Logo

Dicas de passeios bate e volta saindo de Catania

Por

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Catania, segunda maior cidade da Sicília, é um dos destinos mais populares da ilha. É uma cidade com bastante coisas para conhecer, ideal para quem gosta de ver e viver um lado menos turístico e, digamos, mais "cru" da Sicília. Mas além de tudo, a cidade é uma ótima base para quem usa transporte público, visto a maior quantidade de trens e ônibus que partem de lá. Assim, listo aqui 8 dicas de passeios bate e volta saindo de Catania, para quem quer conhecer as mais belas localidades do leste da Sicília.

 

Como eu não incentivo passeios "apertados", as oito localidades abaixo distam menos de 2h de viagem de Catânia. Você não verá cidades como Palermo ou Agrigento aqui na minha lista simplesmente por causa das 3h de viagem necessárias para o deslocamento. Veja então as minhas dicas de passeios fácil fácil a partir de Catania.

 




1) Etna

Você não pode ir a Catânia e não ir ao Etna, não tem sentido! O vulcão e a cidade têm uma história de amor intenso, é quase como se ele pertencesse a ela. Os cataneses têm uma ligação profunda com aquela que eles chamam de "a montanha" e vale muito a pena conhecer o Etna com um guia de Catania. Tenho certeza que eles irão contar histórias maravilhosas!

 

Observar de perto um vulcão ativo, caminhar nos bosques de pinheiros nascidos de crateras extintas, admirar a vista que chega até o mar, encontrar os lugares das aventuras mitológicas: tudo isso é possível no Etna, o vulcão ativo mais alto da Europa, declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO em 2013.

 

Como ir de Catânia para o Etna

Se você estiver de carro, pode se programar para ir sozinho, como expliquei no final deste post AQUI. Há um ônibus que sai de Catania e vai até o Refugio Sapienza, mas eu não aconselho a pegar ele porque simplesmente só existe um para ir e um para voltar. Já pensou se você perde o da volta ou precisa retornar para o hotel antes?

Mas o melhor modo de conhecer o Etna é mesmo com uma excursão. Há várias opções baratas, que duram 4 ou 6 horas e outras mais caras, particulares e exclusivas. Tem para todos os gostos e bolsos!

2) Taormina

Taormina, a queridinha dos turistas que visitam a Sicília, não pode ficar de fora. Eu considero Catânia uma alternativa de base "mais barata" aos preços altos de Taormina, principalmente para quem vem na alta temporada. Portanto, se você é uma dessas pessoas que preferiu se hospedar em Catânia ao invés de Taormina, saiba que é fácil fácil ir de uma cidade para outra.

 

Localizada no alto de um monte rochoso, de frente para o mar Jônico, na costa leste da Sicília, Taormina não poderia ter um cenário mais encantador. As mais importantes atrações turísticas de Taormina são o seu Teatro Grego e suas paisagens de tirar o fôlego. Além disso, vale conhecer os belos interiores de igrejas barrocas, fazer compras nas lojas que atraem muitos turistas de passagem pela cidade, passear nas suas ruas e jardins, subir até a Madonna della Rocca e Castelmola, ou descer para as praias.

 

Como ir de Catania para Taormina

As duas cidades são bem ligadas por ônibus e trens. A empresa de ônibus que faz a linha Catânia-Taormina é a Interbus. Os ônibus saem das proximidades da estação ferroviária, parando na Piazza Alcalà e também no aeroporto. A parada final é o terminal no centro de Taormina.

 

Se preferir ir de trem, consulte os horários ou adquira seus bilhetes aqui.

3) Siracusa

Fotos da Sicília: Siracusa

Siracusa é um dos passeios bate e volta saindo de Catania que eu considero imperdíveis. Imagine um lugar com vista para o mar, mas que inclui tesouros arqueológicos e uma incrível beleza arquitetônica... assim é Siracusa!

 

A cidade tem um dos maiores teatros de todo o mundo grego antigo, catacumbas maiores do que aquelas de Roma, um centro histórico divino localizado em uma ilhota, uma lindíssima e incrível catedral, que tem uma parede inteira formada pelas colunas de um templo antigo dedicado à deusa Atena, um dos museus arqueológicos mais importantes da Europa, e pedreiras fascinantes onde gregos e romanos encontraram as pedras para construir todas aquelas belezas. Esses são só um dos poucos motivos para você visitar Siracusa. 

 

Como ir de Catania para Siracusa

As duas cidades são bem ligadas por ônibus e trens. A empresa de ônibus que faz a linha Catânia-Siracusa é a Interbus. Os ônibus saem das proximidades da estação ferroviária, parando na Piazza Alcalà e também no aeroporto. A parada final é nas proximidades da estação de Siracusa, a cerca de 15 minutos a pé de Ortigia.

 

Se preferir ir de trem, consulte os horários ou adquira seus bilhetes aqui.

4) AciTrezza e Aci Castello

Aci Castello

Praticamente do lado de Catania, quase como um apêndice da cidade, Aci Castello e Acitrezza são dois vilarejos que vale a pena visitar em um passeio rapidinho. Em Aci Castello é possível visitar as ruínas de um castelo normando posicionado em um penhasco sobre o mar e passear ao longo da orla, muito frequentada pela população de Catania.

 

Acitrezza ainda conserva muitos traços da aldeia de pescadores que inspirou um grande escritor italiano do século XIX, Giovanni Verga. O lugarejo fascina por sua beleza natural e seu cartão postal são os rochedos (faraglioni) plantados no mar, carregados de lendas. De fato, segundo a Odisseia de Homero, eles teriam sido lançados pelo ciclope contra o navio de Ulisses (daí o nome “Riviera dos Ciclopes”). Vale muito a pena fazer um passeio de barco com os pescadores que oferecem esse serviço para complementar a própria renda.

 

Como ir de Catania para Aci Castello e Acitrezza

O ônibus nº 534 vai do centro de Catânia (partindo da frente da estação) até Acitrezza, passando antes por Aci Castello. Você pode verificar os horários e as paradas aqui. A viagem pode durar de 20 a 40 minutos, dependendo do trânsito.

5) Caltagirone

Escadaria de Caltagirone

Se você ama cerâmicas, então precisa conhecer Caltagirone, a cidade das maiólicas famosas no mundo inteiro. Vale a pena conhecer Caltagirone não só para adquirir cerâmicas ou visitar os showroom dos artesão, mas para ver toda a arquitetura da cidade. Sem dúvida, a atração mais importante é a famosa escadaria Santa Maria del Monte, composta de 102 degraus decorados com azulejos pintados à mão.

 

Como ir de Catania para Caltagirone

É possível ir de Catânia a Caltagirone de ônibus com a empresa AST. Há vários horários tanto para ir quanto para voltar, e a viagem dura cerca de 1h30min.

6) Enna

Castelo de Enna

Geograficamente Enna é o coração da Sicília, mas esta ideia vai além da sua posição: lá você vai encontrar uma Sicília intocada pelo tempo e pelo turismo de massa. A cidade é um lugar tranquilo, no alto de um planalto com vista para os campos sicilianos. A sua posição faz dela a capital de província mais alta da Itália (Enna fica  a uma altitude de cerca de 1000 metros acima do nível do mar) e por isso ganhou o apelido de 'Belvedere' ou 'Bela Vista'. Enna também é conhecida como "umbigo da Sicília" e é um lugar ideal para quem ama a boa gastronomia e a tranquilidade das cidades do interior.

 

Como ir de Catania para Enna

Enna dista cerca de 85km de Catânia. Se você for usar transporte público, a melhor alternativa são os ônibus da empresa Sais Autolinee, que já te deixa em "Enna alta" e a parada fica a cerca de 15 minutos a pé do centro histórico.

7) Ragusa

Ragusa é uma das cidades mais pitorescas da Sicília. Uma das cidades barrocas declaradas pela Unesco como Patrimônio da Humanidade, Ragusa é dividida em duas: Ragusa Superiore e Ragusa Ibla. As estações rodoviárias e ferroviárias, o museu arqueológico da cidade e a maior parte do comércio se encontra em Ragusa Superiore. Já Ragusa Ibla atrai muitos turistas, com ruas pitorescas, cafés, restaurantes e lojas de especialidades típicas locais.

 

Apesar das 2h de viagem de Catania a Ragusa (de carro dá cerca de 1h30), se você não for se hospedar em Ragusa e ficar um pouco mais de tempo em Catânia, vale a pena fazer pelo menos um bate e volta. Ragusa é uma cidade muito graciosa, onde se como muito bem e se pode conhecer uma Sicília autêntica.

 

Como ir de Catania para Ragusa

É possível ir de Catania a Ragusa com a empresa Interbus. Veja todos os horários AQUI.

8) Messina

Messina

Messina, a terceira maior cidade na Sicília após Palermo e Catania, possui alguns panoramas maravilhosos, bem como ótimas atrações culturais. Em uma posição estratégica e com um dos portos mais importantes do Mar Mediterrâneo, seu passado e presente são indissociáveis e atrai milhares de turistas todos os anos. Mas a sua localização, como "porta de entrada" para a Sicília significa também que os viajantes tendem a fazer de Messina apena um lugar de passagem para as muitas outras atrações da ilha.

 

Se você desejar fazer um bate e volta de Catania para Messina, não deixe de conhecer a linda Catedral, onde fica o maior relógio mecânico do mundo e que funciona desde 1933. Ao meio dia e à meia noite você sempre encontrará muitas pessoas na praça em frente à catedral para assistir ao espetáculo incrível oferecido pelos movimentos do relógio, durante o qual um galo canta, um leão ruge, duas moças indicam as horas e entram em ação todos os mecanismos. É sempre um espetáculo fascinante, mesmo para quem já o viu várias vezes.

 

Não deixe também de visitar a Galleria Regionale, onde se encontram quadros de Caravaggio e de admirar o obelisco situado no mar, entre a Sicília e a Calábria.

 

Como ir de Catania para Messina

É possível ir de Catania para Messina de ônibus ou trem. A empresa de ônibus que faz a linha Catânia-Messina é a Sais Autolinee. Os ônibus saem das proximidades da estação ferroviária, parando na Piazza Alcalà e também no aeroporto. A parada final fica na frente da estação ferroviária de Messina. A viagem de ônibus dura 1h35min.

Se preferir ir de trem, consulte os horários ou adquira seus bilhetes aqui.

14 Comentários

  1. Olá , bom dia.
    Pretendo ir em janeiro , não nos importamos com o frio mas acho que a chuva atrapalha bastante. Chove muito em janeiro? Acha que vale a pena incluir malta , mesmo sendo inverno?
    Muito obrigada

    abç
    Sissi

    • Olá Sissi,

      Só posso te responder no que diz respeito à Sicília. De Malta não sei nada, só como chegar rsrs.

      Aqui normalmente não chove muito, pelo menos não costuma chover por vários dias consecutivos, por isso não acredito que atrapalhe o passeio. Você pode ler todas as minhas dicas do inverno na Sicília aqui: http://descobrindoasicilia.com/tag/inverno/

      Um abraço,

      Patricia

  2. Ciao Patrícia!! Eu de novo! hehe

    Cara, estávamos com quase tudo certo pra passar 4 dias inteiros em Taormina. Mas como eu quero muuuito conhecer outras coisas da costa leste, como Siracusa , talvez Noto e Marzamemi, você acha mais sensato pegarmos duas noites em Catânia (ou proximidades), por exemplo?

    Estaremos de carro, mas mesmo assim, eu acho que ficaria puxado esses bates-volta de Taormina, Além de que, e o principal, estou receosa de ‘gastar todas as fichas na região mais turistica e cara.. o que vc acha?

    Ahhh, detalhe , pegaremos um voo de Catania na volta (numa segunda de manhã). Nosso programa para essa área esta entre o 04/10 (chegamos à noite) até o 09/10 (de manhãzinha , quando pegamos o voo p/ Milano).

    AUITA!! 🙂 MUITO, MUITO Obrigada

    • Oi Leticia!

      Bem, considerando que vocês querem visitar Noto e Marzamemi, seria mais indicado ficarem em Siracusa, não exatamente em Catania. Siracusa dista cerca de 40min do aeroporto, é tranquilo ir para lá de manhãzinha. Eu realmente te aconselharia a fazer isso, para evitar gastar muito tempo na estrada. Fora que Siracusa é linda!

      Ajudei?

      Um abraço,

      Patricia

      • Querida, ajudou e muito, como sempre.
        Acho que vc tem razão, e eu gostaria mesmo de ficar em Siracusa que em Catânia, mas tô preocupada com o vôo saindo de Catânia cedo (às 9h20).. considerando-se que temos que chegar uma hora antes, mais os 40 minutos de estrada até o aeroporto, mais pelo menos uma meia hora de entrega do carro … Teríamos que sair de Siracusa umas 5h da manha. MEDO! kkkkkk

        Baci, Leticia

        • 5h não, saindo umas 6h30 tá bom! rsrs

          • hahaha Não somos muito chegados a acordar esse CEDO! Ainda mais de férias.

            Vou dormir na sua cidade, então! Brincadeeeeira!! 😉

            O jeito vai ser tudo em Catânia, ou uma noite em cada (Siracusa->Catania) :-/

            bjs flor! grata

          • Decidimos dormir em Siracusa mesmo! hehe Não resisti e convenci meu marido!! Vi que íamos ficar indo pra lá,,, por lá.. então, não tinha mesmo sentido. Vamos fazer esse esforcinho de acordar mais cedo. E economizar tempo e benzina! bjs , grazie mille

          • Na minha opinião fizeram muito bem! 😀

            Beijos,

            Patricia

  3. Olá, Patrícia.
    Fico grato por sua pronta resposta. Creio que tenha passado desapercebida a pergunta sobre Vulcano:

    “Ilha de Vulcano: eu gostaria de conhecer a ilha para visitação à cratera e à Spiaggia dell’acqua calda, mas, pelo o que pesquisei, o ônibus de Catânia a Milazzo não chegaria a tempo de pegar o barco para a ilha. Essa informação está correta? Caso esteja, a melhor opção é hospedar em Milazzo só para fazer esse passeio? É viável a visitação à ilha nessa época do ano?”

    Bem, com suas indicações, creio que terei que substituir alguns locais por outros, tal como, San Vito lo Capo. Alguma sugestão para o mês de novembro (tendo Catania, Trapani ou Palermo como referência)?
    Quanto à tolerância ao frio, bem, moro no centro do Brasil e frio aqui deve ser praia aí… rsssss.

    Mais um vez,grato por tudo.

    Luís Carlos

    • Oi Luís,

      Não tem como fazer bate e volta de Catania a Vulcano, você teria que dormir em Milazzo mesmo. Além disso, eu te aconselharia a ter um plano B porque novembro é um mês com tempo incerto, pode chover, pode fazer calor, frio. Não dá para prever! Então, quando tem muito vento, não tem barco para as ilhas Eólias. Caso isso aconteça, estando em Milazzo, você aproveitaria para conhecer a cidade (daqui para novembro vai ter post sobre lá).

      Em novembro aposte nas cidades, não exatamente nas localidades de veraneio/ilhas menores. Minhas dicas de passeios a partir de Catania estão aqui neste post. Em Palermo você terá somente 4 dias inteiros, deixa tudo como tá porque a cidade é grande e tem muita coisa para ver. A partir de Trapani você pode visitar Erice e Marsala, que é o que cabe no tempo que você pretende ficar na cidade.

      Um abraço,

      Patricia

  4. Olá, Patrícia. Primeiramente, gostaria de parabenizá-la pela excelente qualidade do seu site e, ainda mais em se tratando de Sicília, onde informações são tão escassas.
    Bem, estarei na Sicília 04/11/17 a 17/11/17 e gostaria muito da sua ajuda sobre a viabilidade do roteiro planejado (estarei sozinho e me locomovendo com transportes públicos).

    Chegarei a Catânia em voo de Roma no final da manhã e pretendo ficar hospedado nessa cidade por 06 dias (04-09/11) para visitar:
    – Catânia: visitação ao centro no dia 04/11 à tarde.
    – Vulcão Etna: subida ao mais alto permitido. Dúvida: é melhor contratar no próprio refúgio ou com saída por Catânia, já que o ônibus público de retorno tem horário único?
    – Taormina: ida/volta com trem ou ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação prioritária ao teatro antigo/grego e conhecer o centro no restante do dia. Dúvida: é possível fazer o sítio desse teatro e os outros pontos turísticos somente com transporte público?
    – Siracusa: ida/volta com trem ou ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação ao sítio arqueológico e Ortígia. Dúvida: é possível fazer o sítio desse teatro e os outros pontos turísticos somente com transporte público?
    – Messina: ida/volta com trem ou ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação ao centro da cidade.
    – Ilha de Vulcano: eu gostaria de conhecer a ilha para visitação à cratera e à Spiaggia dell’acqua calda, mas, pelo o que pesquisei, o ônibus de Catânia a Milazzo não chegaria a tempo de pegar o barco para a ilha. Essa informação está correta? Caso esteja, a melhor opção é hospedar em Milazzo só para fazer esse passeio? É viável a visitação à ilha nessa época do ano?

    Hospedagem em Trapani por 03 dias (10-12/11) para visitar:
    – Trapani: visitação a Salinas.
    – San Vito lo Capo: ida/volta com ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação à Riserva Naturale dello Zingaro. Dúvida: é possível fazer essa visitação com ônibus?
    – Ilha Favignana: ida/volta com barco. Apenas passeio de um dia com visitação às praias para fotos.

    Hospedagem em Palermo por 05 dias (13-17/11, sendo 17/11 volta a Roma pela manhã) para visitar:
    – Palermo: visitação ao centro da cidade e praia de Mondello (vale a pena ir à praia só para fotos por causa do frio?).
    – Cefalù: ida/volta com trem ou ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação ao centro e alguma praia próxima para fotos.
    – Agrigento: ida/volta com trem ou ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação ao Vale dos Templos e Scala dei Turchi. Dúvida: é possível fazer esses dois locais com transporte público?

    Eu pretendo deixar todos os hotéis pagos/reservados aqui do Brasil. Em um dos relatos aqui publicados, um casal disse que não estava tão frio em novembro. Com exceção ao Etna, há necessidade de roupas mais quentes ou é possível camiseta e bermuda durante o dia?

    Grato por toda a ajuda possível.

    • Olá Luis,

      Te agradeço por postar suas perguntas aqui. Tenho certeza que as suas dúvidas são também dúvidas de outras pessoas e serão úteis a muita gente! Vamos às respostas:

      1) – Vulcão Etna: subida ao mais alto permitido. Dúvida: é melhor contratar no próprio refúgio ou com saída por Catânia, já que o ônibus público de retorno tem horário único?
      R: Compre sua excursão com saída de Catania, nem pense duas vezes. Se você estivesse de carro, ok, poderia deixar para comprar no refugio, mas no seu caso não. Além disso, há várias opções diferentes, em 4×4, com degustação, com visita a cavernas, etc. Tem de todo tipo!

      2) – Taormina: ida/volta com trem ou ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação prioritária ao teatro antigo/grego e conhecer o centro no restante do dia. Dúvida: é possível fazer o sítio desse teatro e os outros pontos turísticos somente com transporte público?

      R: Sim! Taormina é minúscula e você pode visitar tudo a pé.

      3) – Siracusa: ida/volta com trem ou ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação ao sítio arqueológico e Ortígia. Dúvida: é possível fazer o sítio desse teatro e os outros pontos turísticos somente com transporte público?
      R: Sim, dá para fazer com o transporte público. Observe que no final dos posts sobre as atrações turísticas de Siracusa que já publiquei aqui no blog, indico sempre qual ônibus pegar a partir de Ortigia.

      4) – San Vito lo Capo: ida/volta com ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação à Riserva Naturale dello Zingaro. Dúvida: é possível fazer essa visitação com ônibus?
      R: Infelizmente não. Dá para ir à Riserva dello Zingaro a partir de San Vito de carro ou de barco. De qualquer maneira, não é o período mais indicado, vai ser já outono!

      5) – Palermo: visitação ao centro da cidade e praia de Mondello (vale a pena ir à praia só para fotos por causa do frio?).

      R: Se for um belo dia de sol, céu azul, sem muito vento, vale! Você verá a praia vazia e a água super azul. Se estiver nublado, as fotos vão ficar feias (já passei por isso rsrs).

      6) – Agrigento: ida/volta com trem ou ônibus. Apenas passeio de um dia com visitação ao Vale dos Templos e Scala dei Turchi. Dúvida: é possível fazer esses dois locais com transporte público?
      R: Scala dei Turchi, infelizmente, só de carro. Dá para ir ao Vale dos Templos tranquilo de ônibus. Algumas pessoas pegam táxi em Agrigento para ir pra Scala dei Turchi.

      7) há necessidade de roupas mais quentes ou é possível camiseta e bermuda durante o dia?
      R: Realmente aqui é bem menos frio do que no norte da Itália, mas em novembro não dá para sair de bermuda e camiseta não. Quer dizer, a menos que você seja sueco ou alemão rsrs. A média máxima é de cerca 20ºC em novembro, mas uma semana antes da sua viagem, dá uma olhadinha na previsao do tempo ou me escreve de novo, porque sabe como é, o tempo anda meio louco!

      Espero não ter esquecido de responder nada!

      Um abraço,

      Patricia

  5. Olá Patricia,

    Belo post! Com carro fica tudo mais fácil (menos quando nos perdemos!)
    No nosso roteiro para julho Caltagirone, Ragusa e Messina já estão inclusas. Taormina merece outra visita.
    As belas Enna, AcciTrezza e Aci Castello e a obrigatória subida ao Etna já fizeram parte da viagem de 2015.

    Contagem regressiva…
    abraço,

Comente!