Logo

Praia de Giardini Naxos

Verão na Sicília: dicas da bella stagione

Por

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

Ah, a estação do ano mais desejada pelos sicilianos, um povo que ama o sol e que não sabe viver sem o mar. Já nos primeiros dias de temperatura acima dos 25ºC, que costumam ser no início de maio, as praias são invadidas por todos aqueles que não perdem a mínima ocasião para se bronzear. Como se o verão fosse terminar no dia seguinte. A pressa para a chegada do verão é tanta, que ninguém sequer espera que a água chegue a uma temperatura aceitável. As águas geladas do Mediterrâneo, que passaram por seis meses de inverno, só vão esquentar de verdade só lá no início de julho.

O verão siciliano costuma ser muito quente e abafado, principalmente nas localidades mais afastadas do litoral. Quem escolhe vir para a Sicília nesse período, precisa organizar bem os horários e evitar visitar, por exemplo, os sítios arqueológicos, na faixa horária mais quente do dia (entre 10 e 16h). A questão calor por aqui é tão complicada, que durante o verão os horários de abertura das principais atrações são prolongados e alguns, como o Vale dos Templos de Agrigento, oferecem inclusive visitas nortunas.

 

Aproveite e veja AQUI todas as dicas que já dei sobre as praias da Sicília!

 

O que vestir no verão siciliano

Pode fazer sua mala sem preocupação, faça de conta que está viajando para o nordeste do Brasil: roupas leves, trajes de banho, chapéus e protetor solar. É a única estação em que não preciso explicar mês a mês o que trazer na mala, como fiz em todas as outras.

Taormina

Taormina lotada no verão.

Scala dei Turchi / Escada dos Turcos

Os comportadíssimos trajes de banho italianos.

Minha única observação: caso esteja prevista uma visita ao vulcão Etna, mesmo durante o verão as temperaturas lá em cima são bem baixas (entre 5 e 15º) e muitas vezes os ventos são fortes. Traga agasalhos adequados ou será necessário alugar um casaco no local.

 

Temperaturas do verão na Sicília

É difícil estabelecer uma temperatura precisa, porque podem ser diferentes de verão para verão. Em Julho e Agosto as temperaturas médias máximas ficam em torno dos 32ºC, e as mínimas 25ºC. Mas como eu disse que são “temperaturas médias”, pode ocorrer dias em que o calor dá tudo de si e os termômetros chegam marcar 38, 40ºC. Alguns anos atrás, no final de julho, as temperaturas  chegaram a 47ºC, mas aquilo foi uma anomalia e, felizmente, o martírio durou só dois dias.

O verão na Sicília é seco e raramente chove. Só na segunda metade de Agosto é que geralmente cai uma chuvinha leve. É também nesse período que a Sicília começa a esvaziar aos poucos, pois é quando vão terminando as férias dos europeus. Portanto, de 20 de agosto a 15 de setembro dá ainda para curtir o verão sem ter que disputar espaço nas praias.

 

Reserve já seu hotel na Sicília!*

* Se você acessa o site do Booking através da caixa acima e faz uma reserva, além de ter utilizado um dos sites mais confiáveis do mundo, ainda ajuda o blog com uma pequena comissão. E o mais importante: nenhum encargo é repassado para você!

 

Curta o blog no Facebook!

Assine nossa newsletter mensal e receba dicas da Sicília no seu e-mail!

16 Comentários

  1. Patrícia, teu blog é demais!!!
    Posso pedir uma ajuda.
    To pirando pra montar o roteiro.

    Chego a Sicília em início de junho. Rola praia nessa época?
    To num dilema imenso. Costa amalfitana ou mais tempo pra Sicília (podendo ir visitar favignana).

    Ajuda, vai?

    Ps.: meu roteiro é Milão – cinque terre – florença/toscana – roma – costa amalfitana (dúvida!!! Pra incluir 3 dias na costa amalfitana, preciso sacrificar favignana) – Sicília (2 dias em taormina, 1 dia em palermo, 2 dias pra agrigento + scala dei turchi, 1 dia pro etna e 1 dia na catania) – volto pra veneza, pra ir pra casa.

    Queria muito ver uma paisagem de mar mega diferente..
    Que faço?

    Ps.: estarei sem carro

    • Oi Marcia,

      Em junho rola praia, mas é mais garantido a partir da segunda quinzena do mês. É um ótimo mês para vir pra cá, porque já está bastante quente para ir à praia, mas ainda não tão lotado como em julho e agosto.

      Eu acho melhor você não incluir Favignana porque seu roteiro já tá apertado demais e você perderia muito tempo com deslocamento. Você teria que chegar primeiro a Trapani e de lá seguir para Favignana. 1 dia em Palermo não daria para quase nada (a cidade é imensa, tem muita coisa pra ver). Uma coisa legal que você poderia fazer é um passeio de barco de Taormina para as Ilhas Eólias. Seria um prêmio de consoloção por não conseguir ir a Favignana.rsrs As ilhas Eólias também são lindas!

      Tenta ficar mais tempo aqui na Sicília, porque uma semana é pouco!

      Um abraço,

      Patricia

  2. Patricia, perfeito!!
    Adorei o comentário e muito obrigada pelas informações de estacionamento.
    Menina, a viagem está ficando tão interessante que não vejo a hora!!!
    Resolvi seguir tuas orientações ” de corpo e alma”, mergulhando nas tuas dicas.
    Só para você saber, em Palermo ficarei no B&B da Raffaela, o Lá Piccola Sicilia.
    Ela está sendo muito solicita, conversa comigo por e-mail, me mandou umas dicas de Palermo, era bem isso que eu queria, alguém que eu pudesse ter contato e que poderei conviver um pouquinho.
    Nem sei como agradecer…
    Um beijao

  3. Olá Patricia, salvadora da patria!!!!
    Obrigada pelo retorno e pelas informações preciosas.
    As cidades em que ficaremos na Itália, entre 11 a 22/07 serão:
    Nápoles -1 dia
    Taormina -1
    Siracusa – 2
    Agrigento – 1
    SAN Vito Lo Capo – 2
    Erice – 1
    Palermo – 2
    Nápoles – 1
    Estou fazendo um apanhado de tudo que vc tem comentado sobre elas, inclusive passeio de barco.
    Você acha que vale a pena sacrificar um pouco do dia em Erice, para dar um passeio de barco pelas praias de Fagnana? Aí penso em ir para Erice no final da tarde, dormir lá, dar uma volta antes do almoço e dai partir para Palermo.
    Que acha?

    Vi seus últimos posts de Palermo, puxa como podem achar aquela cidade sem interesse?
    Bom, isso comentamos em outro post…rsrs
    Grazie mile!!

    • Olá Sandra,

      Ri demais com o “salvadora da pátria”! rsrs

      Vamos lá, respondendo à sua pergunta…
      Você acha que vale a pena sacrificar um pouco do dia em Erice, para dar um passeio de barco pelas praias de Favignana?
      R: Considere que Erice é minúscula, portanto bastam 2 horas para ver a cidade toda. Então dá sim para fazer um passeio em Favignana e depois seguir para Erice. É um pouco cansativo, mas como seu roteiro tá apertadinho, você vai tirar de letra!

      Sobre os estacionamentos:

      Taormina – No centro de Taormina é proibido o trânsito de veículos, por isso a cidade dispõe de dois grandes estacionamentos pagos, daqueles tipo garagem: O Lumbi e o Porta Catania. Veja com seu hotel qual dos dois é o mais próximo.
      Siracusa – A mesma coisa, em Siracusa é possível deixar o carro em estacionamentos fechados pagos. Tem o Talete, que custa 10 euros por dia, é o mais próximo de Ortigia.
      Agrigento – Dá para estacionar na rua, nas faixas azuis, deixando o bilhetinho à vista no painel do carro. Também te digo de consultar seu hotel para saber qual o lugar mais próximo para estacionar, normalmente eles respondem indicando o passo a passo.
      SAN Vito Lo Capo – Tem estacionamentos fechados também.
      Erice – Não é permitido entrar no centro de Erice, por isso logo quando você chegar à cidade vai ver o grande estacionamento pago. Não é fechado, mas é tranquilo.
      Palermo – A maior parte dos hotéis é convencionada com algum estacionamento nas redondezas. É complicado dizer onde estacionar sem saber qual é o seu hotel.

      Sobre Palermo:

      Palermo é o meu grande amor aqui na Sicília, amor esse que eu divido um pouco com Siracusa rsrs. Mas não é uma cidade fácil, não é uma cidade para selfies. Infelizmente muita gente não tá nem aí pra história, arte e cultura. Querem aparecer! Tirar um selfie tomando um spritz, boiando numa praia de águas transparentes… Para essas pessoas Palermo jamais será interessante! Por outro lado, felizmente para cada pessoa que acha Palermo uma cidade sem interesse, tem outras 10 que a adoram!

      Um abraço,

      Patricia

  4. Patrícia, seu blog é um tesouro! Vou passar 6 meses na Itália neste segundo semestre de 2017 por conta de estudos. Como chego em agosto e é período de férias, resolvi passar 20 dias na Sicília antes de me estabilizar. Gostaria de pegar um air bnb em um local que tivesse uma praia bonita e sem muita muvuca. Como estaremos com toda a mudança nas malas, não gostaria de ter que me deslocar muito de um air bnb para outro, por isso pensei em me hospedar no máximo em 2 cidades. Quais locais você aconselha? Grande abraço e parabéns pelo Blog!

    • Olá Viviane,

      Que bom que você gosta do blog!

      Bem, você citou duas coisas que não dá para associar: “agosto” e “sem muita muvuca”. Agosto é o mês da mucuva na Sicília!! rsrs
      É que é o mês de férias dos italianos, então você pode imaginar como seja difícil encontrar praias vazias nesse período. Poderia dar algumas dicas de lugares com praia, mas ao mesmo tempo perto de atrações interessantes, mas precisaria saber se você estará de carro. Se você não estiver de carro, seria melhor procurar hospedagem nas cidades maiores, onde há transporte público.
      Ah, quanto mais você deixar para o fim de agosto melhor. O pico da lotação acontece entre os dias 1 e 20/08.

      Um abraço,

      Patricia

  5. Ola Patricia!
    Eu de novo!
    É que não fico sem as tuas preciosas dicas…rsrs
    Preparei toda minha viagem para este julho/17, com sua ajuda. Obrigada.
    Alguns detalhes ainda faltam.
    Me falaram que o calor aí em julho, chega a desidratar. Isso é verdade?
    Com relação à estacionamentos, a maioria dos hotéis/BEB que reservei só tem estacionamento público. Caso eu não ache vaga, existem estacionamentos pagos nestas cidades históricas?
    Também gosto de me locomover com o aplicativo Waze, aí existe a possibilidade de se comprar um chip para uso de internet ilimitada, como tem nos USA?
    No aguarda.
    Obrigada de novo!

    • Olá Sandra,

      Sim, o calor é muito forte, alguns anos mais, outros menos (ano passado, por exemplo, não foi assim tão quente). Eu sempre aconselho a evitar ir aos sítios arqueológicos nas horas piores, de meio dia a 16h, tanto que nesse período muitos lugares ficam abertos até tarde da noite, justamente por causa do calor.

      Eu não sei quais cidades você irá visitar, nem em todas tem estacionamentos daqueles tipo garagem, mas em quase todas o que se chama de estacionamento na rua, público, é pago (faixas azuis, onde tem que por o bilhete). Em Taormina, Catania, Siracusa e Palermo tem estacionamentos fechados pagos.

      Eu desconheço opções de planos telefônicos com internet ilimitada aqui, mas você pode comprar um chip de uma operadora italiana (Tim, Wind, Tre) com só a opção de internet e um bom pacote de dados.

      Um abraço,

      Patricia

  6. Olá Patrícia

    fomos numa agencia ver um pacote e eles estão com pacote para Sicilia, Palermo, etc de 01 a 11 de novembro de 2016.
    entrei na net para verificar os lugares…. UAU…. estou fascinada e vamos fechar o pacote.conhecemos alguns lugres da Italia, meu marido adora a Itália…

    na época que devemos ir novembro, qual tipo de roupa levar na bagagem ???

    Somos do interior de São Paulo, Lorena… adorei seus post!!!

    • Olá Sandra!

      Que bom que vão fechar o pacote. Tenho certeza que vocês vão adorar a Sicília!
      Eu escrevi um texto específico sobre o outono na Sicília e lá dou dicas do que trazer na mala : http://descobrindoasicilia.com/2014/09/outono-na-sicilia-temperaturas-e-o-que-trazer-na-mala/

      Você vai ver que tá escrito que a média máxima fica por volta dos 18º, mas gostaria de dizer que aquela é uma temperatura bem relativa, porque ano passado, por exemplo, ficava sempre na casa dos 20. Então, uns dias antes de iniciar a preparar a sua mala, me escreva de novo perguntando como andam as coisas por aqui! 🙂

      Um abraço,

      Patricia

  7. Olá Patricia, estou em Palermo e muito decepcionada com a sujeira e abandono da cidade. Estou num B&b perto da Estação e quase não vi opções de restaurante, tem algum pra me sugerir? Grata.

    • Oi Vansleig, infelizmente Palermo é assim, principalmente essa zona perto da estação.
      Eu só conheço alguns restaurantes na região da praça Politeama e do Teatro Massimo, um pouquinho distantes daí.
      Mas perguntei a um amigo que conhece Palermo melhor do que eu e me sugeriu a Trattoria Trapani, que é típica e fica pertinho da estação.

      Um abraço,

      Patricia

  8. Oi Patricia!! Adorei as dicas.. Super bacana.. Essa é minha primeira visita, fiz questão de deixar um comentário pra dizer que gostei muito do seu blog e que vou voltar mais vezes, com certeza! E quem sabe a gente não conta com uma contribuição sua para o nosso blog qualquer dia desses? Beijo :*

    Juh – http://quasegringa.blogspot.com.br

  9. Olá!
    Pelo jeito vou fazer muitos passeios sózinho.
    Entre a praia e caminhadas ao sol por pontos turísticos adivinha o que minhas mulheres vão escolher?

    Luiz

    • Oi Luiz,
      Tranquilo, vai dar para fazer as duas coisas! No verão, os dias são longos e por isso é perfeitamente possível passar umas horinhas na praia e depois ir visitar as belíssimas cidades da Sicília!

Comente!