Logo

Curiosidades do Carnaval na Sicília

Por

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Se você vai passar o período do Carnaval na Sicília, saiba que por aqui também tem festa. Não é exatamente AQUELE carnaval com “c” maiúsculo, mas as tradições são muitas e em muitas cidades acontecem festas bem singulares.

As origens do carnaval são antigas e esta tradição na Sicília tornou importante a partir do século XVII, quando em Palermo começaram os desfiles de carnaval ao longo das ruas principais: o evento envolvia todos os cidadãos, ricos e pobres, nobres e operários, e os teatros locais realizavam bailes de máscaras e festas. O Carnaval na Sicília, antigamente começava logo após o dia de reis e durava mais de um mês, até a chegada da Quaresma. Carros alegóricos, desfiles, representações mímicas, espetáculos históricos, danças e antigos rituais propiciatórios: eram estes os eventos do  carnaval. Além disso, desfilavam carruagens a partir das quais os nobres jogavam na multidão confetes coloridos.

Ao longo do tempo, essas carruagens foram substituídas pelos carros alegóricos de papel-mâché, que obviamente não chegam nem perto da grandiosidade daqueles brasileiros, mas dá para dar uma animada na festa.

 

Alguns dos principais Carnavais da Sicília

Em vários lugares da Sicília a tradição do Carnaval ainda é forte. Muitos deles são históricos e conhecidos em todo o país. Selecionei alguns deles e conto a seguir algumas curiosidades.

O Carnaval de Acireale

carnaval de acireale

O Carnaval de Acireale (CT), considerado o mais belo carnaval na Sicília, este ano inicia no dia 18 de fevereiro, quando o prefeito entrega as chaves da cidade a Rei Momo, continua no dia 19, depois para e retorna no dia 23 terminando no dia 28 de fevereiro , com um programa completo de eventos. desfiles de carros alegóricos e apresentações musicais.

Eu escrevi um texto inteiramente dedicado ao Carnaval de Acireale, que você pode ler AQUI.

 

O Carnaval de Sciacca

Carnaval de Sciacca

O Carnaval de Sciacca, cidade a poucos quilômetros de Agrigento, em 2017 acontece nos dias 18 e 19 de fevereiro, retornando depois no período de 25 a 28. Ele é aberto como de costume, com o desfile da máscara Peppe Nappa, um símbolo do Carnaval de Sciacca. Ele sai pelas ruas distribuindo vinho e salsicha. Seguem carros alegóricos, desfiles de grupos mascarados, grupos de crianças com artistas de rua, personagens de desenhos animados e vários espetáculos musicais.

O festival termina na terça de carnaval com o momento mais emocionante do evento: a queima de Peppe Nappa. A máscara é colocada no centro da praça A. Scandaliato e queimada, enquanto todos os participantes dançam ao redor.

Dediquei um texto inteirinho ao Carnaval de Sciacca, que você pode ler AQUI.

 

O Carnaval de Palazzolo Acreide

O Carnaval de Palazzolo Acreide, cidade a 41km de Siracusa, é caracterizado pelo desfile de carros alegóricos e, como nos outros famosos carnavais sicilianos, pela participação das peculiares máscaras.

Carnaval na Sicília: Palazzolo Acreide

Os carros alegóricos de Palazzolo. Foto: Divulgação

Parece que o primeiro Carnaval foi comemorado em meados do século XVII. A tradição local diz que não pode dar início às festividades antes do dia 12 de Janeiro, porque nos dias anteriores recorda-se a data do terrível terremoto que atingiu a cidade em 1693. O Carnaval de Palazzolo Acreide dura seis dias,  da quinta-feira de carnaval, dia de abertura, até a terça-feira gorda, o encerramento. Carros alegóricos retratam personagens do cenário político atual, e numerosos e coloridos grupos fantasiados, entre as quais algumas máscaras da tradição siciliana desfilam pelas ruas ao som de muita música.

No final, os participantes do desfile se reúnem na Piazza del Popolo, onde há música ao vivo e barraquinhas de comida, onde é possível comer pratos típicos, como o cavatieddi, macarrão temperado com molho de carne de porco, linguiça assada e outras guloseimas.

Visitar Palazzolo Acreide durante a festa é uma ocasião para conhecer um dos carnavais mais antigos da Sicília e também uma cidadezinha Patrimônio da Humanidade da Unesco por sua arquitetura barroca.

Os desfiles do Carnaval de Palazzolo Acreide acontecem nos dias 23, 25, 26 e 28 de Fevereiro de 2017.

 

O Carnaval de Saponara

Saponara é uma vila que dista pouco mais de 20km de Messina. Lá acontece um dos carnavais mais pitorescos, com “O desfile do urso e da corte principesca“.

Carnaval na Sicília: Saponara

O desfile do urso e da corte principesca é um dos eventos espetaculares relacionados com o Carnaval na Sicília, com especial participação coletiva, sob o signo da memória de tradições antigas. Algo curioso é que o ritual carnavalesco de Saponara está ligado a um evento real que aconteceu no século XVIII, no momento do príncipe Domenico Alliatas de João, Senhor do Saponara e “terras” de seu distrito. A tradição popular conta a história de um urso que ameaçava a cidade com ataques perigosos. Depois de ter enviado seus guardas à caça do urso, o generoso príncipe conseguiu capturar o animal e mostrá-lo a população, desfilando pelas ruas de Saponara juntamente com toda a corte. Daí a tradição de propor, durante o Carnaval, um desfile real com a participação de numerosos moradores, agricultores, pastores e lenhadores.

Durante o desfile o Urso caminha pelas ruas de Saponara, seguindo um ritual: contido por cordas pelos domadores, o urso vagueia em busca de presas … para “incomodar”. Obviamente, ele prefere carne feminina! Ao capturar uma presa, o urso realiza três gestos típicos: em primeiro lugar joga a presa de um lado para o outro, então se esfrega nela e, finalmente, realiza o último ato que é chamado em dialeto siciliano “u Zummi Zummi”, ou seja, levanta uma perna para imitar um ato sexual. O melhor é levar tudo na brincadeira, afinal é Carnaval!

O evento, que começa às 14:00 de terça-feira de Carnaval e termina em aproximadamente às 19h com uma série de danças em grupo.

 

O Carnaval de Novara di Sicilia

Novara di Sicília é uma vila muito antiga, com ruazinhas de pedra, localizada a cerca de 1h30 de carro de Taormina e de Messina.

O Carnaval em Novara da Sicília é dominado pelo “Jogo do Maiorchino” (o Maiorchino é uma variedade de queijo pecorino), um torneio que consiste em fazer com que uma forma de queijo saia rolando ao longo das ruas da cidade.

Foto: Divulgação

O percurso se desenvolve por mais de dois quilômetros, ao longo das ruelas da cidadezinha, partindo da Via Duomo, que seria a rua principal. Participam 16 equipes, cada uma com 3 componentes. Com uma laçada, os concorrentes lançam as formas de queijo na rua (parece o movimento do ioiô, mas só vai, não volta 🙂 ). Nisso, as formas vão rolando ruas abaixo. Quando param, os concorrentes as lançam de novo, a partir do ponto onde elas estão. Vence quem conseguir chegar até o ponto final dando o menor número de laçadas.

Uma parte interessante do torneio é a torcida que se forma ao longo do percurso. As pessoas gritam, vaiam e torcem loucamente pela equipe preferida. É tudo muito folclórico! Fora que toda hora se ouve palavras em dialeto siciliano, o que torna tudo mais engraçado (a gente fica tentando entender o que eles estão dizendo)!
O evento termina com o “Festival de Maiorchino”, durante o qual há degustação de ricota, queijo tuma, Maiorchino e com uma mega macarronada com molho de carne de porco, embranquecida pela enorme quantidade de, claro, queijo maiorchino!

 

Em 2017 o programa é o seguinte:
– Domingo, 26 de Fevereiro:
13h: Macarronada e degustações
15h: Grande final do torneio masculino
17h: Premiações
– Terça, 28 de Fevereiro:
15h: Torneio feminino e tentativas de lançamento das formas por parte dos turistas.

 

O Carnaval de Termini Imerese

O Carnaval de Termini Imerese, cidade a 40km de Palermo, é o mais antigo carnaval da Sicília. Narra a história que ele nasceu no inverno de 1848, quando em Termini Imerese chegou a notícia de uma revolta popular que estava acontecendo em Palermo, para destituir a família real governante na época, os Bourbon. Essa notícia foi trazida por um grupo de napolitanos em fuga e que ali buscavam refúgio. Como se sabe, os napolitanos são famosos por serem alegres e festeiros, e não demorou muito para iniciar uma grande festa, coincidindo com o período do carnaval.

O símbolo da festa são as máscaras “U’ Nanno ca’ Nanna” (o vovô com a vovó, em dialeto siciliano). A tradição diz que “O vovô”, símbolo da alegria e do carnaval, deve ser queimado na terça-feira gorda, enquanto o tabelião lê seu testamento. Com a queima, ritual de purificação, e as lágrimas da “Vovó”, que representa a fertilidade, a abundância, mas também a dor pela chegada da penitência. celebra-se o fim do Carnaval e o início da Quaresma.

Carnaval na Sicília - Termini Imerese

As máscaras “U’ Nanno ca’ Nanna” (o vovô com a vovó)

O Vovô e a Vovó participam dos vários desfiles de carros alegóricos. Entre um desfile e outro há também apresentações de cantores, dançarinos e comediantes. Os eventos se concentram nos últimos três dias de carnaval, que em 2017 serão de 26 a 28 de fevereiro.

Veja mais informações sobre o Carnaval de Termini Imesere AQUI.

 

As comidas típicas do Carnaval na Sicília

Claro que não faltam comidas típicas do Carnaval, não poderia ser diferente em nenhum lugar da Itália! Entre os doces típicos, reina as Chiacchiere, uma massinha parecida com de pastel, frita e coberta de açúcar (veja a receita AQUI). Castagnole e Zeppole, bolinhos recheados com creme, cabeças de turcos que também contêm passas e são produzidos em Modica.

Chiacchiere – Foto: Wiki Commons

Em Palermo é fácil encontrar a pignoccata, que são bolinhas fritas, colocadas uma sobre as outras lembrando uma pinha (disso deriva o nome), cobertas de mel e granulado colorido.

Pignoccata de mel – Foto: Divulgação

Em relação às massas, é típico também o macarrão com molho de carne de porco. Outros pratos são as linguiças na brasa, uma sopa de batatas e favas e ainda um ensopado de carne (de porco, obviamente). Porque carnaval é a festa da carne!

Assine nossa newsletter mensal e receba dicas da Sicília no seu e-mail!

Comente!