Logo

Como chegar à Sicília: dicas para principiantes

Por

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Atenção: este é um post para os marinheiros de primeira viagem que não têm a menor ideia de como chegar à Sicília e não sabem nem por onde começar!

Percebi que são muitas as pessoas que me pedem ajuda sobre como iniciar o planejamento da viagem e a primeira dúvida que surge é: como faço para ir do Brasil para a Sicília; ou como faço para chegar à Sicília a partir da cidade X? Aqui você poderá tirar as suas dúvidas!

Como ir do Brasil para a Sicília

Não há voos diretos do Brasil para a Sicília. Se você pretende vir diretamente para cá, sem conhecer antes outras cidades da Itália ou de outros países da Europa, saiba que será preciso fazer pelo menos uma conexão se você parte do Rio ou de São Paulo, ou pelo menos duas conexões se você parte de outros estados.

Se você mora em São Paulo ou no Rio de Janeiro, considere a possibilidade de voar com a Alitalia, pois fará apenas uma conexão, em Roma ou em Milão. No momento da compra do bilhete é só colocar como destino final ou o aeroporto de Catania ou o de Palermo, dependendo de como estará estruturado seu roteiro, e será emitida uma passagem única.

Outra opção de companhia aérea é a TAP Portugal. Esta é a companhia com a qual eu viajo para o Brasil pois eu vou para uma cidade do nordeste. Com ela é preciso fazer duas conexões, em Lisboa e em Roma, mas você pode comprar sem problemas uma passagem com destino final um aeroporto da Sicília, visto que, para o voo interno na Itália, ela tem parceria com a Alitalia.

Essas duas são as companhias usadas por grande parte das pessoas que vêm do Brasil para a Sicília, mas você pode verificar com as outras companhias, como a Latam, Air France, Iberia, KLM, etc.

Uma dica: Use o Google Flights para pesquisar quais são as companhias aéreas com preços melhores a partir do aeroporto mais próximo da sua casa!

Se voce ainda não sabe por qual aeroporto da Sicília chegar, leia ESTE TEXTO.

Aeroporto de Palermo – Foto: WikiCommons

 

Como chegar à Sicília a partir de outra região da Itália

Se o seu roteiro começa em outra região da Itália e você não sabe ainda como chegar até a Sicília, lembre-se que o meio mais rápido e simples é o avião. As principais companhias aéreas que voam para a Sicília são a Volotea, a Meridiana, a Alitalia, a Vueling, a EasyJet e a Ryanair.

Leia também: Companhias aéreas que voam para a Sicília: as low cost

 

Mas se a sua ideia for viajar com outro meio de transporte, então leia os seguintes posts específicos:

Se você partirá de outra cidade da Itália e ainda não sabe como chegar aqui na Sicília, escreva sua dúvida na caixinha de comentários abaixo!

19 Comentários

  1. Olá, Patrícia, li seu blog e achei muito bacana! Parabéns. Estou indo em janeiro, para passar vinte dias. A ideia é ficar em uma cidade como base e pegar trens para visitar outras cidades e voltar no mesmo dia. Isso é possível? Qual é a cidade melhor servida por vias férreas/ Grato!

  2. Oi Patricia! Temos 4 noites para conhecer a Sicília. Quais as cidades? É melhor ficar somente em Pelermo? O período é de 02/1 a 06/1/2018.Inverno!! Sairemos de Lisboa. Obrigada!

    • Olá Ana Paula,

      Quatro dias é pouquinho mesmo. Sim, você pode ficar só em Palermo ou optar pela costa leste, que é outro roteirinho curto que dá para fazer em quatro dias, escolhendo uma base e fazendo passeios em Taormina, Catania e Siracusa.

      Um abraço,

      Patricia

  3. Olá Patrícia, parabéns pelo blog!
    Vou tirar férias em novembro e pensei em visitar a região da Sicília.
    Você recomenda? Faz muito frio?
    Obrigado!

    • Olá Pedro!

      Não faz frio. Eu recomendo vir para a Sicília em qualquer período do ano, porém já não dá mais para fazer um roteiro de praias! Eu escrevi sobre o tempo na Sicília em novembro aqui: Outono na Sicília: temperaturas e o que trazer na mala

      Um abraçom

      Patricia

  4. Patricia! Parabéns pelo seu blog. Terei uma semana em outubro, saindo de Milão. O que vc recomenda? Ainda não comprei as passagens e gostaria de uma dica de onde seria melhor descer e fazer um
    Passeio pela Sicília voltando para Milão.

    • Olá Marilia,

      Você pode chegar por Palermo, por exemplo, e sair da Sicília por Catania (ou vice-versa, vai depender do seu roteiro, de quais cidades você vai querer conhecer).
      Em uma semana dá para conhecer o básico, por exemplo dê uma olhadinha neste roteiro, pode te inspirar! Roteiro pela Sicília: a viagem de 8 dias de Cláudia e Walther

      Um abraço,

      Patricia

  5. Olá Patricia!
    Amo seu blog, suas orientações a respeito da Sicilia são tão maravilhosas!
    Será que vc poderia falar um pouco sobre a isols di Ortigia?
    Deus te abençõe querida.
    Marcelo Rivello

  6. Olá Patrícia. Como seu blog é útil! Iremos à Itália no verão de 2018 e já estou estudando, principalmente para definir a passagem aérea que será comprada. É desejo do meu filho de 15 anos que pede isso desde que se entende por gente. Passaremos 12 dias entre Florença, Roma e Nápoles e tenho mais 8 dias para a Sicília, onde pretendemos “tirar umas férias das férias”. Escrevo para trocar uma ideia com você sobre que lado seguir, onde os meninos ( mais velho 15 e mais novo 10) vão aproveitar mais. São meninos muito ativos, fazem muito esporte. FIcamos no lado Taormina, Eólicas e de repente, vamos para Tropea? Ou pegamos um voo direto para Trapani e fazemos Favignana e de lá até Palermo? Muito obrigada. Carolina

    • Olá Carolina,

      É tão difícil te dizer qual é o “lado melhor”. Ambos são incríveis, com tanta coisa para ver e fazer! Se você ficasse no leste, eu só não incluiria Tropea, porque ir para a Calabria acabaria apertando demais um roteiro de 8 dias, que para a Sicília já é curto.

      Visto que seus filhos são muito ativos, colocando na balança talvez seria melhor o lado oeste. Ali tem lugares para fazer windsurf, trekking, as praias são mais bonitas, enfim, é um roteiro mais focado na natureza.

      Um abraço,

      Patricia

  7. Realmente seu blog é muito bom e tem me dado ótimas ideias. Pretendemos ir dia 29 de setembro pela manhã e voltar dia 4 de outubro no fim da tarde. Onde não podemos deixar de ir? Taormina, Cefalu, Noto, Ragusa, Agrigento, Selinunte, Trapani e Palermo queremos ir de qualquer forma. Conseguimos fazer esse roteiro nesses quase 6 dias? Sugere outra coisa?
    Aguardo sua ajuda. Obrigada, abraço, Valéria

    • Olá Valéria,

      Na minha opinião é um roteiro muito apertado para apenas seis dias. Esse seu seria um roteiro de no mínimo 10 dias. Você não citou nem mesmo Siracusa, um dos lugares mais importantes aqui na Sicília. Em um dia você conhece Taormina, em outro um passeio rápido a Siracusa e Noto, em outro Agrigento e Selinunte. Os outros 3 dedique a Palermo, fazendo a partir de lá um bate e volta a Cefalù.

      Um abraço,

      Patricia

  8. Boa noite Patrícia ! O seu blog tem me ajudado muito!
    Mas tenho uma dúvida, vou partir de malta para Sicília vou ficar do dia 24/04 ao dia 30/04.
    Primeiro, por onde eu vou chegar na Sicília? Qual Porto? e segundo aonde devo ficar? Nesses 6 dias gostaria de conhecer mais os sítios arqueológicos e as praias… E me encantei por ortigia também Me ajuda?
    Obrigado

  9. Olá Patrícia, tudo bem? Adorando seus posts. Somos um grupo de 4 amigas e iremos em junho para a Itália. Estamos com intenção de conhecer a Sicília e mais alguns roteiros. Qual sua sugestão? Por onde começamos? Quanto tempo em cada cidade na Sicília, por exemplo, Temos 30 dias disponíveis no total. Agradeço. Magda.

    • Olá Magda,
      Que bom que gosta dos meus posts. Bem, não existe um número fixo de dias para passar em casa cidade. Tudo vai depender do tipo de turismo que você faz e quais cidades irá visitar. Uma cidade como Palermo, por exemplo, pede uns 4 dias, enquanto um vilarejo ou uma cidade muito pequena vai requerer apenas 1. O ideal é você traçar seu roteiro antes e então definir o número de dias em cada lugar.
      Além da Sicília, vocês podem pensar em dar um pulinho em Malta (http://descobrindoasicilia.com/2014/09/de-malta-para-a-sicilia-como-ir/), ou ir até a Calábria, ou então subir um pouco mais para conhecer também Nápoles e a Costa Amalfitana. Cabe a vocês decidirem! O que eu posso dizer é que para ver o básico da Sicília são necessários no mínimo 10 dias, enquanto quem deseja dar a volta na ilha precisa de 18/20 dias pelo menos.

      Dá uma olhada nessas dicas de roteiros na Sicília, podem ser úteis no planejamento do seu: http://descobrindoasicilia.com/tag/roteiros-pela-sicilia/

      Um abraço,

      Patricia

  10. Oi Patrícia, como está? Tenho seguido suas preciosas publicações desde que decidi ir á Sicília em setembro. Comprei passagem da Alitalia, São Paulo/Palermo com conexão em Roma. Tenho 1h15 de conexão e estou com algumas dúvidas: passo pela imigração em Roma ou Palermo; mudo de terminal; só retiro bagagem em Palermo; será que dá tempo?
    Mais uma vez aguardo ansiosa suas orientações. Beijo

    • Olá Heloisa!

      A imigração é feita sempre no primeiro aeroporto onde a gente coloca os pés na Europa. No seu caso será em Roma.Se você comprou uma passagem única com a Alitalia, e não duas separadas (primeiro comprou São Paulo – Roma e depois comprou separadamente Roma-Palermo), coisa que eu acho que você não fez, então irá retirar sua bagagem somente no destino final, em Palermo.
      Se a Alitalia vende uma passagem com conexão curta assim, é porque dá tempo, apertado mas dá. Se por acaso o seu voo de São Paulo atrasar e você perder a conexão, é responsabilidade da Alitalia te colocar em outro voo para Palermo, não se preocupe.
      Uma dica: tente sair o quanto antes do avião e ir bem rápido até a imigração. Normalmente as filas não são lentas.

      Um abraço,

      Patricia

Comente!