, tem que pegar outro transporte. Veja se eles buscam na estação.

          O valor do transfer de Siracusa ao aeroporto de Catania é de 80 euros (valor do serviço, não é por pessoa). Uma segunda opção, dependendo do horário do seu voo, é pegar um ônibus. Veja os horários aqui: http://www.interbus.it

          Um abraço,

          Patricia

          • Obrigada Patrícia! Fui comprar o bilhete e não tinha mais para de manhã , comprei o trem as 15:30 e chega em Taormina as 19:59.com conexão em Catania. É muito ruim chegar a noite? Perigoso? Ficaremos no hotel Monte Tauro, vc acha que é fácil pegar um taxi até la?
            O trem não me deu opção de marcar o acento, mas acho que na hora consigo ir junto com meu marido né?
            Obrigada

            Fernanda

          • Patricia Kalil

            Oi Fernanda, não é perigoso não! É que durante o dia tem mais linhas de ônibus! Mas na frente da estação ficam táxis parados .
            Não tem lugar marcado no trem, você consegue sentar com seu marido sim.

            Boa viagem!

            Patricia

  22. TANIA MARIA LANZANOVA DURÉ

    Viajo para a Sicilia no mes de maio. Adorei conhecer o blog que dá dicas sobre viagem.
    Quero ficar um mes na Sicilia. Quero fazer um curso de italiano de 15 dias em alguma cidade. Já pesquisei e achei. O resto do tempo gostaria de viajar.pela ilha. Vou sozinha. O melhor seria chegar e sair por Palermo de avião, penso. Vou para Siracursa onde está o curso, ou taormina e depois alugo o carro para fazer um roteiro pela ilha, chegando a Palermo para voltar ao Brasil. O que achas desse roteiro. Qual seria o mais indicado para esses 15 dias. de carro ou outro transporte? ou pegar uma empresa de turismo para conhecer. Para o curso de italiano não queria uma cidade muito grande como Palermo e sim uma menor.
    Não sei ainda o que faço. Qual a tua sugestão?

    • Patricia Kalil

      Olá Tania!

      Como seu curso é em Siracusa, o melhor aeroporto para você chegar é o de CATANIA! Não o de Palermo! Ele também é o aeroporto de referência para quem quer visitar o leste da Sicília (Taormina, Catania, Etna, etc). Como depois do curso você vai querer dar a volta na ilha, pode marcar sua passagem chegando por Catania e voltando por Palermo. Em 15 dias dá para ver bastante coisa! Ir de carro é melhor, porque você tem total liberdade, mas se você optar pelo transporte público, também dá para fazer, desde que planeje bem os deslocamentos.

      Eu te aconselho a fazer tudo por conta própria. No máximo você contrata alguns passeios de um dia, com guia! É melhor do que ter que ficar presa aos pacotes das agências.

      Qualquer dúvida é só me perguntar.

      Um abraço,

      Patricia

  23. Oi Patrícia. Adoro seu blog e acho as suas dicas muito boas.

    Estou com passagem marcada para chegar em Palermo no dia 14 de outubro e ficar na Sicília até o dia 29. Gostaria de alugar carro e conhecer o máximo possível da ilha, rodando bastante por todas as regiões.

    Qual roteiro você me sugere? Quais cidades? Penso em começar conhecendo Palermo por uns dias e só depois pegar o carro para cair na estrada.

    Obrigado novamente.
    Grande abraço,
    Carlos

    • Patricia Kalil

      Olá Carlos!

      Em duas semanas você consegue praticamente dar a volta na Sicília! Dê uma olhadinha nesse roteiro aqui: Roteiro de carro na Sicília: dando a volta na ilha em 13 dias. Ele é um pouco apertado, mas pode servir de inspiração para o seu!

      Começar por Palermo é uma boa ideia. Fique lá pelo menos uns 3 dias!

      Um abraço,

      Patricia

      • Obrigado pela resposta Patrícia. Esse roteiro que você indiciou já será um bom ponto de partida.

        Gostaria de aproveitar para tirar outra dúvida. Ano passado fiz uma viagem para Portugal e também usei bastante o carro por lá. Lembro que muitos pedágios nas estradas eram automáticos, ou seja, não existia o cabineiro/trocador. Ou era usado o chip, que os sensores liam automaticamente e debitavam da conta, ou então, caso o carro não tivesse equipado com esse dispositivo, as câmeras tiravam um foto da placa e você tinha que ir numa agência dos correios para pagar posteriormente.

        Acontece que essa segunda forma, muitas vezes as cobranças só apareciam alguns dias depois no sistema e, no caso de turistas, isso é complicado pois podemos já ter retornado ao Brasil e o sistema não ter atualizado. Obviamente, passado o prazo para pagamento, é gerada uma multa que a locadora cobra de você depois. Isso é bem desagradável, obviamente!

        Enfim, sabe me dizer se nas estradas da Sicília é utilizado esse mesmo sistema? Ou todos os pedágios têm cabineiro?

        Obrigado novamente!

        Um abraço,
        Carlos

        • Patricia Kalil

          Olá Carlos,
          Antes de tudo te digo que as únicas rodovias com pedágio aqui na Sicília são a autostrada Catania-Messina e a Messina-Palermo. As outras são gratuitas.
          Há sim, cabineiros, como também faixas dedicadas a quem tem o chip. Por isso, evite as faixas onde terá escrito TELEPASS. Nas outras haverá um funcionário para receber o pagamento.

          Um abraço,

          Patricia

          • Ótimo, Patrícia!

            Muito obrigado pelas informações. Continuarei montando meu roteiro com auxílio do site (claro!) e qualquer dúvida volta a postar.

            Abs,
            Carlos

  24. Patricia,
    Dessas locadoras de auto, qual você mais indica?
    Já até aluguei em algumas dessas, mas não sei se funciona bem na Sicília.
    Locauto
    Avis
    Budget
    Europcar
    Noleggiare (nunca ouvi falar)
    Sicily by Car (nunca ouvi falar)
    Obrigado.

    • Patricia Kalil

      Olá Victor,

      Eu sempre recomendo escolher as locadoras conhecidas internacionalmente, como a Avis e a Europcar. A Noleggiare não conheço e sei que as opiniões sobre Sicily by Car não são boas. Por isso eu te aconselho a optar por uma das quatro primeiras que você citou!

      Um abraço,

      Patricia

  25. Olá Patricia, bom dia.
    Queria saber se você já fez de carro, o caminho entre Taormina e Trapani.
    Vou fazer exatamente esse caminho, e queria saber se é tranquilo, se a estrada é boa, etc.
    Vi através do g.maps que são aprox 4 horas de viagem,… Você indica algum lugar que seja bonito para parar que esteja no percurso?
    Desde já agradeço,
    Parabéns pelo blog!
    Victor

    • Patricia Kalil

      Olá Victor!

      Já fiz esse trajeto de carro, sim, e realmente a estrada é boa. Eu peguei a Catania-Palermo, ao invés da Messina-Palermo, e te recomendo ir por ela. Só há um trecho onde há uma pista fechada e os carros têm que seguir por uma única faixa (uma faixa pra ir e outra pra voltar), mas isso não causa nenhum transtono.

      Um lugar que eu recomendaria é Palermo, mas a cidade merece muito mais que uma só “parada”. Você pode também fazer um pequeno desvio para Castellammare del Golfo, até almoçar lá. Outros lugares iriam requerer grandes desvios, atrasando muito sua viagem, que já é longa. Ah, neste mesma rodovia fica o Outlet, então se quiser aproveitar para fazer umas comprinhas, fica a dica!

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  26. iara madeira

    OI Patricia
    Estou programando uma viagem a Italia e quando descobri o seu site me entusiamei mais ainda.
    Iremos quatro amigas mas nehuma direge. Sairemos do rio de janeiro direto para paris e de la estava pensando pegar um voo para Palermo ou Catania.
    Estou pensando em ; 2 dias em palermo , 2 em siracusa e 2 em Taormina
    Gostariamos de saber se e melhor voamos para palermo ou catania?
    se deveriamos nos hospedae em taormina ou palermo?
    somos quatro mulhres de idade acima de 60 anos<
    Depois pensamos em irmos para Napoles ou sorirento para conhecermos Capri,
    Qual das duas cidades seria melhor para depois irmos a Capri!
    Vale a pena irmos a Sorriento ! Qual a melhor opcao para sairmos da Secilia?
    A seguir iremos para Toscana !
    Voce e muito atenciosa e pelo que pude notar ,nao tem problemas em orientar terceira idade!
    Aguardamos ansiosamente sua opniao, para assim decidirmos melhor
    atenciosamente Iara madeira

  27. Ola Patricia! Estou amando ler todas as suas dicas de viagem. Eu e meu marido iremos em maio pra Italia. Ficaremos apenas 5 noites na Sicilia e, apesar de querer fazer o circuito em circulo pelas cidades, estou achando que vai ser muita correria (e a passagem aumenta quase 3000,00 reais se trocar o aeroporto de chegada e partida, acredita?) Sendo assim, estou pensando em pousar em Taormina (porque Meu marido não curte muito viajar preocupado com bagagens e troca troca de pousada) e fiquei encantada com as fotos dessa cidade, além de poder fazer um passeio por onde foi filmado “O poderoso chefão” (vc indicaria ir nesse passeio?) Queria muito ir em Agrigento mas estou achando que vai ficar muito longe, né?
    Quais passeios exatAmente sao imperdiveis estando em Taromina? Estou pensando em Saracusa, Etna (com vinicola! Dica sua!), Savoca e Castelmola. E como fazer esses passeios? Pacote é uma boa pedida? Preferimos passeios mais pirvativos, mas nao sei como funciona la. Vale a pena passar uma manha na Catania antes do voo que será as 16h? O aeroporto tem guarda bagagem?
    Outra duvida… é tranquilo ir de trem do aeroporto de Catania para Taormina?

    mmuuuitoooo obrigada desde ja!!

    • Patricia Kalil

      Olá Fabiana!

      Realmente cinco dias são muito poucos para visitar a Sicília, por isso pousar em uma só cidade é o melhor que você faz. Eu escrevi um post justamente dando dicas de passeios a partir de Taormina e explico tudo, inclusive como ir. Dá uma olhada lá! -> Dicas de cidades para fazer um bate e volta a partir de Taormina

      Não tem estação de trem no aeroporto de Catania, você teria que ir para o centro da cidade, pegar o trem, depois pegar outro ônibus da estação de Taormina para o centro… Pra que fazer isso tudo se dentro do aeroporto passa um ônibus que te leva diretamente para Taormina? O ônibus é da empresa Interbus e a viagem dura cerca de 1h. Dependendo do horário de chegada do seu voo, é tranquilo ir. Veja mais sobre os ônibus na Sicília aqui: Ônibus na Sicília: principais linhas interurbanas

      Agrigento é realmente longe e o passeio é um pouco cansativo. Mas se você quiser muito conhecer, dá para ir sim. Veja essa excursão aqui> https://www.partner.viator.com/pt/16191/tours/Taormina/Valley-of-the-Temples-and-Villa-Romana-del-Casale-Day-Trip-from-Taormina/d4237-6099AGRIGENTO

      No aeroporto de Catania não tem guarda-volumes, mas eu vou procurar saber se há algum no centro da cidade e aí te falo.

      Quanto aos pacotes, na minha opinião acho que você consegue organizar tudo por conta própria. Pode, no máximo, comprar passeios individuais de um dia. Sai mais em conta! Aqui no blog eu sempre explico como chegar, o passo a passo para ir de um lugar para o outro, então não tem erro!

      Qualquer dúvida é só perguntar!

      Um abraço,

      Patricia

  28. Ola Patricia! Parabéns pelo blog. Estaremos em Cinque Terre no verão e de la pretendo pegar um voo para Catânia, já que meu voo de regresso ao Brasil parte de Palermo. Vc acha que seria melhor voar de Pisa ou de Genova para Catania? Os horários de chegada variam bastante, sendo que se viermos de Pisa chegaremos às 21 hs. O que vc acha? Outra coisa, pretendo ficar 2 noites em Catania, sendo que 1 dia iria para Siracusa. Outras 2 em Taormina. De lá iria para Palermo por 2 noites e sobrariam 2 noites. Vc acha que vale a pena San Vito Lo Capo para pegar uma bela praia ou tem outra sugestão? Meu marido faz questão de incluir um lugar de praia com aquele mar transparente no roteiro. Obrigada! Marcella

    • Patricia Kalil

      Olá Marcella!

      Como a distância dos dois aeroportos é mais ou menos a mesma, veja qual trecho oferece melhores tarifas! Porque ir de Genova ou de Pisa para Catania é indiferente.
      Quanto ao horário de chegada, se você for pegar um táxi não tem problema algum, já que irá ficar em Catania. O aeroporto é perto do centro, mas à noite há menos linhas de ônibus rodando.

      Acho que vale a pena sim ir a San Vito Lo Capo. Passando duas noites lá, vocês poderiam até incluir um passeio de barco para a Riserva dello Zingaro, que é linda! Escrevi sobre isso aqui: Dicas para curtir San Vito Lo Capo e aqui: Riserva dello Zingaro e Scopello: um passeio pelas belezas naturais da Sicília

      Um abraço,

      Patricia

  29. Olá, Patrícia! Me inspirei no seu blog para montar meu roteiro e não vejo a hora de outubro chegar. Chego em Palermo dia 10 e passarei uns 10 dias, indo embora por Catania. Vamos fazer um circuito de carro e tinha pensado em visitar mais de um lugar no mesmo dia, deixando para pernoitar numa cidade e depois seguir adiante ao invés de fazer vários bate-voltas. No entanto, li alguns comentários em inglês de que não era seguro visitar os templos, por exemplo, e deixar as bagagens dentro do porta malas. Não há segurança nos estacionamentos dos parques arqueológicos? Tem notícia de arrombamento de veículos para roubar malas?

    • Patricia Kalil

      Oi Isabela,

      Não tenho notícias de arrombamento de veículos nos estacionamentos do Vale dos Templos, até porque eles são vigiados e é uma área movimentada, entrando e saindo gente o tempo todo. Claro que se você leu, deve ter ocorrido algum caso, mas eu realmente nunca ouvi falar.

      O conselho que posso te dar ao deixar o carro estacionado em qualquer lugar da Sicília é de nunca deixar objetos de valor e bagagens a vista dentro do carro. Tente sempre colocar tudo dentro do porta-malas. Em Catania, por exemplo, sei de pessoas que deixaram as malas no banco de trás e quando voltaram elas não estavam mais lá.

      Um abraço,

      Patricia

  30. Sylvia Moraes

    Olá Patricia! Tudo bem?
    Seu blog é maravilhoso. Parabéns! Base para qq planejamento para Sicilia
    Tenho uma duvida . Alugarei um carro e para ir a Lipari onde pretendo passar 2 ou 3 dias, deverei deixa-lo em Milazzo. Existem estacionamentos seguros? Há risco de deixar bagagens em estacionamentos privados?
    Tres dias em Lipari é um razoaável?
    Obrigada
    Um abraço

    • Patricia Kalil

      Olá Sylvia,

      Em Milazzo há vários estacionamentos privados, veja por exemplo este (http://www.garageferrarimilazzo.com/it/) e este (http://www.garagemylae.it/chi-siamo.html). Olha, teoricamente os estacionamentos privados são seguros e eles têm total responsabilidade pelos veículos. Eu nunca tive problema algum, mas sabe como é, não dá pra dizer que uma coisa é 100% segura. O que você tem que fazer, por segurança, é não deixar nenhuma bagagem a vista. Se elas estiverem no porta-malas, melhor.
      Em três dias dá para conhecer Lipari sim, mas só Lipari mesmo (e talvez Vulcano!) :D.

      Um abraço,

      Patricia

  31. Renato C. Pereira

    Oi Patrícia,
    Obrigado pela atenção e dicas. Gostaria sim desse passeio guiado a pé em Palermo. Você poderia mandar para o meu E-mail, se preferir, ou aqui mesmo (?).
    Vamos seguir o que você recomendou: ficaremos em Catania e faremos passeios a Taormina e Siracusa.
    Bom saber que a viagem de trem é boa e rápida. Uma das vantagens de envelhecer é que a gente come pouco (hehehe).
    Um grande abraço e muita luz e alegrias em sua vida.
    Renato.

  32. Renato C. Pereira

    Oi Patrícia,
    Somos um casal de terceira idade (63 e 64 anos). Depois de Portugal, passaremos 3 dias em Catania e 4 em Palermo.
    Só por suas dicas, já daria pra ir, mas gostaria de saber mais sobre algumas dicas sobre passeios guiado ser locomoção. Eu não posso dirigir (deficiente visual), e minha mulher até iria, mas, pelo que vi, tem alguns problemas, certo?
    Certo do seu retorno, desde já agradeço.
    Ah, o trem de Catania a Palermo é legal?
    Um forte abraço,
    Renato.

    • Patricia Kalil

      Olá Renato,

      Antes de mais nada, gostaria de dizer que é perfeitamente possível viajar pela Sicília usando transporte público (trens ou ônibus). Dependendo das cidades que queiram visitar, não é necessário obrigatoriamente alugar um carro.
      O trem de Catania a Palermo é ótimo, o único defeito é que não tem vagão restaurante (a viagem dura 2h30 e se der fome não tem onde comer). Eu escrevi sobre ele aqui: http://descobrindoasicilia.com/2015/11/como-ir-de-catania-para-palermo/.

      Em relação aos passeios, as minhas sugestões são as seguintes:
      1) Em Catania dá para passear tranquilamente sem carro. O centro histórico não é muito grande e as principais atrações ficam perto uma da outra;
      2) Vocês podem dedicar um dos dias em Catania para irem a Taormina e, se der tempo, outro para ir a Siracusa. Nos dois casos é perfeitamente viável ir de ônibus.
      3) No caso de Palermo, posso indicar uma guia de turismo que fala português. Vocês podem fazer um dos passeios guiados a pé.

      Um abraço,

      Patricia

  33. Boa tarde Patricia.

    Irei estar uma semana na Sicília e para isso já reservei um automóvel. Tenho a informação de que se tem de pagar portagem (Pedaggio) em algumas partes das auto estradas A18/E45 e na A20. Se é verdade que tenho de pagar, é apenas em uma parte dessas autoestradas ou é em toda ela? Tenho de comprar algum bilhete, ou quando entro na mesma autoestrada retiro o bilhete e pago no fim da mesma? Ouvi dizer que para evitar as portagens devo andar pelas estradas secundárias junto ao mar, no entanto também ouvi dizer de que dentro de algumas cidades (Palermo ou Catânia, por exemplo) também terei de pagar uma portagem por andar no centro da cidade.
    Agradeço as suas explicações. Obrigado e cumprimentos.

    • Patricia Kalil

      Olá A.!

      Sim, as autoestradas A18 e A20 são as únicas onde há pedágio aqui na Sicília. Você paga somente pelo trecho que percorrer. Por exemplo, para ir de Catania a Taormina, você pega o bilhete na entrada da autoestrada (barreira Catania Nord) e o paga na saída dela em Taormina. Para você ter uma ideia, o valor desse trecho é 1,60 euro, então te digo desde já que não vale a pena percorrer estradas secundárias para não ter que pagar pedágio. Você pode calcular o valor de cada trecho neste site: http://www.autostrade.it/autostrade-gis/percorso.do# (coloque o ponto de partida e de chegada nos campos localizados na barra lateral esquerda).

      Em Catania você não tem que pagar nada para andar no centro da cidade, assim como em Palermo. Onde for proibido o trânsito de veículos particulares, é proibido e ponto. Os residentes, que moram nessas ruas, é que têm que pagar, mas o turista não pode transitar.

      Um abraço,

      Patricia

  34. jose affonso dos reis neto

    Bom dia Patricia
    Meu roteiro na sicilia está pronto, ufa…, estou na Catania e pretendo ir para a Reggio Calabria. Cancelei

    Catanzaro. Rogo sua habitual atenção, em me orientar. Faço este percurso de trem, ônibus ou ferry?
    Pergunto ainda, é possível e eficiente ir de Salerno para sorrento de ferry? e de Sorrento para Napoli de Ferry.Obrigado.

  35. jose affonso reis neto

    Oi Patricia, aqui estamos novamente. Me ajude! Para conhecer Sorrento, Capri e a Gruta Azul é melhor ir de Nápoles ou de Palermo? Você acha que dá para fazer este programa num único dia? Obrigado.

  36. jose affonso dos reis neto

    Bom dia Patricia
    Estou apaixonado pelo seu site.Vamos a Sicília em homenagem ao Comendador Francesco Camillieri,
    Patriarca Siciliano, que veio para nossa cidade (ribeirão Preto-SP), nos anos 50, e estabeleceu seu restau-
    rante e trattoria “Bela Sicília”. Como sou neto de imigrantes, vamos a Catanzaro por ser a cidade de origem
    de grande amigo, vamos a Sapri/Rivello por ser a minha origem. Vamos retornar a Modena, por ser a origem
    da minha esposa.Vamos estender nosso programa em Palermo pela sua recomendação. Obrigado.
    Bene dica.

    • Patricia Kalil

      Affonso, são mensagens assim como a sua que me fazem ter vontade de me dedicar ainda mais ao blog. Obrigada!
      Uma viagem de retorno às origens, que coisa maravilhosa!
      Um abraço,
      Patricia

  37. jose affonso reis neto

    Oi Patricia
    Agradeço sua atenção e já alterei meu roteiro, aumentando mais um dia em Salerno.
    Peço a sua habitual atenção em me orientar: Pretendemos deixar Catania e ir a Catanzaro.
    Após ir a Sapri (A terra do meu Nono é S.Pietro du Rivello, 10 km de taxi de Sapri), depois vamos
    para Salerno. Posso fazer este percurso de trem? É o roteiro mais eficiente. No percurso tem pontos
    turísticos que mereçam atenção?Agradeço-lhe antecipadamente.

    • Patricia Kalil

      Oi Affonso!

      Dá para ir tranquilamente de Sapri a Salerno de trem, inclusive é rápida (pouco mais de 1h com os trens Intercity). Dá para ir de trem também de Catania para Catanzaro, mas será necessário trocar em Lamezia Terme (veja todos os detalhes no site do Trenitalia).
      Eu não sou uma grande conhecedora da Calábria, porque conheci só algumas poucas cidades, mas poderia sugerir Scilla e Tropea se a sua viagem for a partir de maio (são cidades litorâneas, mais de veraneio). Uma curiosidade: por que colocaram Catanzaro no roteiro? Pergunto isso porque não é exatamente a cidade mais turística das Calábria! 🙂

      Um abraço,

      Patricia

  38. jose affonso reis neto

    Boa tarde Patricia
    Lendo o seu blog, fomos convencidos em conhecer a Sicília.Planejamos conhecer Palermo, Agrijento, Catania, Siracusa e taormina. Pretendemos fazer Roma/Palermo de avião. O tur na Sicília de trem ou Ônibus. O roteiro acima me parece, pelos mapas, o mais eficiente. Assim, solicito sua ajuda em opinar sobre ele.Agrijento pretendemos conhecer num único dia. Nas demais cidade pretendemos ficar duas noites.
    agradeço antecipadamente sua atenção.

    • Patricia Kalil

      Oi Affonso!

      Seu roteiro é aquele que considero um dos mais eficientes porque inclui as principais cidades da Sicília. As duas noites em cada cidade vão bem, exceto em Palermo porque é uma cidade grande e há muita coisa para ver por lá. Mas de qualque maneira, se não for possível ficar mais tempo, dá pra fazer um roteiro apertadinho (até já escrevi um roteiro de 2 dias em Palermo em outro blog, veja aqui: http://italiaparabrasileiros.com/sicilia-roteiro-de-2-dias-em-palermo/

      Para conseguir conhecer Agrigento em um único dia, o melhor é ir a partir de Palermo, bem cedinho, pois a viagem dura menos do que saindo de Catânia. Dá para ir tanto de trem quanto de ônibus, mas é importante ver os horários dos dois antes e então decidir qual o melhor meio.

      Não sei se você já viu o roteiro de 8 dias que tem aqui no blog, ele inclui exatamente as mesmas cidades que você citou e o leitor foi contando como fez para ir de uma cidade para a outra. Vai ser uma mão na roda para você. Veja aqui: http://descobrindoasicilia.com/2015/03/dica-de-roteiro-8-dias-na-sicilia/

      Um abraço,

      Patricia

  39. Olá Patrícia. Parabéns pelo blog. Estou colhendo ótimas dicas! Quais as opções de transporte de Taormina ou Catania para Nápoles? Existe trem, ferry e ônibus, além de avião? Qual a que você recomenda? Estarei hospedada em Taormina e meu voo de retorno ao Brasil decola de Nápoles pela manhã…Obrigado!

    • Patricia Kalil

      Oi Ivja!

      Que bom que o blog está sendo útil para você. Fico contente!
      Então, há cerca de 1 mês fiz uma viagem a Nápoles, saindo de Catânia, e testei dois meios de transporte diferentes, porque fui de avião e voltei de trem (de repente isso até vira post!).
      Sinceramente, se eu tiver que recomendar um meio, eu digo o avião, porque foi rápido e em 1 hora eu estava lá. Achei a viagem de trem bastante cansativa, mas é uma opinião pessoal. A viagem de Taormina (estação de Taormina-Giardini) a Nápoles dura 7h em média porque não há trens de alta velocidade.
      Eu não recomendo ir de ferry, porque a viagem dura 12h e só vale a pena para quem precisa atravessar de carro, mas prefere não dirigir (o ferry embarca carros e caminhões). Ônibus também não vale a pena, seria melhor de trem.
      A desvantagem do avião é que custa bem mais que o trem e você teria que se deslocar de Taormina até o aeroporto de Catânia.
      Enfim, faça uma análise de custo x benefício e escolha entre avião ou trem. As companhias que voam de Catania para Nápoles são a Alitalia, a EasyJet e a Meridiana. Você pode verificar os preços das passagens de trem no site da Trenitalia.
      Um abraço,
      Patricia

  40. Oi Patricia. Parabens pelo blog, to me inspirando muito pra minha viagem a Sicilia. 🙂
    Eu e meu marido estamos planejando 8 dias pela Sicilia em Julho de 2016, partindo de Lamezia Terme (Calabria) onde estaremos fotografando um casamento. Vi que tem trem de lá a Taormina, por isso pensem em começar a viagem por lá. A principio não queremos alugar carro então to tentando montar um itinerário possível de trem ou ônibus. O que eu preciso de uma ajuda é por onde ir de um lado ao outro da Sicilia. Li sobre varias pessoas que foram de ônibus de Siracusa a Palermo. Se essa for uma boa opção, seria: Taormina-Catania-Siracusa-Palermo-Cefalu-Trapani. Mas também pensei em fazer Taormina-Cefalu-Palermo-Siracusa-Catania. Dessa forma eu iria via Messina, passando por toda a costa norte. Qual opção você acha melhor?
    Muito obrigada!

    • Patricia Kalil

      Oi Rafaela!

      As duas opções de roteiro são ótimas, mas para dizer quem é melhor, precisaria saber por qual cidade você volta, se a viagem do retorno é de avião, etc. Se no final da viagem você tiver que voltar para Lamezia, o melhor é o roteiro 2, porque é mais complicado ir de Trapani para o leste da Sicília (a viagem é longuíssima e não tem transporte direto).
      Sim, dá para ir numa boa de ônibus de Siracusa para Palermo, assim como de trem. Neste caso tem que trocar em Catânia, mas é bem simples.
      Se tiver mais dúvidas, pode perguntar!
      Um abraço,
      Patricia

  41. Oi, Patricia, li seu blog quase que inteiro e adorei! Eu irei com meu marido à Sicília em outubro, ficaremos 13 dias e faremos tudo de carro. Gostaria de saber se há pedágios nas estradas e como eles são pagos (igual no Brasil em que há cabines para pagar na estrada ou selos que se colam nos carros iguais aos da Alemanha). Obrigada

    • Patricia Kalil

      Oi Claudia!

      Que bom que gostou do blog!
      Há pedágio em duas autoestradas, na Catania-Messina (A18) e na Messina-Palermo (A20). Aqui é assim: quando você entra na autoestrada tem a primeira cabine e você retira o ticket (aperta um botão vermelho e ele sai, não tem funcionário). No ponto onde você for sair da autoestrada, vai ter outra cabine, lá você apresenta o ticket e paga (neste caso tem funcionário).
      Um exemplo prático: digamos que você esteja indo de Catania para Taormina. Você vai seguir as indicações para a autoestrada Catania-Messina e ao chegar na barreira de Catania, vai pegar o ticket. Deixe-o em um lugar onde seja prático pegá-lo quando for necessário. Na hora de pegar a saída da autoestrada para Taormina, vai ter outra barreira do pedágio, aí é só dar o ticket ao funcionário e pagar.
      Graças ao seu comentário, me dei conta que preciso incluir estas informações neste post. Muito obrigada pela contribuição! 🙂
      Um abraço,
      Patricia

    • Nara Kassinoff

      Oi Cláudia ( oi Patrícia 🙂 ), não faz nem 1 mês que passei por esta experiência dos pedágios e estradas aí na Sicília, e os valores ainda estão frescos aqui na minha memória: entre Catânia e Taormina paguei 1,60 euros. Depois, de Taormina para Palermo, mesmo que você não entre em Messina, você passa pelo pedágio de fim da estrada, valor 2 euros entre Taormina e Messina. Daí, entre Messina e Palermo você paga 10,10 euros. Assim como aqui no Brasil, as cabines dos pedágios estão separadas entre quem tem passagem livre e quem tem que pegar o ticket (pagamento manual). Para abastecer o tanque, sempre melhor fazer dentro das cidades e não na auto-estrada, onde o valor é maior. Mantendo sempre o tanque cheio na saída de alguma cidade, você chega sem problemas em qualquer cidade mais longe com o mesmo tanque. Eu fiquei com um carro por 7 dias, usei o carro mais para me locomover mesmo entre Catânia-Taormina-Palermo-Taormina-Catânia e rodei quase nada com ele dentro das cidades, deixava parado perto do hotel e andava à pé. Ao todo, nos 7 dias, gastei 85 euros de gasolina. Gastei com estacionamentos em vários lugares, uma diária custa de 10 a 15 euros. Boa viagem prá vocês, a Sicília é simplesmente incrível, um lugar delicioso de se estar!

  42. Oi Patricia excelente blog… tenho 8 dias para visitar a Sicilia, qual seria o roteiro mais indicado e de Roma (avião) melhor chegar por onde e voltar de onde?
    obrigado

    • Patricia Kalil

      Oi Alexandre!
      Eu normalmente aconselho chegar por um aeroporto (por exemplo, Palermo) e voltar por outro (tipo Catania). Aqui no blog tem um roteiro de 8 dias que inclui as principais cidades da Sicília (veja AQUI). Eu o considero ideal, mas você pode fazer alguns ajustes de acordo com seu gosto pessoal.
      Um abraço,
      Patricia

  43. Airton Alencar

    Oi Patricia, boa noite. Vamos a Sicilia em Outubro (chegaremos em Palermo). Pretendo passar 5 dias. Estou em dúvida se devo seguir para Marsala e depois Catânia e Taormina ou ficar em Palermo dois dias (visitando San Vito lo Capo) e depois seguir pra Catânia e Taormina (pretendemos visitar o Etna). Qual o roteiro que vc me aconselha (somos dois casais e vamos alugar carro em Palermo e devolver em Napoles. Obrigado.

    • Patricia Kalil

      Olá Airton!

      Na minha opinião, cinco dias são muito poucos para incluir (também) Marsala no seu roteiro. Aliás, são pouquíssimos para visitar a Sicília e, por isso, muita coisa interessante está ficando de fora (por exemplo Siracusa, mas a definição do roteiro é uma questão de gosto pessoal).
      Das duas opções que você citou, a segunda é a melhor. Dois dias inteiros são o mínimo para conhecer Palermo, e como você também quer incluir uma ida a San Vito Lo Capo, teria que reservar um dia somente para isso (apesar do tempo em outubro ser incerto, já que estaremos no outono).
      Leve em consideração que as distâncias não são tão pequenas assim. De Palermo a San Vito são quase 2h de viagem, de Palermo a Taormina, 3h. Ah, outro detalhe: o passeio ao Etna também leva um dia inteiro.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  44. Oi Patrícia, tudo bem? Vou para a Sicilia agora em agosto com meu marido e encontrar seu blog foi uma grata surpresa! Queria uma ajudinha para finalizar meu roteiro: chegamos e saímos de Catania, e temos 16 noites. O que já temos programado até agora são 4 noites em Taormina, 3 em Lipari e no final 1 em Agrigento e 2 em Siracusa. Sobram então 6 noites para Palermo e a costa oeste. Como é agosto e estará muuuuito calor, estou priorizando cidades de praia. Como você recomendaria dividir esses 6 dias restantes? San Vito lo Capo, Marsala, Favignana…? Obrigada 🙂 Juliana

    • Patricia Kalil

      Olá Juliana!

      Visto que você quer priorizar praia, meu conselho é que você invista os últimos 6 dias entre Favignana, San Vito Lo Capo e Palermo. Você pode passar dois dias em Favignana, dois em Trapani (fazendo um bate e volta para San Vito e um passeio a Erice) e outros dois em Palermo.

      Ajudei? Se tiver mais dúvidas, pode perguntar!

      Um abraço,

      Patricia

  45. Bom dia Patricia! Vou a Sicilia em Novembro 15 ou Março 16! Gostaria de trocar ideias com Brasileiros que tambem estejam montando viagem para esses meses. Será que consigo? Forte Abraço!

    • Patricia Kalil

      Oi Greco,
      Vou compartilhar seu comentário lá na fanpage no Facebook pra ver se alguém se manifesta!

  46. Oi Patrícia, sou mais um que ficou fâ do seu blog. Parabéns,
    Ja vi algumas vezes reportagens sobre o burgo de Gangi onde há casas à venda por 1 euro ou 5 mil euros em troca de compromisso de reforma. Uma pessoa me alertou sobre a Gamorra muito atuante na região. Sou traumatizado quanto o assunto é segurança, óbvio já que moro no Brasil. O que vc teria a me dizer a respeito? É uma boa região para se morar. Estou vendendo tudo e não precisaria trabalhar mais, somente viajar e curtir.

    • Patricia Kalil

      Oi Marcio!

      Infelizmente quem te alertou sobre a Camorra não deve ter o menor conhecimento sobre o Sul da Itália, de como age a máfia por aqui e, principalmente, não deve ter ideia de como seja viver na Sicília. Na verdade, a “Camorra” é a máfia que atua na região da Campania (Nápoles e arredores, pra você ter uma ideia). A máfia siciliana é chamada de Cosa Nostra, não tem nada de poético como nos filmes de Hollywood e é totalmente diferente do tipo de criminalidade que estamos acostumados no Brasil. Os “mafiosos” se parecem mais com criminosos do colarinho branco. Eles estão infiltrados no governo, nas obras públicas, mas também comandam no tráfico de drogas. Um mafioso não vai assaltar um ônibus, não vai arrombar sua casa, não vai fazer sequestro relâmpago. Os interesses deles são bem outros.
      Eu me sinto muito segura por aqui, muito mais segura do que em qualquer cidade do Brasil.
      Em relação a Gangi, lá sim que é possível dormir de porta aberta! É um vilarejo minúsculo (escrevi sobre ele AQUI.) Lá no post tem o link para o site da prefeitura, se você quiser saber mais sobre o assunto.
      Meu conselho é que, antes de vender suas coisas, venha aqui dar uma olhadinha e ver se realmente você gosta do lugar!
      Um abraço,
      Patricia

  47. Ola Patricia! Realmente suas dicas sao fantasticas…Estou me organizando para fazer um roteiro por uma empresa chamada SPECIAL TOURS…O roteiro, 2 noites em palermo, visita Monreale, Segesta, Trapani, 1 noite em Agrigento, visita Piazza Armerina, Ragusa, 3 noites em Catania, visita Etna, Taormina, Siracusa, Noto, Messina, Cefalu e retorna mais 1 noite em Palermo…Roteiro começa dia 02.11.2015. Vc conhece essa empresa? Ta faltando alguma coisa? Agradeço! Abraço!

    • Patricia Kalil

      Oi Greco!

      Não conheço a Special Tours, mas o roteiro está bem montado, a divisão é boa. Acho que você já inseriu bastante coisa (quase metade da Sicília! rsrs),eu deixaria ele assim como tá!
      Um abraço,
      Patricia

  48. Nara Kassinoff

    Oi Patrícia, seu blog é excelente, você é demais! Venho já há um bom tempo lendo cada dica sua, cada post, viajando com você e planejando toda a minha viagem à Sicília apenas por suas dicas! É tudo tão interessante, perfeito e confiável que não sinto necessidade de consultar mais nada 🙂 emociona ver o teu gosto em fazer tudo isso aqui! Vou à Sicília agora no final de Julho e comecinho de Agosto, assim que chego em Catania vou direto para Avola, para um casamento, e fico lá 4 noites. Provavelmente nesses dias conhecerei Noto, Siracusa e Marzamemi. As 7 noites restantes que terei depois pretendo dividir da seguinte forma: saindo de Avola, 1 noite em Ragusa, 1 noite em Agrigento, 2 noites em Palermo, 2 noites em Taormina e a última noite em Catania. Bom, o que me leva a te escrever são dúvidas à respeito das estradas todas, pretendo alugar um carro pois provavelmente estarei sozinha nessa parte dos 7 dias depois do casamento, e imagino que o carro seja mais ágil para me locomover entre essas cidades todas que pretendo conhecer. Então de Ávola eu iria para Ragusa e de Ragusa para Agrigento e então para Palermo. Tem estrada entre essas cidades? Sobre a auto estrada Palermo-Catânia, eu estava super tranquila até hoje mas agora minha amiga da Itália me disse que essa estrada está bloqueada e que o caminho entre Palermo e Catânia está muito complicado, bem mais longo, fazendo toda a volta e passando por Messina, é verdade? Entre Catânia e Taormina pelo que vi aqui no seu blog é bem tranquilo certo? Vc me aconselha a ficar com o carro no 1dia/noite que estarei em Catânia? Desculpe tantas perguntas, mas essa parte do deslocamento entre as cidades é o que está me deixando mais insegura e preciso resolver o roteiro de uma vez por todas para fechar os hotéis nessas cidades… Muito obrigada pela sua atenção!

    • Patricia Kalil

      Oi Nara,
      Fico muito feliz em saber que minhas dicas são úteis no planejamento da sua viagem. É esse meu objetivo ao escrever aqui no blog. Obrigada pelos elogios!
      Agora vamos às perguntas:
      1) De Avola a Ragusa: Há sim uma estrada entre essas duas cidades, mas para você ter uma ideia, o Google diz que são 60km percorridos em 1h18. O problema dessa estrada (a SP 17) é que ela é cheia de curvas, por isso o tempo longo se comparado à quantidade de quilômetros.
      2) De Ragusa a Agrigento: Aqui também há uma estrada que liga as duas cidades. A parte mais chata é aquela entre Ragusa e Comiso, mas é só um trecho pequeno cheio de curvas. Depois disso é quase estrada reta, a SS115, percorrendo a costa sul da Sicília.
      3) De Agrigento a Palermo: Há uma estrada que liga as duas. Apesar de alguns trechos estarem em obras, não creio que haja grandes problemas;
      4) De Palermo a Taormina: Nara, neste caso, visto o problemão com a autoestrada Palermo-Catania, provavelmente a melhor coisa é pegar a autoestrada Palermo-Messina e de Messina “descer” até Taormina. Fica só um pouquinho mais longo, mas é sempre melhor do que ter que fazer o desvio obrigatório pelas cidades do interior da Sicília, coisa que aconteceu depois do cedimento da coluna de um viaduto da autoestrada Palermo-Catania.
      5) De Taormina a Catania: tranquilíssimo, sem problema algum.
      6) Em Catânia, assim como em Palermo, não é muito simples encontrar estacionamento. Dependendo do que você for visitar na cidade, se não quiser perder tempo procurando lugar para estacionar, você pode pensar na possibilidade de pegar um táxi ou mesmo ônibus. Se sua intenção é visitar lugares fora do centro histórico, aí sim, pode ir de carro.
      Espero ter respondido a todas as suas perguntas, mas se esqueci de algo, me fala, ok?
      Um abraço,
      Patricia

  49. Rodrigo Davi Silveira

    Bom dia! Vou a Taormina agora no meio de julho passar 5 dias e pretendo ficar por lá mesmo. Penso em alugar um carro para ir de Catânia até lá e ficar com ele para os passeios durante os dias. O que acha? Tem bastante estacionamento ou locais de paradas em todos os locais? Obrigado!

    • Patricia Kalil

      Olá Rodrigo!

      Taormina é aquele tipo de cidade feita para ser conhecida a pé. Como é proibido o trânsito de veículos particulares no centro, meu conselho é que você verifique com o seu hotel se eles dispõem de estacionamento privativo e, caso não possuam, qual dos dois estacionamentos particulares de Taormina fica mais perto. Sim, porque não só é proibido circular de carro no centro, mas também não é possível estacionar na rua (as vagas são somente para os moradores). Quem chega de carro em Taormina (e vai só fazer um passeio, não vai dormir em hotel nenhum), tem que deixar o carro em um dos estacionamentos particulares, o Lumbi e o Porta Catania.
      Apesar disso, tendo um carro a disposição, você vai poder aproveitar muito mais seus 5 dias na Sicília.
      Se tiver mais dúvidas, pode perguntar!
      Um abraço,
      Patricia

  50. Olá Patrícia tudo bem? Pretendo ir em abril depois do salão do móvel em Milão gostaria de saber quanto tempo para dar uma volta completa pela Sicília de carro conhecendo as principais atrações. Melhor companhia aérea para este trajeto interno, obrigado parabéns pelas dicas.

    • Patricia Kalil

      Olá João!
      Alguns meus leitores já deram a volta na Sicília e para isso precisaram de cerca 15/20 dias. Obviamente tudo depende de como você quer viver cada lugar, se pretende fazer as coisas com calma, etc.
      Em relação à companhia aérea, a melhor para vir de Milão para cá é a Alitalia, mas você pode ver AQUI as outras companhias que fazem esse trajeto.
      Um abraço,
      Patricia

  51. Olá Patrícia! Mais uma vez parabéns pelo excelente blog! Eu concordo plenamente com a dificuldade do transporte público. Estou passando férias na região de Ragusa, aluguei um carro mas morro de medo das estradas daqui. Muito buraco, mal sinalizadas e os sicilianos não respeitam velocidade, ultrapassam em qualquer lugar, uma loucura, um perigo hehehehehehe é preciso ter muita atenção pra conduzir na Sicília, mas como vc bem disse, carro é o melhor meio de transporte. Não hesitem em alugar um, mas conduzam com MUITA ATENÇÃO.

    • Patricia Kalil

      Oi Herbert!

      Obrigada pelo testemunho! Rsrsrs
      Muita gente diz que eu exagero, mas só entende quem tem que passar por essas situações.
      Obrigada e boas férias!
      Patrícia

  52. Agradeço Patricia! Preciso de uma empresa confiavel para fazer tour por toda sicilia, saindo e chegando por Palermo, 7 ou 9 dias…Pode me indicar pra eu fazer contato? Abraço!

    • Patricia Kalil

      Olá Greco!
      Conheço a Sicily4Seasons, um tour operator italiano que faz pacotes sob medida. Visite o site deles (http://www.sicily4seasons.com/) e veja se tem algum pacote que lhe interessa. Se não achar nada, pode solicitar o orçamento de algo feito sob medida para você. Outra agência confiável é a Sicilying (http://www.sicilying.com/).
      Ah, e nos dois casos, diga que você os descobriu através aqui do blog! 🙂
      Um abraço,
      Patricia

  53. Ola Patricia
    Pretendo conhecer a Sicilia em Novemro 2015. Chego por Palermo. Qual a melhor regiao para se hospedar em Palermo?

    • Patricia Kalil

      Oi Greco!

      Os melhores lugares são no centro (porque dá para ver quase tudo a pé), nos arredores do teatro Politeama e do porto. Todos lugares estratégicos para conhecer as principais atrações da cidade!
      Um abraço,
      Patricia

  54. Oi Patricia, estaremos em Siracusa e iremos para Taormina (trem ou ônibus). Pensei em sair cedo de Siracusa e passar o dia em Catania seguindo viagem no final da tarde. Você tem alguma sugestão para essa logística, tendo em vista que estaremos com bagagem (mochilas)? Pensei até em deixar no guarda-volumes do aeroporto, não sei se é uma boa idéia.
    Abraços

    • Patricia Kalil

      Oi Loanda, acho melhor você ir direto de Siracusa para Taormina, e de trem. Você não teria onde deixar a bagagem, nem no aeroporto tem guarda-volumes (se tiver, é algo recente. Na última vez que me informei, não tinha). Uma vez em Taormina, se quiser aproveitar um dia para fazer um passeio a Catania, faça, mas ir para lá com bagagem é complicado.
      Um abraço,
      Patricia

  55. Olá Patricia, você saberia me dizer se na estação de trens de Catânia tem um guarda-volumes?
    Obrigada

  56. Maria Teresa C Junqueira

    Olá,Patrícia
    Muito bom o seu blog sobre a Sicilia.
    Somos três casais em um giro pela Sicília,num dos dias programei sair de Agrigento de manhã,ir até Villa del Casale,passar em Caltagirone,Ragusa e chegar à Ortigia para dormir!É muita coisa?
    No outro dia dormiremos em Ortigia novamente,visitares o Parque Arqueológico e Noto.Muito cansativo ou dá para fazer.
    Ragusa e Noto são barrocas,mas se tiver que escolher,qual visitar??
    Abraço
    Obrigada
    Maria Teresa

    • Patricia Kalil

      Oi Maria Teresa!
      Sim, é muita coisa incluir em um dia só Villa del Casale, Ragusa e Caltagirone! Só Ragusa exigiria um dia inteiro! Além disso, pense no tempo perdido nos deslocamentos e no fato de Ragusa e Caltagirone não estarem “no caminho” entre Piazza Armerina e Siracusa. A estrada mais indicada para este percurso é a rodovia (autostrada) Palermo-Catania, uma vez que as estradas secundárias são praticamente rurais.
      Já no caso do Parque Arqueológico e Noto, dá para fazer sim. Visite o Parque de manhã e deixe Noto para o final de tarde, horário em que a cidade fica ainda mais bonita.
      Olha, não dá para escolher entre Ragusa e Noto. Ragusa é bem maior, tem mais coisa para ver. No entanto, Noto é mais perto de Siracusa, mais prática de visitar. Você teria que dedicar um dia inteiro a Ragusa, podendo até aproveitar para dar um pulinho em Modica. Se tiver um dia sobrando, faça isso!
      Sei que aqui na Sicília tem muita coisa para ver e sei também o quanto é difícil escolher entre uma cidade e outra!
      Um abraço,
      Patricia

  57. Maria Eugenia

    Oi Patricia, estou amando a Sicília !!! Como estamos em Taormina, visitamos uma vinícola que você indicou , a Barone Di Villagrande. Amamos o tour, que na verdade foi private, só estavamos eu e meu marido, mas tudo lá é lindo, a recepção otima e os vinhos maravilhosos!! Recomendo !
    Um abraço
    Maria Eugenia

    • Patricia Kalil

      Oi Maria Eugenia!
      Adoro quando meus leitores vêm aqui me contar a viagem! É muito bom saber que tá tudo dando certo e que vocês gostaram da vinícola. Um passeio privativo é outro nível, né?
      Um abraço e divirtam-se!
      Patricia

  58. Oi Patricia! Gostaria de uma opiniao sua…a conselho de amigos devo fazer base em Fiumefreddo di Sicilia em um hotel em que os donos são muito amaveis. Vc acha que vale a pena fazer o circuito para Taormina, Catania e Siracusa/Noto de carro ou vale a pena fazer de trem, visto que as distancias não são grandes. Valeu e abração.

    • Patricia Kalil

      Oi Cristiano!

      Ir de trem para Taormina e Catânia (principalmente Taormina, porque a viagem dura somente 10 minutos), vale a pena sim! Já no caso de Siracusa, as coisas mudam. Verifiquei no site da Tranitalia e vi que há um único trem direto de Fiumefreddo para Siracusa (à tarde) e viagem dura um pouco mais de 2 horas. Tendo que mudar de trem, o tempo aumenta para 2h30, até 3h de viagem. Se aqui na Sicília existissem trens rápidos, aí seria diferente. Então, resumindo, vá de trem para Catania e Taormina, mas para Siracusa prefira ir de carro (seria cerca de 1h, 1h10 de viagem).

      Um abraço,

      Patricia

  59. Maria Clauderes Salla Paulilo

    Oi Patrícia.Adorei seu blog, estou aproveitando muito suas informações. Vou com meu marido para Nápoles e Sicília em maio. Ficaremos 10 dias na Sicília divididos entre Palermo, Agrigento, Siracusa, Taormina e Catania.Ficaremos 2 dias em cada cidade. O que você acha deste roteiro?
    Ainda não sei como ir de Nápoles a Palermo, não gostaria de ir de avião. Você tem alguma sugestão?
    Obrigada pela sua atenção.
    Um abraço.
    Maria

  60. Maria Eugenia

    Oi Patricia muito obrigada! Ja fez meu roteiro nos dias de Taormina. Mas alem destes 4 dias vou ficar mais 4 dias na Sicilia. Você me sugere outra cidade de base? No total são 8 dias na Sicilia!
    um abraço
    Maria Eugenia

    • Patricia Kalil

      Maria Eugenia, eu tinha entendido 4 dias no total.
      Minha sugestão de segunda base é Palermo. Dessa forma, você veria duas partes diferentes da Sicília. Além disso, antes de ir para lá, você poderia tentar encaixar uma ida ao Vale dos Templos de Agrigento (o ideal seria dormir uma noite lá).
      Em relação à Palermo, de lá você pode fazer passeios para Cefalu, Monreale e, se estiver a fim de um lugar mais longe, também Erice.

      Você já comprou suas passagens para a Sicília? Caso ainda não o tenha feito, eu sugiro que chegue por um aeroporto (Catania) e volte por outro (Palermo) para otimizar bem a viagem.

      Um abraço,

      Patricia

      • Maria Eugenia

        Oi Patrícia super obrigada! Você me ajudou muito ! E seu blog é sensacional ! Com certeza vou amar a Sicília!
        Um abraço
        Maria Eugenia

  61. Maria Eugenia

    Oi Patricia, amei o seu blog! Mas mesmo lendo tantas infos ainda estou em duvida sobre quais cidades visitar além de Taormina onde reservei hotel por 4 noites. Estamos de carro e iremos no finalzinho de marco. Temos mais quatro noites: o que você sugere? Algo de vinho também?
    um abraço
    Maria Eugenia

    • Patricia Kalil

      Oi Maria Eugenia!

      Pôxa, vai ficar tão pouquinho tempo na Sicília! Mas não se preocupe, Taormina é uma boa base para fazer passeios de um dia. Você pode, por exemplo, ir a Siracusa (e se tiver disposição ainda incluir Noto). Outro passeio clássico é subir as encostas do Etna, grande produtora de vinho. Há agências que promovem excursões ao Etna com parada para degustação em uma vinícola, mas se você preferir ir por conta própria, pode tentar entrar em contato com uma vinícola (tipo essa: http://www.terraesorsi.it/visite-e-degustazioni/prenota ou essa http://www.villagrande.it/it/visita-e-degustazione-cantine-etna.html) e reservar a visita.
      Taormina em si você consegue ver em um dia. Também não deixe de visitar o vilarejo de Castelmola, que fica a 5km de Taormina. Você pode sentar no bar da pracinha, curtir o panorama bebendo uma taça de vinho de amendoas (experimente, é uma delícia!).

      Ajudei? Um abraço,

      Patricia

  62. Roberto Junqueira

    boa tarde.
    vou para a Sicília final de abril, vamos ficar lá seis dias, alugando carro.
    qual sua dica ou sugestão< quais cidades devo priorizar?

    • Patricia Kalil

      Olá Roberto,

      Como a Sicília é muito grande, precisaria saber por qual aeroporto você chega e sai para não correr o risco de indicar uma cidade a 500km de distância do seu ponto de chegada.

      Patrícia

  63. Cristiano Machado de Oliveira

    Patrícia, meus parabens pelo seu blog!!! Ficamos mais animados com todas as informações e dicas. Gostaria de saber
    como é o deslocamento a partir do aeroporto de Catania para o centro da cidade e como se pode ir para Castelmolla a
    partir de Taormina. Muito obrigado. Abraço.

    • Patricia Kalil

      Oi Cristiano!

      Você pretende ir para o centro de Catania de carro ou de ônibus? Se você for alugar um carro, apesar do trânsito “levemente caótico”, fica perto (6km) e é super fácil. Se você for de ônibus, há uma linha aeroporto-centro-estação ferroviária que passa mais ou menos a cada 20 minutos. De táxi a corrida deve custar por volta dos 20/30 euros.

      Para ir a Castelmola você DEVE ir a partir de Taormina, é o único jeito. De lá saem ônibus da empresa Interbus (várias linhas por dia). De carro são cerca de 10 minutos ou menos. Você verá várias indicações “Castelmola” lá em Taormina, é só seguí-las. Não tem erro!

  64. Patrícia, que legal esse teu blog!
    Adorei os teus relatos e me fez definir de vez dar um pulinho na Sicília!
    Minha mãe e eu estaremos na Itália daqui a um mês, e eu gostaria de saber se tu podes me dar umas dicas…
    Nosso tempo será curtissimo e precisamos priorizar… Estaremos em Salerno no dia 20/12 e pensamos em pegar um trem para ir até a Silicia. Detalhe: nosso vôo de volta será no dia 24/12 de manhã cedo em Reggio di Calábria… Qual seria a tua sugestão de roteiro?
    Pensamos em alugar um carro e conhecer o que pudermos ali entre Messina e Siracusa pois teremos apenas 3 dias….
    Se puderes nos dar uma dica, será de grande valia!
    Desde já, agradeço!

    Rebecca

    • Patricia Kalil

      Olá Rebecca,
      Como o tempo é curtinho, minha sugestão é que você fique em Catania e em um dia faça um passeio para Siracusa, no outro para Taormina e no terceiro para conhecer a própria Catania. Não é a cidade mais bonita, mas é a ideal para quem tem pouco tempo porque é uma ótima base.
      Um abraço,
      Patricia

  65. Oi Patricia tenho seguido bastante os seus conselhos.
    Estou tentando comprar passagem do trem noturno de Nápoles para Taormina,mas no dia que eu pretendo viajar não tem mais 1ª classe, só 2ª classe – C4,confort,P 64 (assim que esta descrito).Você sabe dizer qual a diferença entre as classes neste trem, e se o trem é todo com leito ou posso estar comprando poltrona.
    Obrigada
    Regina

    • Oi Regina, a classe C4 se refere às cabines com 4 leitos (algo como nessa foto: http://i46.tinypic.com/2pqriq1.jpg).
      Você viajará sozinha? Se sim, escolha a Cuccette C4 Comfort Donna, assim você viaja com outras mulheres. A C4 Comfort Promiscuo é mista.

      Para viajar em uma cabine sozinha, será preciso escolher “posto singolo”, que é inclusive o mais caro. Para viajar com mais uma pessoa, escolhe-se Posto Doppio.

      Um abraço,

      Patricia

  66. Oi, Patrícia, tudo bom? Gostei muito do seu blog, parabéns! Estou pensando em ir em novembro para a Sicília e sul da Itália (a ponta e o salto da bota, hehe). Você sabe me dizer se é muito complicado alugar um carro por apenas 1 dia? Tem cidades que tenho medo de não conseguir visitar por conta do horário dos ônibus.

    • Oi Thais! Não é complicado alugar um carro por um dia, acho que todas as locadoras de veículos fazem isso.
      Dependendo da cidade onde você estiver e daquela para onde você quer ir, há também a opção de excursões organizadas, caso não queira ir por conta própria. Um exemplo: todos os dias de Taormina saem passeios para Siracusa, ou para o Etna, ou para Savoca.
      Você chegou a ver também os horários dos trens?
      Um abraço,
      Patricia

      • Não verifiquei horários de trem, pois fiquei sabendo que o sul da Itália é mais precário que o norte do país. E sobre as excursões, verifiquei algumas, mas também gosto de fazer passeios fora da rota de turismo tradicional, conhecer a parte ‘real’ da cidade. Meu voo entra por Palermo, acredito que vou fechar o aluguel do carro por 3 dias (para ir a Corleone, Erice e Marsala). Depois vou te ônibus para Catania, e talvez alugue um carro ali para descer para Siracusa, ainda não decidi sobre o carro ou excursão, neste caso. Seu outro post sobre as linhas de ônibus está sendo essencial pra mim, obrigada, de verdade!!!
        Beijos
        Thais

        • Thais, uma curiosidade básica: você vai fazer o que em Corleone? 😀
          Realmente os trens são mais precários e menos eficientes, porém em alguns trajetos acaba sendo melhor do que os ônibus. Aqueles da parte leste da Sicília não são tão ruins assim.
          É muito legal isso de querer ver a parte real das cidade, a vida cotidiana, é assim que conhecemos realment eum lugar, não nos limitando aos roteiros turísticos. Parabéns!

Comente!