Logo

Hotel Mercure Palermo Centro

Como é o Hotel Mercure Palermo Centro

Por

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Se eu fizesse uma pesquisa e colocasse na ponta do lápis qual o hotel mais reservado pelos leitores e clientes em Palermo, certamente o hotel Mercure Palermo Centro ficaria na primeira posição, ou pelo menos entre as primeiras. Diante dessa popularidade, aproveitei uma das minhas idas a Palermo para me hospedar no hotel (atravessar a Sicília é uma viagem longa!) e verificar com os meus próprios olhos o porquê dele ser assim tão procurado.

Veja também: Hotéis em Palermo: os mais reservados pelos leitores

Antes de tudo o grupo AccorHotels é o principal operador hoteleiro mundial, então muita gente prefere optar pela segurança de um hotel da rede. Muitos viajantes habituais também participam do programa de fidelidade do grupo, mais um fator que leva a priorizar sempre os hotéis da rede.

Em Palermo há dois hotéis Mercure: o Mercure Palermo Excelsior City, localizado na elegante Viale Libertà em um edifício histórico, porém um pouquinho mais afastado das principais atrações turísticas, e o Mercure Palermo Centro, que como o próprio nome já diz, está bem no centro da cidade, perto de tudo.

Enfim, como é o Hotel Mercure Palermo Centro?

Simples, funcional, perto de tudo. O Mercure Palermo Centro é um hotel quatro estrelas e dispõe de 94 quartos distribuídos em 8 andares, todas em estilo minimalista, que é o padrão da rede Mercure.

Cheguei ao hotel ao meio dia, já consciente que o check in seria a partir das 14h. A minha ideia era deixar a bagagem lá e ir bater perna, mas a recepcionista foi muito gentil e disse que se meu quarto já estivesse pronto, eu poderia me acomodar, sem problemas. Felizmente estava e eu pude descansar um pouco, depois da longa viagem de trem de Catania a Palermo.

Eu havia reservado um quarto individual e meu foi dado um que ficava no primeiro andar. O quarto era relativamente pequeno, porém com uma cama deliciosa e com tudo que eu precisava, inclusive uma boa conexão wi-fi.

Meu quarto no Mercure Palermo Centro

Minha única perplexidade ao ver o quarto, foi o banheiro. Quando entrei no banheiro foi que percebi que aquele quarto era destinado aos portadores de deficiência física. Por este motivo, não havia um box de vidro, mas somente uma cortina de plástico para que não haja barreiras na área do chuveiro. Também para possibilitar que uma pessoa em cadeira de rodas possa tomar seu banho sem ajuda de terceiros, o chão do box é o no mesmo nível do restante do banheiro, e também ali não há barreiras, o que acaba fazendo com que fique tudo molhado se a pessoa não fechar a cortina direitinho.

Como eu ficaria somente uma noite, essa questão da cortina de plástico não me incomodou. O banheiro era extremamente limpo, tudo branquinho e brilhante. Fui ler as avaliações de outros hóspedes para ver se todos os banheiros eram assim e me dei conta que os quartos, digamos, “padrão”, são com box de vidro, tudo certinho.

Dois biscoitinhos de boas vindas

Uma coisa que realmente me agradou foram os preços do minibar. Fiquei extremamente surpresa com os valores quase irrisórios! Normalmente os hotéis estilo budget cobram caro pelos produtos do minibar, mas os valores do Mercure Palermo Centro eram praticamente os mesmos da quitanda da esquina! Ganhou muitos pontos comigo!

 

O Restaurante e o Café da Manhã

O Mercure Palermo Centro dispõe de um restaurante aberto no almoço e no jantar, servindo inclusive pizzas. Como cheguei na hora do almoço, aproveitei para testar o restaurante. Os pratos servidos são simples, mas saborosos. Eu pude almoçar com muita tranquilidade, pois havia poucas pessoas. Os preços são totalmente em linha com os das trattorias do centro de Palermo.

Esse era o menu do jantar daquele dia.

No almoço há menos opções de pratos e são servidos os clássicos da culinária italiana, como lasanha e espaguete cacio e pepe. É ideal para quem prefere optar por um almoço leve.

O café da manhã, que também é servido no restaurante, é outro ponto forte do hotel. Muito farto, variado, com opções doces e salgadas, visto que atende uma clientela do mundo inteiro. Mas como estamos na Sicília, são os doces que se sobressaem. Havia uma enorme variedade de tortas, bolos e muffins. Tinha até cannolo recheado na hora!

Estava tudo delicioso! O pessoal de serviço também era extremamente gentil e solícito.

 

Relação custo x benefício

Era baixa temporada quando me hospedei no Mercure Palermo Centro e encontrei um preço ótimo para um hotel que é, pelo menos na teoria, um quatro estrelas: 49 euros para um quarto individual. Mas mesmo nos meses de alta temporada, é fácil encontrar tarifas bem em conta, entre 60 e 90 euros para um casal, dependendo da categoria de quarto escolhida. Veja a disponibilidade clicando no banner abaixo:



Booking.com

 

Localização

O Hotel Mercure Palermo Centro fica na Via Mariano Stabile, uma rua muito central, perto de bares, restaurantes e das principais atrações turísticas. O hotel dista quase 2km da estação ferroviária e 600m do Teatro Massimo. A zona é tranquila, inclusive para quem está sozinho. Dá para fazer quase tudo a pé.

 

Outras informações

  • O hotel não tem estacionamento, mas é convencionado com uma garagem. Eu não usei, porque não estava de carro, mas ele é pago e tem um valor de 20 euros por dia (um valor bastante alto).
  • A conexão à internet é gratuita e funcionou sempre bem.
  • Clique AQUI para ver a disponibilidade e as tarifas do Mercure Palermo Centro.

 

*Não recebi remuneração ou cortesia alguma pela escrita e publicação deste texto e o blog não tem nenhum vínculo comercial com o hotel em questão, mas eu gostei tanto de lá que decidi dar essa dica para vocês.



Booking.com

6 Comentários

  1. Olá!

    Ficamos neste hotel em 2015 e gostamos muito. Nosso quarto tinha até um terraço, pena que a vista não era muito convidativa. Fica perto de tudo na cidade. Atendimento muito bom e café da manhã delicioso. Não tivemos problemas com Wi-Fi Única ressalva fica para o espaço/box do banheiro, um aperto só. Pessoas com “mais volume” ficam espremidas. rsss Mas, no geral recomendamos muito.
    Estacionamento (e trânsito) na Sicilia é mesmo um problema para quem quer fazer roteiro de carro. Nas ruas há poucas vagas livres e mal sinalizadas (sempre fica uma dúvida se pode ou não pode) então, como em toda grande cidade aqui no Brasil, é melhor pagar um local seguro para deixar o carro (que não é nosso!).
    Semana que vem vamos enfrentar isso de novo, dessa vez com mais intensidade pois estaremos de carro o tempo todo na viagem. Fizemos as reservas em hotéis com estacionamento em Castellamare e Catânia, mas descobrimos que são vagas na rua mesmo.

    abraço.

    • Olá Luiz,

      Pois é, para quem está de carro, é imprescindível buscar hotéis com estacionamento. Às vezes eles dizem que tem estacionamento, mas é na rua, porque estão localizados em ruas onde é possível estacionar. Divirta-se!

      Um abraço,

      Patricia

  2. Fiquei nesse hotel em 2015 e nessa época a internet só funcionava perto da recepção, ou seja, toda a vez que eu queria usar, precisava descer. O café da manhã realmente é muito bom, assim como a localização. Como estava com carro, tive que pagar uma fortuna para o hotel e fui muito mal atendida. Pedia o carro e tinha que ficar esperando a boa vontade do sujeito do estacionamento. Acho que para quem viaja sem carro vale a pena.

    • Olá Vilma,

      Provavelmente eles mudaram a conexão, porque lembro que eu tinha que me conectar com aquela relativa ao meu andar. Felizmente resolveram essa situação.

      Quanto ao estacionamento, realmente é um valor absurdo. Definitivamente não é um hotel para quem está de carro, pois há opções melhores com estacionamento gratuito!

      Um abraço,

      Patricia

  3. Você é uma profissional especial. Parabéns e lhe desejo muito sucesso.

    • Obrigada pelo carinho, Maria!

      Um abraço,

      Patricia

Comente!