Logo

bate e volta a partir de Taormina

Dicas de cidades para fazer um bate e volta a partir de Taormina

Por

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Taormina é frequentemente escolhida como cidade-base para conhecer uma parte do leste da Sicília e motivos para isso não faltam: é uma cidade que deixa qualquer um de queixo caído.

Justamente por isso, sempre me pedem dicas de cidades para fazer um bate e volta a partir de lá – me refiro quem fica mais tempo. Por isso, ao invés de responder individualmente às mensagens de cada um, aqui vão as cidades que eu considero mais apropriadas para fazer um passeio de um dia saindo de Taormina.

 

Aci Trezza e Aci Castello

Essas duas vilas a norte de Catania, uma ao lado da outra, estão localizadas na área chamada Riviera dei Ciclopi (Riviera dos Ciclopes). Em Aci Castello é possível visitar as ruínas de um castelo normando posicionado em um penhasco sobre o mar e passear ao longo da orla, muito frequentada pela população de Catania.Dicas de Catânia: Aci Castello e Acitrezza

Acitrezza ainda conserva muitos traços da aldeia de pescadores que inspirou um grande escritor italiano do século XIX, Giovanni Verga. O lugarejo fascina por sua beleza natural e seu cartão postal são os rochedos (faraglioni) plantados no mar, carregados de lendas. De fato, segundo a Odisseia de Homero, eles teriam sido lançados pelo ciclope contra o navio de Ulisses (daí o nome “Riviera dos Ciclopes”). Vale muito a pena fazer um passeio de barco com os pescadores que oferecem esse serviço para complementar a própria renda.

  • Distância de Taormina: 60km
  • Quanto tempo ficar: de 3 a 5h

Clique AQUI para ler meu texto sobre Acitrezza e Aci Castello.

 

Como ir de Taormina a Aci Castello e Acitrezza:

Infelizmente não há ônibus ou trens que liguem as duas cidades diretamente. Caso não esteja de carro, será necessário fazer um pouco de malabarismo para tentar fazer com que coincidam os horários de trens e ônibus. Primeiramente será necessário ir de Taormina a Acireale de trem, e então pegar um ônibus da AST (ver aba ‘linee e orari’) para Acitrezza ou Aci Castello.

Outra opção é ir de trem ou ônibus a Catania e então pegar o onibus 534 para Aci Castello (para na frente da estação ferroviária de Catania).

 

Catania

Catania merece bem mais que um bate e volta, mas a cidade acaba sendo desdenhada por muitos, que a excluem do roteiro por ser uma cidade caótica ou porque acham que ela não seja uma cidade interessante. Eu não penso assim, mas caso no seu roteiro caiba apenas um bate e volta, aproveite o passeio para conhecer o centro da cidade, da Piazza Duomo até o Giardino Bellini.

Catania

Outros lugares imperdíveis, principalmente para quem curte história, são o Teatro Romano e o Mosteiro dos Beneditinos.

  • Distância de Taormina: 65km
  • Quanto tempo ficar: 6 / 8h

Clique AQUI para ler tudo que já escrevi sobre Catania.

 

Como ir de Taormina a Catania:

É muito simples ir de Taormina a Catânia, pois há tanto trens quanto ônibus diretos (veja AQUI). A viagem dura cerca de 1h.

 

Messina

Quem fica um pouco mais de tempo em Taormina pode aproveitar para conhecer Messina e o estreito que separa a Sicília do resto da Itália. Messina é a terceira maior cidade da Sicília e além dos lindos panoramas, oferece muitas atrações culturais.

Messina - Sicília

Em Messina fica o maior relógio mecânico do mundo, construído em Strasburgo, e que funciona desde 1933. Ao meio dia e à meia noite você sempre encontrará muitas pessoas na praça em frente à catedral para assistir ao espetáculo incrível oferecido pelos movimentos do relógio, durante o qual um galo canta, um leão ruge, duas moças indicam as horas e entram em ação todos os mecanismos. É sempre um espetáculo fascinante, mesmo para quem já o viu várias vezes.

Não deixe também de visitar a Galleria Regionale, onde se encontram quadros de Caravaggio e de admirar o obelisco situado no mar, entre a Sicília e a Calábria.

  • Distância de Taormina: 53km
  • Quanto tempo ficar: 6 / 8h

 

Como ir de Taormina a Messina:

É muito simples ir de Taormina a Messina, pois há tanto trens quanto ônibus diretos (veja AQUI). A viagem dura em média 1h. Também é possível contratar um transfer particular para um passeio de 4h (veja AQUI)!

Clique AQUI para ler meu texto sobre Messina.

 

Montalbano Elicona

Se você é aquele tipo de pessoa que não perde a oportunidade de visitar cidadezinhas medievais, que parecem ter parado no tempo, então Montalbano Elicona pode ser uma ótima opção de passeio bate e volta a partir de Taormina.

Montalbano Elicona

As ruazinhas de pedra de Montalbano Elicona

O vilarejo é considerado um dos mais bonitos da Itália e é um daqueles lugares para fazer um agradável passeio de poucas horas. O defeito é que a estrada que leva até lá é cheia de curvas!!

  • Distância de Taormina: 66km (mas as curvas da estrada fazem com que a viagem dure quase 2h).
  • Quanto tempo ficar: meio dia

 

Como ir de Taormina a Montalbano Elicona:

Por ser um vilarejo nas montanhas, o único modo de ir de Taormina até lá é de carro., pois há tanto trens quanto ônibus diretos (veja AQUI). A viagem dura em média 1h. Também é possível contratar um transfer particular para um passeio de 4h (veja AQUI)!

Clique AQUI para ler o que escrevi sobre Montalbano Elicona.

 

Savoca e Forza d’Agrò

Essas suas cidadezinhas são etapas imperdíveis para quem é fã da trilogia de O Poderoso Chefão. Isso porque várias cenas dos filmes, ao invés de terem sido gravadas em Corleone, foram filmadas em Savoca e em Forza D’Agrò. O famoso Bar Vitelli, bar do pai da moça pela qual Michael Corleone se apaixona no primeiro filme da trilogia, fica em Savoca, por exemplo.

Roteiro pela Sicília - Savoca

Bar Vitelli, Savoca – Foto: Thaís Pires

Mas eu já escrevi todos os detalhes sobre essas duas cidades AQUI.

  • Distância de Taormina: 17 km Forza d’Agrò e 21km Savoca.
  • Quanto tempo ficar: meio dia

 

Como ir de Taormina a Savoca e a Forza d’Agrò:

Apesar das duas cidades ficarem próximas a Taormina, ir de transporte público é um verdadeiro desafio. Há ônibus de Tarmina para Forza d’Agrò, porém não tem nenhum para Savoca! Seria necessário ir de trem até S. Teresa di Riva e então pegar um ônibus que existe na teoria, mas na prática…

A notícia boa é que essas duas cidades são metas muito populares e por isso há várias opções de excursões a partir de Taormina (veja ESTA e ESTA). Também é possível contratar um transfer particular para um passeio de 4h (veja AQUI)!

 

Siracusa

Siracusa é uma das minhas cidades preferidas na Sicília e merece, pelo menos, uma estadia de dois dias. Mas digamos que você não esteja com tempo e/ou vontade de mudar de cidade-base e de hotel, então faça pelo menos um bate e volta!

Siracusa

Uma vez em Siracusa, visite a bela ilhota de Ortigia, centro histórico da cidade. Deixe-se perder pelas pitorescas vielas e caminhe sem seguir um roteiro preciso. É o melhor modo de conhecer o lugar!

Para conhecer um pouco da parte “moderna” de Siracusa, fora do centro histórico, você pode pegar o ônibus turístico hop on hop off. O passeio completo com ele dura 1h e custa 5 euros. Em uma das paradas do ônibus, você pode, por exemplo, descer para conhecer também o Parque Arqueológico ou as Catacumbas de San Giovanni.

  • Distância de Taormina: 120km.
  • Quanto tempo ficar: um dia inteiro

 

Como ir de Taormina a Siracusa:

É possível ir de Taormina direto para Siracusa de trem. Com o trem mais rápido (Regionale Veloce), a viagem dura em média 1h50, por isso, para fazer um passeio mais proveitoso, o ideal é pegar o trem das 8h, voltando no final da tarde. Veja todos os horários dos trens AQUI.

Se for de carro, a viagem dura pouco mais de 1h pela autoestrada A20 Messina-Catania-Siracusa. Em Siracusa, na hora de estacionar  utilize os estacionamentos públicos pagos localizados em diversos pontos antes do acesso a Ortigia. O maior deles é o chamado Molo Sant’Antonio (via Bengasi/via Rodi), a 5 minutos a pé do centro histórico. Custa € 1,00/hora e há máquinas automáticas para emissão dos bilhetes. Outras áreas de estacionamento são o “Parcheggio Talete” (garagem, 0,50 € a primeira hora e 1€ as horas seguintes) e a área Piazza delle Poste onde há faixas azuis.

Uma terceira opção são as excursões em grupo. Veja, por exemplo esta opção AQUI de passeio em grupo de Taormina para Siracusa.

***

Como eu disse no início do texto, essas são ideias de bate e volta para quem passa um pouco mais de tempo em Taormina e quer explorar o máximo de lugares possíveis sem ter que passar horas e mais horas na estrada. Não cito o Etna ou Castelmola, ou ainda as praias do litoral porque esses são passeios praticamente obrigatórios!

E você, que bate e volta a partir de Taormina fez durante a sua viagem?

 

Reserve já seu hotel em Taormina!*

* Se você acessa o site do Booking através da caixa acima e faz uma reserva, além de ter utilizado um dos sites mais confiáveis do mundo, ainda ajuda o blog com uma pequena comissão. E o mais importante: nenhum encargo é repassado para você!

Assine nossa newsletter mensal e receba dicas da Sicília no seu e-mail!

20 Comentários

  1. Olá Patricia,
    Farei uma viagem com meu marido pela Italia em maio/junho. Iniciaremos a viagem nos alpes italianos, passando pela Toscana, Costa Amalfitana e finalmente a Sicilia, onde teremos 8 noites (de 8 a 15/6). Tenho algumas dúvidas:
    1- Qual a melhor forma para ir da Costa Amalfitana para a Sicilia, trem, ferry ou avião? Como nosso voo para SP sai de Palermo, pensamos em chegar na Sicilia pela Catania ou por Messina.
    2- pensamos em escolher como base Taormina (3 noites), Siracusa (2 noites) e Palermo (3 noites). O que você acha?
    3- Da para fazer bate e volta para cidades no entorno, com transporte público, tendo essas bases? Ou seria melhor alugar um carro?

    Obrigada e parabéns pelo blog!
    Pollyanna.

    • Olá Pollyanna,

      Na minha opinião o melhor modo de vir da Costa Amalfitana para cá e de avião, mas para isso você teria que voltar a Nápoles (escrevi sobre isso aqui: http://descobrindoasicilia.com/2016/01/como-ir-de-napoles-para-a-sicilia/). No entanto, se você estiver de carro, uma opção pode ser “vir descendo” para cá, passando pela Calábria e atravessando para Messina.

      2- Sua divisão está ótima, não mudaria nada aí.

      3- Depende de quais cidades você vai querer visitar. Não é imprescindível alugar um carro, dá para ficar sem. No máximo, se tiver algum lugar onde você queira ir, mas que ficaria difícil com transporte público, você pode pensar em contratar um transfer ou uma excursão! Veja que neste post, por exemplo, eu explico onde dá e onde não dá para ir de transporte público.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  2. Estou em Taormina e estou aproveitando 100 % das suas dicas, Sensacional !!!!! Super, hiper obrigada

    • Olá Vera,

      Divirta-se muito e depois me conta como foi a viagem!

      Um abraço

      Patricia

  3. Queremos fazer um roteiro de 12 a 15 dias.. somos 3 casais e pensamos em alugar uma residência como base fixa ( não escolhemos o local na Sicília ) e deste local fixo partir para conhecer as principais cidades da Sicília. O que vc recomenda como cidade base ? Como somos 6 pessoas não gostaríamos de ficar trocando de Hoteis todos os dias.. agradeço sua atenção. Ester

    • Olá Ester,

      A Sicília é muito grande e por isso não é aconselhável estabelecer uma única cidade-base. A escolha das cidades-base vai depender do seu gosto pessoal, mas eu sugiro ficar em pelo menos 3 cidades-base em posição estratégica. Essas cidades podem ser Taormina, Palermo e Ragusa ou Siracusa. Ficando 4 ou 5 dias em cada lugar, fica mais fácil para conhecer os arredores.
      A partir de Palermo, por exemplo, vocês podem conhecer Cefalù, Erice, Segesta e até Agrigento.
      A partir de Taormina dá para ir conhecer o Etna, Catania, fazer um passeio de barco, etc.
      Ragusa é uma boa opção de base para quem quer conhecer o sudeste da Sicília e as cidades barrocas.
      Vale lembrar que dependendo do roteiro que você for fazer, pode ser necessário um carro.
      Veja aqui outras dicas de roteiros feitos por leitores aqui do blog: http://descobrindoasicilia.com/tag/roteiros-pela-sicilia/

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  4. Bom dia Patricia .. gostaríamos de saber se o mês de maio a temperatura e agradável na Sicília?

  5. Patricia, bom dia e boa sorte para você.
    Irei à Sicília em Setembro/17 e já fiz as reservas nos hotéis. Chegarei às Catânia dia 06 e dia 08 até 11/09 em Taormina. Marquei hotel em Siracusa de 11 a 13/09 ( B&B La Via Della Giudecca) e aí está minha dúvida: alugamos carro para Taormina com intenção de devolvê lo em Siracusa, mas depois de ler seus blogs, vi que o uso dele em Siracusa será qse nulo.
    De Siracusa, vamos para Palermo.
    O que me sugere: ficar com o carro é devolver em Palermo ou devolver em Taormina mesmo e ir de Trem para Siracusa? Nesse caso iríamos de ônibus para Palermo?
    Qual a melhor opção, já que não temos nenhum pernoite entre Siracusa e Palermo?

    Agradeço por mim e por todas as pessoas que você ajuda com suas preciosas dicas.
    Obrigada.
    Elô

    • Oi Elody,

      Um carro em Siracusa só se torna necessário quando você tem a intenção de visitar as cidades nos arredores, por exemplo Noto e Marzamemi. Se a sua ideia é ficar somente em Siracusa, então pode até não ter. Além disso, o trajeto de Taormina a Siracusa pode muito bem ser feito de trem.

      Atualmente tem um trem que vai direto de Siracusa a Palermo, e tem a opção do ônibus também. No entanto, há pessoas que não gostam de fazer longos trajetos de transporte público (são mais de 3h de viagem) e preferem ir de carro. Seria mais uma questão de conforto e liberdade de horários ficar com o carro alugado. Além disso, ao ir de Siracusa a Palermo de carro, dá para parar no caminho (por exemplo no Sicilia Outlet).

      Qualquer dúvida que tiver é só me perguntar.

      Um abraço,

      Patricia

  6. Olá! Estou planejando ir a Sicília em março de 2017.. porque vou fazer um intercâmbio em Malta!
    Pensei no seguinte roteiro e gostaria sugestões:
    Dia 16/3- quinta
    Chegada em catania a tarde
    Dia 17/3 – sexta
    Ida de catania a Siracusa
    Ainda não sei o que consigo ver em Siracusa em um dia
    Volta de Siracusa à taormina
    Noite em taormina
    Dia 18/3 – sabado
    Passeio ao etna
    Conhecer taormina
    Noite em taormina
    Dia 19/3 – domingo
    Dia em taormina
    Retorno a catania no fim do dia
    Noite em catania
    Dia 20/3 – segunda
    Volta cedo à malta no primeiro voo

    Estou em dúvida no que devo priorizar em Siracusa e taormina e se a melhor forma de me locomover é de trem! Além disso, queria sugestão de locais de hotéis para que aproveite melhor as cidades que vou me hospedar!

    Obrigada

    • Olá Luana,

      Em um dia você consegue ver em Siracusa o centro histórico (Ortigia) e, se quiser, o Parque Arqueológico (apertaria um pouco o roteiro, mas dá). Passeando no centro histórico você pode dar uma passadinha no mercado, percorre as lindas ruas do lugar, conhece a Catedral, enfim, os lugares que descrevi aqui> Descobrindo Ortigia, o coração de Siracusa. E para ir de Siracusa a Taormina o melhor é de trem mesmo.

      Para poder te dar sugestões de hotéis, precisaria saber que tipo de estrutura você procura. Posso indicar do B&B baratinho ao hotel 5 estrelas! rsrs

      Seu roteiro é curtinho, mas bem distribuído!

      Um abraço,

      Patricia

  7. Prezada Patrícia,

    Tive mais uma dúvida, e imagino que você possa me ajudar. Pelo que entendi, saindo de balsa de Reggio di Calabria vamos descer no porto de Messina, que fica a uns 600 metros do ponto de onde sai o ônibus para Taormina. É isso mesmo? Você já fez esse trajeto? Se fez, qual o melhor meio de deslocamento entre o porto e o ponto de ônibus? Devemos ir a pé, de táxi, de transporte coletivo? Há alguma integração entre um transporte e outro?
    Outra coisa: no domingo, há apenas um horário de ônibus. Será que você poderia passar o contato do motorista que tem convênio com o blog?

    Abraços,

    Ricardo

    • Bom dia Ricardo,

      Considerando que vocês chegam num domingo, minha sugestão é que prefiram os trens aos ônibus, visto que há um maior número de linhas disponíveis. A estação de trens de Messina fica a poucos metros do cais onde atraca o barco rápido que vem de Reggio Calabria (da empresa Liberty Lines), são cerca de 300m que vocês fariam a pé. O único inconveniente do trem é que a estação de Taormina não fica no centro da cidade, sendo necessário ter que pegar um ônibus urbano ou um táxi ao chegar lá. Os táxis da estação ao centro de Taormina custam entre 15 e 20 euros, dependendo da localização do seu hotel, e os ônibus 1,80 euros. O terminal dos ônibus de Taormina fica na Via Pirandello, veja quanto dista seu hotel de lá.

      Quanto ao transfer particular, o valor do transporte do porto de Messina até seu hotel em Taormina fica por 110 euros (valor total e não por pessoa). Para poder verificar a disponibilidade do motorista, precisaria saber a data e horário exatos de chegada. Você pode também preencher o formulário aqui neste texto e solicitar um orçamento -> http://descobrindoasicilia.com/transfers-taormina/

      Um abraço,

      Patricia

      • Muito obrigado mais uma vez, Patrícia.

        Abraços,

        Ricardo

  8. Prezada Patrícia Kalil,

    Parabéns pelo blog, que tem sido uma ferramenta muito útil no planejamento da viagem que eu e minha esposa vamos fazer à Itália entre o fim de outubro e o início de novembro, e que inclui uma semana na Sicília. Nossa base siciliana será Taormina e gostaria de tirar algumas dúvidas que acredito serem úteis a outros leitores:

    1) Antes de Taormina, estaremos em Reggio di Calabria e teremos de fazer a travessia até a Sicília no domingo, dia 30 de outubro. Qual a melhor maneira de fazer essa travessia? A princípio, tinha imaginado que seria de trem, mas descobri que é meio complicado, mais caro e com poucos horários no domingo. Até onde entendi, o melhor e mais barato é pegar um ferryboat para atravessar o estreito de Messina e depois seguir viagem de ônibus até Taormina. Você sabe me dizer se é isso mesmo e se é necessário e possível comprar a passagem de ônibus com antecedência?
    2) Queremos fazer o passeio ao Etna, aquele mais simples, até as crateras mais baixas. Não gosto muito de lugares altos, então por ora descartei o teleférico e o passeio no jipe 4×4. Gostaria de saber se aquelas dicas de excursão com a empresa Viator continuam valendo. Vamos chegar a Taormina no domingo, dia 30, e ir embora no domingo seguinte, dia 6, e pelo que eu vi só há um dia disponível para o passeio, a segunda-feira, 31 de outubro. Em novembro, parece que a Viator não faz a excursão mais simples. Caso não possamos ir na segunda, você sabe de outra empresa que oferece o passeio em novembro ou se é recomendável ir por conta própria, de transporte público? Não estaremos de carro.
    3) Que tipo de roupa devemos usar nessa primeira semana de novembro na visita ao Etna? O frio, mesmo nas crateras mais baixas, é muito intenso nessa época?
    4) Ainda estamos decidindo alguns lugares para visitar durante a semana em Taormina e este post veio muito a calhar. Gostaria de saber se você incluiria Noto e Agrigento como possibilidades de bate e volta a partir de Taormina.

    Grande abraço,

    Ricardo

    • Olá Ricardo,

      Fico muito contente em saber que o blog tem ajudado no planejamento da sua viagem. Vou tentar responder às suas perguntas, ponto por ponto. Vamos lá:

      1) Atravessar de Reggio Calabria para a Sicília é muito simples. De Reggio saem balsas para Messina e a travessia dura meia hora. Uma vez em Messina, você prossegue para Taormina de trem, ônibus ou transfer particular (o blog é parceiro de um motorista que trabalha em Messina). Preste atenção nos horários dos trens e ônibus, visto que é um domingo. Você pode olhar os horários dos trens no site da Trenitalia, dos ônibus no site da Interbus (http://www.interbus.it/) e das balsas no http://www.libertylines.it. Não precisa comprar nem as passagens de ônibus e nem de trem com antecedência, pode comprar na hora.

      2) Não é recomendável ir de transporte público ao Etna, na verdade de Taormina é praticamente impossível. Há só um ônibus que sai de Catania (expliquei como ir por conta própria aqui> Excursão ao Etna: como visitar o maior vulcão ativo da Europa O problema é que novembro é um mês instável, por isso algumas empresas não fazem esse passeio com grupos grandes. Você pode dar uma olhada nessa opção aqui, que é um passeio com grupos menores e não vai até a parte mais alta do Etna: https://www.partner.viator.com/pt/16191/tours/Taormina/Mount-Etna-Half-day-Trip-from-Taormina-and-Surroundings/d4237-14484P2

      3) Sim, o frio é intenso porque as crateras mais baixas ficam a 2.000m de altitude! Então, para fazer este passeio, é necessário um bom agasalho, adequado para temperaturas em torno de 0 ou 5ºC.

      4) Existe uma excursão para Agrigento saindo de Taormina (essa AQUI), mas eu acho algo bastante cansativo, porque só a viagem de ida já dura 3h, então já dá para imaginar o quanto é corrido. No entanto, muitas pessoas a fazem, visto que é o único modo de conhecer o Vale dos Templos em um dia! Em relação a Noto, apesar de ser uma cidade bonita, não sei até que ponto vale um bate e volta a partir de Taormina. Prefira Siracusa! Se você estivesse de carro, poderia até cogitar a ideia de fazer Siracusa e Noto no mesmo dia, mas de transporte público eu não recomendo muito.

      Se tiver mais dúvidas, não hesite em perguntar!

      Um abraço,

      Patricia

      • Patrícia,

        Muito obrigado pelas informações. Se aparecerem mais dúvidas, eu pergunto sim.

        Abraço,

        Ricardo

  9. Olá, Patricia!

    Em primeiro lugar quero dizer que sou super fã do seu blog, fico admirada com toda a sua dedicação em nos ajudar.
    Após ler todos os seus posts, minha vontade de conhecer a Sicília ficou ainda maior!!
    Queria algumas dicas para montar meu roteiro.
    Meu marido e eu pretendemos ir para Croácia e Sicília na segunda quinzena de junho/2017. Pensamos em ficar primeiramente 7 noites na Croácia e depois 7 noites na Sicília.

    1) Após cortar várias cidades da Sicília (com dor no coração), pensei em conhecermos Taormina, Siracusa e Favignana (li seu post sobre as praias de lá e fiquei apaixonada).
    Por enquanto a ideia é ficar umas 3 noites em Taormina e umas 2-3 noites em Favignana, pois queremos curtir os locais sem tanta pressa e descansar.
    Você acha viável colocar Favignana no roteiro? E como você sugere que eu distribua os dias? Alguma sugestão de melhor forma para deslocar entre Taormina/Siracusa para a região de Trapani? Talvez alugar um carro para percorrer a A19?

    2) Para conhecer Siracusa a partir de Taormina você acha que dá para aproveitar bem a cidade, incluindo Ortigia, em apenas um bate-volta? Ou seria mais aconselhável pernoitar lá também?
    Vi que você falou que em Taormina os carros não entram no centro e que os estacionamentos são caros né. Então pensei em talvez não alugar carro nessa região.

    3) Você tem alguma dica de qual seria a melhor forma para nos deslocarmos da Croácia (vamos conhecer Zagreb, Split, Zadar e Dubrovinick) para a Sicília?
    E depois para o Brasil? A princípio vou tentar comprar as passagens para ir do Brasil para Croácia e na volta tentar por Catânia ou Palermo. Mas quando rabisco o roteiro, parece que está meio corrido ou não muito adequado. rsrsrs…

    Peço desculpas pela quantidade de perguntas, mas realmente estou um pouco confusa com a montagem do roteiro da viagem.
    O que você puder me dar de dica, ficarei muito feliz e grata.

    Abraços,

    Jaqueline

    • Olá Jaqueline!

      Deculpa pela demora em responder, mas eu estava viajando :).

      Bem, espero conseguir responder a todas as suas perguntas:

      1 – Olha, sinceramente eu acho seu roteiro muito curto para incluir duas localidades tão distantes uma da outra. Considere que o deslocamento de carro de Taormina a Trapani + a viagem de ferry irão tomar umas 6 horas do seu dia. Então é um dia praticamente perdido. Mas se a vontade de conhecer Favignana é muito grande e você está disposta a sacrificar quase um dia de roteiro na viagem, por quê não? Tente passar pelo menos 3 noites em Favignana e o restante em Taormina.
      Para ir de Taormina a Siracusa a Trapani não há nenhum tipo de transporte público. Considerando que vocês têm que perder menos tempo possível, meu conselho é que aluguem um carro ou contratem um transfer particular.

      2 – Aproveitar BEM Siracusa só com um bate e volta não dá, mas dá para conhecer bem Ortigia, que é o centro histórico. Na minha opinião, se vocês dormirem uma noite em Siracusa, vão gastar tempo com troca de hotel. A quem fica mais tempo na Sicília, eu sempre aconselho a passar duas noites em Siracusa.

      3 – Uma dica que posso dar é que vocês vejam se há voos diretos dessas cidades da Croácia para Trapani ou Palermo (se não me engano não há voos da Croácia para Catania, nunca vi). Assim começariam a viagem por Favignana, terminando em Taormina/Siracusa. A volta seria de Catania, mas teriam que fazer conexão em Roma. Por exemplo, quem viaja de Alitalia de/para São Paulo ou Rio, faz assim: Catania/Palermo – Roma – Guarulhos/Galeão.

      Se tiver mais dùvidas, pode perguntar!

      Um abraço,

      Patricia

Comente!