Logo

10 motivos para incluir a Sicília na sua viagem à Itália

Por

Compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someonePrint this page

O povo siciliano é muito orgulhoso da própria terra e, para a maioria, aqui é o melhor lugar do mundo para se viver. É um orgulho tão visceral que, antes de serem italianos, se consideram sicilianos e mesmo aqueles que emigraram há muitas décadas ainda carregam consigo o profundo amor pela própria terra.

Se você perguntar a um siciliano por qual motivo alguém deveria fazer uma viagem pela Sicília, certamente vai ouvir que esta é uma terra maravilhosa, que não há lugar igual no mundo e que tudo aqui é melhor do que no resto da Itália. Eu, que vejo a Sicília com os olhos de uma estrangeira, não a considero o melhor lugar do mundo, mas posso enumerar vários motivos pelos quais você deveria incluí-la na sua viagem à Itália.

1) A HISTÓRIA

Por aqui passaram gregos, romanos, fenícios, bárbaros, bizantinos, árabes, normandos, espanhóis. Ufa! A Sicília passou pela mão de inúmeros colonizadores que deixaram um legado que perdura até hoje em todas as cidades da ilha. Siracusa foi capital da Magna Grécia e a Sicília possui mais templos do que a própria Grécia! Mesmo quem não tá nem aí para a história não tem como não ficar maravilhado diante da imponência do Vale dos Templos de Agrigento ou de Segesta e Selinunte.

 

2) O MAR

img_0172

Ok, história não é a sua praia e você prefere curtir mais as belezas naturais de um lugar. A Sicília é banhada por três mares — Tirreno, Mediterrâneo e Jônico — possui quase 1500km de praias, muitas das quais paradisíacas, com um mar calmo e cristalino. A Spiaggia dei Conigli, em Lampedusa, é considerada umas das praias mais bonitas do mundo, assim como Favignana, San Vito Lo Capo, sem esquecer do mar de Taormina, imortalizado no filme Imensidão Azul.

Clique AQUI para ler todos os posts que já escrevi sobre as praias da Sicília!

3) O CALOR HUMANO

01_capa-sbarco-sicilia_672-458_resize

O povo siciliano é muito acolhedor e nisto se parece bastante com o brasileiro. Mesmo que não falem a sua língua, tentam de um jeito ou de outro lhe entender. Mesmo que o conheça há somente cinco minutos, já o convidam para um almoço com a família. Se você pede informações sobre como chegar em um lugar, muitas vezes o acompanham pessoalmente. E para puxar conversa então, é no ponto de ônibus, na fila do banco, na sala de espera do médico. Os sicilianos adoram falar da própria vida e fazer perguntas sobre a sua!

4) A COMIDA

Foto: Paola Sersante (WikiCommons)

Tem quem diga que a cozinha siciliana é a melhor da Itália, já fizeram pesquisas, divulgaram rankings, etc. Mas como eu considero comida uma questão de gosto pessoal, e o que é gostoso para mim pode não ser para você, digo somente que a cozinha siciliana é incrivelmente simples e variada, onde se dá valor aos produtos genuínos e de alta qualidade. A culinária siciliana também retrata em seus pratos a influência dos povos que por aqui passaram e os costumes de um período difícil, quando se usava ingredientes locais e não se desperdiçava nada.

Aproveite e leia sobre a gastronomia da Sicília!

5) O CLIMA

Uma amendoeira florida no Vale dos Templos de Agrigento... e em pleno inverno!

Uma amendoeira florida no Vale dos Templos de Agrigento… e em pleno inverno!

Vou contar uma história: No inverno de 1863, um jovem pintor prussiano chamado Otto Geleng passou por Taormina. Ali encontrou uma paisagem digna de um quadro, com o Etna coberto de neve, céu azul e uma amendoeira florida. Alguns meses depois os quadros do pintor foram expostos em Paris, mas os críticos, apesar de elogiarem o talento do artista, não acreditavam que as telas retratassem uma paisagem real, pois não era possível encontrar neve, mar, uma amendoeira florida, tudo no mesmo lugar. Foi aí que Otto Geleng lhes lançou um desafio e disse: “Venham à Sicília no próximo inverno e se não encontrarem isto que retratei em meus quadros, pagarei as despesas da viagem”. A Sicília possui inverno ameno e dias de primavera/outono com cara de verão!

 

6) A DIVERSIDADE DE ATRAÇÕES

00038

Já falei do mar, mas as paisagens da Sicília vão muito mais além de suas praias. Em uma distância de poucos quilômetros passa-se da paisagem urbana à rural, nos deparamos com um vulcão, lava petrificada, cenários de montanha e logo mais adiante o mar. Sítios arqueológicos, grandes cidades, burgos, vilarejos, cidadezinhas que são verdadeiras jóias da arquitetura. Aqui tem de tudo!

7) OS PATRIMÔNIOS DA HUMANIDADE

piazzaarmerina5

A Itália possui atualmente 51 Patrimônios Mundiais da Humanidade, sendo que 7 deles estão localizados na Sicília. A bagagem monumental, artística, natural e cultural da Sicília é imensa e um pequeno exemplo disso são os bens imateriais que a Unesco inseriu em sua lista. São Patrimônios da Humanidade o Vale dos Templos de Agrigento, a Villa Romana del Casale em Piazza Armerina, o arquipélago das Ilhas Eólias, as cidades barrocas do Val di Noto, Siracusa e a Necrópole Rupestre de Pantallica, o vulcão Etna e o mais recente deles, o itinerário Árabe-Normando de Palermo.

 

8) O RITMO DE VIDA

 


A vida na Sicília não é fácil, mas por aqui as coisas possuem um ritmo mas lento, suave. As cafeterias e bares vivem cheios de gente que não tem pressa para chegar no trabalho (ou que não possuem trabalho algum para ir), nas cidades pequenas e bairro populares as pessoas ainda sentam na porta de casa para jogar conversa fora. É provável que os ônibus e trens atrasem. As pessoas almoçam às 13h30, 14h e jantam depois das 21h. A escritora americana Francine Prose escreveu em seu livro “Odissea Siciliana” o seguinte (tradução livre minha): “É fácil ser feliz na Sicília, mas é uma operação que requer, além da adaptação cultural, uma adaptação biológica: é preciso aprender a viver o tempo do jeito siciliano“.

 

9) OS CONTRASTES

20140221_122515

As contradições da Sicília encantam a uns e assustam outros. Palermo e Catânia com seus trânsitos infernais, seus edifícios decadentes e mercados caóticos parecem outro mundo quando comparados com o glamour de Taormina ou com beleza bucólica de Castellamare del Golfo. Eu acredito que são esses contrastes que engrandecem a alma da Sicília e vir aqui só para visitar uma cidadezinha construída “para turista ver” não é visitar a Sicília.

 

10) OS MITOS E ESTEREÓTIPOS, OU MELHOR, A QUEBRA DELES

Não sei se há lugar no mundo mais estereotipado do que a Sicília. Aqui não há mafiosos circulando com uma espingarda nas mãos. A máfia ainda existe, mas os interesses são bem outros. As grandes cidades são bem menos violentas do que Roma e Milão e eu tenho o prazer de dormir sem medo. O Etna quando entra em erupção (frequentemente) não sai por aí destruindo tudo que vê pela frente e nem é ele que superaquece o verão da Sicília. Mas você só vai descobrir que tudo não passava de mitos quando vier aqui ver com seus próprios olhos.

Planeje sua viagem

 

Reserve já seu hotel na Sicília!*

* Se você acessa o site do Booking através da caixa acima e faz uma reserva, além de ter utilizado um dos sites mais confiáveis do mundo, ainda ajuda o blog com uma pequena comissão. E o mais importante: nenhum encargo é repassado para você!

 

Curta o blog no Facebook!

Assine nossa newsletter mensal e receba dicas da Sicília no seu e-mail!

163 Comentários

  1. Boa tarde Patricia
    Gostaria de saber sobre a região famosa pelos banhos de argila, se e uma região de fácil acesso e se a região da Sicília hoje tem acesso para pessoas que queiram se mudar em definitivo pra la é quais seriam as formas para a entrada em definitivo no estado.
    Obrigado

    • Olá Lucio,

      Há vários lugares da Sicília onde se faz banho de argila: Pantelleria, a ilha de Vulcano, Scala dei Turchi… não sei a qual destes vocês se refere.

      Para viver na Itália você precisa de um visto ou da cidadania europeia. Não há nenhum incentivo para quem queira se mudar para cá, inclusive porque as condições econômicas da Sicília não são boas e a taxa de desemprego é bem alta.

      Se você não tiver a cidadania de nenhum país da Europa, para obter o visto definitivo precisará demonstrar que tem condições financeiras adequadas para viver na Itália e fontes de renda provenientes de trabalho não-subordinado. A minha sugestão é que você consulte o Consulado da Itália do seu estado e verifique se você atende a esses requisitos. Veja outras informações aqui: http://www.conssanpaolo.esteri.it/consolato_sanpaolo/pt/i_servizi/per_i_cittadini/per-chi-si-reca-in-italia.html

      Um abraço,

      Patricia

  2. Boa noite Patricia,
    Iremos fazer um cruzeiro em março de 2018 e as cidades onde o navio ira atracar será na região da sicilia, Palermo malta genôva e etc, da para aproveitar alguma coisa nesse período e muito frio rsrs você indica alguma coisa?
    Muito obrigada pelas dicas a cima seu blog esta de parabéns

    • Olá Livia,

      A cidade onde seu cruzeiro irá atracar aqui na Sicília será somente Palermo. Malta é outro país e Genova fica no norte da Itália. Eu posso te dar dicas somente em relação a Palermo. Normalmente os cruzeiros permanecem cerca de 7/8h na cidade e, portanto, dá para conhecer o básico neste período. Se você quiser aproveitar o máximo possível, te sugiro contratar um guia para fazer um passeio particular em português ou então um tour de carro. Se quiser, posso enviar um orçamento para você.

      Um abraço,

      Patricia

  3. Boa noite neguinha!!!
    Recebi hj a noticia que irei comemorar 35 de casamento na Itália, pq meu marido sabe que é meu sonho.
    E na minha imaginação,o melhor lugar será Sicília.
    Gostaria muito que vc, se possível, pudesse me ajudar, eu preciso passar naquela estrada do clip do Eros Ramazzotti com Tina Turner.Pode me dizer onde fica?
    Obrigada!!
    Parabéns pelo blog!!!

    • Oi neguinha!

      Fui procurar o clip do Eros Ramazzotti para entender de qual estrada você estava falando. Percebi logo que não era aqui na Sicília, daí fui pesquisar e descobri que ele foi gravado na Costa Azul, na França!!

      Aqui na Sicília tem umas estradinhas parecidas, mas bem menos espetaculares. Por exemplo, um lugar semelhante é Taormina.

      Um abraço,

      Patricia

  4. Ola Patricia, primeiramente parabens pelo Blog! è muito organizado e rico de informações. Eu e minha esposa programamos de vijar para Italia em Agosto. Teremos 18 dias corridos e pensamos em fazer Roma e Toscana (10 dias) e depois pegar um voo para Palermo e descobrir Sicilia em 8 dias. Voce acredita que dê pra aproveitar neste espaço de tempo? Nossa proposta era explorar bem as praias e toda a parte histórica, mas estamos achando pouco tempo. Estamos quase descartando Roma (3 dias) e alocando para a scicilia para completarmos 11 dias. Se puder nos dar uma luz agradeceriamos muito. Abs! Bruno.

    • Oi Bruno,

      Em 8 dias dá para ver só o básico da Sicília, as principais atrações como neste roteiro aqui: http://descobrindoasicilia.com/2015/03/dica-de-roteiro-8-dias-na-sicilia/
      Mas para explorar as praias, você precisaria de bem mais tempo! Você pode tentar encaixar no seu roteiro alguns passeios de barco. Uma vez em Palermo, você pode fazer um passeio a Cefalù. Em Taormina também dá para aproveitar a praia em um dia. Enfim, para ver praia e parte histórica, você precisará sacrificar algumas coisas.
      Vai estudando os lugares que você quer conhecer e a partir daí você define se ficar ou não mais tempo na Sicília.

      Um abraço,

      Patricia

  5. boa noite Patricia,

    Acabei de entrar no computador para comecar uma pesquisa de viagem e encontrei seu site. Vou aproveitar e pedir-lhe uma orientacao pois tenho pouca experiencia com viajens.
    Em junho terei com meu marido 15 a 18 dias de ferias. Vamos encontrar com amigos na Grecia. Mas gostaria de passar alguns dias, tipo uns 7 a 10 na Sicilia. o que recomenda
    Obrigada

    • Olá Maria Fernanda,

      Entre as cidades que eu considero imperdíveis, estão Siracusa, Taormina e Palermo, mas obviamente tudo depende do seu interesse pessoal e do que exatamente você gostaria de conhecer. Dá uma olhada nesta dica de roteiro, que inclui as principais atrações da Sicília, talvez possa ser útil para você! http://descobrindoasicilia.com/2015/03/dica-de-roteiro-8-dias-na-sicilia/
      Há voos diretos de algumas cidades da Grécia para Palermo, então você poderia iniciar seu roteiro lá!

      Um abraço,

      Patricia

  6. Bom dia, Patrícia. Adorei suas dicas Iremos à Sicilia, eu e meu marido, agora no inicio de março. Estamos planejando ir de Roma para Palermo, e ficar lá por 4 dias. Depois irmos para Catânia, ficar por 3 dias e fazer um bate-volta para Siracusa e Taormina neste espaço de tempo. O que você sugere?

    • Olá Iêda!

      Muito boa a divisão dos dias. Há muitas coisas para ver em Palermo, 4 dias é um bom tempo para conhecer a cidade. Se desejar, pode contratar os serviços de uma guia de turismo que fala português, eu recomendo muito! Veja aqui> Descobrindo Palermo com uma guia que fala português.

      Um abraço!

      Patricia

  7. Oi Patricia estou querendo ir para a regiao da Cicilia inicio de junho,dia 03/06/17 e queria fazer um tour por toda regiao , ficarei 15 a 18 dias, o que voce me recomenda? Pode me ajudar? Ainda nem comprei as passagens , poderia comprar de Sp ppara onde e marcar a volta de onde, obrigado
    Francisco

    • Olá Francisco,

      Se você está vindo para a Itália só para conhecer a Sicília, pode marcar sua passagem de SP para Palermo (vai ter conexão em Roma) e a volta a partir de Catania (ou vice-versa). Deste modo, você pode dar a volta na ilha! Em 15/18 dias dá para fazer isso. Te aconselho a dar uma olhadinha neste roteiro: Roteiro de carro na Sicília: dando a volta na ilha em 13 dias. Esse ficou um pouco apertado, mas você pode adaptá-lo de acordo com seus gostos.

      Qualquer dúvida é só perguntar.

      Um abraço,

      Patricia

  8. Oii adorei tudo que li!
    vou a sicilia em julho desse ano e ficarei 5 dias na região, onde é melhor hospedar? taormina ou catania? gostaria de conhecer palermo tambem, acha viavel? pode me informar alguma empresa que faça tours pela região, alugar carro seria legal, mas vamos num grupo de 7 pessoas; depois seguirei para a ilha de malta, posso ir de navio ne?
    obrigadaaaa

    • Oi Debora,

      Taormina e Catania são duas cidades diferentes, para quem tem exigências diferentes. Explico: Taormina é muito mais bonita, mas também muito mais cara. Catania é uma cidade grande, hotéis com preços mais baixos, porém é um pouco caótica.

      Quanto aos tours, você pode ver várias opções de passeios aqui: https://www.partner.viator.com/pt/16191/Sicily/d205-ttd?activities=all

      Se tiver procurando algo específico, me informe que eu posso te indicar algo, inclusive transfers particulares e tours com motorista.

      Um abraço,

      Patricia

  9. Patricia, muito obrigada pelo retorno.
    Estou “destrinchando” todas as tuas matérias, logo terei mais dúvidas.
    Mas uma coisa já decidi, vou passar uma noite em Erice. Se Deus quiser!
    Abraçao

  10. Oi Patrícia!
    Maravilhosas dicas aqui, super útil e uma mão na roda para que esta tão longe do velho continente.
    Somos um casal na faixa dos 50, o marido formado em história, estou fazendo um curso de italiano, estamos pensando um viajar para a Sicilia em julho/17.
    Gostaríamos de ficar alguns dias numa destas cidadezinhas bem históricas, pequeninas, população mínima, numa casa de família. Você tem sugestões,? Conhece alguém para nós indicar? Depois vamos querer ver um pouco de tudo, mas queríamos ter esta experiência. Muito grata.

    • Olá Sandra,

      Obrigada por todos os elogios. Como respondi na mensagem anterior, eu nàao conheço especificamente nenhuma familia que receba turistas em casa, mas uma dica que posso dar é, se não gostar do calor, o ideal é procurar uma cidadezinha em uma região montanhosa ou nas encostas do Etna, porque e, julho as temperaturas são altas! Vale lembrar também que a Sicília é muito grande, portanto, dependendo do roteiro que vocês irão fazer, pode ser necessário dormir também em outros lugares.

      Qualquer dúvida que tiver é só perguntar, eu respondo com prazer.

      Um abraço,

      Patricia

  11. muito bom seu texto sobre a Sicilia!
    acrescentaria duas cidades lindas, fofas, históricas, super antigas….
    Bronte – capital mundial do pistache
    e Maletto, la citta delle fragolle
    uma fica ao lado da outra, e ambas aos pés do Étna, cerca de 40 minutos de carro, saindo de Taormina.
    São cidades pequenas, com uma população super simpática, daqueles que param o que estão fazendo para te ajudar e orientar.
    Quer conhecer o que é um siciliano? Vá nessas duas cidadezinhas lindas!

    • Oi Bruna,

      Já escrevi sobre Bronte aqui no blog, você viu?
      Realmente para conhecer a Sicília verdadeira, nada melhor que essas cidadezinhas pequenas.

      Um abraço,

      Patricia

  12. Oi Patricia, gostaria de parabenizá-la e agradecer por toda disposição e boa vontade de ajudar viajantes de “primeira viagem” e nos orientar, suas informações são muito valiosas. 🙂
    Meu avô paterno, refugiado da guerra veio com minha bisavó, camponesa de Limina – Messina.
    Pelo google street parece um fim de mundo, rústico, suburbano, bucólico… Um passeio não tão rotineiro… Mas eu preciso pisar na terra onde o velho nasceu rs.
    Terei 15 dias de férias e gostaria de dividir entre mimha origem Italo-lusitana em 15 dias.
    Meu segundo destino é Portugal, Porto – Matosinho, onde minha avó por parte de mãe nasceu….

    Por gentileza. Você pode me dizer, se é viável viajar dois países com destinos em cidades de interior?
    A pergunta principal é, saindo de São Paulo, qual o melhor roteiro?
    Não tenho problema em alugar carros.

    Obrigado!

    • Olá Nunzio,

      Nem eu conhecia Limina, aí fui pesquisar e descobri que é um povoado de 916 habitantes :), totalmente ocultado pelas grandes localidades turísticas daquela região, Taormina, Letojanni. Realmente para chegar lá você precisará estar de carro, seja alugando um ou contratando um transfer particular.

      O que posso te dizer sobre o tempo de estadia, é que você dedique pelo menos metade do tempo disponível para ficar na Sicília, ou seja, 1 semana. Não sei se a sua intenção é rodar um pouco pela ilha para conhecer as cidades principais ou se quer mesmo só conhecer a terra do seu avô. Saiba que a Sicília é muito grande e aqui há muita coisa para ver, por isso não vale a pena vir para ficar só 3, 4 dias.

      Meu conhecimento sobre Portugal se limita a Lisboa, então não tenho como opinar, mas algo que é garantido é que para viajar por cidades do interior você irá obrigatoriamente precisar de um carro, tanto em Portugal quanto aqui na Itália.

      Saindo de São Paulo você pode viajar para o Porto (não sei se há voos diretos, talvez seja preciso fazer conexão em Lisboa) e então terminar as férias na Sicília. Infelizmente de Portugal não há voos diretos para Catania, o aeroporto mais próximo a Limina, você terá que fazer sempre uma conexão em Roma.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  13. Oi, Patricia!

    Marquei minha viagem para Sicília , descobri seu site e não consigo parar de ler.

    Gostaria de um conselho seu, chego no dia 22/10 por Catania as 23:00h, e nos dias sequentes 23 e 24 conheço Taormina e Siracusa, dia 25 parto para Palermo, passando o dia em Agrigento e terminando em Palerno mesmo, onde fico até dia 27.
    Onde você me aconselha fazer base na minha chegada? Em Catania ou Siracusa? Gostaria de ficar em Taormina, mas visto meu horário de chegada, acho perigoso pegar a estrada para Taormina tão tarde.
    Estarei com carro.

    Te adgradeço desde já, super obrigado!

    Tiago

    • Oi Tiago!

      Se você acha perigoso pegar a estrada à noite para ir a Taormina, então não teria o menor sentido você ir para Siracusa! Siracusa dista 65km de Catania, enquanto Taormina pouco mais de 50km. De qualquer maneira, ir de Catania a qualquer uma dessas cidades, não é perigoso. As rodovias são tranquilas, todas com duas pistas, mas se você vai chegar cansado e prefere não dirigir, melhor então procurar um hotel em Catania. Outra vantagem ainda de ficar em Catania é que ela exatamente no meio do caminho entre Siracusa e Taormina e você economizaria um pouco de tempo (que você já tem pouco!), não tendo que trocar de hotel.

      Espero ter ajudado e, se tiver mais dúvidas, é só perguntar!

      Um abraço,

      Patricia

  14. Articolo meraviglioso. Grazie mille per aver reso giustizia alla mia terra. I siciliani sono i brasiliani d’Europa!
    Con affetto
    una siciliana innamorata del brasile!

    • Ciao Sabrina!

      Ormai considero la Sicilia casa mia e nutro un grande amore per questa terra. Sono contenta che il mio articolo ti sia piaciuto!

      Patricia – Una brasiliana innamorata della Sicilia 🙂

  15. Patricia, muito obrigada! Suas dicas foram preciosas!

  16. Olá Patricia, parabéns pelo site! Estou planejando uma viagem a Sicília de 18 de setembro a 2 de outubro. Como é o clima nesta época? Pensei em chegar por Palermo e sair por Catania, por exemplo, o que acha, passando pelas principais cidades como Siracusa, Cefalu e Taormina? Qual a melhor maneira de se locomover pela ilha, é preciso alugar um carro? Vou eu e meu marido. Muito obrigada! Um grande abraço

    • Olá Deborah

      Esse período da segunda metade de setembro é ótimo para visitar a Sicília. Você certamente encontrará temperaturas quase de verão (entre 25 e 30ºC durante o dia).
      Esse roteiro chegando por um aeroporto e voltando por outro é o ideal, porque otimiza tempo. Em duas semanas você consegue aproveitar e conhecer bem as localidades que mencionou, e ainda dá para encaixar outros lugares (outras praias, uma visita ao Etna, Noto, etc).

      A melhor maneira de se locomover é mesmo de carro, mas também é possível utilizar transporte público. Vai depender exclusivamente das cidades que você for visitar. Minha sugestão é que você primeiro monte seu roteiro e depois veja se as localidades estão bem ligadas por transporte público (infelizmente há cidades onde só dá para chegar de carro).

      Um abraço,

      Patricia

  17. Olá Patrícia

    Gostaria de visitar Sicília no Mês de Agosto. Aconselha ? E que itenerário aconselha fazer para poder ver os pontos mais bonitos / interessante em 7 dias.

    Grata pela atenção e disponibilidade.

    • Olá Marta!

      Como você deve imaginar, Agosto é altíssima estação na Sicília. Eu geralmente não desaconselho nenhum mês, pois tudo é questão de gosto, mas eu não aconselharia vir em Agosto se você for um tipo de pessoa que não gosta de lugares lotados e de calor (Taormina fica muito cheia!). Há também a desvantagem dos preços mais altos. Se isso não for um problema para você, então não terá nenhum problema em vir em Agosto.
      Dá só uma olhada neste roteiro, são 8 dias mas vocês pode adaptá-lo para 7. Ele inclui as principais atrações da ilha (as metas clássicas): http://descobrindoasicilia.com/2015/03/dica-de-roteiro-8-dias-na-sicilia/

      Um abraço,

      Patricia

  18. Olá Patrícia : Você tem toda razão, para amar a Sicília.. Fomos dia 27 de fevereiro, para Palermo, (que já tínhamos ido ano passado de cruzeiro pelo Mediterrâneo), ficamos mais dois dias. Depois pela nossa idade pegamos um tour com uma empresa de Palermo mesmo ( já tínhamos comprado aqui do Brasil, ambas excelentes, deu tudo certo, guias maravilhosos, inclusive os locais)A história da Sicília é incrível, arenas, templos,teatros , mosaicos, igrejas, cidades, estradas, plantações, comidas, povo , hotéis, etc…. Quero te agradecer por todas dicas e gentileza. Tua cidade é linda – Catania. Subimos o etna até 1600m ai começou a nevar muito forte, foi lindo, tivemos que voltar. Obrigada

  19. Ola Patricia.
    Fechamos com a Sicilia, graças ao seu explendido site.
    21/05 São Paulo/Roma-22/05 Roma Palermo.
    Ficaremos em Palermo até 27/05.
    1) Existe transporte publico, do Aeroporto de Palermo até o Centro da cidade?
    Pretendemos fazer Monreale e Agrijento de Palermo. Podemos fazer através do transporte
    publico, e no mesmo dia?
    Ficaremos de 27 a 29/05 em Siracusa.(Voce já me orientou em ir de onibus, obridado)
    De 29 a 31/05 em Taormina, vamos de trem(É o adequado?)
    De 31 a 02/06 na Catania. Voce acha adequado ir de trem?
    da Catania vamos para Regio Calabria. Tem Ferry Boat direto?
    Agradeço-lhe antecipadamente.

    d

    • Olá Affonso, que boa notícia! Parabéns pelo planejamento meticuloso.

      Respondendo às suas perguntas.

      1) Sim, existe transporte público do aeroporto de Palermo ao centro. Há um serviço de ônibus da empresa Prestia & Comandè ligando o aeroporto Punta Raisi ao centro da cidade. Você pode comprar a passagem, que custa € 6,30, no próprio ônibus ou na bilheteria localizada no aeroporto. No site da empresa (clique aqui) você poderá ver todos os horários e quais são as paradas, daí verifique qual fica mais perto do seu hotel.

      2) Não dá para fazer Agrigento e Monreale com transporte público no mesmo dia não. Para ir a Agrigento você terá que sair cedinho de Palermo, pois considere que a viagem irá durar mais de 2h. Digamos que você chegasse a Monreale às 9h (considere também os horários de abertura da Catedral), + tempo de visita + tempo de retorno à estação de Palermo, acho que passariam quase 3h. Se você conseguisse pegar o trem ou o ônibus para Agrigento ao meio dia, chegaria lá no meio da tarde, teria pouquíssimo tempo para visitar o Vale dos Templos. Então, meu conselho: tente dedicar uma outra manhã à visita a Monreale.

      3) De Siracusa a Taormina não há ônibus direto. Então o melhor mesmo é ir de trem. Da estação de Taormina saem ônibus circulares que levam até o centro da cidade.

      4) Você pode ir de Taormina a Catania tanto de ônibus quanto de trem, é indiferente. A vantagem do ônibus é que ele sai do centro de Taormina, aí você não teria que se deslocar até a estação. Mas repito, é indiferente, no dia você decide qual o melhor.

      5) Não tem ferry de Catania para Reggio Calabria, pois eles saem de Messina. Você teria que ir de trem de Catania a Messina e então atravessar de ferry. São apenas 30 minutos de travessia de Messina a Reggio com a companhia Ustica Lines.

      Um abraço,

      Patricia

  20. “A vida é feita de pequenos nadas”

    Assim é que é 😀

  21. Olá. Qual norte, sul é que é. Para mim simplicidade não é pobreza. Que terra fantástica. Eu vou ter oportunidade de passar lá uma semana em junho deste ano e quero aproveitar ao máximo. Não sou rico para passar em hotéis por isso vou optar por hostels ou coisa parecida. Porém acho essencial alugar um carro para me poder deslocar mais facilmente. Vou chegar a Palermo. Como não queria perder muito tempo em viagens de carro vou limitar as viajens e retirar locais mais longinquos tais como siracusa entre outros. Se voce tiver alguma dica que voce ache valeu. Eu estou lendo e retirando ideias dessa terra maravilhosa.

    “O mundo é feito de pequenos nadas”

    Sergio Godinho

    Pedro Queirós

  22. Olá Patrícia,

    Obrigada pela pronta resposta. Voce tem sugestão de hoteis para essa cidades. Voce acha viável na ida de Palermo para Trapani conhecer Castellmare del Golfo e Scopello? O Vale dos Templos dá pra conhecer em uma tarde? Obrigada. Bjs,

    Maria Esther

  23. Olá Patrícia!

    Estou encantada com o seu blog e mais ainda com a sua disponibilidade de atender a todos. Estou com viagem marcada para Itália em junho e pretendo ficar na Sicília de 15 a 27 de junho (28 embarcaria para Roma e 30 voltaria ao Brasil) . Tenho tido muita dificuldade de fazer o roteiro pois cada vez que leio seu blog quero conhecer mais lugares. Eu gosto muito de cidades pequenas interessantes, praias bonitas e alguns lugares históricos. Pretendo alugar um carro e chegar por Palermo e sair por Catania. Tinha vontade de conhecer Lampedusa mas estou tendo muita dificuldade de encaixar no roteiro. Tenho dúvidas se é melhor escolher cidades base para fazer bate e volta ou ir viajando e hospedando em vários locais. A princípio meu roteiro é o seguinte:

    14/06- Sai de Salvador às 17;25 e chega em Lisboa às 5:35

    15/06 – Sai de Lisboa às 6:50 e chega em Roma às 10:40 . Sai de Roma 15:55 e Chega em Palermo 16:10 . Hospedagem e depois dar uma volta para conhecer a cidade

    16/06 – Viagem de Palermo com destino a Cefalu (77,5 km)

    17/06 – Cefalu

    18/06- Viagem de Cefalu a Trapani – no caminho passar em Castellamaredel golfo (143 km) , Scopello (10 km) – total 188 km

    19/06 – Trapani – San Vito lo Capo – 36,9 km

    20/06 – Trapani – ilhas Egadi (Favignana)

    21/06 – Viagem de Trapani a Agrigento ( 176 km)

    22/06 – viagem de Agrigento a Taormina (220km)

    23/06 – Taormina

    24/06- Taormina

    25/06 – Viagem de Taormina a Siracusa (119 km)

    26/06- Siracusa

    27/06 – Siracusa/ Catania / Roma (66,3 km)

    28/06- Roma

    29/06 – Roma

    30/06- Roma / SSa

    Por favor se voce tiver alguma sugestão que torne mais agradável minha viagem me informe. Vamos viajar em 3 pessoas. Grata,

    Maria Esther

    • Olá Maria Esther,

      Que bom que gostou de blog! Eu ajudo no que posso, pois sei que não é muito fácil encontrar informações sobre a Sicília em português.

      Bem, sei o quanto é difícil tentar encaixar tanto lugar legal em poucos dias. Seu roteiro está bom, talvez a única coisa que eu faria diferente era a etapa em Cefalù, pois ao invés de dormir lá, faria um bate e volta, já que no outro dia partirão para Trapani. Além disso, fazendo isso, vocês teriam mais algumas horas em Palermo. Na minha opinião, apesar de ser uma cidade grande e caótica, merece bem mais que uma tarde.

      Enfim, você conseguiu colocar as principais atrações da Sicília nos seus 12 dias de viagem. Apesar do fato de terem que passar bastante tempo na estrada, tenho certeza que irão aproveitar bastante!

      Se tiver mais dúvidas, pode perguntar!
      Um abraço,
      Patricia

  24. Patricia,
    obrigada, vou pesquisar mais sobre as cidades próximas de Catania.
    Graziella

  25. oi Patricia!
    estou adorando ler o seu blog…e ainda mais as dicas…e textos, obrigada, ajuda e muito a decidir ou melhor aproveitar as cidades. gostaria da sua opinião. em julho vou para europa…tres lugares, uma semana em Paris (que ainda não conheço), uma semana na Sicilia (que tb nao conheco) e um pernoite em Amsterdam (que ja conheco), nessa sequencia. Adoro a Italia…estive em algumas cidades em 2004 e sempre quis voltar, kkk
    enfim…pensei nesse roteiro…de os seus pitacos…
    cidade base Catania, conhecer alguns pontos turísticos, Taormina (bate e volta), Siracusa (bate e volta) e Agrigento (bate e volta), o que vc acha?
    bacio
    Graziella

    • Oi Graziella!

      Em uma semana dá para ver com tranquilidade as principais atrações da Sicília. Catania é uma ótima base, porém só dar para fazer bate e volta para Agrigento se você estiver de carro, porque de ônibus a viagem dura 3h30min. Na minha opinião, visto a quantidade de dias, você poderia escolher uma segunda base para poder inserir mais cidades no seu roteiro. Outra coisa, como Catania é pequena, se a sua ideia é ficar somente na parte leste da Sicília, você pode incluir um bate e volta também para outra cidade, como Ragusa por exemplo.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  26. Parabens !! Patricia pelo SITE, estou indo para a Sicilia em junho, serão 5 dias, a minha preferencia é ficar na Costa de Taormina, Catania e Siracusa…em principio 2 a 3 dias em Taormina e praias arredores, 1 dia ultimo antes de embarcar para Roma, é ficar em Catania (entregar o Carro).
    Uma pergunta, vale a pena ficar hospedado em Siracusa ou ir só passar o dia…?

    Um abraço
    João

    • Olá João, obrigada!

      Na minha opinião vale sim passar uma noite em Siracusa, principalmente se a pessoa tiver um pouco de tempo disponível para dar uma esticadinha até Noto. Mas mesmo que não dê para ir a Noto, dormindo em Siracusa você pode conhecer a cidade com mais calma. Ortigia, o centro histórico de Siracusa, é aquele tipo de lugar para se desfrutado com calma.
      Um abraço,
      Patricia

  27. Ótimo site! Parabéns!
    Estivemos lá (https://www.flickr.com/photos/ricardoviana/sets/) e recomendo.

  28. […] 10 motivos para incluir a Sicília na sua viagem a Itália – Descobrindo a Sicília […]

  29. Patricia , pretendo ficar aproximadamente uma semana na Sicília. Cinco noites em Palermo e duas em Taormina. O que você sugeriria além desses lugares? Na sua opinião quais outras cidades poderíamos pernoitar? Cinco dias em Palermo é muito? Minha viagem será por volta de 15 de maio.
    Um abraço,
    Erica

    • Oi Erica!

      Em uma semana você consegue ver bem mais coisas do que somente Palermo e Taormina. 5 dias em Palermo não são muitos, mas tudo depende mesmo do que você vai querer fazer por lá. Na minha opinião, você poderia aproveitar dois ou três desses cinco dias para fazer um bate e volta às cidades vizinhas, como Cefalù e Erice/Trapani. Se tiver interesse, pode fazer um passeio mais longo, indo ao Vale dos Templos de Agrigento.
      Dá uma olhadinha nas ideias de roteiros que tenho aqui no blog, quem sabe te inspiram a organizar o seu! http://descobrindoasicilia.com/tag/roteiros-pela-sicilia/

      Um abraço,

      Patricia

  30. Inverno ameno? Que bom! Mesmo assim gostaria de saber se existem passeios q nao se pode fazer pq estao indisponiveis/ fechados no inverno ! Grata . Ligia

  31. Belissimo post!!! Entao o inverno eh ameno????Tudo fica aberto ou tem passeios q nao se pode fazer / locais fechados no inverno? Grata. Ligia

    • Oi Ligia,

      O inverno siciliano é mais ameno comparado àquele das regiões do norte da Itália. Chega-se a ter uma diferença de 10 graus ou mais.
      Em relação à outra pergunta, sobre os passeios, infelizmente aqueles ligados ao mar e às cidades de veraneio só ficam disponíveis entre março e outubro. A mesma coisa vale para os hotéis. Em cidades litorâneas, como Taormina, alguns hotéis fecham do fim de novembro até início de março. Eu disse alguns, não todos. Alguns leitores meus viajaram para cá durante o inverno passado e puderam aproveitar numa boa.
      Um abraço,
      Patricia

  32. Ola Patricia!

    Agradeço sua atenção e sua presteza de sempre!
    Suas sugestões sao muito valiosas, vou estudar com carinho cada uma delas. Depois voltamos a conversar.

    Um grande abraço

    Alice

  33. Oi Patricia, tudo bem ?
    Preciso da sua ajuda !
    Estou morando em Malta a pouco mais de uma semana e duas amigas vem pra ca passar Natal e Ano Novo. Pegaremos o ferry dia 26 as 6 da manhã e chegando a Pozzallo o transfer para Catania. A volta será dia 30 no ferry das 19:30, portanto teremos 4 dias praticamente inteiros. Alugaremos um carro para o deslocamento ficar mais fácil. O que você acha que eu nao posso deixar de fazer nesses dias ? Nossa ideia não é visitar museus mas conhecer o máximo possível de templos e talvez igrejas.
    Que roteiro você me indicaria ?
    Obrigada desde já !
    Luciana

    • Olá Luciana!

      Vou te indicar 3 lugares básicos para você visitar nesses 4 dias, além da cidade de Catânia em si (é a cidade que vocês escolheram como base?). Primeiramente, visto que você quer ver os templos, não pode deixar de ir ao Vale dos Templos de Agrigento. Fica a cerca de 2h30 de carro de Catania, por isso reserve um dia só pra isso.
      Obviamente uma ida a Taormina é obrigatória. O outro lugar que sugiro é Siracusa. Lá não deixe de ir ao Parque Arqueológico Neapolis, além, claro de Ortigia, centro histórico da cidade.
      Um abraço,
      Patricia

      • Olá Patricia,
        Obrigada pelas informações !
        Nossa viagem iniciara na Catânia porque lá que desembarcaremos vindo de Malta. Não precisamos dormir todas as noites lá, na verdade a ideia é cada dia dormir em uma cidade diferente.
        Obrigada,
        Luciana

  34. Olá Patrícia!
    Minha primeira vez no seu blog, muito interessante!
    Estou indo com meu marido e um casal de amigos passar 10 dias na Itália,
    Escolhemos, dessa vez a Sicília e queremos incluir a Toscana para comemorarmos em um lugar muito especial (Castelo) as bodas de prata dos amigos. O que você nos sugere?
    Abraço

    • Olá Frinéa!

      Quantos dias vocês pretendem dedicar à Sicília? E qual seria o mês? Sem saber isso fica difícil dar alguma sugestão. De antemão, digo que servem no mínimo, mas mínimo mesmo, 5 dias para ver um pouquinho da Sicília.
      Um abraço,
      Patricia

      • É verdade , esqueci o principal , Patrícia. Vamos em setembro.
        Muito obrigada, de qualquer forma!
        Abraços.
        Frinea

  35. Ola Patricia, td bem?

    Ainda nao fui a Sicilia, mais tenho acompanhado seu Blog durante todo este tempo e reafirmo que e excelente, Parabéns!
    Agora no final de outubro/15, eu e meu marido pretendemos realizar nossos desejos de conhecer o Sul da Italia. Pretendemos ficar na Sicilia por aproximadamente 3 meses (final de outubro ate final de janeiro/16). Peco a sua ajuda quanto a sugestões de 2 ou 3 cidades, com um bom “custo/beneficio” para que possamos escolher uma, e montar base “fixa” durante os 3 meses que vamos ficar na Sicilia. O ideal e que a cidade seja agradável para morar, habitações econômicas na baixa temporada e que tenha bons meios de transportes publico, para que possamos conhecer bem a Sicilia e quem sabe um pouco dos arredores (Sardenha, Malta, Calabria).

    Muitíssimo obrigada, abraços!

    Alice

    • Olá Alice!

      Desculpa a demora em responder às suas perguntas, mas aqui estamos em pleno período de férias!
      Olha, você me fez uma pergunta de 1 milhão de dólares!:)
      Pensei em várias cidades, mas nenhuma se enquadra em todos critérios predefinidos por você. Aquelas com habitações mais econômicas possuem péssima infraestrutura de transporte público (maior parte das cidades pequenas da Sicília). Aquelas agradáveis para morar e com bons transportes, são caras.
      Imaginei uma cidade relativamente perto do aeroporto, visto que vocês pretendem visitar a Sardenha e Malta. Pensei logo em Siracusa, mas não é uma cidade tão barata assim, principalmente a parte mais bonita e interessante, a Ilha de Ortigia. Catânia é aquela mais bem servida por transporte público, seja ônibus que trens, tem para os principais lugares da Sicília, mas é uma cidade grande e caótica (vocês teriam que procurar um lugar mais afastado do centro e no litoral, como Aci Castello ou Aci Trezza). Pensei também em Noto, uma cidade muito agradável, tem transporte frequente para Siracusa e para o aeroporto de Catânia.
      Infelizmente para quem mora aqui, principalmente nas cidades pequenas (como é o meu caso) é difícil viver sem carro. Deslocar-se entre as cidades grandes é simples, o problema surge quando se quer visitar uma localidade do interior, uma praia mais distante ou um burgo medieval.

      Espero ter ajudado de alguma forma e se tiver mais dúvidas, pode perguntar!

      Um abraço,

      Patricia

  36. Olá, estou indo passar férias no sul em breve e vou passar uns 3 dias na Sicilia. Sei que a população lé é bem envelhecida e os jovens vao embora procurar trabalho em outros países. Depois do seu post deu vontade de arrumar um emprego lá nem que seja de ajudante de padaria! rsrs
    Não sabia que os Sicilianos eram hospitaleiros. Vida de interior e qualidade de vida né!

    Abraços!

    • Oi Pedro!

      A população das cidades do interior é certamente bem mais velha do que as das grandes cidades. O ritmo de vida na Sicília é mais lento do que no resto da Itália, mas em Palermo ou Catânia o caos é quase o mesmo!
      Que pena que você vai ficar só três dias. Não dão pra ver nada! Tenho certeza que você vai querer voltar!

      Um abraço,
      Patricia

  37. Ola Patrícia! Obrigado pelo blog, é extremamente útil!

    Eu e o meu marido vamos para Sicília no próximo dia 04 de Julho numa viagem programada para 8 noites na região de Catania com carro incluído. Ainda não tive tempo de ver diferentes possibilidades mas, tal como a maioria das pessoas, adoramos praias de areia branca e águas cristalinas. Da leitura de algumas das suas respostas, verifiquei que há a possibilidade de visitar as ilhas eólias, nomeadamente Panarea. Gostava de saber o custo destas viagens, qual a melhor e se é viável para nós, pois estaremos hospedados na Catania.

    Grata pela atenção dispensada,

    Mónica

    • Olá Mónica!

      Para ir a Panarea, vocês terão que se deslocar primeiro até Milazzo e lá pegar um barco para a ilha. Milazzo dista 130km de Catânia. A viagem de barco de Milazzo a Panarea dura pouco mais de duas horas e o bilhete de ida e volta custa em média 40 euros por pessoa. Diante disso, visto a distância e o tempo empregado nos deslocamentos, vocês teriam que pernoitar na ilha. Era essa a sua intenção ou você pretendia ir e voltar no mesmo dia? Mesmo que vocês visitassem uma outra ilha mais próxima, por exemplo, Lipari, eu ainda assim recomendaria o pernoite lá de modo a aproveitar mais o mar e as belezas do lugar. No entanto, há uma opção de passeio de um dia para as Ilhas Eólias, vocês podem fazer uma espécie de minicruzeiro, um passeio propostos por inúmeras agências (por exemplo, essa: http://www.minicrociere.tarnav.it/).

      A desvantagem do litoral de Catânia é que, onde a água é transparente, a praia é de pedras. Esse tipo de praia que você está procurando, de areia fina e águas cristalinas, só encontrará no sul e sudeste da Sicília (praias de Calamosche, Lido di Noto e San Lorenzo (Noto), Scoglitti, Marina di Ragusa (ambas próximo a Ragusa). Já a areia branca em estilo Caribe, só mesmo lá no noroeste da Sicília (San Vito Lo Capo).

      Espero ter ajudado e se tiver mais dúvidas, não hesite em perguntar.

      Um abraço,

      Patricia

  38. Oi Patricia!! Td bom!?

    Adorei seu blog!! Esta ajudando bastante!

    Vou com meu namorado pra Itália em Outubro deste ano, montei um roteiro do inicio da viagem e gostaria de sua opinião pra montar a parte da Sicília, incluindo o máximo de lugares possíveis, mas de forma que possamos aproveitar os lugares que valem mais a pena.

    Como você nos aconselharia a montar o roteiro?! A considerar que sairemos de Roma pra ir pra Sicília e iremos embora por Palermo.

    Pelos relatos que li tenho vontade de conhecer os seguintes lugares: Taormina, Siracusa, Noto, Catania, Etna, Agrigento, Trapani, Cefalu, Ragusa, Modica, Erici, Marsala, Messina… (dentre outros…rs)
    Mas não sei como devo encaixar cada lugar, e pelo tempo disponível, onde da tempo de ir e onde não da, pra selecionar os imperdíveis. O que devemos incluir ou não no roteiro?

    Por enquanto o roteiro esta assim:

    dia 10/10 – Rio de Janeiro x Milão
    dia 11/10 – Milão
    dia 12/10 – Milão x Veneza
    dia 13/10 – Veneza
    dia 14/10 – Veneza
    dia 15/10 – Veneza x Florença
    dia 16/10 – Florença
    dia 17/10 – Florença
    dia 18/10 – Florença x Roma
    dia 19/10 – Roma
    dia 20/10 – Roma
    dia 21/10 – Roma
    dia 22/10 – Roma x ?
    dia 23/10 –
    dia 24/10 –
    dia 25/10 –
    dia 26/10 –
    dia 27/10 –
    dia 28/10 –
    dia 29/10 –
    dia 30/10 –
    dia 31/10 –
    dia 01/11 – Palermo x Rio de Janeiro

    Obrigada desde já pela ajuda!!!
    Beijos
    Fernanda

    • Olá Fernanda!

      Você quer conhecer a Sicília quase toda em nove dias! É complicado, será necessário cortar alguma coisa do seu roteiro. Você chegou a ver os dois roteiros que publiquei aqui no blog? Um deles é de 8 dias e só dá para ver o básico, as localidades principais, ou seja, Palermo, Agrigento, Siracusa, Taormina e Catânia (ou Etna). Leve em consideração que você precisaria no mínimo de dois dias para ver um pouco de Palermo, 1 dia inteiro para Agrigento, 1 dia inteiro para Siracusa e Noto, um dia para o Etna, um dia para Taormina em si. Acrescentando mais coisas você acabaria não aproveitando essas localidades que mencionei. Por isso, meu conselho é que corte Trapani, Marsala, Messina, Ragusa e Modica, e passe mais tempo em Taormina e Siracusa, cidades que merecem muito mais de um dia.

      Um abraço,
      Patricia

  39. Oi, Patrícia!

    Parabéns pelo teu blog! Muito legal!

    Bacana também a ajuda que tu tens dado ao pessoal que visita a Sicília.

    Vou aproveitar a tua bondade e ver o que tu pensa de um roteiro que deverei fazer agora em Jul/15:

    02/07 – Porto Alegre / Roma / Palermo
    03/07 – Palermo – Chegada às 9:30h
    04/07 – Palermo – Visita a Cefalu
    05/07 – Palermo – Visita a Trapani
    06/07 – Palermo /Agrigento
    07/07 – Agrigento/Catania
    08/07 – Catania – Visita ETNA
    09/07 – Catania – Visita Taormina
    10/07 – Catania/Siracusa
    11/07 – Siracusa
    12/07 – Pozzallo/Malta
    13/07 – Malta
    14/07 – Malta/Roma, às 11:00 h (para aproveitar um dia em Roma)
    15/07 – Roma/Porto Alegre, às 22:00h

    Dúvida: …se aproveito mais a Sicília e excluo Malta ou deixo assim mesmo…

    O que tu achas???

    • Oi Jonir!

      Que bom que gostou do blog.
      Olha, eu poderia dizer que sim, que você teria que aproveitar mais a Sicília, mas vou ser sincera com você: seu roteiro está ótimo, pois você incluiu as principais atrações da Sicília (talvez pudesse só reservar um pouco mais de tempo para Palermo). E visto que você tem essa oportunidade de ir a Malta, por que não incluí-la na viagem? Sem dúvida é um lugar lindo e que merece ser visitado.

      Um abraço,
      Patricia

  40. Oi Patrícia
    Obrigada pelo retorno.
    O motivo pelo qual escolhemos as viagens de navio é minha mãe. Ela fica muito nervosa em aeroportos e aviões,mas ama um navio…..
    Pensando no conforto dela fizemos essa opção.Nesse período ela estaria dormindo no hotel mesmo….Então podemos jantar,olhar as lojinhas,depois ela descansa na cabine e pela manhã aproveita a cidade.
    Vou comprar as passagens com antecedência como sugeriu e continuarei pesquisando em seu site para organizar os passeios……
    Um grande abraço
    Beatriz

  41. Oi Patrícia
    Fiquei encantada com seu blog. Fico lendo sempre que tenho um tempinho livre…
    Descobri tantas coisas interessantes sobre a Sicília!
    Estou programando conhecer a Sicília em janeiro/2016. Reservamos 8 dias inteiros para o roteiro. Pretendemos sair de Nápoles no dia 09/01 por navio chegando em Palermo no dia 10.
    Na volta sairemos de Catânia para Nápoles no dia 18.
    Viajamos em família: minha mãe que já é idosa,meu irmão e eu. Por isso fazemos viagens com muita calma, preferimos bate e volta do que trocar tanto de hotéis.
    Não gostamos de alugar carros, preferimos trem ou ônibus.
    Nosso roteiro inicial ficou assim:
    10/01 chegada em Palermo
    11/01 Palermo
    12/01 bate volta Cefalú
    13/01 Ida para Catânia
    14/01 Catânia
    15/01 bate volta Taormina
    16/01 bate volta Siracusa
    17/01 A noite navio para Nápoles
    18/01 Nápoles ida para Roma.
    Gostaríamos de conhecer os dois lados da ilha.Será que você poderia dar uma opinião sobre nosso roteiro?
    Será que com esse tempo seria melhor ficar só no entorno de Palermo?
    Dia 19 temos que chegar em Roma para retornar à São Paulo no dia 20.
    Outra dúvida:
    No site do navio que sai de Catânia não consigo simular uma cabine tripla. É sempre números pares. Não consigo comprar uma cabine para quatro e viajar em três mesmo pagando por 4?
    Eu sei que é cedo para comprar, mas simulei com datas próximas é só consegui ver os preços viajando em poltronas. Se tento cabine aparece que não tenho o número suficiente de pessoas.
    É melhor comprar essas passagens com antecedência pelo site ou consigo comprar chegando na Catânia uns dias antes?
    Aguardo um retorno
    Um grande abraço
    Beatriz

    • Oi Beatriz!

      Sete dias inteiros são pouquinhos para ver os dois lados da Sicília. Acho que seu roteiro está bom assim desse jeito que você planejou, pois está incluindo as principais metas da ilha.
      Em relação ao navio, você está olhando em qual site exatamente? Tanto pela TraghettiLines quanto pela TTTLines, tem a opção de cabine tripla. Fiz uma simulação de compra e deu certo. É melhor comprar as passagens com pelo menos um mês de antecedência, senão você corre o risco de encontrar só poltronas.
      Uma pergunta: visto que vocês vão passar pouco tempo aqui na Sicília, você levou em consideração a possibilidade de vir de avião de Nápoles para cá? Ou mesmo ir diretamente de Catania para Roma, sempre de avião?

      Se tiver mais dèuvidas, pode perguntar!
      Um abraço,
      Patricia

  42. Olá. Patricia sou de São Paulo e neta de italianos. Meu avô veio da Sicilia. Achei seu blog e fiquei emocionada de ver as fotos.

    Desde pequena penso em conhecer. E agora estou organizando as condições e tempo.

    Saberia me dizer se começo de ano é uma boa época? Tereia alguma estimativa de gasto para um casal.?E qual o período indicado de permanência?

    Eu e meu marido gostamos mais de conhecer os locais do que desfrutar de hotéis de luxo.

    E última pergunta não falo quase nada de italiano. Isso é impeditivo para uma viagem por conta própria?

    Desculpe tantas perguntas.

    Atenciosamente,

    Teresa

    • Olá Teresa!

      Nossa, que maravilha saber que gostou do blog! Espero que você consiga organizar logo a sua viagem.
      Olha, sendo sincera, o início do ano não é o período melhor, mas também não é o pior. O único problema é que algumas localidades tipicamente de veraneio, como Taormina por exemplo, acabam ficando bastante vazias. Além disso, é também o período que muitos hotéis fecham para as férias. No entanto, a vida nas capitais e nas cidades maiores segue normalmente.
      Em relação ao gasto, geralmente dizem para considerar no mínimo 50 euros por pessoa, por dia (sem contar a hospedagem). E sobre o tempo de permanência, eu diria no mínimo 8 dias! A Sicília é muito grande e tem muita para coisa ver por aqui.

      Não se preocupe se não falam italiano. Os sicilianos são muito calorosos com os turistas, um pouco como nós brasileiros, e sempre dão um jeitinho de tentar entender o que estão falando.

      Pode perguntar quanto quiser, inclusive se tiver mais dúvidas!

      Um abraço,

      Patricia

  43. Olá Patricia. Parabéns pelo seu blog e pela disposição em ajudar nós viajantes. Vou para Sicília em fins de maio onde ficarei por 15 dias. Pretendo alugar um carro logo na chegada. Li com atenção todo o blog. Ele está excelente. Tirei quase todas minhas dúvidas. Só restou uma: estacionamento é muito difícil nas cidades?

    • Oi Stella, que bom saber que o blog está sendo útil na organização da sua viagem :-). Bem, em relação a estacionamento (você me deu uma boa ideia para um próximo post!), só em uma cidade é difícil estacionar: Palermo. Lá sim, é bem complicado, por isso te aconselho, se você a visitar, deixar o carro no hotel (de preferência procurar um hotel que tenha estacionamento) e se locomover utilizando transporte público.
      Já em Taormina, por exemplo, como é proibido o trânsito de veículos no centro, há dois grandes estacionamentos fechados, por isso é bem simples estacionar.
      Minha única dica é que fique atenta aos lugares onde é possível estacionar. Se for em uma zona azul deixe visível no painel do carro o bilhetinho de pagamento.
      Se tiver mais dúvidas, pode perguntar!
      Um abraço,
      Patricia

  44. Olá Patrícia!
    Muito legal seu blog, amei!
    Estou pretendendo fazer intercâmbio em Malta, que fica pertinho da Sicília e adorei saber sobre o lugar, não sabia que tinha um peso histórico tão grande.
    Queria conhecer Roma também, você saberia me dizer uma média de quanto gastaria para sair de Sicília e ir à Roma? Transporte aéreo é a melhor opção?
    Muito obrigada!!!
    Bjs!!

    • Oi Letícia!

      Que bom que gostou do blog :).
      Bem, acho que você pode ir de Malta diretamente de Roma, mas da Sicília para lá é bem barato, principalmente se você comprar as passagens com antecedência. Eu acho o transporte aéreo a melhor opção sim, uma vez que custa praticamente tanto quanto os trens e a viagem dura somente 1h (ao invés de 12h rsrs). Para você ter uma ideia, comprei semana passada uma passagem de ida e volta Catania-Roma para o mês de abril e paguei 47 euros com a Ryanair (vou só com a bagagem de mão).

      Um abraço,

      Patricia

  45. Olá Patricia

    A mehor opção pelo que li é pegar um vôo de Roma para Palermo, assim evitamos 10h de ferry, correto? Sendo que pela minha pesquisa os valores são bem próximos.
    Chego em Roma 09/4 e pensei ficar apenas 2 dias pois já conheço e estiver por 5 vezes, rs Agora é a vez da Sicília,

    Obrigada

    • Olá Cassiana!

      Sim, eu sempre aconselho vir de avião porque se enconomiza muito, muito tempo mesmo. Você pode vir de Roma tanto para Palermo quanto para Catania, ou pode chegar por um aeroporto e voltar por outro. A escolha dependerá das cidades que você vai visitar aqui na Sicília ;).

      Um abraço,

      Patricia

  46. Boa tarde Patrícia.

    Muito interessante seu blog, meus parabéns.
    Lendo seu blog fiquei interessado em conhecer a Sicilia, pretendo fazer um pacote que inclui algumas cidades que vc está sugerindo para ver as principais atrações.
    Além disso gostaria de uma dica sua, no final da viagem, penso em ficar uns 3 ou 4 dias descansando da viagem que ao todo vai chegar a 30 dias (incluindo a Sicilia).
    Qual cidade/praia que vc indica para descansarmos, curtirmos uma bela praia e um excelente hotel.

    Desde de já agradeço.

    Rodrigo.

    • Oi Rodrigo,

      Que ótimo saber que tem interesse em conhecer a Sicília.
      Para descansar, a cidade que mais indico é Taormina: é pequenina, com praias magníficas e hotéis excelentes. Lá não é necessário ter que sair de carro, dá para visitar grande parte da cidade a pé.
      Outro lugar que indico é Panarea, uma das Ilhas Eólias. Na verdade todas as ilhas menores da Sicília são excelentes lugares para descansar. Ainda não escrevi sobre Panarea, mas em breve sairá um texto sobre ela.

      Espero ter ajudado!

      Um abraço,

      Patricia

  47. Olá Patricia.
    Estava dando uma passeada na net para ver possíveis roteiros pela Sicília e deparo com este seu Blog, fiquei impressionado com sua disposição em ajudar, você está de parabéns, difícil ver alguém assim com disposição para ajudar os outros.
    Abraço
    Avelino.

    • Obrigada, Avelino! Espero que o blog seja útil na criação do seu roteiro! 🙂

      Um abraço,

      Patricia

  48. Muito obrigada Maria Cristina, suas dicas serão muito úteis no meu planejamento! Abraços,
    Alice

  49. Alice Maldonado, quero te dar dicas da Sardenha, já fui 2 vezes e é simplesmente incrível, a cor do mar é azul turquesa, mar com montanhas e praias com águas quentes, piscina natural = Cidade Cagliari é muito bonita, tem porto e a praia Poeto fica a 10 minutos de onibus ou 5 de carro, aluguei uma casa através do site Flipkey.com no centro, contratei os serviços turístico https://www.facebook.com/pages/Sardinia-Tourist-Guide-Escursioni-e-Tour-in-Sardegna/45719839076?fref=ts, meu guia foi o Franco pessoa fantástica e se você gosta de caminhar fiz um passeio nas montanhas (dia todo) chamado Minieri in Blue onde tem paisagens fantásticas do mar, escreva para ele no Facebook tenho certeza que ele vai tornar sua viagem incrível. Um abraço Maria Cristina

    • Que dicas ótimas, Maria Cristina! Obrigada por compartilhá-las.

      Patricia

  50. Olá Patrícia.
    Pesquisando sobre a Sicília , encontrei seu blog. Parabéns , é excelente.
    Meu marido e eu estamos pensando passar uns quinze dias na Sicília entre final de maio e começo de junho ,mas gostaríamos de uma excursão com guia que fale português
    Acontece que os pacotes que pesquisei das operadoras que fazem a Sicília vão a duas ou três cidades e nós gostaríamos de conhecer bem mais do que isso.
    Você teria alguma indicação?
    Obrigada
    Um abraço
    Carmen

    • Oi Carmen!
      Que bom que gostou do blog!
      Infelizmente eu não conheço nenhuma operadora que trabalhe com guias que falem português aqui na Sicília. O que eu posso indicar são duas diferentes empresas, uma que trabalha com pacotes completos e outra que faz passeios privativos. Ambas não trabalham com guia de turismo que fale português, o que elas fazem é contratar um intérprete da língua para traduzir tudo que diz o guia, se esse for o desejo do cliente. A operadora que faz pacotes para pequenos grupos é a Sicily4Seasons (http://www.sicily4seasons.com/PT/) e a das excursões é a Sicily4You, que você pode encontrar aqui mesmo na página do blog: http://descobrindoasicilia.com/passeios-e-transfers/

      Um abraço,

      Patricia

  51. Obrigada Patricia, com as suas dicas ja posso dar continuidade ao meu roteiro. Tendo novidade eu volto para contar!

  52. Ola Patricia, muitíssimo obrigada pelas excelentes dicas e tb pela presteza na resposta.

    Gostaríamos de ficar na Sicilia pelo menos uns 15 dias, desta forma, devo manter as mesmas bases sugeridas, somente aumentando a quantidade dias em cada base?

    Peco gentilmente mais uma ajuda: você tem alguma informação sobre Sardegna? Estando na Sicilia , qual a forma mais econômica de chegar la ? Quais lugares vc sugere conhecer na Sardenha? Quantos dias no minimo são necessários para “montar bases” e conhecer os locais sugeridos da Ilha?

    Grata,

    • Ah, em 15 dias dá para aumentar ainda mais o número de bases e encaixar o oeste da Sicília, que eu não tinha sugerido. Você poderia adicionar Trapani à sua viagem, fazendo passeios para Erice e Marsala. Outra cidade que indico é Ragusa (sudeste da ilha), uma das cidades mais bonitas da Sicília. No caso de Ragusa, você pode fazer um passeio saindo de Catania ou passar uma noite lá para conhecer os arredores (Modica e Scicli, por exemplo). Você decide. Pode deixar o mesmo número de dias que indiquei.
      Em relação à Sardenha, não poderei ser útil. Imagina que nunca estive lá! Sei que há duas opções para ir da Sicília à Sardenha: de avião e de navio. O modo mais barato é ir de navio (Palermo-Cagliari), mas a viagem dura 12h e só tem aos sábados. A companhia é a Tirrenia e você pode dar uma olhadinha neste site: http://www.directferries.it/traghetti_da_sicilia_per_sardegna.htm
      De avião tem um vôo saindo de Trapani com destino a Cagliari da companhia low cost Ryanair (http://www.ryanair.com/pt). As passagens são baratas, mas se você tiver muita bagagem o preço acaba ficando salgadinho.

      Até mais!

      Patricia

  53. Ola Patricia,

    Parabéns pelo seu Blog! Que linda divulgação da Sicilia!

    Eu e meu marido vamos para Portugal, agora nos primeiros dias do mês de abril, pretendemos ficar por la, por um mês. No inicio do mês de maio, saímos de Portugal rumo a belíssima Italia. Como ja conhecemos um pouco da Região Norte, desta vez queremos muito conhecer o Sul da Italia e principalmente a Sicilia. Estimamos ficar na Italia por volta de 30 a 40 dias. Gostamos de Artes, Musica, Opera, bons vinhos, boa comida e também de conhecer belas paisagens e pequenos vilarejos antigos e charmosos. Queremos viajar sem pressa, gostamos de ter tempo para conhecer um pouco a cultura dos povos em cada lugar por onde passamos.
    Falei das nossas preferencias, para pedir gentilmente a sua ajuda para que possamos montar o nosso roteiro (detalhe principal – sem gastar muito). Quando for bastante recomendado, podemos pensar em alugar um carro por alguns dias.

    Partindo de Roma, iniciando por Napoli ou Sorrento na Costa Amalfitana e chegando ate a Sicilia, quais lugares você sugere conhecer? Em quais cidades podemos “montar base”, quantos dias devemos permanecer em cada uma para conhecer os arredores? E interessante voltar a Roma pelo outro lado, margeando a Costa do Adriatico? Ou devemos voltar da Sicilia direto para o Brasil?

    Muitíssimo obrigada, aguardo.

    • Oi Alice, tudo bem?

      Visto que vocês querem viajar sem pressa, dá tranquilamente para se locomover utilizando transporte público. Você não mencionou quanto tempo quer ficar na Sicília, mas de antemão digo que são necessários pelo menos 6 ou 7 dias para conseguir ver as principais atrações. Como a Sicília é muito grande, se perde bastante tempo nos deslocamentos.
      Vocês podem vir de Nápoles para a Sicília de avião, chegando por Catania. Cidades como Taormina (ficando 2 ou 3 dias), Catania (3 dias) Siracusa (2 dias), Agrigento (1 dia) e Palermo (3 dias) são pontos estratégicos para montar base. Mas tudo isso depende de quanto tempo vocês estão dispostos a ficar aqui.

      Se é interessante voltar a Roma pelo outro lado? Não. É muito mais estressante que interessante. Meu conselho é que vocês voltem para Roma de avião.

      Um abraço,

      Patricia

  54. Parabens pelo site, tenho acompanhado seus posts com frequencia, muito legal. vou para Italia no inicio de junho e Sicilia esta no roteiro,fico com o grupo ate dia 13 e depois ficarei mais alguns dias sozinha. Com o gripo esta previsto Palermo, Agrigento e Taoormina.Em Taormina tem amarrado o passeio ao Etna e ! dia livre.Pensei ficar mais 2 dias e depois ir para Siracusa, ficar em Ortigia3 dias fazendo um 1 dia em Noto. volto por Catania para Roma e então Brasil . O que vc acha e o que sugere em Taormina , pensei em conhecer ilhas Eolias, Salina?? Gosto muito de andar , conhecer sem pressa ,mas nem sempre isso e possivel . Aguado sua resposta, desde ja obrigada

    • Oi Sonia!

      Que bom que gosta do blog! Sua estadia na Sicília está bem dividida, você conseguirá ver bastante coisa. O problema é somente em relação às Ilhas Eólias: para ir de Taormina até lá em tão pouco tempo, só mesmo com uma excursão, mas não sei se há uma somente para Salina, pois geralmente eles fazem um passeio de barco passando por duas ilhas (Panarea/Stromboli, Lipari/Vulcano). Se você quiser ir por conta própria, precisará de pelo menos dois dias para conseguir ter tempo de curtir a ilha, uma vez que a viagem não é curta. Neste caso primeiro é necessário ir de Taormina a Milazzo e de lá pegar a lancha para Salina.

      A etapa Siracusa/Noto está ótima.

      Se tiver mais dúvidas, pode perguntar!

      Um abraço,

      Patricia

  55. Olá Patrícia
    Que coisa boa visitando sua terrinha. Se estiver no Rio será um prazer conhecê-la e quem sabe lhe dar um apoio. Uma ótima estadia para vc.
    Desculpe-me pois enviei outro e-mail achando não ter enviado direito o e-mail anterior.
    Muito obrigada por tirar minhas dúvidas, como sempre muito rápida e atenciosa. Vc é demais! Agora vou partir para as reservas de hotéis e ferries.
    Aproveite bastante nosso país, família e amigos.
    Obrigaduuuuu por tudo!
    Bjnhs

    • Oi Fátima!
      Estou em Salvador, pois sou baiana! 🙂
      Não vou ao Rio este ano, mas obrigada pela disponibilidade. E repito, pode continuar perguntando quanto quiser. Tenho sempre o maior prazer em responder.
      Um abraço,
      Patricia

  56. Olá Patrícia
    Tudo bem? Estou aqui de novo para tirar outras dúvidas pois ainda não fechei Sicilia, pois estarei na região a partir de 5/05 – 16/05.
    Erice é uma cidade mantanhosa com um teleférico partindo de Trapani, as subidas e descidas são muito puxadas e longas?
    Resolvi depois de Palermo vou para Taormina, num domingo ondeados ônibus são escassos. Minha dúvida são os horários de ônibus de Catania (aeroporto como vc sugeriu) para Taormina nos domingos?
    Vou a Etna de Taormina e dos 4 dias um vou fazer um bate e volta para conhecer Catania. Depois embarco direto de Taormina para Siracusa, parece ser mais interessante que Catania. Pelo que li tenho que fazer uma baldeação em Catania. O ponto de desmarque do ônibus no mesmo local pego outro para Siracusa?
    Em Siracusa, 2 dias, quero hospedar em Ortigia e também sigo para Pozzallo para embarcar para Malta. Vou sair de Siracusa num sábado e gostaria de saber se há horários de ônibus para Pozzallo?
    Parece um interrogatório, pois a dificuldade de locomoção, nós dois sentidos andar e ônibus, me empaca.
    Muito obrigada por sua atenção e dedicação por aqueles que desejam conhecer a cidade que vc escolheu para sua moradia. Viajar é minha terapia. E viajar por conta é a melhor opção para se conhecer melhor a cidade por outro lado as vezes dá um friozinho na barriga. No momento é minha aventura de fazer uma viagem de dois meses, sem falar italiano, joelho problemático e na juventude da terceira idade.
    Obrigaduuuuuuuu!
    Bjnhs

    • Oi Fátima!

      Te respondi alguns minutos atrás, acho que você nem chegou a ver minha resposta. Lá tirei suas dúvidas escritas na mensagem anterior.
      Para não ter que fazer baldeação em Catania, por que você não vai de Taormina para Siracusa de trem? Pode ser uma boa opção. Mas se você decidir ir se ônibus, desça no aeroporto de Catania e depois pegue outro para Siracusa no andar térreo do aeroporto (desembarque).
      As outras respostas estão na mensagem anterior.
      Beijos,
      Patricia

  57. Patricia
    Olá Tudo bem? Ainda continuo fechando Sicilia. Essa época do ano sempre tenho hóspedes e por isso tive que dar uma parada, aproveito o intervalo de saí um entra outro e volto a minha pesquisa.
    Como lhe disse já fechei cinco noites/ 6 dias em Palermo. Uma dúvida sobre Erice, lugar de subida e de descida e li que tem um teleférico, então onde pego esse teleférico? Vc acha mt puxado as ladeiras da cidade?
    Bem de Palermo sigo para Taormina, vai ser longa a viagem porque cai num domingo. Vc sabe os horários de saída de ônibus para Taormina aos domingos do aeroporto de Catania ?
    Resolvi ficar 4 noites em Taormina sendo um para conhecer Etna, outro para bate e volta para Catania, outro para a cidade e por fim se conseguir ir bate e volta para Ilhas Eólicas.
    Para Etna vou até Rifuglio Sapreigna, pego teleférico e depois um jeep of road. Esse jeep vai até a cratera ou tem caminhar? Anda e sobe muito?
    Sai de Taormina para Siracusa, 2 noites, pois acho que mais interessante hospedar aqui do que Catania e tb e mais perto de Pozzallo, pois vou para Malta. Vc acha que faço uma boa troca?
    Minha dúvida e ônibus de Siracusa para Pozzallo, no sábado, pois tem ferry bem tarde da noite.
    Posso comprar as passagens dos ônibus em Sicilia no período de minha estadia, vou ficar de 5/5 até 16/5? E os ferries Napoli – Palermo e Pozzallo – La Valleta podem comprar na hora ou aí na italia ou antes de viajar?
    Desculpe-me por tantas perguntas, essa viagem vai ser minha maior aventura, pois com problema sério no joelho, não falo nada em italiano e vou com a cara e a coragem viajando por conta por dois meses. Tem momentos que fico arrepiada só em pensar nessa aventura mas na maior parte do tempo estou com todo gás e sigo com minha pesquisa. Estou aposentada e tenho todo o tempo do mundo.
    Muito obrigada pela enorme ajuda e por toda sua boa vontade em querer ajudar. Depois lhe conto tudo, acredito que vai ser muito bom.
    Obrigaduuuuuu!
    Bjnhs

    • Olá Fátima!

      Tudo bem, estou no Brasil de férias mas entre uma coisa e outra, venho dar uma olhadinha no blog 🙂
      As ladeiras de Erice não são muito íngremes, me lembro de ter caminhado tranquilamente por lá. O teleférico é um dos modos para chegar a Erice por meio de transporte público, o outro meio é de ônibus. Para chegar no terminal do teleférico, você pode pegar a linha de ônibus 21 ou 23 que passa no centro de Trapani. Como Erice é um lugar muito turístico, você verá que não será nada difícil chegar lá.

      No caso do Etna, não posso ser muito útil pois nunca peguei o jeep que sobe até as crateras mais altas. De qualquer maneira, você só vai saber até onde pode ir este jeep somente no dia do passeio, pois depende muito das erupções do Etna. Em dia de erupção não dá nem para chegar perto. Acredito que não será preciso caminhar muito.

      Ainda não aparecem os horários dos ônibus Catania-Taormina no mês de maio, mas até março os horários aos domingos são: 8:45, 10:45, 15:45 e 19:45. Você pode consultar tudo no site da empresa: http://www.interbus.it/

      Não é um problema ir de Siracusa para Pozzallo, no entanto o último ônibus direto sai às 14h30, chegando às 16h30 em Pozzallo. Você teria que esperar bastante.

      As passagens de ônibus você pode comprar na hora, ou mesmo pagar diretamente ao motorista. Já a Virtu Ferries, empresa que faz a linha Pozzallo-Malta diz que é preciso comprar as passagens com antencedência, por isso é melhor reservar as passagens dos transportes marítimos pela internet antes.

      Fátima, não se preocupe, pode fazer quantas perguntas quiser, pois eu também já fiz viagens assim e sei bem como é. Você vai ver que vai dar tudo certo na sua viagem, mesmo não falando nada em italiano.

      Um abraço,

      Patricia

    • Como facot pra ir de Roma à Gela, onde tenho pessoa conhecida?

  58. Olá Patrícia,
    Estou amando seu blog!!!!! Veio em ótima hora!!!!
    Estou começando a rascunhar um roteiro de 10/12 dias saindo da SP no final de abril e estou pensando seriamente em conhecer a Sicília… morei 8 meses na Itália mas acabei não tendo oportunidade…
    Minha dúvida é em relação a temperatura nesta época do ano. Meu marido adora praia e gostaria de traçar um roteiro “básico” mas com foco principal nas belezas naturais.
    Vc acha que esta época é adequada ou devemos adiar um pouco?
    Muito obrigada!!!!
    Abs

    • Olá Patrícia!
      Que bom que gostou do blog! 🙂
      Olha, se você pode adiar até pelo menos a segunda quinzena de maio, melhor. Digo isso porque no fim de abril o tempo ainda está muito instável e talvez ainda esteja fazendo frio. Em 2014, por exemplo, o verão demorou para chegar e só começou a fazer calor a partir de maio. Se vocês querem curtir as praias, o melhor período para visitar a Sicília é do fim de maio ao fim de junho, e em setembro. Pulei Julho e Agosto porque são meses de alta estação, as praias estão lotadas e os preços nas alturas.
      Se tiver mais dúvidas, é só perguntar!
      Um abraço,
      Sua Xará 😀

      • Muito obrigada Xará!!! Vou rever minhas datas e qualquer dúvida te chamo 🙂
        Bjs

  59. Olá Patrícia
    Tudo bem? Mais uma vez obrigada pela sua atenção. Foi o que pensei de haver uma rodoviária. Vou ficar 5 dias inteiros em Palermo para aproveitar bem sem correr muito. Depois vou de ônibus para Taormina como vc sugeriu. Vou decidir se vou por Taormina ou Catania para o Etna. Achei o passeio d tem interessante para o Etna. Preciso analisar o que fica melhor para mim. Será que dm meados de maio Tem o passeio para as Ilhas Eolicas?
    Muito obrigada por tudo. Depois volta a falar.
    Bjnhs

  60. Olá Patrícia
    Bom dia!
    Tudo bem? Estou aqui de volta, pois quanto mais leio sobre Sicília mais me encanto.
    Reservei um Bed&Breakfast Alla Martorna, preço mt bom, próximo a via principal, 5 dias/4noites. Quero num dia conhecer a cidade e Monreale, outro Cefalù, depois Trapani s/ mala (dormir uma noite) e no dia seguinte conhecer Érice e Casllamare del Golfo, no último dia curto a cidade pela manhã e embarco a tarde para Catânia – Taormina. Uma dúvida onde eu solto do ônibus eu posso pegar o ônibus para Taormina???O ponto final é numa rodoviária???
    Quero ficar 3 dias inteiros em Taormina para conhecer a cidade, as praias, li que tem uma excursão para conhecer duas ilhas Eólicas em um dia. Li sobre um passeio pelo caminho do Grande Chefão???? É viável? Vi um Bed & Breakfast na rua principal com preço bom, 3 dias/4 noites.
    Uma dúvida melhor pegar excursão para o Etna de Taormina ou Catânia? Parto para Catânia para conhecer a cidade, Etna dependendo da sua resposta e pegar uma excursão para conhecer Saracusa e Noto portanto 3 dias / 4 noites ou … Pensei em deixar a mala no hotel em Catânia e ficar uma noite em Saracusa. No domingo vou para Pollazzo para embarcar para Malta. Pois quero pegar o serviço de conexão em Catânia para não esquentar a cabeça.
    Depois de uma longa temporada na Itália vou embora com a certeza que vou gostar muito.
    Bom domingo!
    Obrigaduuuuu!
    Bjnhs

    • Olá Fátima!
      Monreale você conhece em uma manhã, aproveite o resto dia pra ver mais de Palermo, porque vale a pena. A cidade é grande, em metade de um dia você não verá nada!
      Digamos que aqui não há uma “rodoviária”. O ponto final é na rua mesmo, um terminal de ônibus ao ar livre. Eu sugiro que você desça no aeroporto de Catânia, pois lá mesmo você pode pegar o ônibus para Taormina. Só que, se eu não me engano o ônibus que vem de Palermo para no embarque, você teria que descer para o desembarque. Acho mais cômodo desse modo, assim você não tem que ficar no meio da rua à noite e cheia de malas.
      O passeio do Poderoso Chefão é um “must” da Sicília, um daqueles passeios que tem sempre. Se você é fã do filme, irá gostar. Se não for. não sei se poderá ser interessante, porque Savoca (cidade onde foi gravada cenas do filme) é minúscula, e além dos lugares do filme, não tem muita coisa para ver. Escrevi aqui no blog sobre ela, você viu?
      Tanto faz você fazer excursão para o Etna de Taormina ou Catânia. Não há diferença. Veja como fica melhor para você. Dos dois lugares há várias opções de passeios e a distância é praticamente a mesma.
      Tenho certeza que sua viagem será inesquecível! Está muito bem planejada.

      Um grande abraço,

      Patricia

  61. Olá Patricia
    Muito obrigada por sua gentileza e também pela força.
    Vou montar o roteiro baseado em todas suas dicas e com certeza vai ser ótimo.
    Depois lhe conto como vai ficar. Obrigaduuuuuu!
    Bjnhs

  62. Oi Patrícia!!!
    Muito obrigada pelas ditas, certamente serão bastante úteis para o meu roteiro,
    com certeza terei outras dúvidas para que tu possas me ajudar.
    Brigadão
    abraço
    M.Alice

  63. Olá Patricia!!!
    Um glorioso ano de 2015 pra ti. Olha só estava iniciando uma pesquisa sobre a Sicilia qdo, encontrei teu blog, fiquei muito feliz porque estou confusa e não sabia pra que santo apelar. Vou para Itália no dia 23 de fevereiro, primeiro farei um tour pela Itália (norte) com meus filhos, depois ficarei com uma amiga em Firenze, onde farei um curso,ficarei lá até início de abril, de lá pretendo conhecer o sul da Itália onde ficarei mais 30 dias, e quero muito conhecer a Sicilia, onde pretendo ficar morando durante este mês ou seja do início de abril até 10 de maio. Gostaria das tuas sugestões de cidades onde eu poderia me estabelecer sem gastar muito, e sugestão de como ir de Firenze até a Sicília ou iniciar pela costa Amalfitana e de lá ir p/Sicília, e quais seriam as cidades mais interessantes para conhecer, sendo que gosto de praia, mas gosto mais ainda de história.
    Adorei teu blog, e aguardo teu retorno.
    Obrigada
    Abraço
    Alice

    • Oi Maria Alice!
      Obrigada e feliz ano novo para você também!
      Fico muito contente que o blog seja útil no planejamento da sua viagem.
      Como a Sicília é muito grande, e as distâncias bem consideráveis, é difícil se estabelecer em um só lugar e conseguir ver todas as partes da ilha. No entanto, se sua intenção é, por exemplo, alugar um apartamento por um mês, minha sugestão de cidade é Catânia, porque de lá é simples se deslocar para as principais cidades turísticas da Sicília.

      Visto o tempo disponível, minha sugestão é que você dê uma bela volta na Sicília. Catania, Taormina, Siracusa, Noto, Ragusa, Modica, Agrigento, Palermo, Cefalu, Trapani, Erice são só alguns exemplos de lugares que merecem uma visita. Mas neste caso você teria que dormir em diferentes cidades.

      O melhor modo de vir da Toscana para a Sicília é de avião. Há vôos de Florença para Catania e Palermo e boas opções também a partir de Pisa. Aliás, acho que são até mais em conta os vôos que saem de Pisa. De trem seria uma viagem sem fim, não aconselho.

      Espero ter sido útil e se tiver mais dúvidas na montagem do seu roteiro, não hesite em perguntar. Tenho o maior prazer em responder! 🙂

      Um abraço,

      Patricia

  64. Olá Patrícia
    Tudo bem? Um Ano Novo abençoado para vc e sua família.
    Desculpe-me por só estar lhe respondendo agora, pois estou com hospedes em casa e com isso parei com o planejamento da minha viagem. Muito obrigada por sua atenção e adorei as sugestões.
    Decidi ir mesmo de navio pois fiz uma pesquisa de gastos, mesmo com aéreo barato, é mais negócio ir de barco. Eu não tenho problema com o tempo, acredito que de navio vou descansar na cabine, ganhar uma diária e curtir pela manhã Sorrento.
    Irei para Palermo (dois dias inteiros), pensei em um dia para conhecer a cidade já que chego 6h30 da manhã e outro dia para conhecer Celafù e Castellmare (acho mais perto de Trapani???). Não pretendo tomar banho nas praias eu quero conhecer as belezas das cidades…
    Depois partir para Trapani (3 dias) para conhecer (nada de banho) Erice, Castellamare del Golfo, Marsala ilhas Egadi e Segesta se der.
    Sigo para Catânia (3 dias), fazer bate e volta Taormina(um dia) e Etna (um dia) em excursão. ou vc sugere hospedar em Taormina ao invés de Catânia e fazer bate volta para Etna e outro dia para Catânia.
    Depois Saracusa (2 dias) sendo um dia para conhecer Noto. E por fim Pollazzo para pegar o ferry para Malta.
    Mediante sua informação Ragusa e Modiva estão fora, pois tem muitas escadas e ladeiras. Pretendo pegar algumas excursões para bate e volta e me deslocar entre as cidades de ônibus ou trem. As distâcias ficam em torno de duas horas um pouco mais ou menos. Quero sair cedo para aproveitar a cidade de destino.
    Li no seu blog que o ferry para Malta oferece serviço de conexão em Catânia, também tem de Saracusa? Se não tiver de repente não me hospedo em Saracusa. Vc acha melhor ficar só em Catânia (5 dias) ou Taormina (2 dias) e Catânia (3 dias) ou Catânia (3dias) e Saracusa (2 dias). Acredito que vai dar para ter uma idéia de Sicília em 10 dias.
    Desculpe-me pelo testamento. Acredito que vou fechar meu sonho com estilo, pois pretendo fazer norte e sul da Itália em 30 dias.
    Montei meu roteiro através de seu blog e da sua orientação, acredito que vou adorar. Obrigaduuuuuuuuuuuuuu!
    Bjnhs

    • Oi Fátima,

      Não tem que pedir desculpa pelo “testamento”, aliás, são comentários como os seus que enriquecem o blog e ajudam outros viajantes!
      Castellammare del Golfo fica muito mais perto de Trapani, mas inacreditavelmente, com transporte público, é mais fácil ir de Palermo. Verifiquei os horários de ônibus e trens, e de Trapani só tem horários à tarde e a viagem dura no mínimo 1h30 porque o ônibus vai entrando em todas as cidadezinhas pelo caminho. De Palermo dá para ir tanto de ônibus quanto de trem, e ainda no caso deste último, há mais disponibilidade de horários.

      A escolha entre Taormina e Catania só depende de você. A diferença está no preço do hotel e no estilo de viagem. Claro que Taormina é um paraíso, um lugar lindo de morrer, mas por causa da sua natureza exclusivamente turística, é também um dos lugares mais caros da Itália. Catânia seria uma boa escolha por causa da facilidade de pegar transporte, porém é mais caótica. É o tipo de cidade que você vê a Sicília como ela realmente é, sem aquela “maquiagem” dos lugares muito turísticos. Coloque na ponta do lápis os custos dos dois lugares. Em Taormina talvez você relaxaria mais, mas em Catânia você teria a chance de ver mais coisas.

      O serviço de translado de ônibus do ferry para Malta só sai de Catania, mas ir de Siracusa para lá é muito simples e rápido. É 1h de viagem e tem muitas opções de horários de trens e ônibus.

      Tenho certeza que sua viagem será inesquecível!

      Um grande abraço,
      Patricia

  65. Olá Patrícia
    Tudo bem? FELIZ NATAL, muitas felicidades, saúde, paz e amor.
    Estou eu de volta tentando aproveitar a viagem, vou sair de Napoli dia 4/05 . Quero sair de Sicília para Malta então pensei em deixar Catânia por último de repente ….. Por outro devido o problema do joelho não quero ficar mudando muito de hotel por causa da bagagem. Quero chegar de trem diurno para ver as paisagens e à noite dormir no hotel. Ou pegar um barco que sai de Napoli para Palermo. O que vc sugere?
    Pensei em ir para Palermo para conhecer Erice, Castellmare e Scopelo de excursão bate e volta – dois dias em Palermo. Depois seguir para Saracusa para conhecer Noto, Modice, Ragusa e fica longe para conhecer Etna, Catania e Taormina? ou melhor ir para Catânia e conhecer os lugares citados – 5 dias e por fim partir para o porto para pegar o ferry para Malta – 5 dias.
    Estou querendo ser prática e desgastar menos. Vou fazer o trajeto de ônibus já que trem em Sicília não é o ideal. Pensei em pegar um voo de Napoli mas como já venho viajando a um mês a bagagem vai estar pesada.
    No Etna anda e sobe muito?
    Me dê uma luz por onde devo começar, por favor.
    Muito obrigada pwela sua atenção.
    Bjnhs

    • Olá Fátima.

      Estou bem, obrigada!
      Sinceramente, eu sou daquelas que prefere viajar de avião. Normalmente é fácil encontrar passagens baratas e é um meio que poupa muuuuito tempo. De trem a viagem dura das 9 às 10h, é praticamente um dia perdido! De navio são 12h, então entre um e outro não há muito diferença a não ser o preço. Será que, comprando com antecedência, mesmo incluindo o excesso de peso, você não encontra uma passagem em conta?

      Fátima, fiquei com uma dúvida: você vai para Palermo, mas não vai dar uma volta na cidade? Outra coisa, o passeio para Castellamare/Scopello são com excursão ou por conta própria? Pergunto porque, levando em consideração o tempo de viagem e a disponibilidade de transporte público, ir de ônibus é algo bem complicado. Considere que Scopello fica dentro de uma reserva ambiental, não sei se passa ônibus lá.

      Acho 5 dias bem apertadinhos para ver Siracusa, Ragusa, Modica, Etna, Catania, Taormina. Na minha opinião, a base ideal para conhecer essas cidades é Catânia, principalmente no seu caso, que irá pegar transporte público. Outra coisa: não sei o nível do seu problema no joelho, mas Modica e Ragusa são cidades cheias de sobe e desce, de escadas e ladeiras. Muitos mesmo. Por isso, sugiro que você escolha: ou Modica, ou Ragusa.

      Vou te dar duas sugestões de roteiro (sem levar em consideração sua parada em Palermo):

      1) Estadia em Catânia, com:
      – Passeio de um dia para Taormina (dá para ir tranquilamente de ônibus ou de trem);
      – Passeio de um dia para Siracusa (dá para ir tranquilamente de ônibus ou de trem) saindo pela manhã;
      – Passeio de um dia para Ragusa (só de ônibus);
      – Passeio para o Etna – que não precisa necessariamente andar muito pois há excursões para todos os níveis de preparação física (com excursão organizada) OU ida a Noto;
      – Passeio pelo centro histórico de Catânia;

      2) Dois dias de estadia em Siracusa – em um dia você conhece a cidade e no outro Noto;
      – Três dias em Catânia (um dia de passeio pela cidade, um dia em Taormina e o outro escolhe se ir à Ragusa ou Modica). O Etna fica de fora, mas você o verá de longe, tanto de Catânia, quanto de Taormina.

      Enfim, na minha opinião você deveria pensar bem se incluir a etapa PAlermo/Erice/Castellamare. Castellamare del Golfo e Scopello são praias e no início de maio a água ainda está bastante gelada. Não sei até que ponto você conseguiria tomar um banho de mar lá.

      Bem, espero não ter piorado suas dúvidas 🙂

      Boas Festas para você também!

      Um abraço,
      Patricia

  66. Oi Patricia, meu nome é Thaísa e eu estou programando uma viagem para a Sicília no verão do ano que vem. Meu principal objetivo é conhecer as praias paradisíacas da sicília, mas também gosto de história e gostaria de saber se pelo roteiro que estou pensando em fazer eu posso juntar as duas coisas.
    Como eu ja morei em Milão, estou pensando em ir de avião do Brasil para Milão e de lá pegar um vôo para a sicília (ainda não sei exatamente a cidade, se você puder me ajudar nisso também eu agradeceria muito). Ao todo serão 15 dias de viagem, quero ficar 2 ou 3 noites em Milão, e depois, na Sicília, visitar a Ilha de Favignana, Malta e Lampedusa. Provavelmente por último irei voltar para Milão para ir para o Brasil depois.
    Quantos dias você acha que eu devo ficar em cada ilha? É muito longe de uma para a outra? Além das praias elas também tem uma parte histórica legal de conhecer? É fácil o transporte de uma ilha para outra? Agosto ainda é um mês quente por aí?

    Bom acho que minhas dúvidas maiores são essas. Por enquanto estou só montando o roteiro, mas ainda não fechei a viagem, então aceito sugestões!! 🙂

    Muito obrigada e parabéns pelo blog!

    • Oi Thaisa!
      Que bom que gostou do blog! Te respondo por partes:
      1) Julho e Agosto são os meses mais quentes do ano, é o pico da alta estação. Aqui na Sicília só começa a esfriar a partir de outubro 😀
      2) Visto que sua intenção é visitar Favignana, e para chegar lá é preciso partir do porto de Trapani, sugiro que você pegue um vôo de Milão – Trapani (a Ryanair, companhia low cost, voa do aeroporto Orio al Serio (Bergamo) para lá). Se ficar complicado pegar a Ryanair (por questões de bagagem, etc), a segunda opção é o aeroporto de Palermo.
      3) As três ilhas que você citou não são conectadas entre si, e sim, ficam longe uma da outra. Veja aqui como ir da Sicília para Malta (e vice-versa): http://descobrindoasicilia.com/2014/09/de-malta-para-a-sicilia-como-ir/
      4) Você pode ficar dois ou três dias em Favignana ou Lampedusa, pois são pequenas. Em Malta um pouco mais, até porque é outro país com muita coisa para ver, mas neste caso não posso te ajudar, pois apesar da proximidade, não conheço a ilha!
      5) Já que você adora história, uma vez em Trapani, não deixe de ir ao Sítio Arqueológico de Segesta. Tudo o que já escrevi sobre as atrações de Trapani e arredores, você encontra aqui: http://descobrindoasicilia.com/tag/trapani/
      6) Para chegar a Lampedusa, você pode ir de avião (de Palermo ou Catania) ou de barco, o qual sai de Porto Empedocle (Agrigento). Ah, tem vôos de Milão direto para lá, então você pode estudar a possibilidade de iniciar sua viagem na Sicília por Lampedusa!

      Se esqueci de responder alguma coisa, me fala!
      Um abraço,
      Patricia

  67. Olá Patrícia!
    Seu blog está muito bom e vc me convenceu que vale a pena conhecer Sicília.
    Pretendo visitar a ilha em início de maio, saindo de Sorrento ou melhor Napoli. Estou pensando em ir de trem até Taormina. Pensei em ficar 4 dias em Taormina e de lá fazer excursões por cidades próximas como Catânia, Saracusa / Noto, Vulcão Etna evitando assim carregar mala, pois tenho um problema no joelho e preciso me poupar. Depois quero ir para Palermo por 4 dias para conhecer Celafu, Erice, Castel la Mare e no que puder pego uma excursão. Vc acha a distribuição boa, sugere outras cidades, tem excursões normalmente …. Pensei também em dar uma esticada por 4 dias em Malta saindo de Pozzalo antes de embarcar para Palermo. A medida que vou lendo sobre a ilha minha mente vai viajando e daí pensei em pegar um ferry para Tunis. O que vc sugere?
    Muito obrigada!
    Abraços

    • Olá Fátima!
      Que bom saber que o blog ajudou a lhe convencer, afinal era esse meu objetivo ao criá-lo: convencer as pessoas que vale a pena visitar a Sicília!
      Acho a sua distribuição boa. Apesar de um pouco corrida, é perfeitamente viável.
      De Taormina você conseguirá fazer excursões para todas aquelas localidades que indicou, mas ao escolher um passeio ao Etna, leve em consideração o grau de dificuldade por causa do seu joelho. Há excursões para todos os tipos de pessoas, sem dúvida você encontrará aquela ideal.
      Se você deve passar somente 4 dias em Taormina e em Palermo, não incluiria mais nenhuma cidade no roteiro, senão ficaria apertado demais!
      Em relação à Tunis, não posso ser útil. Nunca estive lá e não sei até que ponto valeria a pena. Eu sou suspeita para falar, mas… não seria melhor investir mais tempo na Sicília? 😀
      Se tiver mais dúvidas, não hesite em perguntar!
      Patricia

  68. Oi Patricia,
    Eu e minha mulher estamos pensando em ir a Sicília, com nosso filho, no fim de maio próximo.
    Acho que vamos passar uns 10 a 12 dias, começando por Palermo.
    Queremos rever Taormina e recebemos uma dica de Favignana e Castelmare del Golfo.
    Vale a pena essas dicas?
    Que mais valeria a pena, Cefalú, Agrigento ou Siracusa?
    Nós gostamos de praia e de cidades históricas.

    • Olá Evandro!
      Veja bem, Favignana é um paraíso, mas para nós brasileiros, acostumados com as praias brasileiras, no fim de maio a água do mar da Sicília ainda está bem gelada. Aliás, geladíssima! Não sei até que ponto valeria a pena ir lá nesse período.
      No caso de Castellamare del Golfo, a história é a mesma. No entanto, ficando bem mais perto de Palermo, daria para dar um passada lá em um passeio bate e volta. A praia é incrível.
      Considerando que você gosta de cidades históricas, Siracusa é imperdível, assim como o Vale dos Templos de Agrigento. Para facilitar sua viagem, você poderia chegar por Palermo e voltar por Catânia, assim você poderia deixar por último Siracusa ou Taormina. Otimizaria bastante o tempo.
      Um abraço,
      Patricia

  69. Oi Patricia, parabéns pelo blog. Acabei de encontrá-lo ao pesquisar sobre a Sicilia. Eu e meu marido chegaremos em Catania, no dia 3/2/2015 e pretendemos ficar de 10-15 dias (temos flexibilidade). Estávamos pensando em não alugar carro, mas pesquisando um pouco já decidimos que pelo menos na Sicilia o carro será essencial. Depois da Sicilia seguiremos para a Calábria e iremos rumo ao norte (parando em várias cidades) até chegar em Riese Pio X, local onde nasceu o nono do meu marido. Nosso plano inicial na Sicilia seria visitar: Catania, Taormina, Augusta, Siracusa, Modica, Ragusa, Gela, Agrigento, Marsala, Trapani, Palermo e Messina. Você acha que 1-15 dias são suficientes para conhecer todas essas cidades? E vale a pena visitar todas nem que seja de passagem?
    Agradeço qualquer dica. Abraços

    • Oi Sueli, tudo bem?
      Pois é, aqui na Sicília para ter mais liberdade e poder aproveitar o tempo na melhor maneira possível, é necessário mesmo alugar um carro. Posso fazer uma pergunta? Por que vocês estão incluindo Augusta e Gela no roteiro? Algum motivo especial? Com tanto lugar bonito na Sicília! rsrs.
      Visitando essas cidades que indicou, você estaria literalmente dando a volta na Sicília e 15 dias seriam suficientes. Será uma viagem intensa, mas sem dúvida vale a pena.
      Na minha opinião, você deveria excluir Gela e Augusta do itinerário, substituindo-as por Erice (perto de Trapani). Além disso, Palermo é uma cidade grande e é necessário mais de um dia para visitá-la.
      Se tiver alguma dúvida, não hesite em perguntar!
      Um abraço,
      Patricia

      • Ciao Patricia,
        Muito obrigada pela rápida resposta. O meu marido foi quem fez a pesquisa inicial e incluiu Gela e Augusta no nosso itinerário. Agora nem ele lembra o motivo (rsrsrs). Já cortamos. Talvez teremos de fazer algumas mudanças no nosso itinerário, caso meu cunhado e a esposa decidam conhecer a Sicilia conosco. Agora que eu encontrei o seu blog, já o coloquei nos meus favoritos e irei segui-lo frequentemente. Mais uma vez muito obrigada pela sua gentileza em responder minhas dúvidas iniciais tão rapidamente. Com certeza terei muitas outras. Grazie

  70. Oi Patricia,
    que bom te descobrir aqui, pois estou cheia de dúvidas quanto ao meu roteiro.
    Irei com meu marido na segunda quinzena de novembro. Preciso saber o seguinte: Essa época chove muito? Vale a pena ir assim mesmo ou está tudo vazio e fechado por ser baixa temporada? pretendo chegar de carro por Nápolis. qual o caminho mais rápido e fácil de entrar na ilha de carro?As minhas outras dúvidas vc já respondeu nos posts anteriores. Desde já muitíssimo obrigada,
    Adriana

    • Oi Adriana!

      A meteorologia da Sicília é tão imprevisível que eu não tenho coragem de lhe dizer se chove muito ou não :D. Deveria ser um período chuvoso, mas estão dizendo que novembro vai ser de sol e calor. Até hoje o outono aqui não deu as caras e as temperaturas ainda são aquelas do fim do verão. Como escrevi no post sobre o outono, dificilmente chove por vários dias consecutivos.
      Eu não sei quais são as cidades que você colocou no seu roteiro, mas exceto as localidades unicamente de veraneio (ilhas menores, por exemplo), tudo funciona normalmente. É um período ótimo para visitar os sítios arqueológicos, burgos e as cidades barrocas.
      Vindo de Nápoles, o melhor percurso é o seguinte: Pegue a “autostrada A3” no sentido Reggio Calabria. Saia da autoestrada na altura da cidade de Villa San Giovanni para pegar o ferry para Messina. Entre com seu carro no ferry e curta a paisagem do estreito de Messina. A travessia dura cerca de 40 min. e depois disso é só seguir para o seu destino.

      Um abraço,

      Patricia

      • Uau, Patrícia, vc é rápida! Obrigada!
        Eu pesquisei aqui e sao 550 km de nápolis. Acho que perderi muito tempo, a não ser que a estrada valha a pena. Vc conhece?O ferry que sai de nápolis não leva carro não. Estou preocupada pois so tenho 6 dias para esta etapa da viagem. Vc acha que vale a pena?

      • Pontuei errado, desculpa. O ferry de nápolis não leva carro não? Há outra entrada mais rápida para a ilha? Obrigada de novo, adriana

        • Adriana,

          Sim, entra carro no ferry Napolis-Catania ou Napolis-Palermo, porèm a viagem dura quase 12h. Via terra, duraria das 5 às 6h. Mais ràpido que isso, sò de aviao :D!

  71. Oi, Patricia, cá estou eu de novo 🙂
    Fechei um roteirinho modesto. Infelizmente, o tempo ficou curto. Ficou assim:
    30/12- às 11h, chegada a Catânia, ônibus para Taormina
    31/12, 01/- Taormina, com folga, para passar o Ano Novo sem estresse.
    02/01- ônibus para Catânia e, de lá, para Agrigento.
    03/01- Agrigento – Vale dos Templos
    04/01- De manhã cedo, ônibus para Palermo
    05, 06 e 07- Palermo, com folga para ir a Érice, Cefalù ou ambas
    Dúvida: pegar o trem noturno para Roma no dia 07/01 e poder aproveitar o dia 08 na capital ou pegar o avião no dia 08 para Roma e ter só poucas horinhas na cidade.

    Queria ouvir sua opinião..
    Bjo

    • Oi Cyntia

      Agora sim, um roteiro bem folgadinho!
      No dia 02, você vai dar uma parada para conhecer o centro de Catânia ou vai direto pegar o ônibus para Agrigento? Na minha opinião o centro histórico da cidade merece uma visitinha. Até porque em Agrigento basta um dia para o Vale dos Templos.
      Se você for pegar o trem noturno, se quiser descansar de verdade, tente optar pela cabine individual. Dividir um compartimento com outras três pessoas barulhentas pode não ser legal.
      Analise também a possibilidade de ir de avião no dia 07. Você chegará em Roma descansada, depois de apenas 1h de viagem e terá ainda mais tempo para rever a cidade!

      Bjos,
      Patricia

  72. Olá, Patrícia,
    Venho acompanhando seu blog há um tempo, depois de descobri-lo no instagram. A Sicília está na minha lista de desejos há anos. Tenho 15 dias de folga na virada do ano e, como sei que o inverno por aí é ameno, acho que chegou a hora. A minha dúvida é a seguinte: vi que vc escreveu que a oferta de transporte público não é muito abundante. Será que terei dificuldade em me locomover pela ilha, por ser inverno (baixa estação)? Penso ficar pelo menos 10 dias. Meu interesse maior é por história (e belas paisagens e boa comida, que ninguém é de ferro). Penso em ir ao Vale dos Templos, Siracusa e Érice. Onde mais é legal? Claro que Palermo e Catania estão na lista, penso em chegar por uma cidade e sair pela outra. Devo entrar na Itália por Roma e descer de trem até Nápoles (conheço e amo as duas cidades, adoraria ter um diazinho para revê-las), mas o foco da viagem é mesmo a Sicília. Agradeço as dicas e parabéns pelo blog 🙂

    • Oi Cyntia!

      Vou logo assumir: sou sua fã e do Fragata! 😀
      Bem, eu disse que aqui na Sicília não temos uma rede de transporte “de primeiro mundo”, mas planejando direitinho horários e itinerários, tudo dá certo.
      Você não terá dificuldades no inverno, pois para nós aqui é uma estação como outra, principalmente nas cidades que você citou. A minha dica é usar Catania e Palermo como base, pois a oferta de transportes é bem maior. De Catania, por exemplo, dá para ir tranquilamente para Taormina, Siracusa, Agrigento (neste caso você terá que dormir lá). Erice é a cidade que fica um pouquinho mais afastada, não sei se é viável um bate-volta de Palermo com transporte público.
      A Sicília não é só praia, a baixa estação é um período ideal para visitar os sítios arqueológicos e as cidades maiores. Nada fecha e não sofremos com o calor tórrido que faz por aqui.
      Se tiver alguma dúvida, pode perguntar!
      Um abraço,
      Patricia

      • Oba, que boa notícia!!! Acho que vou bater logo o martelo e comprar a passagem 🙂
        Também estou adorando seu blog, Patricia, já virei do avesso :). Vou fazer uma lista de lugares que deu vontade de visitar e depois te mostro o roteiro, pra você me dar o “toque de realidade”. Pode ser?
        Beijo

      • Olá, Patrícia, cá estou eu, de volta com muitas dúvidas e planos. Chegarei a Roma no dia 27/12 e pretendo seguir logo cedinho, no dia 28/12, para Nápoles. Minha ideia é rever a cidade, rapidinho (sou louca por Nápoles) e, no dia 29/12, visitar as ruínas de Herculano e Pompeia. No dia 30/12, já seguiria (provavelmente de avião) para Palermo, onde pretendo ficar até o dia 3/01 (quero fazer um bate e volta a Érice/Trapani e outro a Bagheria e Cefalù).
        No dia 3/1 a ideia é seguir para Agrigento, ver o vale dos templos e, no dia 5/1 seguir para Taormina. No dia 7, pegar o avião em Catania, para Roma, logo cedo e passar dois dias por lá, também para matar a saudade.
        No fim, a viagem ficou mais apertada do que eu gostaria, pois volto de Roma, via LIsboa, no dia 9/1. Sei que estou deixando um monte de lugares lindos de fora (será que eu consigo ir de Catania a Siracusa, só para um bate e volta?).
        Queria ouvir a sua opinião, pois não sou muito chegada em maratonas de viagem, gosto de saborear os lugares com calma. Se você achar que está muito corrido, ou que não dá para fazer os deslocamentos com tempo para ver os lugares com calma, me fala.
        Aliás, todas as dicas são muito bem vindas.
        Bjo

        • Oi Cyntia, realmente a viagem está apertadinha.
          Você vai viajar de uma cidade para outra de ônibus/trem, correto? Leve em consideração que tem uma viarada no ano no meio da sua viagem, e aos domingos e feriados o número de linhas aqui na Sicília diminui drasticamente!
          O bate e volta de Palermo para Bagheria e Cefalu é tranquilo, no entanto aquele para Erice e Trapani é mais corrido, uma vez que a viagem de ônibus de Palermo a Trapani dura cerca de 2h. No fim das contas você terá apenas um dia para visitar Palermo (sem contar o dia da chegada) e deixaria de ver bastante coisa na cidade. Como você disse que gosta de saborear os lugares com calma, acho que deveria pensar um pouco mais sobre a inclusão de Erice e Trapani no roteiro. Outra coisa, lembre-se que no final de dezembro o sol se põe por volta das 16h30, 17h.
          Em relação à Siracusa, um bate e volta de Catânia para lá seria viável se você tivesse um dia a mais, porque é necessário um dia inteiro para ver as coisas com calma. Não dá para ir lá e viajar para Roma no mesmo dia!
          Muitas agências promovem excursões de Taormina à Siracusa e Noto, mas, pelo que leio no Fragata, não sei se é seu estilo.
          Eu, no seu lugar, aproveitaria as duas noites em Taormina para curtir a cidade com calma. É pequenina, mas é um encanto!
          Beijos,
          Patricia

          • Obrigada, Patrícia!
            Ontem eu precisei fazer uns ajustes no roteiro, já que a passagem de Nápoles para Catânia estava bem mais em conta que a de Nápoles para Palermo (comprei Alitalia, voo direto, na manhã do dia 30). Fiz reserva em um hotel em Taormina entre 30/12 e 01/01 e o ano novo será lá. Não imagino que haja grandes festas, nem estou preocupada com isso. De Catânia para Taormina, vi que há um ônibus regular e planejo seguir direto para lá.
            Também estou considerando esticar mais um dia e seguir de trem noturno de Palermo para Roma na noite de 7/01. Assim, eu teria o dia 8/01 para rever Roma. Como meu voo para o Brasil sai na manhã do dia 9, quero chegar de véspera à cidade, para evitar sustos 🙂
            Também estou tentada a ficar em Taormina no dia 1/1, pois sei que o primeiro dia do ano é mortinho em qualquer lugar do mundo, nada funciona…
            Enfim, agradeço imensamente pelas dicas que você tem me dado e, se eu puder, vou continuar “abusando” com perguntas.
            Bjo

  73. Oi Patrícia
    Vou chegar de carro no dia 17/10 em Taormina e sair no dia 23/10 do aeroporto de Palermo para Roma.
    Gostaria de saber o que não posso deixar de conhecer,e em cidades devo me hospedar?
    Obrigada
    Regina

    • Oi Regina, minha sugestão é a seguinte:
      2 noites em Taormina – em um dia você conhece a cidade, no outro pode fazer uma excursão que dura o dia inteiro;
      2 noites em Siracusa, aproveitando para fazer um passeio bate-volta para Noto;
      2 noites em Palermo
      Fiz as contas certinho, são 6 noites no total, certo?
      Não há uma regra sobre “as cidades que você não pode deixar de conhecer”. É tudo muito relativo e depende do seu gosto pessoal. A minha foi uma sugestão, mas as combinações são inúmeras!
      Espero ter ajudado,
      Patricia

      • Obrigada pela ajuda.

  74. Olá Patrícia
    Estou indo para o sul da Itália com meu marido.
    Chegaremos em Roma no dia 09 de outubro onde ficaremos três noites e depois passaremos dez dias no sul.
    Primeira dúvida,ir de trem até Nápoles ou já sair de Roma de carro,para conhecer Pompéia, Capri e Anacapri,e depois alugar um carro em Napoles para ir à salermo ou Sorrento para conhecer a Costa Amalfitana e depois ir para a Sicília?
    Na sicília tem tantos lugares que gostaria de conhecer,gostaria de ajuda para me orientar dentro dos dias que dispomos quais as melhores possibilidade,sabendo que pegaremos o avião de Palermo para Roma no dia 23/10
    Visto que só temos dez dias para este roteiro qual a sua sugestão de distribuição dos dias nas cidades e pontos estratégicos de hospedagem.
    Um abraço
    REgina

    • Oi Regina,
      Só posso te ajudar no que diz respeito à Sicília. Você pode vir de Nápoles para cá de carro ou de avião, depende de quanto tempo você vai preferir utilizar nos deslocamentos. De carro são umas 5 horas de viagem, a estrada é ótima.
      Não ficou claro quantos dias você irá passar na Sicília, mas imagino que não são muitos. Já que você volta por Palermo, sugiro que comece vendo a parte leste: Taormina, Etna, Catania, Siracusa. Depois pegue a estrada na direção de Palermo e aproveite os últimos momentos para conhecer a cidade e redondezas. Se você me disser que tipo de atração prefere ver, fica mais fácil para mim te dar dicas! 😉
      Um abraço,
      Patricia

  75. Olá Patricia,
    Estarei em Malta em janeiro e em fevereiro irei de ferry para a Sicília e lá irei de carro para Palermo. De Palermo pegarei um voo para Bari,/Polignano a Mare.
    Minha dúvida é onde devo chegar na Sicília, em Messina ou Catania e quais cidades devo visitar rumo a Palermo?
    Desde já obrigada.
    Sandra

    • Olá Sandra!
      Não entendi bem a sua pergunta. Quando você diz “chegar na Sicília”, você se refere a vindo de Malta? Se for isso, o ferry faz a linha Malta-Pozzallo, cidade no sul da Sicília, a cerca de 300km de Palermo. As cidades interessantes próximas a Pozzallo são Ragusa e Modica, lindíssimas! Se você pegar a estrada mais rápida (porém mais longa), passará por Siracusa, uma das atrações principais da Sicília.

      Não sei se você já comprou sua passagem aérea Palermo-Bari. Se você ainda não o fez, e iria a Palermo só para pegar o vôo, meu conselho é que você a substitua por Catania. De lá também saem vôos diretos para Bari e fica muito mais perto de Pozzallo.
      Um abraço,
      Patricia

  76. Oi Patricia, tudo bem ?
    Estou indo com a minha mulher agora em Setembro para a Sicilia, chegamos no dia 13 a noite em Palermo , e vamos embora no dia 21 da Catania.
    Os dias 19 e 20 ficamos em Taormina.
    A nossa duvida, como vamos alugar carro , é ou ir para o lado de Castellmare del Golfo, Erici, Marsala, Agrigento , e depois Modica, Noto (passando ) ficamos uma noite em Siracusa e depois as ultimas noites em Taormina.
    O outro roteiro , seria se hospedar o primeiro dia em Palermo ou nos arredores, ir para Cefalu , depois seguir a costa ate Milazzo para ir para alguma ilha , ou Panarea ou Stromboli , e descer dormir uma noite perto do Etna, e depois seguir para Taormina.
    Na primeira opção dirigimos muito mais , mas conhecemos vários pontos turísticos interessantes, no segundo dirigimos menos, porém conhecemos alguma Ilha e o Etna tbm.
    Qual seria sua sugestão ?
    Obrigado pelas informações e parabens pelo blog.
    Guilherme

    • Oi Guilherme!
      São dois estilos de viagem completamente diferentes. Não posso dizer que um seja melhor do que o outro, pois tudo depende do gosto de vocês.
      O primeiro itinerário está bom e extremamente produtivo. Vocês dariam literalmente a volta na Sicília, uma experiência interessantíssima, apesar de cansativa.
      O segundo itinerário é de total relax.
      Sabe qual é a minha opinião? Eu faria o itinerário 1, mas porque nas minhas viagens aproveito cada minuto para ver o maior número de coisas possível. Se quiserem, o Etna pode ser incluído em um dos dias que vocês passam em Taormina. De lá saem passeios para o vulcão que podem durar 4 ou 8h.

      Espero ter sido útil!

      Um abraço,

      Patricia

  77. Ola Patricia. Irei a Taormina em setembro deste ano. La ficarei 3 dias. Iria depois a Malta para mais 3 dias, mas os voos são em horários péssimos pela air malta. Aí fiquei na duvida do melhor roteiro, se fico estes dias na sicilia em outro local, ou se há outra forma de chegar em malta. O que você me sugere. grato

    • Olá Marcelo!
      A outra forma (e talvez a mais usada) de ir da Sicília a Malta é via mar. Todos os dias sai um catamarã da cidade de Pozzallo e a empresa é a Virtu Ferries. No site deles (www.virtuferries.com) você encontrará as informações sobre horários. É uma viagem rápida, portanto você pode continuar passando esses três dias em Taormina e só no último ir à Pozzallo, ou quem sabe dar uma passadinha em Ragusa ou Modica, como eu já sugeri aqui mesmo no blog.
      Ajudei?
      Um abraço,
      Patricia

  78. Olá Patrícia, tudo bem? Parabéns pelo blog, admiro pessoas que se dispõem a divulgar dicas e passar suas experiências de viagem, vocÊ pode imaginar quanto isso é útil para que quer conhecer algum lugar. Bom, irei para Europa final de outubro. Defini o início (Paris 26 a 29 de outubro) e voltarei por Roma dia 06/11 (ROma já conheço). O recheio farei na Sicília. Estou indo sozinho. Que dicas vocÊ me daria neste caso, e nesta época do ano? Pretendo dar um ‘pulo’ em Malta por pelo menos 1 dia neste recheio, você indicaria isto? E quanto à Sicília, pretendo 2 dias em Palermo, 2 em Siracusa e o resto ainda não sei. O que vocÊ acha? E fora estes lugares, o que indicaria? Adoro praias e cidadezinhas mais pitorescas, tranquilas, além de gostar de bons restaurantes. Hotel, sendo limpo e tendo um bom banheiro/cama, está ok: só usarei para dormir mesmo, então não ligo para regalias.
    Obrigado e parabéns novamente pelo blog.

    • Olá Lourival,
      Que bom que escolheu a Sicília para passar esses 7 dias (7, correto?).
      Eu não sei até que ponto vale a pena visitar Malta. Você não vai conseguir ver quase nada em um único dia. Se mesmo assim você for, como a saída é de Pozzallo, você pode aproveitar para conhecer as cidadezinhas barrocas de Ragusa e/ou Modica.
      Outra cidade que super indico, visto sua preferência por cidades pitorescas, é o pequeno vilarejo de Erice, no oeste da Sicília, a 120km de Palermo, ou Cefalu, mais perto, a 70km. Neste caso você teria que passar mais um dia em Palermo.
      Tem também Taormina, a meta mais procurada pelos turistas que vêm para a Sicília, uma cidade pequena e muito charmosa. Perto dela fica Savoca, famosa por ter sido cenário para as filmagens de O Poderoso Chefão.
      Bem, já citei cidades demais! Até mais do que os dias que você ficará aqui. Resumindo, 2 dias em Palermo, 2 em Siracusa, 2 em Taormina, no sétimo dia você decide se encaixa Malta.
      Você já comprou as passagens Roma/Sicilia/Roma? Caso ainda não o tenha feito, você pode otimizar o tempo chegando por Palermo e saindo por Catânia (se não for à Malta), ou deixar Malta para o último dia e ir de lá diretamente para Roma de avião.
      Qualquer que seja a cidade que você escolher, na Sicília irá sempre comer e beber MUITO BEM, do restaurante simples de comida caseira ao 5 estrelas.
      Espero ter ajudado.
      Um abraço,
      Patricia

      • Olá Patrícia
        Acho que vou deixar Malta para próxima então né. Valeu mesmo pelas dicas. Já comprei a passagem de volta partindo de Roma, é que pretendo passar por Roma pelo menos 1 dias pra matar a saudade rss. Mas vou fazer tua sugestão em relação à Palermo, ir de Paris direto pra Palermo e ficar ali por 2 dias.
        Obrigado novamente pelas dicas.
        Abração.

  79. Que lugares hein, muitos deles são até relatados na Bíblia, tem uma história muito grande aí, infelizmente não é só de alegria. Lugares lindos pra se visitar e refletir sobre a história que se passou. Aproveitar a natureza também, sem dúvida é claro.

    Abraços!
    Recomendo ~ http://www.bloginteligente.com.br/hotelviagem

  80. Obrigada,Patricia !
    Taormina era aonde eu queria passar mesmo :))
    beijos

  81. Ahhh, que demais!! Quando escolhi a sicilia as pessoas falavam pra mim : vai pro norte , o sul da italia é pobre , o que vc vai fazer la….esse post explicou exatamente porque escolhi esse lugar maravilhoso!!!
    Ahh, como sempre eu cheia das perguntas, to em.duvida se passo o ano nobo em catania iu taormina…alguma sugestão?
    Beijos

    • Oi Natasha,
      Só quem nunca esteve por aqui diz que o sul da Itália é pobre!
      Olha só, o ano novo por aqui é bem diferente do Brasil, é menos “festoso”, digamos assim. Geralmente em algumas cidades há shows ou então clubes, discotecas, restaurantes fazem o chamado “cenone”, que é a ceia de ano novo, dj, enfim uma festa pela qual se paga um preço fixo. Se você precisa escolher entre Catania e Taormina, as duas cidades são realidades diferentes. Em Catania talvez você terá mais opções, do popular ao requintado, porém é melhor se você se encontra entre amigos. Já Taormina é luxo, é tudo mais arrumadinho e mais sofisticado do que Catania. Você decide! rsrs. Mas você precisa escolher agora? O ideal seria você conhecer a programação de ano novo da Sicília! Uma pergunta: você vai estar sozinha?
      Beijos,
      Patricia

      • Ahhhh, entendi! Eu vou estar sozinha 🙁 mas em taormina vou ficar.no Taormina hostel…talvez conheça um pessoal! Hehe
        Achei que as festas eram mais abertas,tipo no teatro grego ….nao precido eescolher agora nao, vou aguardar sair as programações n, tem algum site específico?
        Brigadao.
        bjs

        • Natasha, tem um site específico, mas fica ligada aqui no blog que assim que forem publicando as programações eu faço um post especial sobre isso!
          Ah, se você vai estar sozinha, fique em Taormina mesmo! Leve em consideração a quase inexistência de transportes públicos no reveillon!

  82. Muito legal.
    Eu e minha mulher pretendemos passar o final do ano no sul da Itália, incluindo a Sicília. Já estivemos na Itália duas vezes, mas não na Sicília. No sul, somente Nápoles e Pompéia.
    Você acha que é interessante ir de Nápoles a Palermo de ferry, com viagem noturna? Se sim, que empresa você recomenda?
    Pensamos em ficar 3 dias em Palermo, 2 em Siracusa e 3 em Taormina, conhecendo os pontos interessante próximos. Você acha uma boa idéia?
    Muito obrigado e parabéns pelo blog.
    Walther

    • Olá Walther,
      Sinceramente não acho uma boa ideia ir de Nápoles para Palermo de ferry. Na minha opinião você gastaria um tempo precioso da sua viagem, até porque você vai passar poucos dias na Sicília. Por que passar 10 horas em um navio quando o percurso pode ser feito de avião em apenas 1 hora? Eu nunca viajei com nenhuma das duas companhias, mas sei que a viagem com a Tirrenia é um pouco mais rápida.
      A divisão dos dias da sua viagem está boa. A escolha das cidades-base também. Você pretende incluir o Vale dos Templos de Agrigento no seu roteiro?
      Obrigada pelo comentário!
      Patricia

      • Olá Patrícia,
        Sim, o Vale dos Templos de Agrigento está incluído nos nossos planos. Quanto à viagem de ferry, pensamos no sentido duas funções: transporte e hotel para pernoitar, mas vamos pensar também na sua idéia.
        Muito obrigado pelas dicas.
        Abraço,
        Walther

Comente!